História One Short - Nerd and Jock - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Chara, Error Sans, Ink Sans, Muffet, Sans, Undyne
Tags Errink, Error Sans, Fresh! Sans, Freshpaper, Ink Sans, Naj, Nightcross, Paperfresh, Paperjam
Visualizações 406
Palavras 3.458
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


(PORRA SPIRIT, VALEU MESMO, ME OBRIGOU A EXCLUIR ESSA HISTÓRIA E REPUBLICAR POIS NINGUÉM TINHA RECEBIDO NOTIFICAÇÃO!!)

YEEEEEY FINALMENTE UMA ESTORENEA *Amorre*

*AHAM* Caralho mano, quase 3 meses sem atualizar uma história, e essa foi criada a quase um ano e nunca teve capítulo até hoje. Mas o motivo é que essa história tinha uma macumba tão grande que eu até perdia os capítulos, TENTEI 7 VEZES MANO, E DEPOIS DEI UM TEMPO!

Agora com essas atualizações espero não ter erros nessa história, welp, depois de longas batalhas com a Preguiça eu finalmente escrevi algo, os erros eu arrumo dia 31 de fevereiro-q.

Boa leitura! Há, ia esquecendo!! Dá uma lida nas notas finais, é importante!!

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction One Short - Nerd and Jock - Capítulo 1 - Capítulo único

Pov's Fresh

Acordei com o meu despertador vibrando. Levei minha mão até o criado-mudo e bati no mesmo parando de tocar, então levei minhas mãos ate meu rosto e comecei a esfregar os meus olhos. Em seguida eu Olhei para o lado tentando me acostumar com a claridade dos raios de sol entrando no meu quarto, assim me levanto e vou até a porta do banheiro colocando minha mão na maçaneta com calma e girando para o lado abrindo a mesma e entrando nele logo em seguida.

Caminhei até à frente do espelho e abrir a porta dele. Estiquei a mão até a escova de dentes e o creme dental logo fechando a porta, assim abro o tubo e espremo ele colocando pasta na escova, depois coloco o tubo do outro lado da pia e levei à mão vaga até um copo enchendo de água.

Molho um pouco a boca antes, depois cuspi logo em seguida adicionei o fio dental entre meus dentes e  comecei a escovas-los em movimento de vai-e-vem, embaixo em cima, e por fim minha língua.

Pego um copo de água e coloco na boca em seguida cuspi.

Entrei dentro do box colocando uma toalha do lado e começo a tomar banho.

Depois de sair do box peguei a toalha e passei em volta do meu corpo me secando, logo em seguida a enrolei na cintura e sai em de volta ao meu quarto.

Abri o meu guarda-roupas e peguei meu short e minha camiseta e os coloco. Direcionei a minha visão ao meu criado mudo, caminhei até lá e peguei meu óculos o pondo no rosto, coloquei o boné e sai do meu quarto fechando a porta logo atrás de mim, então desci as escadas rumo a cozinha para poder tomar meu café da manhã e passar mais um dia naquela escola. Cheguei perto da geladeira e assim a abri a olhando e começando a pensar no que eu queria então resolvi logo pegar as primeiras coisas que vi, peguei um pedaço de torta de chocolate e um suco de maracujá os levando até a mesa fechando a geladeira com pé logo escuto algo cai dela. Coloquei meu café na mesa e eu olhei e vi que caiu um dos imãs dela e nele estavam desenho de Jammy.

Me aproximei do desenho Pondo-o em mãos, enquanto observava novamente o belo traço que tinha em seu desenho. Tanto ele quanto seus esboços me encantavam, principalmente daquele dia na aula de artes. As vezes me pergunto... Será que eu amo?... E será que ele sente o mesmo? São Tantas perguntas e dúvidas sem respostas que rudiam minha cabeça ao mesmo tempo... E que prefiro ficar só... As vezes pensar melhor nas expectativas pode me aver alguma chance?... Nop, afinal, porque ele me amaria?... Que idiota sou, fique tanto tempo perdido em meus pensamentos e não percebi a hora passar. Rapidamente coloquei o desenho na geladeira me sento à mesa para poder merendar logo.

Fresh: 06:37 - suspirei e levei o talher até o pedaço de torta comendo um pedaço e sentindo um leve Sabor na boca e o degustando.

Por fim acabei a minha merenda, me dirigindo a sala e logo em seguida pego meus materiais indo em rumo da porta e girando sua maçaneta a abrindo e saindo para fora fechando ela logo atrás de mim. Começo a caminhar em rumo a escola, Passei pela casa de Alphys, mas a mesma não se encontrava mais em seus aposentos, resolvi então ir logo a escola. Acho que demorei muito e ela deve ter ido só, então fui logo em frente caminhando até lá.

As primeiras pessoas que encontrei foram CC, Dummy e Horror, ambos estavam discutindo algo que eu não quis interromper, passei mas a frente e vi PJ se juntar a Undyne e os Outros... Não pude conter a risada, antes do mesmo fazer isso foi literalmente atropelado pelo mais novo (Pally virou carrinho de fórmula 1-q) que foi rapidamente aos braços de Goth, ambos agora abraçados. Me aproximei de Jammy e levei a mão até ele para ajudar o mesmo a se levantar. Este já olhou pra cima me encarando e dando um leve sorriso que se esboçava em seu rosto que me fez corar sem perceber, logo sem hesitar ele segura minha mão e o puxo.

PJ: valeu Nerd. - falou ele abraçando-me de lado, o que fez meu rosto corar mais intensamente me fazendo por os materiais no rosto pra esconde-lo.

Com ele já de pé conversamos por alguns instantes, até que nosso assunto foi parar no Cil. PJ sempre tão protetor com ele como a mim, passamos por alguns alunos... Basicamente não me zuavam agora por Jammy estar ao meu lado...Passamos mais a frente e vimos Cil conversando com Quill, ambos conversando e pudi ver que Jammy revirou os olhos, ele não gostava quando alguém ficava a sós com Cil, desde a última vez o SwapFell tentou abusar dele, mas só o que conseguiu foi uma cara reta depois de ter sido quebrada na mesa por PJ...

Cil: Há! É aquela que...- o mesmo parou de falar Quando viu a mim e ao Jammy, vindo em nossa direção.- PJ, Fresh! Como vão?

PJ: eai, vamos bem e você? - PJ brevemente desviou seu olhar pra Quill, se ele tivesse super poderes poderia pulveriza-lo com o olhar. ( Eu não resisti, sorry)

Cil: Vou bem!

Fresh: As aulas vão começar daqui a pouco, é melhor irmos.

Assim nos aproximamos e eles se juntaram a nós, fomos cada um para a sala de aula.

~Na sala~

Admito que estava um pouco entediante a aula, mesmo assim eu anotava as ideias uma vez ou outra, junto as explicações e o que eu entendia para facilitar na hora de estudar para as provas. A aula que Ink dava foi Interrompida por Error, que bateu a porta pra chamar a atenção dele e dá turma, após Ink o olhar o menor corou levemente, alguns dá sala tentavam não rir, pois sabiam muito bem que se Error visse que era dele que riam, ele descontaria na aula de física...E garanto que ele não pegaria leve com ninguém...

Error: hm...Com licença...- falou observando a turma.

Ink: Entre Error! - O maior sorriu, deixando o menor confortável, assim ele entrou a sala.

Error: Eu vim dar um recado dá vice-diretora, a escola fará uma festa pró Baile colegial, e como sabem, o evento é de dois em dois anos. Será preciso de ajuda de alguns alunos, quem se candidatar para ajudar a organizar agradeço, ocorrerá ao final dá semana. Então, dessa sala, algum voluntário? - falou ele em um tom de voz sério.

Fresh: eu - falei meio baixo.

PJ: também vou.

CC: Não vou ter nada de melhor pra fazer... Então eu vou tentar, não prometo nada...- Disse ele colocando os braços atrás dá cabeça.

Alphys: e-eu também...- disse Alphys que estava logo atrás de Undyne, a Ruiva sorriu.

Undyne: conta comigo! -se virou sorrindo pra menor.

Mais alguns alunos se ofereceram.

Error: Certo... Será na quadra.- anotou ele os nomes em um papel - se vacilarem já sabe.

A sala ficou em silêncio, ambos conhecíamos Error muito bem. E quando ele que "se vingar" de alunos o mesmo não perdoa.

Assim ele saiu, deixando a aula prosseguir, mas logo sinto um incomo e peço licença pra ir ao banheiro, quando estava voltando passei pela sala dos professores e pude ouvir alguns gritos, devia ser uma discussão e parecia ser sério.

Eu não devia...mas, a curiosidade falou mais alto, assim coloquei meu "ouvido" na porta, e pude identificar as vozes, era do professor Nightmare e da Conselheira Muffet. (Pega a pipoca)

Pov's Narrador

NM: Ha, isso de novo? Sério??- O mesmo fala colocando a mão sobre a cabeça em desaprovação ao que a outra repetia.- Por favor, para com esses ciúmes tol- este interrompido.

Muffet: Não, e eu notei isso a muito tempo, eu juro que tentei por na minha cabeça que não era, mas eu sentia algo deferente do que eu pens- o maior bateu a mão bruscamente na mesa, poderia até racha-la se possível.

NM: JÁ CHEGA! NÃO HA NENHUMA OUTRA GAROTA QUE EU GOSTO ALEM DE VOCÊ!! - O mesmo falou.

Muffet: Aí está o problema!!

NM: Como assim?!- disse, um tanto confuso.

Muffet: Não é uma garota.- a mesma apenas pegou seu bloco de notas, e iria sair da sala. Fresh ao notar saiu da porta, assim voltando pra sala antes da porta ser aberta.

NM: Mas o que diabos está dizendo? Está maluca?

Muffet: Hmph, pelo meno Não sou eu que fico cruzando com a sala de ginástica e como o namorado do meu irmão com os olhos.

Nightmare sentiu seu corpo paralisar (insira a expressão do L no momento que morreu aqui), não acreditava no que acabou de ouvir, o mesmo jurava que apenas ele sabia daquilo de si, ele podia até negar, mas realmente sentia algo por Cross.

Muffet: welp...Não vou contar a ninguém, mas o que tinha entre a gente acabou aqui Nightmare. Passar bem.- Assim finalizou, saindo da sala e deixando um certo professor engolindo a verdade que negava a um bom tempo...

~na sala de astronomia~

Cross estava com seus olhos transbordando em lágrimas. Estava com raiva junto a dor que sentia em sua meia-alma (?), Assim chamando a atenção do outro a quem olhava com uma vontade de matar.

Dream: Olha Cross...E-Eu sei pode ser difícil aceitar...me desculpa...- disse o maior tentando se aprovar de Cross, o que resultou em um impulso, este dando um tapa na cara de Dream.

Cross: NÃO OUSA MAIS FALAR COMIGO! OLHAR PRA MIM OU ALGO DO TIPO!! EU SEMPRE TENTEI ACREDITAR QUE VOCÊ REALMENTE ME AMAVA!! COMO PODE ME ILUDIR DREAM??! - Cross tremia de tanto segurar raiva, toda a negatividade que transbordava em si deixava o maior mais culpado e preoucupado.

Dream nunca quis ferir Cross, mas não queria fingir amar alguém que realmente não sentia nada além de amizade, o dia em que começou a namorar com Cross foi impulso de uma certa ilusão, pensava ter Realmente começado a ama-lo.

O maior estava estático com o tapa, nunca Cross havia o levantado a mão, realmente o cruzado tava puto.( desculpa eu não resisti!!²)

Dream:... Eu s-sint- antes de terminar viu que Cross já havia saido.

O menor corria sem destino escolhido, o mesmo parou na primeira porta que conseguiu ver, em questão de segundos a abrindo e fechando bruscamente.

Após o som chamar a atenção do outro indivíduo lá presente olhou em volta, e notou que estava na sala dos professores. Quando Nightmare viu o menor foi até o mesmo, dando início a uma longa conversa...

~alguns dias depois~

O tão esperado fim de semana chegou, alunos não paravam de chegar a entrada da quadra da escola. Os professores igualmente.

Conversavam e dançavam como se não houvesse amanhã. Mas a atenção de todos foi desviada a entrada da quadra, ficaram surpresos, Cross e Nightmare entraram de mãos dadas. Os olhares os incomodavam, fazendo o professor de História olhar a todos com uma expressão desaprovação.

NM: Vocês vieram pra curtir a festa ou nós julgar?

Horror: É, parece que seu novo pai tá puto. Heh. - sussurrou Horror que estava ao lado de CC, o de cabelos brancos o lançou um olhar irritado.

CC: Cala a boca seu idiota.

Horror: Ho, Estou tão magoado...- disse o maior sem emoções, porém acabou rindo só próprio ato.

CC por sua vez levantou a mão com o punho serrado, mas brevemente a baixou, por mais que quisesse não conseguia bater no outro.

Horror notou tal ato. Por fim pegou o menor e sem mais nem menos saiu do local com ele nos ombros, o albino corou e se irritou na mesma, batendo nas costas do maior que o carregava.

CC: ME LARGA!!!

Dummy olhava os dois e estava quase com a paciência no limite.

Dummy: ARG!! PUTA QUE PARIU, VOCÊS ME DÃO NOJO.

Ambos os outros estudantes apenas desviaram os olhares, uns soltavam mine-gritos de shippers - o caso de alphys- e outros suspirando um "finalmente".

Já estava no meio da festa, alguns estavam no meio da pista de dança, no bar, até nas mesas, outros em um canto ou outro da quadra, este o caso de Ink e Error, que resolviam "certos" assuntos - sendo que Ink Estava meio embriagado -.

Error: mn~...I-Ink, a-aqui nahh-ao~- dizia o menor, tentando parar o pintor que estava dando mordiscadas em seu pescoço.

Ink: Heh~ okay, vamos pra casa? - sugeriu o maior.

Error: sim... - acentiu levemente com a cabeça é um breve rubor em sua face.

Ambos assim foram para a saida. O rasto da festa estava calma, PJ e Fresh trocavam conversas e sorrisos. Algumas ideias e pensamento corriam a cabeça do maior, que logo chamou a atenção de Fresh, esse logo olhando pro mesmo.

PJ: A festa já está acabando mesmo... Que tal a gente ir pra sua casa? E que o pai e o papai não gostariam da gente atrapalhando a "brincadeira" deles lá na minha.

Fresh: Okay Então.

PJ: segura minha mão - disse PJ, estendendo a mão até o menor que a pegou sem hesitar.

Com um simples estalo de dedos os dois esqueletos estavam na casa de Fresh.

O menor se virou pro de ossos escuros.

Fresh: Hm...Bem, mas pra qu- foi cortado pelo dedo indicador no maior, que pousou sobre seus lábios.

PJ: Apenas... me diga onde fica o seu quarto~

Fresh: L-Lá em c-cima... A s-segunda porta d-depois da escada... - Sem mais perder tempo, o maio o pegou no colo fazendo Fresh colocar as pernas ao redor de sua cintura, assim abraçando também seu pescoço.

PJ aplicou um suave beijo nos lábios do menor, assim subiu as escadas sem problemas indo até a segunda porta. Ao abrir apenas procurou ansiosamente a cama do híbrido em seu colo fechando a porta com um chute, logo ao acha-la foi em direção a mesma colocando o menor delicadamente sobre os confortáveis tecidos e subiu por cima do menor.(QUE COMECE A PUTARIA!)

Fresh: A g-gente vai mesmo f-fazer isso? - este demonstrou nervosismo e o rosto cobertura por um rubor azulado.

PJ: Você não está pronto ainda, não é?

Fresh: N-não é Isso, eu só estou nervoso...- o menor notou um curto sorriso se formar nos lábios de PJ, um sorriso confortante.

PJ: Calma, eu prometo pegar leve - assim avançou na boca do menor, dando-lhe um calmo beijo, esse sendo imediatamente correspondido. Logo em seguida o maior pediu passagem com a língua, o menor abaixo de si cedeu sem problema algum.

Suas línguas agora estava em uma viciante sincronia, ofegavam levemente entre o beijo que já estava esquentando. Se separaram com alguns fios de saliva entre eles, isso os mantinha conectados um ao outro e logo voltaram a o início de um novo beijo, demonstrando desejo aos toques que trocavam nesses simples atos.

O maior levou suas mãos ao terno do menor desabotoando a peça com uma certa impaciência. As mesma assim desceram a parte de cima das roupas do pequeno deixando o pescoço e um pouco das costelas a mercê do outro acima de si.

Após a separação do beijo alguns fios de saliva os conectavam por meros segundos, PJ se dirigiu a curvatura do pescoço de Fresh passando sua língua pela região dando leves calafrios pelo corpo do mesmo. Notando isso passou a fazer isso por toda a extensão de seu pescoço, além dos calafrios terem aumentado sua intencidade leves suspiros saiam das cordas vocais do albino, eram baixos porém audivel ao maior, assim o tentando a ir mais adiante.

Fresh: mnn~...i-isso é bom...- disse em voz baixa.

PJ: Heh, pois só vai melhorar?~

Após dito o maior destruiu mordidas e chupões fazendo gemidos baixos se libertarem do pequeno. Impaciênte desceu todas as roupas do de ossos brancos, uma das mãos de Paper ficaram acima do membro do outro, massageando o local esperando causar provocação no parceiro, que por sua vez deu gemidos baixos de desaprovação pelo ato.

Fresh: aaawh~ N-não me torture ah~ssim...- Disse o repreendendo.

O outro ignorou deixando os movimentos um pouco mais rápidos, assim os gemidos aumentaram um pouco mais seu som.

O maior largou do pescoço do parceiro, descendo até suas costelas e distriuindo sua saliva pelas mesmas que nem havia feito em seu pescoço. Tratou de descer o zíper das calças do que gemia chamava seu nome entre os poucos gemidos, por fim descendo aquela peça que o atrapalhava de concluir seu trabalho. Quando finalmente se livrou das peças - contando com a Boxer - fitou Fresh, este completamente nu e com um forte rubor devia do seu olhar do maior.

Fresh: po-por favor... Não me olha a-assim...- disse constrangido, logo ouvindo uma gargalhada soar das cordas vocais do maior.

PJ: é impossível~ - falou sem desviar seu olhar da face do menor, que sentia o quão Jammy Estava faminto apenas por receber seu olhar selvagem e cheio de desejo.

PJ desceu até entre as pernas do parceiro, passando sua língua de baixo a cima em provocação logo em seguida abocanhando a cabeça do membro do menor e descendo com movimentos rápidos. Como recompensa ouviu os gemidos do outro intensificarem mais que os anteriores, por fim puxando o travesseiro pra tentar se conter.

Fresh: Haawn!!~ J-Jammy!~ v-vai ma-mais ho! Ra-ahn~ pido~...- tentou pedir o maior, que entendeu o recado mesmo que o menor não conseguisse o dizer de forma concreta por conta dos gemidos.

Após acelerar os movimentos o menor já gemia de forma exagerada aos ouvidos de quem moraria ao lado, (descartando isso e voltando pro sexo pois é mais interessante) Fresh apertou o travesseiro no qual sua cabeça estava repousado, deixando levar-se pela sensação de prazer que sentia, brevemente sentindo seu corpo tencionar - o que foi percebido pelo outro - indicando que estava próximo ao seu limite. O que tinha um olho estrelado deixou seus movimentos com sua língua e boca o mais rápido possível, assim sentindo sua boca ser preenchida pelo esperma do menor que dava arfadas na tentativa de recuperar o fôlego.

A caixa torácica deste subia e descia de forma rápida, e sua visão um pouco turva, acabando por fechar seus olhos. Após alguns segundos sentiu um peso acima de si, abriu levemente os olhos e encarando Paper que tinha um largo sorriso pervertido estampado em sua face.

Seu rubor apenas se intensificou -se possível - e um gemido involuntário saiu de sua boca ao sentir o membro do outro roçar em sua entrada.

PJ: Posso? - pergunta fitando o menor.

Fresh: S-sim... Mas seja gentil por favor...- desviou seu olhar, um tanto nervoso.

PJ: Hey, relaxa, eu serei gentil - após sua fala sentiu o menor abraçar seu pescoço colocando os braços ao redor de sua nuca, por fim pressionou seu membro na entrada de Fresh, que dava alguns gemidos baixos de desconforto sentindo o maior ir cada vez mais a dentro. Logo além de gemidos baixos e alguns grunhidos algumas lágrimas desciam pela sua face, a dor havia se tornado temporariamente insuportável, isso o fez apertar os braços ao redor do maior.

Com cerca de alguns minutos o menor assentiu e PaperJam apenas começou a se mover de vagar, o espaço dentro do mesmo era apertado, o que dificultou para que fosse mais rápido de início. Com alguns instantes para ambos se acostumarem os grunhidos logo se tornaram gemidos de prazer, o maior já se movia com mais facilidade e por si aumentou mais a velocidade ouvindo o namorado dar gemidos mais altos que os dele, ambos os timbres ecoavam pelo cômodo.

Fresh: HA!~ E-EU TO Q-QU-AAH!!!~- Em uma tentativa de avisar seu companheiro no ato, pode sentir ele aceita um ponto que o deixou mais sensível, além de ter o feito dar um alto gemido.

PJ deixou outro sorriso de lado escapar, acertando aquele ponto com força e fazendo o menor delirar, este que estava com a vista turva pelo branco. O de ossos negros Também estava próximo de seu limite, com apenas uma estocada - mais forte que as anteriores - deixou seu líquido fluir dentro de menor que acabou gozando logo em seguida. O outro saiu de dentro do parceiro, este dando um baixo gemido e o outro caiu ao seu lado. Ambos exaustos.

Fresh: H-hm...Isso f-foi incrível...hah..- Disse com breves pausas, recuperando seu fôlego e olhando para PJ, que o abraçou de maneira reconfortante.

PJ: Que bom, e essa foi a primeira de muitas mais.

Fresh: Hah, que otimo, eu vou adorar te ter dentro de mim mais vezes~- pela primeira vez o menor usou um timbre provocante, o maior Sorriu e rapidamente se virou, tendo novamente o menor abaixo dele.

PJ: Que ótimo saber disso... aguenta um segundo round?~

Fresh Ficou um pouco surpreso com o ato, mas logo sorriu e colocou os braços nos ombros do maior.

Fresh: Quero ver seu lado mais selvagem~

PJ: Você tem certeza? Garanto que irá perder o resto do ano letivo, heh.- aproximou-se do "ouvido" de Fresh - Se bem que vai ser adorável te levar no colo pra escola.

Fresh: Tsc, que seja, agora só vem~ - e essa foi a deixa para o maior, que se jogou no outro o atacando como um animal faminto... Essa vai ser uma noite bem longe para os dois.

Resumo da história, todo mundo se comeu, acabo.


Notas Finais


Bem galera, uma usuária aqui do SS tem uma história de errink em fellverse!! E É DIVINA! Mas ela talvez desistiria da ideia pela história não ter recomendo, e o que eu Quero é simples, deem uma chance e vão dar uma olhada lá, sério, a história tá muito maravilhosa!!

Link:

https://spiritfanfics.com/historia/-i-really-do-hate-them-9883756

Hey! Dê uma olhada nessas aqui também!!

Liberé-moi:

https://spiritfanfics.com/historia/libere-moi-9735436

My first love...( Nerd and Jock.):

https://spiritfanfics.com/historia/my-first-love-nerd-and-jock-8306922

Artistas de rua:

https://spiritfanfics.com/historia/artistas-de-rua-9754016

Encrenca:

https://spiritfanfics.com/historia/encrenca-9860225

Errink - Sentimentos Insubstituíveis:

https://spiritfanfics.com/historia/errink-sentimentos-insubstituiveis-8963402

Quer um toque de Nightcross? Então olha!

Spring day - Nightcross:

https://spiritfanfics.com/historia/spring-day--nightcross-9450715

The Best Night Of My Live:

https://spiritfanfics.com/historia/the-best-night-of-my-life-one-shot-8517591

O inverno mais aquecido da minha vida.:

https://spiritfanfics.com/historia/o-inverno-mais-aquecido-da-minha-vida-8351287

Por enquanto é isso! Até a próxima atualização!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...