História One piece e a filha do rei dos piratas - Capítulo 7


Escrita por: ~, ~yumeblack e ~MelodyHale

Postado
Categorias One Piece
Personagens Edward Newgate "Barba Branca", Makino, Monkey D. Luffy, Personagens Originais, Portgas D. Ace, Sabo, Shanks, Trafalgar D. Water Law
Tags Irmã De Ace, One Piece, Roxane
Visualizações 15
Palavras 1.772
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


espero que gostem eu resumi algumas coisas para irmos mais de presa
boa leitura

Capítulo 7 - Capitulo sete:salvando Luffy, a despedida


Fanfic / Fanfiction One piece e a filha do rei dos piratas - Capítulo 7 - Capitulo sete:salvando Luffy, a despedida

Invadiram  o esconderijo deles e começaram a lutar com eles, Ace foi para cima do que parecia o líder enquanto Rox e Sabo para cima dos outros. Mesmo depois que Sabo recuperou Luffy,Ace disse que ia ficar até o fim como resultado os outros dois também lutaram ao lado dele

Momentos depois estavam na floresta todos enfaixados e com bandeides.Luffy chorava que nem um bebe e já estava de noite

-você tem um péssimo hábito,Ace! quando um pirata de verdade te encara, é melhor correr  - Sabo comentou

-Ace e feito assim, você sabe disso, e nos anos em que vivi com o velhote eu aprendi que se deve fugir de uma batalha  - disse Rox seria

-por que vocês querem tanto morrer? – vendo que nenhum dos dois mais velhos responderia Sabo suspirou

-cometemos um erro estúpido.O bando do Bluejam não vai nos perdoar.Eles virão atrás de nós! – disse Sabo preocupado e pensativo

-aquilo foi assustador! Eu pensei que eu fosse morrer! – Luffy gritou enquanto chorava.

-você é um saco! Cala a boca! Para de chorar logo! Eu odeio pessoas covardes!ou que choram demais!– Ace gritou perdendo a paciência, uma coisa que Sabo percebeu entre os dois morenos era que eles tinha pavio curto e qualquer coisa os irritava

-obrigada! – Luffy disse assim que parou de chorar, Ace,Sabo e Rox se entreolharam – vocês me salvaram – o garoto já retornava  a chorar

-seu – Rox já ia preparando o punho para tampar a boca daquele moleque ela tinha perdido a paciência

-calma, ele só ta agradecendo  - Sabo a segurou

-por que você não deu logo com a língua nos dentes?! –Ace perguntou serio

-eles são o tipo de gente que mata mulheres e crianças sem hesitar! – Rox completou

-eu pensei que se dissesse alguma coiasa...você e Rox não seria meus amigos. – Luffy respondeu  finalmente parando de chorar

-de qualquer forma e melhor do que morrer! Por que quer tanto assim ser nosso amigo? – Ace perguntou

-porque...

-a gente não te deu trabalho até agora? – Rox perguntou tentando entender

-como você conseguiu me seguir até aqui? – Ace perguntou

-porque eu não tenho ninguém mais em quem confiar! – ele disse deixando mais lagrimas caírem  - eu não posso voltar para vila Fuusha e eu não gosto dos bandidos das montanhas!se eu não seguisse vocês ficaria sozinho.E ficar sozinho é mais doloroso do que se machucar! – Luffy respondeu entre os choros

-onde estão seus pais? – Rox e Ace perguntaram ao mesmo tempo

-eu só tenho o vovô. – Disse Luffy

-fica tudo bem para você quando eu e Rox estamos por perto? – Ace pergunta  e ele concorda com a cabeça

-e difícil sem a gente? – Os dois perguntaram ao mesmo tempo fazendo Sabo suspirar

-sim. –

-você quer que eu viva? – Ace fez a mesma pergunta que fez a Rox quando os dois se conheceram

-é claro que sim! – Luffy respondeu

-etendo,mas escuta nem eu nem a Rox gostamos de moleques mimados que nem você –

-isso mesmo tem um motivo se eu fugia do restaurante toda vez que você tava la você e irritante – disse Rox

-eu não sou mimado! Eu sou forte!- ele disse fazendo a Rox rir

-você ?! você não é nada forte! –Disse Ace

-tu choras feito uma menininha! – Rox dava gargalhada ainda  enquanto Ace zoava o Luffy

-você já foi espancado por uma lufa de espinhos?! Eu só tenho 7 anos e quando eu tiver 10 anos que nem você e a Rox, eu não vou mais chorar e serei muito mais forte! –Luffy começou a gritar ao ver que o maior estava alterando o tom de voz

-eu não chorava nem quando eu tinha 7 anos, idiota! Eu não sou que nem você!

-eu vo me tornar o rei dos piratas eu prometi ao Shanks  - gritou Luffy. Rox já estava jogando no chão rindo

-tabom já chega – Sabo separou os dois. –E apropósito,eu tenho um probleminha.

-um probleminha? – perguntou Rox

-Blujam e os outros vão tentar matar nós 3 depois disso tudo, né? – Sabo perguntou

-essa floresta onde eu tenho vivido é perto de onde estão, o esconderijo dos piratas! E se eles me atacarem quando eu estiver exausto ou dormindo?

-você vai morrer – disseram os dois mais velhos ao mesmo tempo, sim ultimamente eles faziam muito aquilo

-é, você vai morrer –Luffy repetiu –

-por isso eu preciso da ajuda de você.E Rox e perigos até para você voltar para o restaurante, você melhor do que ninguém sabe que e la que eles almoçam-

-bem lembrado mas o que diabos direi a  Makino ela vai me matar  - ela comentou nervosa

 - eu tenho um plano –

Então mais tarde Rox foi colocar a parte dela no plano, foi até casa, Makino já esperava por ela na porta com certeza nervosa, e ficou mais nervosa e desesperado quando viu a menor cheia de machudados,faixas e curativos.

-mas o que aconteceu com você? – a maior perguntou preocupada

-eu,Ace,Sabo e Luffy arranjamos confusão com um dos piratas, eles haviam seqüestrado o Luffy e a gente foi salva-lo – então Rox contou tudo para Makino que escutava atentamente, a mais velha ao entender a idéia dos mais novos concordou

-olha mas deve me prometer que de vez em quando você vai aparecer por aqui – ordenou a mais velha

-claro ! – disse Rox sorrindo, a mais velha deu um pedaço de torta de morangos para Rox, enquanto foi ao quarto da mesma. E voltou de la com uma mochila

-aqui estão algumas das suas coisas, roupas, e outras coisas. –disse  a mais velha acompanhando a  mais nova até a porta – a e da um abraço no Luffy por mim  -

E com isso sua parte do plano estava completa Rox deu um sorriso, indo até o ponto de encontro que tinha combinado com os meninos  enquanto se lembrava do sermão que Makino lhe dera mais cedo.

No dia seguinte Ace,Sabo,Luffy e Rox foram acordados por uma voz que não parava de gritar

Ace, Luffy nada responderam apenas voltaram a dormir, Rox  olhou para a mulher um pouco sonolenta ainda

-da pa calar a boca  eu quero dormir – Ela pediu voltando a dormir

-como e que tem dois moleques quem são vocês? –Dandan perguntou

-oie! Eu sou a Roxane este e Oo sabo

-Roxane?Sabo? eu já ouvi seu nome antes!

-que bom isso torna as coisas mais fáceis – disse Sabo 

-obrigada de cuidar de nos de agora em diante – Sabo disse

Depois daquele dia os quatro  se tornaram inseparáveis, sempre arrumando briga pela cidade, Treinando suas batalhas que Ace,Sabo e Rox sempre empantavam. As vezes Rox ganhava de Sabo mas de Ace era quase impossível.Continuavam a fazer as mesmas coisas de sempre, uma semana depois, e eles fizeram um juramento de que daquele dia em diante bebendo o saque junto se tornariam irmãos.Ace e Rox descobriram que nasceram no mesmo dia, a descoberta veio em um dia que Luffy discutia sobre suas idades, e os dois descobriram que nasceram  no mesmo dia. “quase como irmãos gêmeos” foi o que Sabo comentou,mas nem um dos dois quis contar a sua historia antes de chegar ali então preferiram ficar sem saber.

Foi numa noite em que jantavam todos juntos.Que descobriram sobre a verdade

Garp havia chegado já batendo neles por eles estarem discutindo sobre virarem piratas.  Depois ele obrigou a todos a correr dele enquanto ele os persegue. Naquela noite Rox estava com muita cede e resolve por impulso ir tomar água. Qunado estava passando pelo quarto de Dandan a mesma hove uma conversa de Dandan e o Garp que chama sua atenção. Dandan falava de que não queria mais Ace la, que o mesmo estava trazendo muitos problemas para si,ele e Rox, de repente Rox sente alguém tocando em seu ombro e ve que era Ace.

-não temos nada a fazer os dois são irmãos gêmeos ficaram separados por tanto tempo,está na hora de deixá-los viver juntos não acha ? – Garp pergunta fazendo Rox e Ace arregalarem os olhos.Por isso e que os dois eram tão parecidos tanto do aspecto quando no modo de agir, todas as perguntas que rondavam a cabeça dos dois foi respondidas aquela noite, Ace Levou Rox para fora da casa vendo que ela ainda estava estática.La fora Rox chorou, não era um choro de tristeza como Ace pensou que seria,mas sim de alegria, Ace deixou que a morena chora-se mesmo que não gosta-se de ver os outros chorando, aquele momento era necessário para os dois.

O tempo passava enquanto  eles cresciam e ficavam mais forte.O quarto começou a ser reconhecido pela cidade como as crianças infames um codinome que Rox gostava muito. Um dia em que foram a cidade, teve que esconder dos garotos um dos seus cartazes de procurado, ela nunca havia contando para eles que era uma pirata procurada pela marinha.  E nem pretendia contar.

Numa noite em que eles brigaram com Dandan os mesmo resolvem construir uma casa na arvore e irem morar nela. Makino um dia fora visitá-los ela levou roupas para eles, mas a visita meio que era para avisar a Rox que as duas deveriam partir pois o irmão de Makino havia adoecido e ela ia até a ilha onde ele morava que ficava a 4 dias de viajem daqui, e teria que levar Rox com ela. Mesmo Rox protestando,Makino prometeu que elas voltariam depois de dois messes quando o irmão melhora-se, Rox suspirou  

-eu não quero ir pessoal – ela disse se virando para os três irmão

-relaxa a gente da conta de ficar dois messes e so você prometer que vai voltar – disse Luffy sorrindo

-e nem pense que vai se livrar da gente tão fácil – disse Sabo,Ace foi o único que ficou fitando Rox sem disser nada.

-eu vou sentir saudades – ela disse abraçando os três.

Mais tarde quando ela já estava no navio pronta para partir com Makino para sabe-se aonde, ela ficou esperançosa que Ace fosse vir, pois na frente dos irmãos e de Makino ele não disse nada, ela sabia o qual o moreno era reservado quando se tratava de demonstrar seus sentimentos.  Ela suspirou qunado Makino disse que estavam para partir  notou que Ace não viria

-ROX!!  -ela ouve um grito e virando o restaurante nota que era o Ace correndo até ela, e pulando em cima dela

-eu vou dar 5 minutos ouviu – disse Makino se retirando

-eu vou sentir sua falta mana –

-eu também vou sentir a sua,cuida daqueles pirralhos –

-esta bem pode deixar que farei isso  - ele disse rindo – E se cuida la ouviu

-pode deixar

-não se esqueça seremos piratas – a garota apenas sorriu para o irmão com aquela afirmação

E com a despedida as duas partiram

 

 

 

                                                                                                                                                   


Notas Finais


desculpem pelos erros ortográficos espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...