História One More Night - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agents of S.H.I.E.L.D., Capitão América, Demolidor (Daredevil), Os Vingadores (The Avengers), Viúva-Negra (Black Widow)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Bobbi Morse, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Dra. Helen Cho, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Grant Ward, Gwen Stacy, James Buchanan "Bucky" Barnes, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Jessica Jones (Safira), Laura Barton, Maria Hill, Mary Jane Watson, Matt Murdock, Melinda May, Miss Marvel, Mulher-Hulk Vermelha (Betty Ross-Banner), Natasha Romanoff, Nick Fury, Pantera Negra (T'Challa), Peggy Carter, Pepper Potts, Peter Parker, Sam Wilson (Falcão), Scott Lang, Sharon Carter (Agente 13), Steve Rogers, Thor, Tia May, Visão
Tags Buckwanda, Romanogers, Steron
Exibições 90
Palavras 1.128
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey pessoas!
Desculpe pela demora, mas aqui está mais um capítulo. O capítulo será o bônus da Maria.
A mulher da é a Margot, personagem criada por mim, irmã da Maria.
Boa Leitura :D

Capítulo 19 - Capítulo 19 Bônus Maria Hill


Fanfic / Fanfiction One More Night - Capítulo 19 - Capítulo 19 Bônus Maria Hill

As memórias se passa tão rápido em minha mente que não tenho sequer reação. Tudo acontecerá tão rápido, a volta de Natasha, Stark e agora Margot, sinceramente já não sei distinguir mais as coisas. 

Natasha foi uma grande amiga que tive na S.H.I.E.L.D, por mais que eu tenha demorado para me acostumar com sua entrada, se tornou uma das pessoas em que mais confiava. 

Após sua partida me senti um pouco, na verdade bem sozinha, mas solidão nunca foi um problema para mim. 

Assim que comecei a trabalhar para o Stark, logo após a queda da S.H.I.E.L.D, Margot havia ficado mais tranquila mesmo sendo mais nova do que eu, a sua preocupação sempre foi excessiva demais. 

Meu "relacionamento" com Tony ficou mais íntimo quando Pepper havia ido embora alguns meses atrás, acabamos ficando bêbados e então aconteceu, e a cada vez ficava mais frequente. Não pensei que eu pudesse me apegar a ele, mas aconteceu e eu não pude fazer nada para mudar o que eu já estava sentindo. 

Descobrir que assim que Pepper voltou que ele estava se envolvendo comigo e ao mesmo tempo com ela, foi algo que eu não suportei. 

-Maria!. - Natasha me chama me fazendo "acordar". A mesma me entrega um copo d'água :- Beba um pouco. 

-Quem é Margot, só para não perder o rumo da conversa?- Rogers pergunta sem entender o que esta acontecendo. 

-Margot é a irmã mais nova de Maria.- Natasha responde e então se senta ao meu lado. Me encontro com os pensamentos tão distantes que não sei nem o que fazer :- O que houve com ela? 

-Eu havia falado para ela ir de avião, mas ela não me escutou. Ela foi em um congresso em Boston, na volta um motorista bêbado bateu no carro dela fazendo-o capotar e ela ser arremessada para fora, seu estado é grave e...- Respiro fundo para que as lágrimas não caísse, mas foi em vão :- Ela é a única pessoa que eu tenho, e por mais que o tempo mínimo que passamos juntas sempre brigamos e eu digo que a odeio, eu não posso perdê-la. 

Me sinto fraca e exposta, mas neste exato momento não ligo para mais nada.

-Não sou boa em consolar ninguém e você sabe muito bem disto, mas ela é sua irmã, e é forte assim como você, irá ver como ela irá sair desta.- Natasha diz tocando em meu ombro dando um sorriso de lado. 

Respiro fundo e seco minhas lágrimas me levantando. 

-Vou para o hospital, preciso saber como ela está. 

-Quer que nós vamos com você?- Steve pergunta olhando diretamente para mim. 

-Agradeço Rogers, mas prefiro ir sozinha. Obrigada, por favor, não contém a ninguém. 

Steve apenas fez um aceno com a cabeça, assim como Natasha. Saio da cozinha passando pelos corredores da Base, e no meio do caminho encontro aquele de quem preciso manter distância. 

-Precisamos conversar.- Tony diz parando em minha frente :- Você estava chorando? Maria me desculpe por favor eu..... 

-Não, não precisamos conversar. Tony se você quiser continuar vivo, sugiro que fique bem longe de mim e meu choro não é por conta de você, pois você é tão desprezível que nem uma lágrima você merece. - Minha voz saí fria, e minha expressão totalmente séria. 

Stark me encarava sem saber o que falar, em sua expressão facial vejo arrependimento, mas tal arrependimento é muito difícil de se acreditar. O fito por um tempo, logo que o mesmo abriu a boca para dizer algo, mas foi interrompido: 

-Me faz um favor, siga e cuide da sua vida e deixa a minha em paz, irei continuar trabalhando para você, mas só dirija a palavra a mim se tratando de trabalho, fora isto esqueça de minha existência

Começo a caminhar o deixando para trás, assim que chego no estacionamento entro em meu carro vou direto para o hospital. 

Margot se encontrava na sala de cirurgia, mas a enfermeira deixou com que eu já ficasse no quarto que havia sido designado para ela.

 3 longas horas sentada em uma poltrona, quando finalmente a porta se abriu e sobre a maca, o corpo de Margot cheio de aparelhos e machucado. Junto duas enfermeiras e um médico, um senhor de no mínimo uns 54 anos. 

-Você é a parente da vítima? - Ele dirige seu olhar para mim, me levanto indo em sua direção e estendo a mão para ele. 

-Maria Hill, sou irmã dela. 

-Dr.Connor.- O mesmo responde segurando minha mão. 

-Como ela está? - Sinto um aperto no coração ao pronunciar tais palavras. 

-Ela se encontra estável, não posso lhe dar um diagnóstico concreto. Durante a cirurgia sua irmã sofreu três paradas cardíacas, apenas com o tempo vou poder lhe falar algo concreto sobre o estado dela, mas neste momento só podemos esperar e ter fé. 

-Não sou uma pessoa religiosa.- Desvio meu olhar olhando para o corpo de Margot sendo ajeitado na cama. 

-Então minha filha, sugiro que passe a ser, pois apenas um milagre pode ajudá-la. - O médico tocou em meu ombro e então se retirou do quarto junto com as enfermeiras, deixando apenas nós duas. 

[...] 

-Cuidado. - Falo para Margot assim que ela entra no carro. Após dois meses dentro do hospital, ela finalmente recebeu alta. 

Depois de dois meses sem aparecer para trabalhar, presumo que já fui automaticamente demitida. 

-Quer parar de ser mandona uma vez na vida Maria?- Margot reclama me fazendo sorrir, me inclino a ajudando a colocar o cinto e antes de me levantar lhe dou um beijo na bochecha. 

-Também lhe amo Go. -Fecho a porta e dou a volta entrando no banco do motorista, coloco o cinto e então dou partida. 

-Odeio quando me chama assim Christina.- Ela esbraveja. 

-Só não te xingo por você ainda estar de recuperação, espera só quando você melhorar. -Reviro os olhos prestando a atenção na rua. Meu celular começa a tocar, olho rapidamente para a tela e vejo o nome de Natasha. 

Pego meu celular rapidamente o atendendo, Natasha me explicou algumas coisas, foi Questão de segundos para que eu logo encerrasse a chamada. 

-Para onde estamos indo?- Margot pergunta assim que percebe que estamos fora da cidade. 

-Vou matá-la e enterrar seu corpo no meio do nada.-Reviro os olhos :- Nós duas iremos tirar umas férias, até que você se recupere. 

-E seu trabalho? Já passou dois meses dentro de um hospital Maria, Stark irá lhe demitir. 

-Isto é a coisa mais sensata que ele poderia fazer. -Respiro fundo, olho para ela rapidamente e depois para a estrada. 

-Toda a vez que tentamos passar um tempo juntas algo acontece.

Tiro uma das mãos do voltante, enquanto dirijo com uma, seguro uma de suas mãos com a outra. 

-Prometo que está vez será diferente. 


Notas Finais


Este foi o bônus fav Maria, em minha opinião poderia ter ficado melhor, mas fazer o que.
O próximo capítulo irá demorar um pouco mais para ser postado, mas vou fazer de tudo para sair até semana que vem.
A respeito do grupo, quero que me fale ou nos comentários ou nas mensagens quem irá querer participar.
Kisses Evil Blue 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...