História Onde tudo... Começou - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Horácio Slughorn, Personagens Originais, Tom Riddle Jr.
Exibições 32
Palavras 316
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oioioiii!!!! Mais um Cap vai ser antepenúltimo :((
Odeio ser dramática rsrsrs.

Capítulo 33 - Capítulo 33


Depois daquele dia eu estava notando que Remo estava diferente, ele parecia que estava receoso e preocupado não era apenas ele que estava assim mas todos os Autores, em qualquer lugar, eles nos cumprimentava de um jeito que parecia que éramos desconhecidos e aquilo com certeza era estranho.

 

Bebo  um gole do meu chocolate quente com menta, durante esses dias estava tendo desejos esquisitos e as vezes esses desejos me davam medos, principalmente semana passada quando senti vontade de comer carne crua. Vejo Remo passar pela cozinha ele me ignora como se eu não estivesse ali.

 

- Remo - O chamo, ele finjo não que não  me escotou. - Está acontecendo alguma coisa? - Pergunto, ele me olha.

 

- Sim - Ele responde - Você-Sabe-Quem esta usando o feitiço Imperius - Ele diz.

 

- Mas isso significa que... - Sou interrompida por ele.

 

- Estamos perdidos - Diz Remo me olhando desconfiado.

 

- Está achando que sou um fantoche de Voldemort? - Pergunto incrédula.

 

- Estou - Ele responde, posso ver ele pegar a varinha disfarçadamente.

 

- Eu não estou sendo controlada por ele! - Digo.

 

- Como posso confiar em você? - Ele pergunta - Quando estavamos  naquela ponta eu contei uma história para você  - Ele comenta.

 

- Eu lembro - Digo - Você  me contou a história enquanto  desenhava no ar - Digo.

 

- O que eu sou? - Ele pergunta.

 

- Além de meu amigo, um lobisomem - Digo, posso ver Remo relaxar.

 

- Ainda bem que você  é você  - Ele diz.

 

- Eu tenho sorte de Voldmort não  ter entrado em minha mente - Digo, Remo ri.

 

- Benoah ou Gemma - Ele diz, Franzo o cenho.

 

- O que? - Pergunto sem entender.

 

- O nome do seu bebê  - Ele diz. - Se for menino Benoah e se for menina Gemma - Ele diz.

 

- Gostei - Digo.


Notas Finais


Obrigado por ler!!@
Beijos!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...