História One, by One Million - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ações, Bts, Dorama, Luta, Músicas, Revelaçao, Romance, Suga
Visualizações 9
Palavras 420
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


(^^)
Começando mais uma história espero que gostem
(^^)
Amooooo muito todos vocês que lêem ♥

Capítulo 1 - For candy


       [Alice kinashu On]

-Não ... Você não pode estar fazendo isso ... Não... Porque?

- Mas Alice entenda isso, você vai ficar bem. E eu preciso disso- minha tia fala num tom tristonho e fraqueja

nao é possível ela está me vendendo, e se fosse apenas isso, eu serei vendida para ficar com um milhão de homens, por que fazia isso comigo porque está me vendendo por um doce?

- Vá com esses cavalheiros meu anjo- diz minha tia contendo a lagrima.

- Por que vez isso comigo? Por que está me vendendo em troca de um doce?

- me desculpe meu amor, é seu tio ele...

- ele nunca foi meu tio, meu tio morreu naquele acidente, ele morreu humilde e você logo que ficou sem ele foi com aquele seu amante de segunda categoria e agora que ele está falindo na empresa você me vende..? Que filha da puta todos vocês primeiro matam a minha mãe depois desprezam meu pai para ele se afundar no álcool e então me vendendo... Quem será o próximo sua filha a Jenny ou talvez meu primo o Jacson? Quem? Vai responde! Pare de se fingir que se importa comigo!

– não estou conseguindo chegar no seu raciocínio...

– fácil... Você só pensa no seu “marido” e no dinheiro

– Ótimo ... Você é tão gananciosa quanto eu... Quer saber eu tô pouco me importando com você, já tenho o meu dinheiro... Agora suma daqui!

Os homens me pegaram e me puxaram para fora da casa ... Eu estava mal de verdade mas em pensar que futuramente ela poderia atacar Jacson ou a própria filha Jenny já me deixava numa agonia imensa... Mas porque ser tão má por dentro? Porque você mudou titia? Eu te amei... Mesmo você "matando" minha mãe e "afundando" meu pai, eu te amei não sei como pude te amar

    {...}

Aqui estou eu.. escrava de muito e muitos homens, servindo bebidas, sorrindo falçamente e oque eu ganho em troca... Pequenas quantidades miseráveis e uma moradia e minha vida... Porque minha vida? Bom por um simples motivo meu “chefe” o mesmo que me comprou de minha madrinha... Sim fui vendida pela minha madrinha... O meu ‘Dono’ para ser mais exata falou que me mataria e eu tinha que ser garçonete daquela maldita casa noturna... Eu simplesmente nunca havia visto a cara do desgraçado... Mas um rapaz ia me ver todas as noites e ao menos eu nem sabia seu nome... Bom minha vida seria tão horrivel assim vivendo com Um milhão de homens ou eu poderia me salvar da escuridão? 


Notas Finais


Primeiro capítulo sei.. não está lá aquelas coisas mas estou me esforçando ao máximo... 2 beijo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...