História One Change - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Aborto Espontâneo, Bts, J-hope Hétero, Jimin, Jin, Mpreg, Namjin, Rap Monster, Suga, Taehyung, Vkook, Yoongi, Yoonmin, Yoonseok Bromance
Visualizações 695
Palavras 2.837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeey

Atualização está super atrasada, eu sei, mas eu não quero que vocês fiquem sem att hehehe Leiam as notas finais

Boa leitura^^

Capítulo 30 - Changes.


Fanfic / Fanfiction One Change - Capítulo 30 - Changes.

Yoongi olhou todo aquele apartamento com um aperto no coração. Poxa, ele se apega fácil em bem materiais e é a segunda vez que ele muda se aquele ano. Porém, diferente da primeira vez, ele não está triste em fazer isso. Talvez ele possa estar um pouco deprimido por estar deixando algumas lembranças que fez com Jimin para trás, entretanto ele está sentindo que agora é realmente uma nova fase em sua vida. É como se realmente tudo fizesse sentido.

Eles conversaram bastante antes de mudarem para nova casa, Yoongi queria saber como Jimin conseguiu dinheiro e como ele fez tudo sem que percebesse nada. E o mais novo explicou que tinha um dinheiro guardado no banco e que prometeu a si mesmo que só usaria quando ele realmente achasse que fosse necessário, e que aquele momento era o certo. O gestante não aceitou isso muito bem, até porque coisas ruins poderiam acontecer. E se Jimin se arrependesse? E se ele não quisesse mais ter um relacionamento com Yoongi? Porém o ruivo o acalmou dizendo que ter Yoongi como namorado é tudo o que ele sempre desejou.

Namorado. Essa palavra soa engraçada na concepção de Yoongi. Ele sempre achou que relacionamento fosse algo desgastante, então foi por isso que ele nunca pensou em um. Ele teve sim seus casos, porém eles não passaram de uma semana. Não é porque Yoongi era chato ou coisa parecida, ele só deixava bem claro que estava procurando sexo e não um relacionamento. Os caras sempre aceitavam bem então, yeah, era uma coisa divertida para o gestante.

Mas por que o universo tem que ser tão filho da puta? Por que ninguém avisou a Min Yoongi que ter um relacionamento não é bem um bicho de sete cabeças? Por que ninguém lhe disse que ter alguém para amá-lo é tão bom? Se Yoongi soubesse de todas essas coisas, com toda certeza ele já teria tido um relacionamento sério. Yoongi nunca imaginou que ganhar um beijo nos lábios de boa noite e um carinho nas bochechas fosse tão bom, mas agora ele quer mais. Com toda certeza. Ele está viciado em Park Jimin e sabe que não tem como fugir disso.

Sentou-se no sofá enquanto observava aqueles homens fortes levarem as caixas para fora do apartamento. Yoongi já estava de sete meses então, yeah, estava sendo difícil ficar em pé e se manter acordado. Aconteceram muitas coisas nesse meio tempo, ele e Jimin começaram a comprar alguns móveis para nova casa e o mais importante; compraram mais coisas para Park MinYuna e para o pequeno MinJae. Seus bebês. E, yeah, eles já escolheram os nomes.

E aconteceram outras coisas surpreendentes, do tipo a visita de ambos os pais do casal. Yoongi ficou chocado com tudo isso, até porque seus pais chegaram ao apartamento como se fosse uma visita comum, que eles fazem diariamente. E o melhor, trouxeram os berços de ambos os bebês e muitas roupinhas. E como Yoongi já havia falado a seus pais que estava esperando gêmeos, as roupas vieram de diversas cores e tamanhos. O gestante, assim como Jimin, ficou bastante emocionado ao ver todas aquelas coisas. Com toda certeza ele não esperava por isso e foi uma grande surpresa, foi um pouco triste seu irmão não estar ali, mas como ele estava na lua de mel sua ausência foi perdoada.  

Após essa visita, ambos os rapazes compraram mais coisas para os bebês de extrema importância que eles ainda não tinham comprado; fraldas, mamadeiras, mantas, babá eletrônica e até mesmo dois carrinhos de bebê. Jimin achou um pouco precipitado, mas Yoongi apenas disse que é bom se manter preparado para qualquer incidente. E assim que eles chegaram cheios de sacolas e caixas, eles tiveram uma surpresa ao encontrar um homem e uma mulher aparentando estarem na casa dos quarenta — quase cinquenta — em frente à porta do apartamento de Jimin.

E, bem, eram os pais de Jimin.

Yoongi inicialmente não soube reagir, ele não sabia se Jimin já havia contado para seus pais sobre tudo isso que aconteceu em poucos meses. Mas ao ver a surpresa espantada no rosto da mulher, o gestante soube que Jimin não havia contado. Inicialmente foi uma situação completamente constrangedora, Yoongi não soube o que falar e as bochechas de Jimin estavam ao ponto de chegar à cor do seu cabelo de tão envergonhado que o mais novo se encontrava. Porém, alguns minutos mais tarde, as coisas foram esclarecidas e, após um grande sermão em Jimin, seus pais o abraçaram e apoiaram o casal.

E, para completar com chave de ouro, no final daquela noite eles fizeram amor de uma forma lenta e prazerosa para ambos. Jimin tocava cada parte do corpo de Yoongi com cuidado, cada movimento seu era intenso o que só levou Yoongi a loucura. Na manhã seguinte eles acordaram agarradinhos e com os chutes de algumas pessoinhas que queriam atenção aquela manhã.

Aconteceu outro fato surpreendente, após dois anos e meio, Jimin finalmente tirou o vermelho e jogou tinta preta em seu cabelo. Essa atitude pegou Yoongi de surpresa, porém a resposta de Jimin foi a mais linda. Segundo o atual moreno, a cor preta é para simbolizar a nova fase de sua vida, como se fosse um homem renovado. Aquele dia ambos os rapazes trocaram beijos intensos, Yoongi também queria pintar o cabelo, porém por ainda estar grávido não é permitido fazer tal coisa. Então o gestante apenas passou uma máscara que impede o cabelo desbotar muito e, também, tem a função de hidratar seus fios loiros.

Yeah, aconteceu muitas coisas nessas semanas que passaram. Yoongi suspirou e olhou para o kumamon de pelúcia em suas mãos, ele lembra muito bem quando Jimin lhe deu esse urso. Foi bem na época que seus pais o procuraram e ele estava travando uma batalha consigo mesmo em seu interior, com toda certeza essa pelúcia tem mais significado em sua vida do que imaginou.

— Amor, nós já podemos ir. — Yoongi levantou o rosto e fitou Jimin que entrava no apartamento quase que vazio. — Está pronto para ir a nossa nova casa, uh?! — Perguntou carinhoso enquanto estendia sua mão para ajudar o gestante se levantar.

— Sim, eu quero saber como está o quarto dos nossos bebês. — Sorriu seguindo em direção a saída do apartamento. Há uma semana, Jimin anunciou que iria pintar o quarto dos bebês, porém ele se negou a falar para Yoongi a cor. Segundo ele, é uma surpresa. A única coisa que Yoongi escolheu foi à cor do quarto deles.

— Posso te garantir que está lindo. — Olhou para Yoongi, mas desviou o olhar ao ver os homens passarem com o sofá e uma mesa, as únicas coisas que haviam ficado no apartamento. — Eu pedi uma coisa bem, uh... Digamos que exclusiva.

— Oh Deus, devo ficar com medo? — Sorriu ladino, mas o outro apenas negou sorrindo.

[...]

— Eu não acredito que isso está realmente acontecendo. — Jimin disse observando as caixas espalhadas pela casa.

— E você acha que eu estou? — Yoongi entrou na casa segurando uma pequena bolsa. Mas assim, bem pequena. Tinha somente fraldas ali dentro.

— Está pronto para ver o quarto dos bebês? — Assentiu animado e entrelaçou seus dedos com o atual moreno enquanto seguia pelo corredor onde tinha cinco portas, todas fechadas.

— Onde é o quarto deles? — Perguntou ansioso querendo abrir todas aquelas portas.

— Nosso quarto é o último, então dos bebês são os primeiros depois do nosso. — Apontou para as duas portas que ficavam uma de frente para outra. — Qual você quer ver primeiro, a da pequena Yuna ou do Jae?

— Eu não sei. — Soltou uma risada nervosa. — Eu queria ver os dois de uma vez.

— Como você não sabe qual quarto é de quem, apenas abra uma dessas portas. — Deu de ombros e o gestante concordou.

Yoongi olhou bem as duas portas e resolveu ir à da direita. Olhou para Jimin que apenas sorria e forçou a maçaneta da porta fazendo-a abrir logo em seguida. As paredes são pintadas de um azul bem clarinho, mas o que realmente chamou a atenção de Yoongi, é que uma das paredes tem um papel de parede que lembra o universo. Sorriu grandioso completamente encantado, o quarto é lindo. Diferente do restante da casa, o chão é coberto por um carpete clarinho e a luz do quarto tem um sistema onde pode ser regulada.

— Esse quarto é do pequeno MinJae? — Olhou para Jimin que também examinava todo o quarto, por mais que ele já tenha visto há dois dias.

— Na verdade não, esse quarto é da pequena Yuna. — Disse voltando seu olhar para o gestante. — Sabe, eu não quero que cores definam nossas crianças, desde mais novo eu sempre tive em mente que, a cor que você mais gosta, não diz quem você é. Então decidi ser “diferente” das outras pessoas e o quarto da nossa pequena será azul, que para mim, lembra o universo.

— Eu já falei que você é um anjo? — Disse se aproximando do mais novo e deixando um beijo em seus lábios. Com toda certeza Jimin não é desse mundo.

— Já sim. — Sorriu convencido e o gestante revirou os olhos divertido. — Vamos ver o quarto do MinJae? — Yoongi assentiu já se separando do mais novo e saindo do quarto.

— Você não fez isso, Jimin! — Yoongi disse completamente maravilhado. — Não consigo acreditar nisso. — Murmurou sorrindo de lado. O quarto era praticamente igual ao outro, a diferença é que as paredes são pintadas de vermelho e uma é branca com vários adesivos do urso kumamon.

— Você gostou mesmo? Eu queria fazer algo que lembrasse você, e já que eu planejei o quarto de Yuna que lembrasse algo referente a mim, nada mais justo que fazer o do MinJae referente a você.

— Você não existe, Jimin. — Sorriu e abraçou o mais novo o máximo que sua gigantesca barriga deixava.

— Acho que nós dois merecemos isso. — Sorriu para o gestante que concordou fechando seus olhos por alguns segundos.

— Sim, nós dois merecemos isso, mas acho que devemos começar a arrumar essa casa. — Jimin disse ao mais velho que concordou com um sorriso bobo nos lábios.

Yoongi deixou um último beijo sobre os lábios de Jimin e murmurou um “vamos com isso logo”. Como Jimin que praticamente vai montar todos os móveis sozinho, pois o gestante não está em condições de carregar peso e nem ficar muito tempo abaixado, eles combinaram de fazer o serviço pesado pelo resto daquele domingo e no dia seguinte Yoongi arrumava as coisas mais fáceis — guardar as roupas, utensílio e por aí vai.

As primeiras coisas que Jimin montou fora os berços e as cômodas dos bebês. Eles ficaram boas horas apenas naqueles dois cômodos, mas com toda certeza valeu a pena ver aqueles berços prontos no aguardo de serem usados. Como os guardas roupas dos bebês ainda não haviam chegado, Yoongi ficou movendo algumas caixas leves com roupas, fraldas e alguns outros utensílios enquanto Jimin se encarregava de ajeitar as coisas na sala.

O gestante ficou um bom tempo no quarto dos bebês, e por mais que Jimin o chamasse pedindo sua ajuda vez ou outra, Yoongi só conseguia vagar entre aqueles dois quartos sentindo algo em seu peito borbulhar. Óbvio que ele começou a conversar com sua barriga e teve vontade de chorar ao sentir seus filhos chutarem com mais força, como se tivessem o respondendo.

Quando eles terminaram de montar os móveis e colocá-los em seus devidos lugares, já passava da dez da noite e Jimin preferiu não cozinhar aquela noite — até porque estava super cansado —, então apenas pediram uma comida de restaurante. Quando eles finalmente deitaram sobre a cama recém montada, Jimin apagou no mesmo instante. É como se um peso enorme saísse de suas costas e ele pôde finalmente descansar. Já Yoongi não pôde ter a mesma sensação.

Além da incansável dor que ele estava sentindo em suas costas e seus pés, uma cólica chata resolveu atormentá-lo aquela noite. SeokJin já lhe informou que aquelas cólicas seriam normais a partir daquele momento da gestação, mas era uma dor tão incomoda que Yoongi se perguntou como mulheres conseguem ter essa dor todo mês. E, para completar sua felicidade, os bebês estavam agitados. Mas agitados a um nível extremo. É como se eles estivessem fazendo uma festinha particular em sua barriga com direito a DJ, bebida liberada e brincadeiras.

Yoongi se levantou algumas vezes durante a noite para ir ao banheiro, beber água e tomar algum remédio para aliviar suas dores pelo corpo e a maldita cólica. E o surpreendeu o fato de Jimin não ter acordado em nenhum desses momentos. Normalmente, o atual moreno é que o tem o sono mais leve entre eles, então quando Yoongi mexia demais durante a noite, Jimin já acordava para conferir se estava tudo bem com o gestante. Yoongi se perguntou o quão cansado o mais novo está. Montar e carregar móveis ao longo de uma tarde toda não deve ser fácil. Uma pequena tristeza bateu em seu interior por não poder ter ajudado o moreno, ele poderia ao menos chamar NamJoon ou Jungkook, com toda certeza eles iriam ajudar o mais novo.

Foi com esse pensamento que Yoongi virou sobre a cama e, com uma certa dificuldade, se aconchegou em Jimin que o abraçou de volta como se fosse uma ação automática do seu corpo. E talvez fosse mesmo. Jimin se acostumou tão fácil em ter Yoongi dormindo em seu peito que eles sinceramente já não consegue se imaginar dormindo em um quarto longe do gestante. Talvez ele estivesse um pouco dependente demais do Yoongi, mas ninguém pode culpá-lo.

Na manhã seguinte, Yoongi acordou completamente esparramado sobre a cama e sem o corpo quente de Jimin ao seu lado. Levantou-se, fez sua higiene matinal e enquanto tomava um reforçado café da manhã o loiro conversou com Hoseok matando sua saudade. Já fazia alguns dias que ele não conversava com o amigo, eles apenas trocavam mensagens por conta do fuso horário e também tinha o fato de Hoseok estar se doando por completo ao seu grupo e aquele campeonato de dança que estava se aproximando.

Hoseok lhe disse que as coisas estavam ficando mais apertada agora que o campeonato estava cada vez mais próximo. Pelo o amigo explicou, aconteceu um evento onde ele conheceu os outros grupos que estavam participando e Hoseok se assustou com o número de pessoas que queriam aquele prêmio. E, mesmo não querendo, o amigo se sentiu bastante pressionado a ganhar aquele campeonato representando a Coreia do Sul.

Yoongi fez o que pôde para acalmar o amigo afirmando que tudo ficaria bem, ele até queria viajar até a Inglaterra para ver o amigo brilhar no palco, porém ele já vai ter ganhado os bebês e, bem, ele quer apenas mimar seus filhinhos antes de pensar em sair para algum lugar. E Hoseok também lhe contou que havia conhecido uma pessoa do time adversário. Ele não falou quem é, nem ao menos deu nome, mas falou que essa pessoa ainda vai lhe trazer muitos problemas.

Após longos minutos matando saudade do amigo, Yoongi conversou um pouco com sua mãe e seu irmão por mensagem e logo em seguida se comprometeu a arrumar toda aquela bagunça na cozinha. O gestante não tinha muito que fazer a não ser arrumar as diversas caixas que ainda estavam espalhadas pela casa e, mais à tarde, ele e Jimin vão fazer compras.

Yeah, Yoongi acha que agora a verdadeira vida de casado começa.

[...]

— O que você acha de fazermos o chá de bebê no final de semana que vem? — Yoongi perguntou enquanto observava Jimin guardar algumas fraldas na parte de cima do guarda roupas no quarto da Yuna.

Yoongi havia completado oito meses a dois dias e, yeah, ele está nervoso. Não, ele está nervoso para caralho. A cada dia que passa à hora de seus bebês virem ao mundo está mais perto, e por mais que ele queira abraçá-los e mimá-los, ele não quer seus filhos desprotegidos. É como se uma coisinha em seu interior dissesse que longe da sua barriga ele não poderá mais proteger seus filhos, mas a vida tem dessas certo?

— Acho que semana que vem é ótimo! — Jimin resmungou pegando o último pacote de fraldas e guardando. — Acho que temos tempo de comprar alguns salgados, bebidas e lembrançinhas.

— Sim, eu quero fazer algo bonitinho. — Respondeu sorrindo e olhando o quarto de sua pequena. 

Aos poucos os quartos dos bebês ganhavam vida. Yoongi e Jimin compraram mais alguns enfeites e os berços já estavam começando a serem dominados por pelúcia. Até mesmo o urso do kumamon que Jimin deu a Yoongi se encontrava no quarto de MinJae. E, talvez, NamJoon e SeokJin os mimaram com alguns presentes na semana passada. Os guardas roupas haviam chegado e já estavam devidamente montados em cada quarto.

— Ótimo, então eu já vou falar com nossos amigos e familiares. — Yoongi disse visivelmente animado.

Jimin sorriu de lado enquanto observava o mais velho entrar no quarto a procura do celular, semana que vem será uma semana especial. Nada vai dar errado.


Notas Finais


Então, pessoinhas, gostaram? Eu fiz esse capítulo na intenção de vocês saberem um ppoquinho a rotina desse casal, e já vou avisando, preparem o coração para o próximo capítulo (gosto de causa suspense mesmo hehehehe)

Acho que boa parte de vocês gostaram da minha ideia do capítulo anterior, eu fiquei imensamente feliz com os comentários então muito obrigada! Vocês não tem noção de como isso me motiva, muito obrigada de verdade! Uh, sobre o sorteio que mencionei no capítulo anterior, ele vai acontecer no penultimo capítulo (que não está muita longe), então me aguardem shuahsuuhas

Indicação de fanfic>> Half To Half https://spiritfanfics.com/historia/half-to-half-9476148 (Jikook - Angels!Demon)

A different Prince >> https://spiritfanfics.com/historia/a-different-prince-7042983 (Jikook - Cross dresser - Short Fic) Voltarei a atualizá-la quando terminar OC
Mermaind >> https://spiritfanfics.com/historia/mermaid-9286801 (One shot - YoonMin)

Wattpad >> Next to You (Larry - User: @Park_Aigoo)

Falem comigo no twitter >> @suzana_karol


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...