História One Last Time - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 19
Palavras 971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Caap novuuu
Espero que gostem.
Bjuuuus💞💞💞💞💞

Capítulo 13 - Morte


Entro na mata o chamando quando escuto um galho se quebrar atrás de mim, eu paro me virando lentamente para ver quem era...

- Thomas..?

- Oi meu amor, o que houve com sua perna? - diz ele se aproximando.

- Não chega perto.. Não importa minha perna. Só saí daqui. 

- Eu só quero ajudar..

- Eu não quero sua ajuda. - ...Depois disso um silêncio pairava ali.

- Cala boca, ela ama, ama ela ainda ama - dizia ele dando-lhe um tapa no rosto e puxando  seus próprios  cabelos - Eu não vou fazer isso, NÃO VOU! - Ele grita

- O que é que tá acontecendo com você? Qual é o seu problema?

- Você é meu problema.. Meu problema, é culpa sua! Sua! - ele se aproximara me pegando pelo pescoço com ambas as mãos me encostando em uma das árvores começando e me enforcar.

- Me solta.. - digo com o pouco ar que ainda restara em meus pulmões. 

- Eu vou te matar - ele estava fora de si e eu quase sem ar, a única coisa que eu pensei foi em acerta-lo  com força para o mesmo sentir dor, e assim fiz o acertei fazendo o mesmo me soltar, então pude correr, corri o que consegui mesmo com minha perna daquele jeito, thomas corria atrás de mim, eu estava desesperada então acabei tropeçando e caindo naquele chão sujo.

- Peguei!

- Não me mata.. Por favor! - digo chorando.

- Não, eu não vou te matar, amor quem disse isso? - diz Thomas me arrastando pela perna - Você vai ser só minha.. de mais ninguém, devia ficar feliz por isso amor.

- Vai te fuder!  ME SOLTAAA ! - grito 

- a gente já vai chegar amor - diz o mesmo ainda me arrastando de volta pra casa - pronto, a gente pode morar aqui, ficar só nós dois e mais ninguém. -diz me arrastando para o porão da casa e me soltando logo me levanto e ficamos cara a cara

- Não, eu não quero isso.

- Porque não? 

- Porque eu não quero ficar presa aqui - àquele ponto eu ja estava chorando - E não vai ser a mesma coisa que antes, não vamos ser felizes como antes! Lembra de todos os momentos felizes que a gente passou juntos, alguma coisa tem que ter sido real pra você, os beijos, sorrisos, tudo, e a culpa não foi minha que você fez essa maldita aposta e  dormiu com aquela vagabunda! Não foi! Não foi! - Eu batia contra seu peito e vejo o mesmo segurando meus pulsos e me derrubando no chão  não pensei duas vezes e consigo derruba-lo  fazendo o mesmo bater a cabeça, ele não desmaiara mas ele ficava abrindo e fechando seus olhos como se tivesse acordado de um transe.

- Kat? O..o que eu to fazendo..?

- Voce me pergunta serio? 

- Kat e..eu preciso de ajuda, te..tem uma voz - ele aponta para sua cabeça - ela me de diz o que fazer e muitas vezes me controla.. Sai logo daqui antes que eu te faça algum mal.. - Não pensei duas vezes e fui, estava indo em direção à porta quando o mesmo me chama - Kat..? - Eu me viro - Eu te amo.. Espero que Jackson te trate bem..diferente  de como te tratei hoje, agora vai - E  assim fiz, corri pra fora daquela casa e logo Vejo Jackson saindo da mata e vindo correndo ao meu encontro me abraçando em seguida.

- Kat... Eu ouvi você gritar, ele te machucou? Sua..perna, e esses arranhões, foi ele? 

- Não.. Não foi ele, eu cai antes, ele só me arrastou e...tentou me enforcar.

- Me desculpa.. Eu acabei me perdendo. - diz me abraçando novamente. 

- Ele disse que tem uma voz controlando ele, mas eu acho que é só as vezes, porque ele me mandou embora antes que ele fizesse algo...pior. Vamos embora,  por favor, antes que ele apareça de novo

- Vamos, você está toda suja, e gente precisa dar um jeito nessa machucado e nesses arranhões.

 ~ Quebra  de tempo ~

Já chegamos em minha casa, tomei um banho e agora Jackson está me ajudando com minha perna, não foi nada sério então não será preciso pontos ou até ir para um hospital.

- Tá ardendo?

- Um pouco.

- Tá agora eu vou colocar um remédio que vai arder bastante, mas vai ajudar pra cicatrizar rápido Okay? 

- Okay - ele coloca e eu sinto aquilo queimar por um momento mas logo passa.  - Espero que cicatrize rápido mesmo, toda essa dor tem que ter sido util.

- Acredito que vai sim, já são 20:30, tá com fome?

- Um pouco.

- Tá vou fazer uma coisa pra gente comer.

- E você sabe cozinhar?

- Sei, claro que sei, sou multifunções - Rimos

- Já pode casar então! - digo 

- Só falta a noiva né - ele me olha querendo dizer algo mais, mas só se vira indo pra cozinha.

- E então... O que vai fazer? - pergunto indo junto dele na cozinha.

- Nhoque  ao quatro queijos

- Huum, jurava que ia fazer uma coisa mais simples.

- Dúvida na minha capacidade?

- Duvidava, mudei minha opinião sobre isso.

   ~ Quebra de tempo ~

Acabamos de jantar, lavar a louça e quarda-la fui para o quarto colocar um pijama enquanto Jackson estava lá em baixo colocando algum filme, coloquei meu pijama, shorts solto e uma regata desço e vejo Jackson de pé paralisado com seu celular na mão.

- Jackson...? - Vou para perto dele e o mesmo estava com os olhos marejados - O que houve?

- O...o.. o Thomas...

- O que foi? O que aconteceu?

- Ele se... Ele..está morto.

- O que??? Thomas tá... morto? 


Notas Finais


Acabooo 😣😣
Desculpe qlq erro
- Ty


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...