História Once In a Lifetime - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Colin O'Donoghue, Ginnifer Goodwin, Jennifer Morrison, Josh Dallas, Lana Parrilla, Once Upon a Time, Sean Maguire
Personagens Colin O'Donoghue, Ginnifer Goodwin, Jennifer Morrison, Josh Dallas, Lana Parrilla, Sean Maguire
Tags Amizade, Captain Swan, Captainswan, Colifer, Drama, Gosh, Romance, Seana
Exibições 137
Palavras 2.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi Gente
Novo Capitulo
Espero que goste
Beijos

Capítulo 21 - Um Sorriso Verdadeiro


Fanfic / Fanfiction Once In a Lifetime - Capítulo 21 - Um Sorriso Verdadeiro

Dias Depois

Narrador

Tinham Passados Alguns Dias, Colin não ainda teve coragem de fala com Jennifer, toda vez que ele chegava perto dela para fala sobre isso, ele mudava de assunto. Jennifer continua sem Lembra o que houve naquela noite, mas ele tinha espécie de Lembrança daquela Noite.

Colin tinha acordado em Manhã de Sábado,Levantou,Tomou seu café, tomou banho e ser Arrumou. Pegou a chave do Carro

(...)

Ele tocou a Campainha do apartamento das Meninas e Jennifer apareceu com Vassoura na mão e roupas curtas.

- Ei Jen- falou Colin tentando não Olha para as Pernas da Loira

- Ei Colin- disse Jen- Helen não está em casa- falou

-Eu sei- afirmou Colin- Eu vim ver você- confessou

- Me Ver?-perguntou com sorriso nós lábios

-Sim- falou- e Fazer um convite- disse e Jennifer franziu a testa

Ela deu Espaço para ela e foi que ele fez

Entrou no apartamento e ela fechou a porta

-Me Convida para que?-perguntou Jennifer curiosa

-Por Lugar especial- respondeu Colin sincero

Jennifer estava divida uma parte dela queria dizer Um Grande Sim e Outra queria o mandar ir embora dali.

-Eu tenho que arrumar a casa- falou Jennifer sem graça- Dia da Faxina

Colin respirou fundo

-Faz assim, eu te ajudo- falou Colin e os olhos verde de Jennifer ser arregalaram- e pela tarde, você vem comigo- falou e a Loira assentiu concordado com o Roupa.

-Então o que posso ajuda?-perguntou

-Arruma a Sala- diz Entregado a Vassoura para rapaz – E vou para cozinha- disse se afastado

Por Jennifer

Eu sinceramente não estava entendendo que se passava na cabeça daquele idiota, mas conhecido como Colin. Mas também tem horas que não entendendo minha própria, como podia entender a deles.

(...)

Já era Hora do Almoço, Colin cismou que era para a gente comer for de casa, Ele foi para casa, enquanto eu subir por meu quarto, jogou várias roupas em cima da Cama. Escolhi um vestido, Uma Jaqueta e eu entramos no banheiro.

(...)

Tinha Terminado de arrumar, Colin mandou mensagem avisada que já estava lar embaixo, eu sair do apartamento, fiquei esperando o Elevador, entrei nele e quando finalmente ele parou, eu andei um pouquinho e abrir a porta.

-Boa Tarde Colin- disse abrindo a Porta do carro dele

-Boa Jen- disse e beijou minha bochecha

Ele me deu uma sacola com comida que ele tinha comprado

-Serio?-perguntei e ele assentiu

Liguei o Rádio e começou toca a música

I have died every day waiting for you

Darling don't be afraid I have loved you

For a thousand years

I'll love you for a thousand more

(Eu morri todos os dias esperando você

Querida, não tenha medo.

Eu te amei por mil anos

(Eu te amarei por mais mil)

- Me dar a Batata?-pediu Colin e eu neguei com a cabeça- Ah não seja Malvada Loira

-Sou Cruel – Falei

Ele me olhou por segundos e depois volta dirigindo olhando para pista

- Como a Rainha Má- Ironizou Colin

-Sou Mais Mal Querido- falei e soltei uma risada Maléfica

-Estou morrendo de Medo- Colin parou o carro por causa do Sinal

I remember what you wore in our first date

You came into my life and I thought, Hey

(Eu lembro o que você usou no nosso primeiro encontro

(Você entrou na minha vida e eu pensei: "Ei")

Tirei o sinto se segurança, me aproximei do seu rosto

-Pões deveria- falei e ele mordeu o lábio inferior

-Jen- começou dizer,Porém o Sinal voltou.

Kiss me like you wanna be loved

You wanna be loved

You wanna be loved

This feels like falling in love

Falling in love

We're falling in love

(Então me beije como você quer ser amada

Você quer ser amada

Você quer ser amada

Este sentimento é como se apaixonar

Apaixonar-se

(Nós estamos nos apaixonando)

Coloquei o Sinto de segurança Novamente e ele voltou a dirigir, encostei minha cabeça na Janela, Porém senti algumas vezes o Colin me olhado, fechei meus olhos e acabei dormindo.

(...)

Acordei com Colin me balançado

-Jen- acorda Pediu baixinho, abrir meus olhos.

-Boa Tarde Princesa- disse sorrindo

-Não Sou Princesa- Protestei- Você que é a Princesinha- provoquei

Colin soltou uma gargalhada

-Como iria esquece?- perguntou Rindo

Abrir a Porta do carro e desci dele.

-Bem- Vinda- o Colin falou do meu lado]

-Bem- Vinda- o Colin falou do meu lado

-Onde estamos?-perguntei ele deu um sorriso

-Em Um Orfanato- falou e eu dei um sorriso verdadeiro

Desde que sair daqui nunca mais tinha ido por Orfanato visita, na época que moramos aqui, eu e minha mãe imos sempre. Na Época que ela ficou doente, ela iria adota duas crianças muito fofinhas, mas acabou desistindo por causa da doença e tudo mais.

- Vem- ele abriu a Porta da entrada e depois bateu no grande Portão, Que Logo foi Aberto por Uma Senhora de Meia- idade.

-Colin querido- falou a Senhora e abraçou Colin- Achei que não iria mais aparecer

-Sabe A Vida às vezes é bastante corrida- ele comentou e a Senhora assentiu

- As crianças estão morrendo de saudade- Comentou a Senhora

- E eu também estou morrendo- confessou Colin,ele me olhou- Ah Quase esqueci Essa é a Jennifer- falou me apresentando,estendi minha Mão e a Senhora me puxou por um abraço, lógico que eu correspondi.

Ela me soltou

-Finalmente trouxe a Namorada- comentou a Senhora e eu olhei por Colin- anos de namorados e nunca trouxe a namorada- falou a Senhora

-Eu não sou- comecei dizer

-Não Namorados- contou o Colin e a Senhora nos encarava surpresa

-Deveria ser- ela fechou o Portão- Além de serem Lindos Juntos, não solta à mão um do outro- falou e nós olhamos e vimos que nossos dedos estavam entrelaçados.

Soltamos nossas mãos.

- As crianças onde estão?-perguntei ansiosa

-Vejo que sua Não Namorada gosta tanto de criança quando você- comentou a Senhora- Bom os bebê estão no Berçário, as criança de três até cinco estão no Jardim Brincado e os Maiores estão no quarto, na cozinha...Onde a Moça vai querer ir?

-Pode me leva no Berçário- Pedi e ela abriu um sorriso

- Menino Colin pode ir ao Jardim que eu vou leva a moça- falou

-Tem certeza?-perguntou Colin e a Senhora assentiu- Qualquer me chama- falou Colin me olhando e beijou minha testa se afastado

-Ele gosta de você- comentou a Senhora e dei um sorriso- E pela forma que olhar para ele vejo que gosta dele também, Porém tem dificuldade de aceita esse sentimento.

Eu não falei nada, o que iria fala também não mesmo?

(...)

Entramos no Berçário e tinha Vários Bebês dormindo ou algumas acordadas brincando dentro do Berço, às outras Maiores estavam dormindo na cama e outras brincando. Mas tinha Bebê que mexia muito.

-Ei meu amor- falei olhando por Bebê, ele por minuto parou de mexer e ficou me olhando com carinha assustado- O que você quer em Baby?-perguntei, ele começou segura para tenta fica em Pé, Porém caia. Ele começou olhar triste

-Oh não fique triste- peguei-o no colo, ele segura na minha Jaqueta- Sabe Baby, você é muito Lindo, a partir de hoje vou chama de Baby já que não seu nome, não mesmo Baby? Só que Homenzinho muito lindo... Eita Baby não combina com Homem- comentei rindo e balançado a cabeça,ele não fazia nenhum sinal – Que Tal Daniel?-perguntei- Eu gosto de Daniel- falei

Ele é um bebê bem fofo, ele meio gordinho, seus olhos bem Azuis, Seus cabelos é castanhos, ele começou puxa meu vestido.

-Oh Dani você está com fome- falei

Perguntei a Moça que estava lar, ela disse que não estava na Hora de comer, ah mais eu não iria deixa o Dani com fome.

Coloquei-o de novo no Berço, ele começou chorar.

-Oh Dani, calminha- falei- a Jen aqui vai fazer comidinha para você- falei- e daqui pouco, volto- falei e sequei suas lágrimas com dedos.

(...)

Fiz Mingau para ele, deixei fica na Temperatura normal e voltei por Berçário.

-Vem Dani- falei pegado de novo ele por meus braços- Vamos comer algo- falei

Pedi para Moça se podia ir por Jardim, ela não se importou e diz que tudo bem.

Fui com Dani nos braços até Jardim sentamos no Gramado e comecei dar Mingau para ele.

-Tá Gostoso, meu amor- falei- Quer mais?-perguntei – Olha o Aviãozinho- falei e coloquei na boquinha rosada dele

(...)

Tinha terminado coloquei o Daniel para arrotar e depois ele ficou nos meus braços, eu comecei canta musica para mima e ele já estava quase dormindo.

Levantei com ele nos braços

Quando Colin se aproximar com nariz Pintado

-Que isso- falou rindo

-O que?-perguntou confuso, eu apontei por Nariz

Ele deu risada

- Foi a Julia- disse rindo, ele se aproximou- quem é?-perguntou

-é o Daniel- disse

-Ele é muito fofinho- disse Colin, ele o pegou dos meus braços.

-Ei- reclamei e Colin riu

Dani abriu os olhos

-Os olhos deles são- eu interrompi

-Parecido com seus- comentei e ele deu um sorriso sem graça

- Mas o Cabelo é Parecido com seu, quando era criança- falou Colin e toquei no cabelo do bebê.

-Como você sabe como era meu cabelo?-perguntei confusa

- Rose me mostrou uma foto- disse e eu assenti- Vou Leva o Bebê para cama- falou

-Não, eu vou- falei.

-Fica aqui e vai lar- pediu com carinha de cachorro abandonado e eu assenti

(...)

Eu estava sentada no local onde Colin mandou,quando alguém tocou no meu ombro,olhei e vi Uma Criança Morena com seus Olhos castanhos.

- Oi- falou ela- Sou a Julia e você é a Jennifer, não é mesmo?-perguntou sentando do meu lado

-Sim- falei- Muito Prazer Julia- disse e estendi a mão para ela e ela apertou

- Eu vi você com bebê novo- comentou

-Ele é muito fofo- disse

-é mesmo- concordou- Porém ninguém conseguia Pega ele- disse

-Mas- comecei dizer

- Mas com você foi diferente- disse e sorrir – Vem- ela estendeu a mão , eu levantei e ela me puxou para uma Menina Loira com olhos azuis que usa Óculos.

- Lice, faz um Desenho na Tia Jennifer- Pediu.

-Ju- comecei fala, mas a garota me interrompeu.

-Tudo bem- falou 

Julia sorriu e saiu correndo

-Ela não te avisou do desenho?-perguntou e afirmei

-Normal- comentou- Mas enfim vai querer de que?-Perguntou

-Não sei, escolhe- falei,ela sorriu ,pediu para mim senta e começou desenha.

Depois de alguns minutos ela terminou

-Ficou Lindo- comentou, abriu minha bolsa, peguei meu celular e olhei.

-Obrigado- falei e ela sorriu de lado- Quanto você tem?-perguntei

-13- disse- e antes que pergunte eu vim para car quando bebê foi abandonado logo depois que nasci- contou

-Sinto muito- falei e ela assentiu

-Não faz mal, eu já me acostumei- disse dano sorriso, que reconheço de qualquer lugar, aquele sorriso sempre que meu pai não aparecia nas festas dos dias dos Pais, me esquecia no colégio, prometia alguma coisa e não cumprir, aquele tipo de sorriso "eu estou bem", mas no fundo não estou, porque sem esperava algo diferente.

- Jen Vem- ouvi a voz do Colin Junto com a Julia

-Vem Alice- falei e ela me olhou surpresa

-Como sabe meu nome?-perguntou

-Só associei- disse e ela deu um sorriso

Então nos duas corremos atrás do Colin e da Julia.

- HORA DA MÚSICA- gritaram as crianças

-Com vocês- falou uma Ruiva que no Centro de Todos- Colin, Jennifer, Alice e Julia- disse.

Colin deu um sorriso e nos puxou por centro

- Não errado- disse Colin negado- quem aqui é Colin?-perguntou e algumas crianças riram

-Quem é você?-perguntou Colin me olhado

Fiquei alguns segundos Pensando, até que nome passou para minha cabeça.

-Sou Ursinho Pooh- falei, Colin deu um sorriso.

- Sou a Princesinha Sofia- Falou a Julia

- Sou a Garfiel- disse Colin e todos riram

- E Sou Scooby Doo- falou Alice e todos riram

-Não Pode Alice, eu sou o Gato, você não pode ser um Cachorro- disse Colin fingido indignação.

-Claro que Pode- afirmou Alice- Está com medo de Perde- desafiou a Julia

-Se fosse eu não deixava- comentei, mas eles me ignoravam.

-Que comecei- falou a Ruiva e jogou a Escova de cabelo em cima do Colin

-O Rei começa- disse Colin e todos riram

(...)

Passamos a Tarde rindo e nós divertido Junto com as crianças, até participamos da hora Do filme, colocar algum filme e me colocaram para senta Junto com o Colin.

Por Colin

Jennifer sentou do meu lado na Hora do filme e teve uma hora que ela me abraçou e acabou dormindo no meu Peito.

-Ursinho- ela sussurrou, enquanto dormia.

Eu olhei para ela

-Você não gosta dela, não mesmo?-perguntou uma voz e olhei para Alice- Você ama Ela- afirmou

- Eu não- comecei dizer, Porém ela me interrompeu.

-Tudo bem ama talvez ainda não, mas está perto- disse Alice e eu revirei os olhos

- Eu A magoe Lice e agora tento todos os jeitos de recuperar seu coração - Disse

-Você já Pediu desculpa?-perguntou baixinho, por causa das crianças que estava assistido filme.

Eu neguei

-Mas Colin- começou dizer

-Eu tenho medo- confessei

-De que?-perguntou confusa

-Não sei tá Legal- afirmei- e acho que ela não está pronta para conversa sobre o passado

Alice deu risada

-Acho que talvez você não esteja Pronto- falou e eu revirei os olhos- Mas tudo bem cada um tem seu tempo

-Nós Beijamos- contei e Alice abriu um sorriso

Eu conheci Alice,quando ela tinha somente oito para nove anos,quando olhei nos seus olhos tinha impressão que estava vendo a Própria Jennifer em versão Loira.

- E?-Perguntou

-Ela não se lembra- contei e Alice riu

-Beijou Tão Mal que não se lembra- disse rindo

-Era a Bebida- contei a ela toda historia tiradas algumas partes para não estraga a inocência dela

- Você deveria conta à verdade para ela- falou e eu assenti- ela merece sabe- eu assenti de Novo- Tudo bem não é uma situação muito fácil, mas será pior ser ela descobrir e não ser por você

Eu assenti novamente ela está certa

Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.

-Willian Shakespeare

 


Notas Finais


O que acharam?
Até a Próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...