História One Dance - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Bulldok, EXO, Got7, Pinocchio
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Genie, Hyung Eun, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kai, Kimi, Kris Wu, Lay, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Say, Sehun, Seungri, Sora, Suga, Suho, T.O.P, Taeyang, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Amizade, Baekhyun, Bambam, Bangtan Boys, Big Bang, Bts, Chanyeol, Chen, Comedia, Dança, D-lite (daesung), Exo, Genie, Got7, Hobi, Hyung Eun, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kai, Kimi, Kris Wu, Lay, Mark, Musica, Namjoon, Rap Monster, Romance, Say, Sehun, Seunghyun, Seungri, Sora, Suga, Suho, Taehyung, Taeyang, Top, Xiumin, Yoongi, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 51
Palavras 1.928
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey Yo xuxus

'Cês 'tão bem? Espero que sim ♥

Perguntinha: 'Cês 'tão gostando? Era só isso que eu queria saber mesmo 😘❤

Capítulo 54 - Surpresa da Hyuna


Fanfic / Fanfiction One Dance - Capítulo 54 - Surpresa da Hyuna

Depois daquele beijo ESPETACULAR digno do óscar e de ser colocado no dicionário para quando procurarem a palavra beijo – não importa a língua – esteja a foto daquele beijo, o jogo teve que acabar. Eu e a Sook estávamos emocionadas e felizes ao extremo, porque faz quase dois anos que ela fez eu começar a shippar a porra desse casal, então podem imaginar do jeito que eu estou certo? Não sei como o resto ficou, porque não tive condição de ver. O meu lindo Namjin foram conversar sozinhos.

- Eu só queria dizer que isso sim é UM BEIJO - a Sook pontuou

- Sabe o Um anel do Sauron? Que é o anel dos anéis? Então esse é o Um Beijo, o beijo dos beijos – confirmei animada suspirando sonhadora

- Será que agora finalmente eles tomam vergonha na cara e se assumem? – o Chimchim perguntou

- Tomara, preciso dos meus pais casados fazendo muito sexo – abri um sorriso sonhador

- Parece que você ama que os outros façam sexo – a Crystal observou

- Sim, eu quero que todo mundo se pegue muito e tranzem muito, assim não vão ter tempo de fazer guerra, ou implicar com diferença. – dei de ombros

- Apenas uma desculpa para aproveitar, não é safada? – a Sook abriu um sorriso malicioso, estávamos agora em pé quase uma do lado da outra, dei de ombros abrindo um sorriso travesso.

Todo mundo começou a conversar e eu fiquei de canto pensando.

Vejam se não faz sentido: se todo mundo fazer sexo, não vai sobrar tempo para as pessoas cuidarem da vida alheia, se odiarem, ou seja lá o que for, essa é a solução para a paz mundial. Por exemplo, se Kim Jung Un e Donald Trump, fizessem mais sexo eles não teriam tempo para ficar ameaçando o mundo com uma guerra, e nem iriam querer, já que seriam mais felizes.

Meus pensamentos foram parados quando uma mão segurou meu pulso e me puxou rapidamente pela porta que dava para o lado de fora da casa. Não deu tempo nem de eu falar algo ou protestar, e nem ninguém perceber que eu estava sendo praticamente sequestrada. Minhas costas bateram contra a parede do lado de fora do prédio e finalmente eu pude ver o rosto do indivíduo.

- Acho que temos algo para terminar – o Taehyung falou olhando nos meus olhos com aquele sorriso de quem iria aprontar

- Terminar o que? Porque o jogo não tem condições de continuar – dei de ombros tentando voltar para dentro, mas ele prendeu minhas mãos me prensando contra a parede.

- Não se faça de besta, Kimi, não combina contigo – disse em tom baixo, colando nossas testas

- Taehyung, o que está fazendo agora? – suspirei, eu estou tão bem, porque ele vai querer fuder meu emocional?

Sim, fuder meu emocional. Já aceitei que eu gosto dele e também aceitei que eu tenho que superar, já que, por algum motivo – na verdade eu nem sei bem o porquê, talvez por ele já estar com outra? Ou por ele não ter confiado em mim quando eu mais precisei? Ou talvez até mesmo o fato de que ele não retribua o mesmo sentimento – não podemos ficar juntos. Mas ai chega esse guri fdp e faz isso comigo. Sim, eu sou forte, mas ainda sou humana, posso não demonstrar, mas tem coisas que conseguem me abalar, até mesmo me destruir.

- Uma coisa que eu quero fazer a muito tempo – disse em um sussurro, sentir sua respiração bater no meu rosto me acalma e me apavora ao mesmo tempo

- V? – uma voz feminina chamou seu apelido, ele fechou os olhos respirando fundo – V? – chamou novamente, agora parecia que estava um pouco mais perto, confirmando se era ele mesmo, só que dessa vez parecia que ela estava prestes a chorar, ou estava machucada ou qualquer coisa assim

- Vai, sua namoradinha está te chamando – o empurrei , mas uma das suas mãos ainda estava segurando meu pulso, quando comecei a andar de volta para dentro

- Kimi – foi uma mistura de pedido e mais algo que eu não consegui identificar

- Vai – mandei, tirando sua mão do meu pulso e entrei.

Dentro de casa, a primeira coisa que eu fiz foi abraçar o Hobi pela cintura, o apertando e escondendo meu rosto no seu peito. Mesmo sem entender, ele me abraçou forte e não perguntou nada.Eu precisava disso.

Agora que fui reparar o quanto eu senti falta disso, por todo o tempo que fiquei afastada deles, eu senti falta deles, de todos e cada um, mas isso não quer dizer que eu não amo os meninos do GOT7 ou do EXO, eu amo eles mais do que tudo.

Depois disso ficamos jogando conversa fora – eu deitada junto com o Kookie e o Chimchim no sofá - não me lembro como nem o momento em que dormir, só lembro de ser acordada hoje de manhã, morrendo de dor de cabeça, pela Jun, lembrando que tínhamos que ir para a JYPEnt. nos trocar para gravar nosso programa de Debut.

Já tínhamos acabado de gravar e agora estávamos indo embora, mas eu não podia ir embora sem antes dar um beijo no Dalpo, já que estávamos na YGN emissora em que ele trabalha.

Quando eu e a Jun saímos do elevador para nos encontrarmos no hall do prédio com a Júlia que iria levar a Junie embora, já que eu iria me encontrar com a Hyuna em uma lanchonete que ela marcou, eu vi meu lindo oppa conversando com um homem que eu não conheço.

Corri em sua direção atraindo olhares e quando ele me viu abriu um lindo sorriso e seus braços, abracei sua cintura fazendo-o dar um passo para trás para se equilibrar.

- Tudo isso é saudade por ficar uma semana e meia sem me ver? – disse divertido me apertando

- Eu? Ter saudades de você? Não se iluda, Dalpo – falei metida com um sorriso divertido, ainda não o soltando

- Ah eu sou iludido? Então não vai querer saber o que descobri – levantou a cabeça metido

- Quem te chamou de iludido? Tu é o ser mais realista do mundo, oppa. Não foi isso que eu falei, Ahjussi? – olhei para o homem ao lado do meu oppa e ele sorriu

- Cap, essa é minha Dongsaeng – o Dalpo nos apresentou e eu tombei a cabeça o encarando

- Já vai fazer dois anos que você é o Capitão e ainda me chama assim – o Ahjussi negou com a cabeça – prazer em conhece-la senhorita – sorriu para mim

- Já acabou de gravar? – DP me perguntou sorrindo

- Yep – sorri me soltando dele – vamos arrasar – pisquei metida

- Ah eu queria ter visto – fez bico

– Tu vai ver junto com todo mundo – revirei os olhos

- E quem é a guria com a blusa igual a sua? – perguntou olhando para atrás de mim, segui o seu olhar e achei a Junie

- Ah, minha Dongsaeng. Ela é a outra metade do duo – chamei com a mão a Jun que veio, meio tímida, mas veio – Jun esse é meu oppa Choi Dal Po; oppa, essa é a Min Yejun – os apresentei

- Como o JY Park colocou vocês duas juntas? Ela parece tão inocente. Não se deixe influenciar por ela, Okay? Ela não é uma boa referência – alertou e eu levantei uma sobrancelha

- Não esquece com quem eu cresci – lembrei

- Exatamente, te mimamos demais – disse óbvio

- Como se vocês fossem as melhores influencias do mundo – revirei os olhos e ele deu um sorriso travesso

- Yo oppa – a Juba apareceu se apoiando nos meus ombros

- Hey Juba – ele sorriu cumprimentando ela – Já que estamos todos aqui, que tal comermos? Eu pago – sorriu para mim

- Olha que isso é uma tentação, maaas eu combinei de me encontrar com a Hyuna agora – ele fez bico contrariado – por isso eu já vou indo. Bye oppa – dei um beijo estalado na sua bochecha – vejo vocês mais tarde Juba e Junie e foi um prazer te conhecer, Ahjussi – sorri e acenei saindo já que a Hyuna já estava me ligando.

- Kimi – o DP me chamou e eu parei me virando para trás, já estávamos um pouco longe – Eu vou estar livre depois dás 21hrs, se não quiser ficar de fora e quiser saber algo interessante, atenda o seu celular quando ligarmos e nos encontre no telhado – avisou e eu franzi o cenho, quando ele viu minha desconfiança misturado com confusão ele abriu um sorriso – agora vá, a Hyuna não está te esperando? – disse com um sorrisinho

Acenei e voltei a andar ainda confusa e desconfiada, tanto quanto eu estava com a Hyuna que me ligou na hora que eu estava colocando minha jaqueta mandando eu me encontrar com ela na nossa lanchonete de sempre, logo depois da gravação do programa, que demoraria por volta de umas três horas.

Não, eu não faço ideia do que a Hyuna quer. Ela sempre faz isso desaparece e aparece do nada – mentira, nos falamos pelo menos uma vez por dia – mas ainda assim ela consegue saber o que está se passando comigo por um olhar e nossa relação nunca muda. Hoje, segundo ela, ela vai me dar um presente de natal adiantado.

Se eu estou curiosa sendo que ela não me deu nenhuma pista? Com toda certeza desse universo. E ela sabia que isso iria acontecer ¬¬

Paguei o táxi que me deixou na frente da lanchonete – já que eu tinha ido para a emissora com o carro da JYP – que sempre marcamos para nos encontrar, é tipo nosso point.

Entrei na lanchonete e encontrei a guria que eu nem sei como começou a ser a minha melhor amiga.

- Seu cabelo está tããããããão lindo – pulou em mim e essa foi a primeira coisa que disse – por que não fez isso quando eu estava com o cabelo azul – fez bico

- Eu nem sabia que iria fazer o cabelo desse jeito, foi ideia da Ruk – expliquei – agora porque me chamou aqui? – falei impaciente enquanto andávamos por onde ela me guiava

- Bom, com isso você vai me amar mais do que já me ama – abriu um sorriso lindo

- Kim Hyuna, você sabe que eu sou curiosa – suspirei e quando meu olhar seguiu para a frente, mais especificamente em uma mesa a alguns metros de mim, meu corpo parou e minhas mãos foro automaticamente a boca tampando em conjunto com o nariz.

Eu não posso acreditar nas pessoas que estão sentadas a alguns metros de mim. Eu não sei o que eu estou sentindo, eu não posso ter uma reação. Eu amo eles tanto que meu coração dói muito que chega a parecer que vai explodir. Um sentimento que eu não sei explicar para com pessoas que nem sabem que eu realmente existo – apesar de eles saberem que têm fans, sendo assim sabem que eu existo – e que eu nunca nem tinha visto na minha frente, um sentimento irracional e tão forte.

- Ela está bem? – ouvi a voz do Taemin perguntar colocando as mãos no meu ombro me olhando preocupado.

Prendi a respiração sentindo meus olhos se inundarem. Puta que me pariu os cinco amores da minha vida estão na minha frente me olhando preocupados. E eu não consigo expressar nenhuma reação. Queria agradecer todos os deuses desse multiuniverso e falar que agora eles podem me levar se quiserem, porque eu morrerei a pessoa mais feliz desse mundo.

- Se eu soubesse que você teria essa reação teria apresentado o SHINee mais cedo – a Hyuna disse divertida


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...