História One Night - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Tatah_Jiminnie

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Suga, Taehyung, V-hope
Exibições 47
Palavras 734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii meus amores
Aqui não é a Lyne, é a Tatah
Beeem, Lyne está sem net, por isso eu estou aqui humildemente postando para vocês :3
Ela me pediu para que postasse, e bem, estou insegura quanto a isso, pq eu tive que escrever grande parte do capítulo, e não sei bem se ficou bom como a Lyne esperava, mas tá ai ;-;

Espero mesmo que gostem♡

Capítulo 6 - Você tem noção do que ia fazer?


Jungkook e Jimin se olhavam.

Jungkook totalmente corado, e Jimin, ao contrário de Jungkook, estava adorando aquilo. Seria uma oportunidade? Teria que usar seus encantos para seduzir Jungkook?

Jimin se aproximou de Jungkook sem parar de olhar para os olhos do mesmo, algo que Jungkook estava odiando, porque, além de estar corado, estava morrendo de vergonha por estar no mesmo cômodo que um Jimin seminu, era inaceitável para ele.

Por mais que para JungKook, em sua mente, isso estivesse fora de cogitação, ele sabia que no fundo, ele queria isso, ah e como ele queria.

Jimin estava cada vez mais perto, as respirações dos dois se encontravam cada vez mais rápidas, ele estava quase, quando a vergonha tomou conta de si.

"Ah Jimin, o que foi dessa vez?"

O mesmo se lembrara dos sonhos que teve com Jungkook. Eram um tanto quanto vergonhosos, agora Jimin se sentia um pouco sujo por isso. Mas se bem que... não é errado certo? Isso não acontece só com ele.

Jimin não vai deixar lembranças bobas atrapalharem um momento no qual ele quis tanto não é? Não ele não vai.

Jimin prensou Jungkook na parede, passou as mãozinhas pequeninas e redondinhas pelo rosto do mesmo, acariciando o lugar com a pontinha de seus dedos.

Ele estava quase lá, até conseguirá roçar seus lábios com o de Jungkook, e quando achou que finalmente conseguiria o tão esperado beijo;

-MENINO QUAL É O TEU PROBLEMA? -Disse empurrando Jimin com certa força- VOCÊ NÃO LEMBRA DO NOSSO COMBINADO NÃO? DESDE QUANDO TEMOS TANTA INTIMIDADE? DESDE QUANDO VOCÊ PODE ENCOSTAR EM MIM? GAROTO VOCÊ TEM NOÇÃO DO QUE IA FAZER AGORA?

Então Jungkook saiu do quarto batendo seus pés com força, permitindo com que Jimin se jogasse no chão, com o coração apertado e lágrimas nos olhos.

Afinal o que ele tinha na cabeça?

Jungkook não seria tão fácil assim.

(...)

Depois de tudo que aconteceu naquele quarto, Jungkook estava com vergonha de ficar perto de Jimin, então, não iria mais chamá-lo para ir ao jantar que aconteceria daqui há algumas horas, em seu ver, Jimin já não iria ignorá-lo, agora, seria ele quem o faria. Iria ignorá-lo, iria fazê-lo se arrepender do que tinha tentado fazer, como ousou fazer aquilo? Como ousou tentar beijá-lo? Iria morrer de tédio naquele jantar chato, mas não iria chamar Jimin. Mas, como era um ótimo garoto, não iria ficar sem fazer nada, não iria ficar encarando aquele sorriso doce que o causava enjôos, sabia que iria ter que namorar aquela garota por muito tempo, até casar-se, se necessário, claro, mas não a amava, era mais por conta do dinheiro e pelo bem da empresa de seu pai. Enfim, iria levar seu celular, óbvio, tablet, até notebook, talvez, não iria se afundar naquela chatice que iria fluir no evento. Evento que, aos olhos de Jungkook, teria muita gente velha e chata, teria adolescentes nerds e certinhos demais para a idade, teria tudo que Jungkook mais odiava, ele só queria sobreviver aquilo.

(...)

— O que você tá fazendo aqui? -perguntou ao outro que o olhava confuso.

— Vim te ver, pensei que estava sentindo a minha falta -respondeu e sorriu sarcástico

— OK, o que você quer? -Perguntou, sabia que Yoongi não iria visitá-lo sem mais nem menos, ele queria algo. —Eu fui ontem à sua casa, não me parecia precisar de nada - falou e o sorriso do mais velho apenas aumentou.

— Sabe, Jungkook, eu só queria saber o que aconteceu ontem na casa do Jimin. Você não me ligou. - Às vezes, Jungkook não sabia o porquê de ser amigo daquele ser não identificado que alguns chamavam de humano.

— Não aconteceu nada... -Falou, mas Yoongi sabia quando as pessoas estavam mentindo, afinal, era muito bom com coisas do tipo, mesmo não fazendo sempre, reconhecia mentiras.

— Ah, vamos logo, sei que está mentindo, te conheço. - Por mais que hesitasse, ou falava do ocorrido do dia anterior, ou morreria ali mesmo — era seu desejo, melhor do que ir ai jantar —, então pensou na sua família, na sua vó.

— Eu entrei no quarto sem bater e encontrei o Jimin só de toalha, então rolaram umas paradas aí, mas a gente não transou, não, OK? -falou rápido, não queria que Yoongi entendesse, mesmo sabendo que iria explicar até o mínimos detalhes.

Então explicou tudo nos mínimos detalhes e, como o bom amigo que era, Yoongi entendeu o recado. Jimin iria, sim, com Jungkook.


Notas Finais


Aaaah não ficou tão bom não ;-;
Mas mesmo assim espero que gostem :3

Annyeong♡
~Tatah~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...