História One Night - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Exibições 133
Palavras 929
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meus amores!

~ Plágio é crime.
~ Fanfic de total autoria minha.
~ Justin Bieber não me pertence, mas suas ações sobre essa Fanfic sim.

Justin Bieber como Justin Bieber
Gabriela Ramos como Alysson Somers.

Boa leitura. 💙

Capítulo 1 - Prologue


Fanfic / Fanfiction One Night - Capítulo 1 - Prologue

Point Of View Justin Drew Bieber


 Mais um ano de vida! Isso deve ter uma comemoração, correto? Aniversário costumam comemorar até os vinte anos, depois dessa idade queremos esquecer do fato que estamos velhos e teremos responsabilidade dia a dia cada vez mais.

 Viro os olhos voltando a ler a papelada em minha frente. Sim, mesmo no dia de meu aniversário estou em minha empresa trabalhando. A Apple store não pode parar!

— Senhor Bieber!

 Saio de meus pensamentos com Alysson — minha secretária — entrando em meu escritório rapidamente. Olho para ela sério com uma de minhas sobrancelhas erguida querendo saber o porquê da mesma entrar dessa forma e sem ao menos bater.

— Diga Alysson. — minha voz sai em uma tonalidade externamente rouca. Não me culpem, pois não foi de propósito.

— Desculpa por entrar dessa maneira... E que o senhor tem uma reunião com uma empresa do Brasil. — ela diz abaixando a cabeça sorrindo de lado.

— Brasil? — pergunto-a querendo lembrar dessa reunião me levantando.

— Sim. Um empresário quer abrir uma loja da Apple Store por lá, antes antes você teria que aprovar o local e as ofertas de vendas dos produtos. — diz ela explicando enquanto passa sua pequena mão pelos longos cabelos ruivos que ela tinha.

— Me lembrei! Obrigado. — me levanto e vejo-a já abri a porta pronta para sair mas a chamo fazendo olhar em minha direção — Você vai ter que me acompanhar na reunião.

— Por? — pergunta confusa.

— Você é a única que sabe português aqui, depois de Hailey. — dou ombros chegando perto dela colocando minha mão em suas costas a conduzindo até a sala de reunião.

[ ✿✿✿ ]


 Depois que o último brasileiro saiu suspiro aliviado. É horrível ter reunião com pessoas que não falam a mesma língua que você. Se não fosse Alysson, juro que teria pensado que estavam me xingando. Um momento durante a reunião havia percebido ela corar e vejo que o moreninho ao seu lado estava sorrindo para ela. Vendo suas sardas visível junto a tonalidade rosa em sua bochecha, passo meus olhos por todo seu rosto. Caralho! Hoje que vim perceber, que mulher bonita ela era.

— Bieber?

 Escuto o timbre de sua voz fazendo meu corpo se arrepiar. Sua voz baixa, fofa e amável ao mesmo tempo sexy havia me tocado. Que desgraça é essa?

—  Sim? —  levanto meu olhar em sua direção e fico à fitando.

— Soube que hoje é seu aniversário... Bem... Parabéns! —  ela diz enrolando seus cabelos em seu  dedo me olhando.

— Obrigado. —  me aproximo dela dando um beijo em sua bochecha, exagerei eu sei —  Farei uma festa na boate Bizzle. Se quiser ir, será bem vinda.  

—  Eu irei.

— Te vejo lá, senhorita Somers.

   

[ ✿✿✿ ]


 Levo a garrafa de whisky em minha boca saboreando o gosto delicioso. Deixo a bebida de lado vou andar, passo por pessoas totalmente bêbadas, casais se pegando e alguns quase se comendo. Graças a Deus meus pais não viram!

 Vejo um grupinho gritando " Bebe, bebe, bebe... ". Observo melhor e vejo uma ruiva de costa bebendo a garrafa de vodka sem parar. Caralho mano ela vai ter uma overdose! Quando ela para de beber sorri passando a língua entre os lábios se virando e a multidão grita comemorando. Alysson!

  Depois de minutos vejo ela se afastando indo para a pista dançar. Aly estava completamente agitada, dançava, pulava, rebolava e também , me provocava.

Point Of View Alysson Somers


 Levei minhas mãos para minha cintura rebolando até o chão junto com Hailey. Ouvi gritos de homens aprovando nossa dança e sorri continuando. Senti dois par de mãos em minha cintura. Ignorei e continuei a dançar.

 Rebolei minha bunda contra a ereção do rapaz que estava atrás de mim. O rapaz rodeou minha cintura, fazendo com que seu corpo ficasse mais colado com o meu, seus lábios passavam por todo meu pescoço, deixando beijos e pequenas mordidas  por ali. Arfei por sentir ao respiração quente e meus lábios tinha sede dos seus. Virei meu corpo de frente para o dele e passei meus braços por sua nuca.

Eu preciso te beijar. — sussurrei.

— Não seja por isso.

 Ele aproximou sua boca da minha começando um beijo. O gosto de seus lábios era vodka e whisky puro. O meu corpo parecia em chamas, nunca tinha senti o que estava sentindo no momento, era uma sensação estranha, mas muito boa. Por poucos segundos,  ele se afastou e me puxou para a saída.

— Aonde vamos ?

— Eu preciso de você. — ele sussurrou juntando nossos labios.

[ ✿✿✿ ]



 Acordei com o som de meu despertador. Me mexo em minha cama e sinto alguém nela. Sento rapidamente na cama vendo um homem deitado de bruços deixando apenas suas costas com tatuagens e sua bunda branca amostra.

 Olho para baixo vendo que estou nua e resmungo baixo. Levantei com cuidado para que ele não acorde e desliguei o despertador. Caço minha calcinha e acabo não achando, merda! Peguei o sutiã que estava perto do rapaz é meu vestido no chão. Já vestida pego o meu salto nas mãos e saio do quarto.

 Vejo que estamos em um motel e sinto o meu rosto corar quando desço as escadas até a recepção, chegando no balcão deixo cem dólares com ela e saio esperando um táxi passar.

 Merda! Eu sabia que não deveria ir naquela festa. Alem de ter ficado bêbada, transei com um homem bundudo que nem o nome eu sei. Parabéns Alysson! Parabéns.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...