História One shot - Camren hot G!p - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camila Cabello, Camren, Carmeng!p, Hot, Lauren Jauregui, One-shot
Exibições 899
Palavras 2.041
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Mistério, Shoujo-Ai, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey gente .. Quem ai sentiu minha falta levanta a mao hahaha .. Bom, voltei seus pervertidos 😏 que tal mais um cap?!

Capítulo 4 - Amiga da minha filha


Fanfic / Fanfiction One shot - Camren hot G!p - Capítulo 4 - Amiga da minha filha

Pov. Camila

Finalmente estava quase pegando no sono quando ouço Emma entrar no meu quarto chamando por mim.

- Momy? - Ela disse me despertando de meu quase sono. Me sentei na cama bocejando e esfregando os olhos enquanto ela adentrava totalmente o meu quarto.

- Ou filha. - Dei um sorriso cansado e ela caminhou ate mim e se sentou na cama.

- Desculpe te acordar momy. - Ela disse me abraçando e se aconchegando a mim.

- Tudo bem filha. Precisa de alguma coisa? - Perguntei depois de dar um beijo em sua cabeça .

- Não. Na verdade só vim avisar que Lauren, uma amiga da escola, vira aqui hoje para fazermos um trabalho. Tudo bem?

- Claro filha, sem problemas. - Sorri pra ela e ela sorriu de volta.

- Que bom porque ela já esta ai. - Ela disse com um sorriso sapeca nos lábios. 

- E só veio avisar agora? - Disse arqueando uma sobrancelha e ela se encolheu em meus braços.

- Sim?! - Disse dando seu melhor sorriso manhoso me fazendo rir.

- Ok. Precisam de alguma coisa? Posso ir comprar.

- Um lanche cairia bem. - Ela disse passando a mao na barriga e eu ri.

- Ta bom fominha. Vamos então. - Disse já me levantando da cama e indo em direção a porta.

- Er ... Momy? - Emma chamou por mim ainda sentada na cama. Me virei para ela e ela me olhou de cima a baixo. - Você vai descer assim mesmo? Com Lauren lá em baixo? - Ela disse apontando meu trajes e só então vi que estava somente com uma cueca box e um top branco.

- Melhor eu me vestir neh? - Disse rindo e corando um pouco.

- Seria bom, a menos que queira que Lauren te veja de roupas intimas logo na primeira vez que venha aqui. - Ela disse dando de ombros me fazendo revirar os olhos. 

- Engraçadinha. Porque não vai atrás da Laura ..

- Lauren.

- Lauren, enquanto eu me visto? 

- Ok. Não demore. - Ela disse já saindo do quarto.

Ri negando com a cabeça. Fui em direção ao meu closet e peguei uma calça de moletom cinza e uma regata branca. Iria em um mercadinho aqui perto, então não tinha porque me arrumar direito. Vesti meus trajes, fiz um coque mal feito no cabelo, peguei minha carteira e chave do carro e desci para a sala.

Chegando la, vi Emma e essa tal Lauren sentadas no sofá. Lauren estava de costas para mim e ria de algo que Emma tinha dito. Por alguma razão me vi encantada por aquela risada. 

- Ola meninas. - Disse quando cheguei mais perto atraindo a atenção delas. Melhor eu ter ficado calada porque, no momento que Lauren se virou em minha direção e eu esqueci ate como me chamava. Fitei a garota a minha frente descaradamente dos pés a cabeça. Aparente a ter uns 15 anos, cabelos grandes e negros. Uma pele branca e olhos verdes marcantes. Um corpo curvelineo de dar inveja e um sorriso de tirar o folego naqueles lábios mais que bem desenhados que ela tinha. 

- Momy esta é Lauren, Lauren esta é minha momy. - Fui tirada do meu transe com a voz de Emma. 

- Prazer Lauren. - Ela disse estendendo uma mao em minha direção com um sorriso encantador no rosto.

- Camila. O prazer é todo meu. - Sorri galante apertando sua mao. "E como é" me assustei com meu pensamento.. O que? Pare já com isso Camila.

- Ahm .. Momy, vai ao mercado? - Emma disse e só então percebi que estava encarando Lauren ha algum tempo. Soltei a mao da garota e voltei minha atencao a Emma. 

- Sim, querem algo em especifico? 

- Não obrigado. - Lauren disse tímida. Sorri com aquilo, ela era fofa. 

- Eu quero mini pizza. - Emma disse com um sorriso infantil.

- Ok criança. - Disse e ela revirou os olhos me fazendo rir. - Já volto. - Disse e elas assentiram. Sai pela porta e fui ate a garagem em direcao ao meu carro. Entrei no mesmo e me dirigi ate mercado.

---------

Cheguei em casa e estava tudo em silencio. Coloquei as coisas no balcão da cozinha e subi ate o quarto de Emma. Chamej por ela, mas nao obitive resposta. A porta estava entreaberta, espiei pelo espaço e quase desfaleci com a visão a minha frente. Lauren estava deitada na cama apenas de short e sutia mexendo no celular com fones de ouvido. Encarei seu corpo descaradamente e senti meu pau se animar dentro da minha cueca. Ela largou o celular e sentou-se na cama e fez um coque frouxo no cabelo. Ela soprou o vale entre seus seios e depois se deitou de bruços me dando uma visão privilegiada de sua bunda coberta apenas por um minusculo short. Ai que vontade de apertar.

Senti uma fisgada gostosa em meu membro. Fechei meus olhos e levei a mao ate o mesmo ainda por cima da calça e apertei segurando o gemido manhoso que queria escapar.

Quando abri meus olhos novamente me deparei com Lauren me olhando através do espelho e descendo o olhar ate minha mao que estava em meu membro. Rapidamente sai dali indo para o meu quarto. Fechei a porta e me escorei na mesma. Passei as maos pelo cabelo e rosto tentando afastar os pensamentos impuros que passavam por minha mente, mas, ao tentar fazer isso, vaguei outra vez pelo corpo de Lauren.

Aquela garota é uma perdição.

Não evitei e levei a mao outra vez ate meu pau, que já estava duro e precisava de alivio. Caminhei ate minha cama, abaixei minhas calças e comecei a me masturbar lentamente pensando do corpo daquela garota e em como seria foder ela na minha cama.

Meus pensamentos foram se tornando mais selvagens e o ritmo da minha mao também. Eu gemia baixo e já estava quase chegando ao clímax quando escuto a porta ser aberta. Estava tao concentrada em meu prazer que nem me dei ao trabalho de abrir os olhos ate que senti mãos em meu membro.

Voltei a mim imediatamente. Abri os olhos arregalando-os em seguida ao meu Lauren ajoelhada a minha frente com meu pau na sua mão. Ela me olhava mordendo o lábio, seu olhar era de desejo. 

- O-o que .. Aaah. - Minha fala foi cortada por um gemido quando ela movimentou sua mão em meu membro. - O qu-que esta .. Fa-fazendo? - Consegui falar com dificuldade.

- Te ajudando a se ... Aliviar - Disse a ultima parte sussurrada em meu ouvido me fazendo estremecer os pés a cabeça. Arrepiei ate a alma quando ela mordeu minha orelha e começou a me masturbar em um ritmo torturantemente prazeroso. 

- Ooh meu deus .. - Gemi jogando a cabeça para trás e fechando os olhos apreciando a sensação. Não evitei um gemido alto e rouco ao sentir sua boca quente envolvendo meu membro. - Caralho! - Xinguei me jogando de vez no colchão. Levei uma mao ate seus cabelos e comecei a ditar o ritmo. Ela chupava com maestria me levando a loucura. Senti seu nariz tocar minha barriga e meu membro tocar ao fundo de sua garganta e isso foi o fim pra mim. Gozei demoradamente em sua boca. Levantei minha cabeça para olha-la e quase tive um segundo orgasmo ao ve-la engolindo cada resquidio de gozo que eu havia lhe dado. 

Ela limpou o canto dos lábios e subiu até meu rosto. Me olhou intensamente com aquele olhar matador que ela tinha. Seus olhos verdes agora em um tom cinza, transbordava desejo. Eu sabia que era errado, ela era só uma adolescente e amiga da minha filha, mas não podia negar que o que eu queria agora era simplesmente joga-la nessa cama e fode-la ate ela pedir pra parar.

Não sei quando nem como, mas quando dei por mim já estávamos nos beijando selvagemente na cama. Ela já estava somente de calcinha e sutiã e eu somente de top. Ela arranhava minha costas enquanto eu maltratava seu pescoço com mordidas e chupoes que com certeza deixariam marca.

Logo eu já estava me livrando de seu sutiã e jogando-o para longe. Enquanto descia beijos ate seu seio, levava uma mao ate seu sexo e não evitei o gemido que escapou ao constatar o quão molhada ela já estava. Comecei a estimular seu clitóris ainda por cima da calcinha enquando me deliciava com um de seus seios. Eu ouvia ela gemer baixo pedindo por mais e sentia os leves puxões em meu cabelo enquanto empurrava meu rosto mais de encontro a seu peito. 

Já não aguentava mais, precisava dela. De estar dentro dela. Tirei sua calcinha e me posicionei melhor entre suas pernas. Nós duas gememos quando meu pau entrou em contato com sua buceta encharcada. Comecei a roçar meu membro em sua buceta criando um atrito delirante entre os dois. Já não conseguiamos segurar os gemidos que rasgavam nossas gargantas. Eu sentia minha pele arder por causa dos arranhões que Lauren deixava em minha costas o que tornava aquilo ainda mais excitante. 

- V-vai lo-logo. - Ela disse entre gemidos.

- O que você quer? - Sussurrei em seu ouvido e recebi um gemido manhoso em troca quando massageei seu clitóris com minha glande, o que também me levou a céu.

- Me fode Cabello. - Ela praticamente rosnou e eu perdi qualquer pingo de sanidade que tinha. No segundo seguinte eu já estava me enterrando dentro dela por completo sem um pingo de piedade ouvindo ela gemer alto meu nome enquanto eu a ragava por dentro.

Fiquei parada um tempo dentro dela pois sua expressão era de dor. Comecei a me preocupar e me praguejei por ter sido insensível 

- Tudo bem? - Perguntei em um tom preocupado enquando a analisava.

- Sim, tudo. É só que .. Você é grande e entrou com tudo. - Ela sorriu forçado e novamente me praguejei por ter sido indelicada.

- Desculpe. - Pedi envergonhada 

- Não, tudo bem. Só preciso me acostumar com seu tamanho. - Ela disse e eu assenti.

Depois de um tempo eu já podia começar a me mover. Comecei com movimentos lentos e certeiros, mais delicados que o primeiro para não a machucar. Acabei me esquecendo que ela tinha apenas 15 anos. 

Aos poucos meus movimentos foram se tornando rápidos e urgentes. Ela gemia descontroladamente em meu ouvido e isso só me enchia cada vez mais de tesão. Eu também não estava diferente, a sensação de estar dentro dela era maravilhosa.

- Oooh Laureen .. Tao apertada. - Gemi contra seu ouvido 

- Aaah .. Isso .. A-assi-ssim Camz .. - Ela gemeu arrastadamente e puxou meu cabelo.

Chegou um momento em que não conseguiamos mais nos beijar. Os gemidos não deixavam nossas bocas se encaixarem. Eu já podia sentir meu ápice cada vez mais perto e foi quando senti sua buceta esmagando meu pau que constatei que ela também estava.

- Aah .. Eu .. Eu vou ... Aaah - Ela gemia loucamente para mim.

- Isso .. Vem pra mim. - Disse em seu ouvido e mordi logo em seguida. Foi o fim pra ela. Logo senti meu pau ser banhado por seu liquido quente. Ela gozou demoradamente  meu membro e depois de mais duas estocadas eu gozei dentro dela sentindo nossos líquidos se misturarem. 

Deixei que meu corpo caísse sobre o dela. Nossas respirações estavam aceleradas e ofegantes. Meu coração batia descompensado dentro do peito. Sai lentamente de dentro dela, ouvindo seu gemido manhoso, e me joguei ao seu lado puxando-a para se deitar um meu peito. Depois de um tempo e de já estarmos mais calmas, me lembrei que não usamos camisinha.

- Lauren não usamos camisinha. - Disse levemente preocupada.

- Eu tomo remédio Camz. - Ela disse e eu me senti mais aliviada. 

- Tudo bem? - Perguntei e ela assentiu. - Onde esta Emma? - Perguntei quando finalmente dei falta da minha filha.

- Foi ao centro comprar algumas coisas para o nosso trabalho. Ela ate tentou ligar para vice, mas você não atendia.

- Deixei meu celular aqui. - Disse me lembrando e ela apenas deu de ombros. - Vem, vamos tomar um banho antes que ela volte.

- Ok. - Ela respondeu se levantando e fomos ate o banheiro.

Eu passaria a amar todos os trabalhos em dupla que Emma teria se eles fossem com Lauren.




Notas Finais


Foi isso .. Quem gozou levanta a mao haha .. Ate o próximos 😏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...