História ONCE UPON A TIME SECOND GENERATION - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Alice, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Hades, Henry Mills, Lacey (Belle), Roland, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Violet, Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Aventura, Dragões, Magia, Once Upon A Time, Romance
Exibições 12
Palavras 1.302
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Magia

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Estamos chegando lá, finalizaremos essa peça em 5 atos.

Capítulo 3 - ATO lll


Cena l
Uma parte da floresta encantada
Neal, Robin, Alex, John


Neal: Robin, vai continuar ignorando que tem magia?
Robin: Eu nunca quis isso, minha mãe sempre disse que isso poderia acontecer comigo, mas eu sempre me virei muito bem com meu arco e flecha. Não quero uma muleta.
Alex se aproxima*
Alex: Vão continuar discutindo? Estamos a caminho do castelo, precisamos ver com o Rumple como ele fez para conseguir usar o olho do diabo. Está um frio de cortar o ar, e vocês estão preocupados com magia?
Neal: A Robin poderia nos levar até lá, não conseguiriamos passar pelos guardas.
Robin: Você quer usar magia? Não quer lutar? Não parece que é filho da Branca de Neve, você é covarde Neal.
Alex: Chega de discussões! Você, (à Neal) pode nos colocar dentro do castelo?
Neal: Eu não sei como fazer isso, preciso que alguém me ensine. Regina ensinou a minha irmã.
Alex: Você (à Robin) John está aqui, não podemos usar um desejo?
John: Acho que podemos, é importante não morrermos na porta.
Robin: Nem pensar, nós iremos entrar nesse castelo lutando, como a Branca de Neve e o Principe fizeram.... Eiiii (À Neal) Porque está com essa cara pálida?
Neal: Você abriu meus olhos, precisamos lutar. Vamos mostrar à esses guardas o que o filho da Branca de Neve e do Principe Encantado, junto com a filha da Bruxa Má do Oeste e do Robin Hood são capazes!
Alex: Tinha que ser mesmo filho do Xerife, esses discursos motivacionais me cansam. Vamos, ainda temos um longo caminho e poucos cavalos.


Cena ll
No pier de Storybrooke

Regina, Emma, Snow, David, Henry


Regina: Maldição! Nenhuma maldita sereia aparece, se ele estivesse bem, com certeza teria enviado uma mensagem.
Emma: Vamos nos acalmar, precisamos pensar em um jeito de abrir um portal.
Snow: Há anos não tem portais na cidade, não há mais feijões, a varinha do autor estava com a Zelena agora está com a Robin.
David: Snow, se acalme, temos que ter esperança!
Snow: Que esperança David? De que adianta esperança? Nosso filho de foi de novo! Nem sabemos se ele está vivo!
Regina: Ei, (à Snow) David tem razão! Vamos nos acalmar e pensar. Neal é esperto, a Alex então, é a baixinha mais inteligente da cidade. A Robin usava arco, então sabe lutar. Ela disse que a maldição estava na floresta encantada, com certeza devem estar lá. Quem eles procurariam para os ajudar?
Emma: O senhor da luz.
Regina: Claro, Rumple está lá, com certeza irão procura-lo. Dá ultima vez que a sereia trouxe informações do Henry, ele estava lá. Nosso filho irá cuidar deles. 
Snow: A porta! Henry disse que caso houvesse alguma emergência ele voltaria pela porta. 
David: Sim, vamos à casa do aprendiz ver o que conseguimos.

Entra Henry*
Henry: Não é necessário
Emma e Regina: HENRY!!!!!
Henry: Podem me apertar mais, ter duas mães é ter aperto duplo!
Emma: Henry meu filho, já vejo fios brancos em sua barba!
Henry: As mulheres gostam!
Regina: Que mulheres? Você não toma jeito mesmo Henry. 
Henry: Ah mãe pare! Já disse que nunca irei me casar.
Snow: Tudo bem, Henry estamos felizes de ter você de volta! Que ótimo que está aqui, você está bonito como um galã dos filmes que eu e David vimos em Nova York, ok mas..
David: Snow, se acalme, o garoto acabou de chegar.
Henry: Tudo bem vovô! Sei que querem saber das crianças! Eles me procuraram, a caneta acabou de escrever que eles acabaram de colocar os pés dentro do castelo da rainha. Pretendem falar com Rumple que está preso lá.
Snow: Meu filho!!!! Nos leve até lá.
Henry: Não é bem assim! Mãe, mãe, vovô, vovó! Prestem atenção. Vocês viveram grandes batalhas e escreveram suas histórias. Vocês tomaram reinos, lutaram, vocês fizeram esse livro acontecer. Eles estão escrevendo a história deles.
Snow: Mas é perigoso, eles podem morrer.
Henry: Sim, e pelo despreparo deles, provavelmente morrerão! Tentarei ajuda-los, e estarei acompanhando toda essa caminhada. Vocês podem ir atras deles se quiserem, mas vovó a senhora já está com aparencia de 60 anos, sei que tem se queixado de dores na coluna. Isso acaba sendo mais perigoso pra eles do que pra vocês!
Regina: Tudo bem a Snow pode estar acabada sim, mas eu ainda estou perfeitamente saudável e Emma também! E nós temos magia, podemos ir.
Henry: Acontece que Robin e Neal também tem a magia deles. Se quiser falar com eles, Alex tem o espelho da Ella, esse espelho foi um presente de aniversário da Sininho. Tem um pouco de pó de fada nele. Vocês duas podem os instruir a usar a magia deles de forma correta!
Emma: Qual melhor momento de fazer isso?
Henry: Veja o que a caneta escreve...
Caneta: Os nossos heróis continuam sua jornada em busca da quebra da maldição dos desejos, ao lutarem incansávelmente com os guardas da rainha, Robin deu cobertura para Neal e os outros passarem...
Regina: Ora, mas esse é nosso garoto!
Henry: Ei, o garoto de vocês sou eu!
Emma: Veja, veja...
Caneta: O senhor da luz se encontra de cabeça baixa no interior da cela escura e gelada...


Cena lll
Rumple: O que fazem aqui meninos?

Alex, Rumple, John, Neal, Robin


Alex: Eu não sei eles, mas eu quero que você seja a minha fada madrinha.
Rumple: Garota, você veio até aqui pra isso? Estão correndo perigo, saiam daqui.
Robin: Não espera, você nada se parece com o homem que minha mãe descreveu, essas vestes brancas esfarrapadas, esse olhar intenso e esses cabelos longos na altura do peito. Você não tinha esses braços fortes...
John: Robin, foca no objetivo!
Neal: Rumple, temos o olho do diabo. Como podemos usa-lo para libertar você e desfazer a maldição?
Rumple: O olho do diabo é uma pedra de 3 partes. Essa é só uma delas. Serviu para me tornar o senhor da luz, mas não serve para desfazer essa maldição. Precisa das 3 partes. Uma delas está com meu filho Gideon.
Robin: O namorado da Heather.
Rumple: Encontrem Gideon, e a terceira parte da pedra. Depois voltem aqui e me libertem.
Robin: Espera, com você sempre tem acordo.
Rumple: Não sou mais o homem que sua mãe conheceu Robin Mills Hood.
Alex: E se a gente libertar você e você não ajudar a gente?
Rumple: Vocês terão que se arriscar, não tem escolha.
John: Mais guardas estão vindo, o que faremos?
Rumple: Use os desejos a favor de vocês, deixem de ser tolos!
Robin: Os desejos tem um preço.
Rumple: Você quer morrer por um guarda ou arriscar no desconhecido?
Robin: John eu desejo que tire todos nós daqui!
*


Cena lV

Um salão do castelo

Angelina, Neal, Robin, Alex, John, Roland


Angelina: Ora ora, o que temos aqui. Garotinha, quando desejar um transporte, avise pra onde você quer ir. Dica da tia dos desejos.
Neal: Sabemos que você é filha da Alice, como se tornou rainha?
Angelina: Não que eu tivesse que te responder, mas eu apenas realizei o desejo de minha mãe.
Alex: Então você também realiza desejos?
Angelina: Não mais, graças a maldição.
Angelina: Povo do meu reino, eu rainha Angelina desejo que todo meu reino, caçe essas pessoas. 
Roland: Minha rainha, me chamou?
Angelina: Chamei sim, eu desejo que você mande essas crianças para o covil de meus dragões, e se eles conseguirem escapar, terão que brincar de gato e rato com todo mundo caçando eles. 
Alex: Porque não nos mata de uma vez?
Angelina: Não seria divertido, ser rainha é tedioso, preciso de um entretenimento.
Robin: Você nunca irá conseguir!
Roland: Desculpe, não consigo mais segurar. Rainha seu desejo é uma ordem. Robin, você é minha irmã!
*
Robin: O que? Onde estamos? Irmão?
Neal: Estão ouvindo?
Alex: Sim, está escuro, mas posso ouvir.
Robin: Dragões!
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...