História One Chance To Love -Camren - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren Camila Lauren Norminah Normani Dinah Vercy Vero Lucy
Visualizações 188
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gosteeem
Tem hot rs

Capítulo 39 - Mudanças?


Camila Pov's

Estava estudando, quando ouvi meus pais falando sobre mudanças. Mudanças??? Decidi descer as escadas para entender o que se estava passando e ouvi minha mãe falando:

-Tenho, nós vamos mudar-nos.-ESPERA O QUÊ? MUDAR-NOS?

-O QUE? COMO ASSIM MUDAR? VAMOS SAIR DE MIAMI? 

-Filha calma, seu pai arranjou um emprego melhor lá. É apenas a 2 horas daqui,vai puder visitar seus amigos aos fins de semana.

-Vocês não me podiam fazer isso!-já sentia lágrimas escorrendo pelo meu rosto todo, fui correndo até meu quarto e me tranquei lá. 

Eu não podia ficar sem meus amigos, porra. E a Lauren? Isto não podia estar acontecendo.

Lauren Pov's 

-Gente, querem ir sair hoje depois das aulas?-perguntei.

-Sim, vamos ao parque aqui do centro.-todos concordaram menos Camila. Ela estava estranha. Passei minha mão pelo seu rosto vendo ela sair do seu transe.

Camz? Tá tudo bem?-ela acenou para mim.- Não parece, o que foi?

-Mila pode falar connosco sempre.-Mani afirmou.

-Ta tudo ótimo.... Só não dormi bem.-lhe dei um selinho e entrelacei nossos dedos,  não me importando mais com esse assunto.

*Sexta-Feira

 Camila tem estado estranha toda a semana, nós não sabemos o motivo nem ela nos quer contar. Estou realmente preocupada com ela. Eu a chamei para minha casa hoje, to esperando ela. Ouço umas batidas na porta e falo um "entre".

-Lolo?-me virei para a porta indo abraçar ela.

-Amor eu quero falar com você.-puxei-a para a minha cama.- Durante esta semana, nós percebemos que não estás bem. Camz, pode me falar tudo sim? Por mais complicado que seja.- olhei para ela, que estava limpando  uma lágrima.-Ei, vem aqui.-a puxei para um abraço, ouvindo o choro dela. Ela definitivamente não estava bem.

Passados alguns minutos com ela chorando, me levantei deixando-a descansando um pouco. 

-Laur?-ouvi sua voz me chamando e a encarei.-Eu vou mudar-me.-falou simplesmente e eu começo a chorar.

-Como assim? Não pode ser, mudar-se? Mas para onde?-isso não era possível.

-É, meu pai arranjou um emprego novo. Vou ficar a 2 horas daqui. Mas eu não te posso perder Lolo.

-Você não me vai perder sim? Eu te prometo isso.... pode dormir aqui hoje?

-Sim... Amor, eu vou me embora na segunda.-começou a chorar de novo, eu só agarrei ela o mais forte possível chorando junto.

*já de noite 

Abri meus olhos, me lembrando do que se tinha passado. Olhei para o meu lado, vendo minha Camz dormindo. Saí do meu quarto, abrindo meus whats e criando um grupo com todos. Eu precisava fazer Camila feliz e me lembrei de ir para uma balada.

Grupo gay de

Eu: Gente??? Me respondam depressa.

Vero: Melhor nome kkkkkk E aí?

Hazzinha: Falta a Camilinha aqui pow kkkkk.

Eu: Não liguem pra porra do nome. Eu descobri o motivo da Camila estar mal esses últimos dias.

Dj: Qual é?

Eu: Ela vai mudar-se....

Mani: Como assim?

Dj: Isso não é possível. É mentira ne? Ta nos zoando só pode

Eu: É serio, ela veio aqui e me contou. Vai morar a 2 horas daqui. Como se vai embora segunda se todos puderem amanhã vamos numa balada qualquer, já que ela vai dormir aqui hoje. Apenas apareçam aqui sim? E deixem a tristeza para lá por favor. Nós precisamos anima-la.

Fiquei conversando com eles mais um pouco, combinando tudo certinho. Decidi subir e acordar Camila.

-Meu amor acorda vai.-lhe dei vários selinhos vendo ela sorrir. Isso sorri que você tem um sorriso lindo.-Descansou?

-Sim Lolo...Eu te amo muito sim? Não esquece isso, por favor.

-Eu te amo muitoooooo e eu não vou esquecer, eu prometo.-Adormecemos ali mesmo.

Acordei sentindo um peso em cima de mim, olhei para baixo vendo Camila agarrada a minha cintura. Sorri vendo aquilo, preparei nosso pequeno-almoço e levei para meu quarto. Ficámos o dia todo vendo filmes, até que chegou a noite e todos vieram para aqui. Combinámos de nos encontrar todos aqui mesmo.

Teve uns momentos de tristeza quando eles chegaram, mas deixaram isso de lado passado algum tempo.

*já na balada

-Camz, vem dançar comigo vai. Uma última vez?-perguntei sorrindo, ela me estendeu sua mão e a guiei até o centro.

Se virou de costas para mim, rebolando ao som da música. Agarrei sua cintura forte, mordendo seu lóbulo. Camila continuou roçando sua bunda na minha intimidade, ela queria me provocar mesmo?

-O que está querendo fazer?-perguntei no seu ouvindo.

-Eu? Nada...-conseguir ver sua cara de cínica de onde eu estava. Decidi aproveitar e me divertir.

Beijei seu pescoço, subi minhas mãos para seus seios, onde apertei ouvindo-a gemer. Camila continuou rebolando e puta merda. Aquela bunda era maravilhosa.

-Você tá me deixando molhada.- falei com minha voz rouca e ouvi ela dar um risinho.-Para com isso Camila...

-Por que? Não quer é? Hum?- se virou de frente para mim com um olhar malicioso.

-Vamos aproveitar a noite aqui vai.-tentei sair dali mas ela me puxou.

-Não respondeu á minha pergunta Jauregui.-beijou me pescoço e apertou minha bunda.

-Porra, vamos embora agora.- falei para os nossos amigos que íamos. Só Normani que tava sóbria, tentando segurar Dinah. Vero e Harry estavam pegando alguém então nem liguei.

Camila me da um tesão do caralho e eu tinha que aproveitar uma última vez. Chegámos em minha casa em menos de 20 minutos e meus pais não estávam lá por sorte. Mal tranquei a porta, camz tira minha camisa e sobe para cima de mim, entrelaçando suas pernas na minha cintura. Agarrei nas suas coxas e a empurrei contra a parede, beijando seu pescoço.

Camila me joga na cama, sinto que alguém quer ser ativa hoje.

Ela coloca uma perna de cada lado da cama e puxa minha calça junto com minha calcinha. Tirei o resto da sua roupa e ela roça sua intimidade na minha me fazendo gemer alto demais.

-Porra Cabello. Ooooh

-Geme mais baixo, cuidado com os vizinhos.-falou com a voz rouca. Foi descendo seus beijos, se colocando de joelhos fora da cama, ficando de frente para minha buceta.

Ela passou um dedo na minha intimidade sentindo o quão molhada eu estava e levou esse mesmo dedo para sua boca, o chupando. PORRA

- Caralho Cabello, vai logo com isso por favor.

Camila passou sua língua por minha buceta, onde logo de seguida me penetrou com 2 dedos. Fez um vai vem bem lento, me fazendo querer socar sua cara. Quando ela trocou seus dedos por sua língua, eu empurrei sua cabeça fazendo menção para ela acelerar seus movimentos e após isso, Camila começa fazendo movimentos circulares com seus dedos enquanto me penetra com sua língua num vai vem gostoso.

-Isso Ooohhh.-gemi. Ela continua seus movimentos até me fazer gozar. -Porra Camila, sua boca é maravilhosa viu.

É mesmo?-riu-Me deixa ver se sua também é assim.-ri e fui fazendo meu trabalho ali.







Notas Finais


Se quiserem falar comigo no meu whats, me mandem uma msg privada aqui no spirit.
Comentem o que acham.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...