História One Heart - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Exibições 55
Palavras 1.404
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoal, é não teve capítulo ontem maaaaaaas prometo recompensar com esse.
Em itálico é algumas partes do futuro.
Não me matem
Beijossss

Capítulo 12 - Dias contados


(...)

Camila Cabello.

Depois de muitos mimos da parte carinhosa da Lauren. Eu tinha ido para o banheiro terminando de fazer minha higiene matinal e decide deixar Lauren dormindo. Tomei meu banho em 20 minutos, e sai com uma toalha no corpo. O silêncio do quarto me fez sair do banheiro a procura da minha regata que esqueci na gaveta de Lauren.

Sai lentamente e abri a gaveta lentamente pegando e correndo para o banheiro fechando em seguida.

(...)

Lauren Jauregui.

- Camila! - gritei do banheiro - Vamos logo que demora para passar uma maquiagem.

Bufei e ela gritou um "calma", Dinah já não estava no quarto e Verônica havia sumido com Lucy provavelmente dormiram fora. Mais elas estavam tão loucas no dia anterior.

- Pronto - Camila saiu do banheiro se olhando ao espelho e sorrindo.

Ela estava linda um pouco diferente do normal, calça jeans cintura alta azul, uma bota preta cano baixo e uma regata branca feminina.

- Você está linda - sorri dando lhe um selinho - Queria saber por que se arrumou tanto para uma aula?

Eu disse fingindo está brava a mesma me puxou abrindo a porta e indo em direção as escadas.

- Queria te agradar Lo - ela sorriu entrelaçando seus dedos ao meus.

- Que casalzinho fofo - Harry disse nos empurrando.

- Porra! - gritei me equilibrando em Camila que ria altamente.

- Oi gente. - Ally disse guardando seu celular no bolso quando chegamos ao 1° andar.

- Oi Ally - Camila a apertou.

Ri e Harry a abraçou.

- Que bom que estão felizes - Ally me deu um abraço e retribui - Sério...

- Que viadagem meu Deus - Harry disse.

Camila esbarrou em uma menina que passará atrás dela.

- Desculpe eu n...- Camila disse fitando Keana que estava com algumas lágrimas.

- Hey Ke! - Ally sorriu inocentemente.

- Oi gente - ela sorriu - É-é eu tenho que ir.

Keana passou pela gente rapidamente. É Camila continou seu trajeto brincando com Allyson e Harry me fitou.

- Estranha aquela menina né? - ele disse passando ao meu lado. Apenas assenti e chegamos ao grande refeitório parando na mesa com Dinah e Normani conversando.

- Hey meninas - Dinah disse sorrindo.

- Estou aqui - Harry disse sentando ao lado de Ally.

- Por isso mesmo Hazza - Normani falou rindo.

- Se foder vocês - ele disse empurrando Mani.

- Vocês viram a Lucy e a Vero? - Eu disse dando espaço para Camila sentar ao meu lado. Ela agradeceu e sorriu.

- Eu não vi as vagabundas não - Dinah disse bebendo seu suco - Elas devem ter dado uma fugida.

- Estou preocupada meninas - disse calma e Harry franziu o cenho.

- Elas são bem grandinhas Laur, calma - Mani disse.

- Por isso também Mani - disse e elas riram.

(...)

Que belíssimo estava assistindo a cena da mulher que eu amo com outra pessoa, um mínimo tedioso, e doloroso.

- Você tem que esquecer Michelle - Clara disse se sentando ao meu lado. - Olha o tão perfeito que eles são...

- Eu me recuso a escutar isso - gritei.


Camila Cabello On.

Eu não aguentava mais aos trezentos passos que estávamos dando na música crazy in love em um Remix maravilhoso. Eu estava alucinando.

- Por hoje é só meninas - Professora disse desligando o som.

- Graças a Deus - Dinah gritou recebendo olhares - Que conseguimos finalizar...

Ela disse e Ashley riu.

Juro que Ashley dava algumas investidas em Normani o que deixava Dinah desconcertada. Então ela riu ironicamente para a professora que fitava Normani terminar de beber sua água.

Estavamos andando para fora da grande faculdade marcamos de nos encontrar ao lado de fora ao grande e longo gramado da escola para conversar sobre algumas coisas.

- Gente aquela não é a Lucy - Normani apontou para uma menina sentada ao lado do grande letreiro da escola de cabeça baixa.

- É ela, vamos lá - eu disse rapidamente e andando junto a elas.

Lucy estava completamente acabada, com milhões de lágrimas nos olhos e uma expressão triste me deixando abalada. Ela tinha marcas roxas pelo pescoço, e sua cara estava péssima. 

Ela olhou vagarasomanete para nós é Normani sentou ao seu lado, fazendo assim eu me ajoelhar ao seu lado e ficar de frente para ela, Dinah ia dizer algo mais Lucy interrompeu.

...Eu acordei no frio da noite e encontrei Verônica me olhando, eu estava com uma mórbida dor de cabeça, e ela me disse para pegarmos um ar que ela precisava de mim, e que ela queria só a mim. - suspirou limpando algumas lágrimas - Eu fui para o lado de fora com ela, ela chamou um táxi e fomos para Coney Island a noite estava linda, maravilhosa e ela comprou algumas bebidas e pegou em seu carro e deitamos ao luar foi lindo, maravilhoso.

Ela disse e parou por um momento, talvez querendo achar as palavras certas.

...Ela me pediu para fazermos amor, eu sorri meramente ela bebeu uma dose, duas,três e eu cedi. Deixei que ela me fizesse sua. Eu a amo, e sou tão tola por acreditar que ela estaria ali por mim, ela foi covarde. Ela não acreditou que eu fosse virgem, ela fez sem pena. Ela me machucou - ela disse e meu coração gelou - Eu achei que depois de tudo ela iria está ali para me consolar, mais não. De manhã acordei com algumas roupas e um homem me acordando, ela tinha ido embora. Do meu lado ela deixou um bilhete apenas "Desculpe-me".

Play. The Smiths - Asleep

Nesse momento Dinah correu furiosa para dentro do colégio, Normani a abraçou.

- Não fique assim Lucy ela não te merece. - eu disse a consolando com pura sinceridade a abraçando.

Pensei em Lauren

Se ela fizesse isso comigo, não sei o que seria de mim.

Mandei uma mensagem.

Me: Temos um problema amor, Verônica aprontou.

Lauren: Ela acabou de chegar na sala. Nós falamos depois. Te amo.

Narrador 

Verônica entrou na sala procurando sua amiga loucamente. 

- Lauren! - gritou a mesma, fazendo a atenção dos alunos irem totalmente a garota.

- Senhorita Iglesias o que está fazendo? - o professor falou duramente com a garota. É a mesma bufou. Harry que ainda escrevia algumas coisas tolas sobre um trabalho não acabado levantou e foi até a porta saindo assim com Verônica.

A morena que ainda via seu celular rapidamente se levantou correndo para fora do lugar. Eles saberiam que iriam ganhar uma advertência mas tudo pelo seus amigos não é mesmo?

Do outro lado Camila levará Lucy para seu quarto, a menina havia tomado um banho se dando o trabalho de chorar por todo o banho. Deitando assim em sua cama, fazendo Camila gelar com a visão. Lucy estava chorando presa em seu travesseiro cantando algumas emboladas partes de Hurt - Johnny Cast. 

Essa música lembrava sua amada, ela sempre cantava em sua música nos momentos mais dolorosos da vida de Camila quando seus pais brigavam.

Lauren havia escutado o lado de Verônica mesmo repreendendo sua amiga que agora chorava arrependida. 

Ally havia tombado com Chris, e descobriu que o casamento iria ser no final do verão pelo fato da família dos Cabello's querer o tão rápido e desejado casamento.

Allyson pensava sobre tudo, sobre a faculdade de Camila que a mesma teria que sair por uma tola ideia dos Jauregui's e Cabello's. Chris se abriu para Ally. Dizendo que nunca foi o tão perveso e louco como elas achavam.

Normani e Dinah estavam trocando carícias no quarto de Normani, já que não havia ninguém para pertubar o momento tão lindo. Elas fariam amor ali, naquele momento. 

Verônica chorava aos braços de Lauren dizendo que era fraca demais para começar um relacionamento, e Harry consolava as duas.

Lauren se lembrará das vezes que sua mãe disse que o casamento estava chegando.

Deixando assim Camila e Lauren perdida em pensamentos.

Keana havia se cortado pela quinta vez naquela semana.

E tomando em seguida seu bom whisky.

A dor inesperada do amor, é que com ele vem obstáculos.

Estou sozinha nessa, Camila se foi.

Ela me deixou.

Ela não aguentou minhas noites no telefone.

Ela não aguentou o quanto eu ligava para saber

Ela não aguentou a minha dor.

Eu vi Camila e ele andando ao cinema.

Sim, isso me consumia a minha dor eles eram perfeitos.

Talvez ela estava apaixonada por ele. Ela esqueceu da nossa noite ou ela esqueceu do quão lindo era o nosso amor. 

Ela me olhou. Ela me viu ali.

E num ato tão doloroso desejei sair, mais ela entrou para dentro daquele cinema com ele.

Acendi um cigarro e entrei em meu carro.

- Não chora amor - falei para o pequeno que estava no banco de trás. - Vou trazer sua mamãe de volta.







Notas Finais


Uoool pqp
Essa prévia do futuro.
Toda babada...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...