História Once Upon a F**k - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags 2seok, Bts, Jikook, Jinkook, Minjin, Minjoon, Minkook, Namjin, Once Upon A Time, Seokmin, Surubangtan, Vhope, Vmon, Yoonjin, Yoonseok, Yoontaeseok, Yoonv
Visualizações 531
Palavras 357
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 51 - 5.1 - Cinderella 2/3


Meu corpo se chocou contra a parede, e logo, me senti encurralado. Não tinha para onde correr ou olhar, a não ser, manter o foco nas iris escuras de Namjoon. O modo em que ele focava meu pescoço na sua vontade de marca-lo era curioso, pois eu queria saber o quanto ele era experiente.

Nós estávamos de máscara, e acho que eu o entendo de certo ponto. Entendo como é desejar uma pessoa na qual você não pode tocar ou ver o rosto, já que ela parece ser tão distante e misteriosa, mas agora, eu estou por cima e Namjoon por baixo, mas não literalmente.

Minhas coxas foram erguidas até sua cintura, e então, ele atacou meu pescoço, chupando minha pele branquinha e alva com força. Meus dedos se embrenharam em seus cabelos, puxando os fios tingidos de ruivo com pouca força. Eles eram macios e lisos, eram uma distração acariciar a nuca de Namjoon enquanto ele apertava com força a minha cintura com uma mão, e com a outra, a minha bunda.

Ele fazia movimentos lentos com sua cintura, vez ou outra, gemendo rouco e baixo. Ele rosnava praticamente, sua voz me causava calafrios e ele parecia tão grande e eu tão pequeno; delicado vs brutalidade, esse era o ponto certo. Passando sua língua quente e áspera em meu pescoço, ele subiu devagar, até chegar em meu maxilar. Os beijos que ele dava me faziam suspirar, me deixavam quente com seus lábios mornos e levemente molhados.

Aos poucos ele chegava em minha boca, e por um momento eu achei que ele fosse me beijar, já que eu estava um pouco necessitado de seus lábios - e talvez, muito necessitado. Mas não, ele me largou e me colocou de jeolhos, olhando-me do alto e sorrindo maliciosamente.

- Eu não irei te tocar enquanto você não fazer por merecer; isto é por me provocar. - Desabotoou sua calça devagar, e eu ainda mantinha os olhos nos seus, mas alternei por enxergar suas mãos. - Olhe para mim enquanto faça isso, baby. - Agarrou meu queixo, passando a ponta de seu dedão em meu lábio inferior. - E sem me tocar, em nenhum momento.


Notas Finais


Zzzzzzz

Assim que eu me sinto

Zzzzz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...