História ONE PIECE - New Generation - INTERATIVA - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~Uds

Postado
Categorias One Piece
Personagens Coby, Sakazuki "Akainu", Smoker
Tags Interativa, Nova Geração, One Piece
Exibições 36
Palavras 1.297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pessoal esta ai mais um Cap, espero que gostem.

Capítulo 4 - Kyoko o pássaro de fogo


Fanfic / Fanfiction ONE PIECE - New Generation - INTERATIVA - Capítulo 4 - Kyoko o pássaro de fogo

Lvneel Kingdom / North Blue / 7h20min / Manhã

No meio do mar era possível ver apenas o pequeno navio, onde estavam Beatriz, Cody e Lucas, a navegadora se mantinha de pé mesmo sendo cedo, Lucas e Cody por sua vez dormiam tranquilamente, Beatriz parecia inquieta e enrolava os cabelos nos dedos, sinal de puro tédio, quando menos esperava se deparou com uma ilha, sem pensar duas vezes foi na direção de Cody para acordá-lo mas acaba tropeçando e caindo sobre ele, o mesmo acorda gritando e ele e Beatriz ficam corados e com vergonha, Lucas desperta pelo grito de Cody e encara a cena com um sorriso de canto.


Lucas: Ai Cody!Foi pra isso que salvou ela então Capitão pegador?-Lucas fala rindo e Cody e Beatriz também começam a rir se distraindo da vergonha que passaram há poucos minutos-Estranhos vocês rirem disso.


Cody: Não é não…-Cody se levanta junto a Beatriz que encarava os dois.-Então Beatriz onde nós chegamos?-Cody sorri olhando para ela.


Beatriz: Chegamos a Lvneel.-Beatriz olhou para os dois.-Vamos parar aqui, comer e abastecer o barco.


Cody: Acho que devíamos ter um cozinheiro não é?-Cody encarou Lucas que apenas assentiu saltando do navio e pousando tranquilamente no porto.


Lucas: Agora você vai passar por um grande desafio que vários capitães passam, montar uma tripulação de confiança.-Lucas fala andando em direção a cidade, Cody se converte em fogo aparecendo bem ao lado do espadachim, logo depois Beatriz vem  saltitante.


Beatriz: Lvneel é uma cidade maravilhosa, fico entusiasmada em conhecer lugares novos!-Beatriz fala sorrindo e continua saltitando a frente dos dois, Cody e Lucas trocavam algumas palavras.


Os três adentraram um restaurante e se depararam com uma cena bem inusitada, um homem com seus braços transformados em asas de fênix protegendo uma pequena criança enquanto piratas atiravam contra ele, era possível ouvir um choro baixo enquanto o homem sussurrava “vai ficar tudo bem”


Cody não pensou duas vezes, o restaurante tinha cerca de doze piratas, cincos deles estavam agrupados atirando e os demais estavam espalhados pelo restaurante, Cody surgiu em frente aos cinco que estavam agrupados e carrega seu punho com fogo e em seguida ele da um soco criando um grande lança-chamas, matando os cinco queimado e atirando seus corpos longe, Lucas foi em outra direção enfrentando dois piratas, os piratas eram espadachins e ambos vieram dando uma seqüência de golpes com suas espadas, Lucas defendia todos com facilidade, ele empurrou um dos piratas com a espada e em seguida o chutou fazendo voar pela janela, o inimigo restante Lucas apenas aplicou um corte diagonal pegando no peito e abdômen fazendo ele cair morto.


Beatriz também se uniu a batalha, usando seu clima tact, ela lançou esferas de raios derrubando dois piratas, com isso restou mais três piratas que insistiam em atingir o homem que protegia a criança, por fim já sem paciência ele ficou de pé e usou suas asas saltando e planando em direção a um dos piratas acertando um chute na cabeça dele, quando ele golpeiaria o outro é repentinamente atingido por um projétil de fogo, o último pirata apenas saiu correndo.


A pequena garotinha correu na direção do homem que havia defendido ela, o homem olhava sério pro rosto de Cody sem demonstrar nenhum sentimento, o garoto se aproximou e apertou a mão dele.


Cody: Monkey.D.Cody Capitão pirata.-Cody falou com um olhar confiante e autoritário arrancando risos de Lucas.-Ah cara, eu só queria fazer uma apresentação legal.


O homem solta um riso surpreendendo Cody.-Você pode ficar e comer de graça, sinceramente te devo uma, precisava que alguém os parasse…-O homem olha Cody que se ajoelhou perto da criança.


Cody: Por que te atacaram pequena?O que queria com você?-Ele perguntou e ela sorriu o olhando um tanto impressionada e pegou o chapéu dele colocando na cabeça, Cody riu.


Meli: Não me lembro agora, só me lembro do Kyoko-sama gritar “ela não é uma aberração”.-Ela disse engrossando a voz.


Kyoko: Não me imite como se eu fosse algum velho guerreiro.-Kyoko disse e trouxe três pratos de comida para a mesa, então Cody, Beatriz e Lucas se reuniram para comer, Kyoko se sentou analisando os três e seus olhos pararam num mapa que Beatriz lia concentrada.-Então vocês vão para a Grande linha?Eu acho bem legal, esse negócio de se aventurar.-Kyoko se empolgou sem nem perceber.

Cody: Cara, você está certo, não há nada melhor que se aventurar, ainda mais com bons companheiros…-Cody fala de boca cheia e olha para Lucas que também comia e em seguida para Beatriz que cora quase passando mal.


Kyoko: Isso é bem curioso…-Kyoko se levanta e vai buscar algumas bebidas.-Você chegou aqui e nem sabia quem sou e mesmo assim quis me ajudar, você não é normal, não é?-Kyoko indaga entregando as bebidas.


Cody: Não há nada de anormal, eu apenas entrei aqui e vi um homem defendendo.uma criança de um bando de piratas covardes...Não preciso saber mais nada pra saber de qual lado devo lutar.-Cody sorri olhando para Kyoko que parecia se divertir com as palavras de Cody.


Kyoko: Interessante, nunca vi ninguém assim…-Kyoko fala impressionado.-Quando a confusão começou todos os clientes fugiram e deixaram ver o que aconteceria.-Acho que você é um bom pirata.-Kyoko sorri.


Beatriz: Você quer ser o cozinheiro da nossa tripulação?-Beatriz pergunta e Cody e Lucas cospem a comida ao mesmo tempo.


Lucas: Quem deveria chamar não era o Cody?-Lucas fala e encara Beatriz que apenas sorria dando de ombros.


Cody: Você leu minha mente Beatriz, então Kyoko, quer ser da nossa tripulação pirata?-Cody diz com um olhar esperançoso e Kyoko pensa por um certo tempo, até que encara a criança a qual ele havia protegido e vê ela assentindo positivamente.


Kyoko: Sim, eu aceito ser cozinheiro da tripulação de vocês.-Kyoko fala e Cody, Beatriz e Lucas suspiram aliviados o surpreendendo.-Por que todos deram suspiros como se fosse impossível eu entrar na tripulação?


Lucas: Você parecia enigmático e bem quieto quando a gente chegou aqui, então imaginei que você falaria “Não gosto de andar com pessoas barulhentas”-Lucas diz o encarando e Kyoko apenas sorri para ele.


Kyoko: Então vamos logo!-Kyoko fala e os outros se impressionam, o cozinheiro se abaixa próximo a criança.-Se cuide enquanto eu estiver fora, quando acabar minha jornada quero te ver bem.-A garota apenas assentiu positivamente e entrega o chapéu de Cody que o coloca na cabeça.



Kyoko foi arrumar as coisas enquanto Cody, Lucas e Beatriz esperavam, por fim os três partiram em direção ao barco.


Kyoko: Para onde vamos agora?-Kyoko pergunta encarando Cody.


Cody: Vamos para a Grande linha!-Cody sorri empolgado.


Kyoko: Cadê o nosso navio?-Kyoko pergunta um tanto curioso e então Cody aponta para o pequeno navio, Kyoko arregala os olhos mas depois sorri de canto e parte junto aos outros para o navio.
 

Enquanto isso na Ilha Emerald

O pirata que avia fugido do restaurante antes atraca seu pequeno bote no porto de uma ilha ao lado de dez grandes navios e corre até um casarão. E ao entras se depara com mais de duzentos piratas que estavam bebendo, jogando e conversando entre si. Ele então vai andando ate chegar a um grande homem moreno que esta sentando em uma espécie de trono.

Noiven: Almirante Don Davy – o pirata falou se ajoelhando – Senhor infelizmente o resto da décima segunda divisão estão mortos, os culpados são um grupo de piratas.

Don Davy: E quem são esses piratas – O homem falou serio.

Noiven: Não os conheço senhor mais o capitão deles é um garoto com chapéu de palha e pela direção que eles tomaram, eles vão passar por aqui.

Don Davy: Homens vamos ensinar a esse chapéu de palha e seu bando o que acontece quando enfrentam os piratas de Davy – O homem falou levantando um tridente  de ouro.

Piratas: EHHHH... – Os piratas gritaram levantando suas armas.

 



Continua...


Notas Finais


Pessoal só para vcs saberem aquele que tiverem alcunha que não se encaixem com seus perseguem nos iremos trocar por outras que se encaixe melhor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...