História One Shot - My Dear Husband - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Kim Namjoon
Exibições 86
Palavras 826
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amorzinhas <3
Esta é uma One Shot com o Namjoon.
Estava com vontade de escrever uma coisa pequenininha, então, deu nessa one shot. Ficou muito fofinha (na minha opinião) e mesmo pelo tamanho, resolvi postar.
Acho legal lê-la quando está com preguiça de uma leitura grande! (ᵔᴥᵔ)

Capítulo 1 - One Shot My Dear Husband


Fanfic / Fanfiction One Shot - My Dear Husband - Capítulo 1 - One Shot My Dear Husband

» Prólogo

 

 Uma mulher, casada, e com um filho.

Casada com um dos melhores maridos do mundo, Kim Namjoon.

Havia sempre alguma desordem no final do dia, não, não eram brigas, era Namjoon quebrando alguma coisa, ou sujando algo.

Era um defeito? Sim. 

Isso atrapalha seu relacionamento com ele? Absolutamente não.

 

 One Shot » Kim Namjoon » My Dear Husband

Era inverno.

Sua estação preferida.

Poucos meses atrás havia nascido seu filho, seu filho e o filho de seu marido, Kim Namjoon.

________ estava voltando para casa, depois de um dia inteiro trabalhando.

Horário extra.

Namjoon odiava esses horários extras. Significava pouco tempo para ficar com você. Que era umas das melhores coisas em na opinião dele.

Abriu a porta de sua casa suspirando cansada. Seu marido, Namjoon, veio correndo até ela com seu filho SoHyun no colo.

A beijou intensamente e com a sua mão esquerda — que estava livre — cobriu os olhos do pequeno SoHyun, para que ele não visse a cena romântica de vocês dois.

Após o beijo viciante de Kim Namjoon, _______ sentiu um cheiro de queimado da cozinha seguido de uma corrente de ar fresco de inverno.

— Amor, não acredito que você tentou se aventurar na cozinha. De novo!

— Mas amor, ele estava chorando... — olhou para o pequeno Sohyun, que estava com os pequenos olhinhos brilhando — Eu pensei que fazer um ramén daria certo...

_______ entortou a cabeça para ele e arqueou as sobrancelhas indo para a cozinha, com seu marido e seu filho indo atrás.

— Namjoon ... você não queimou o ramén — suspirou — você queimou o fundo da panela junto. — riu da situação.

— Amor, desculpa foi sem querer — sorriu culpado.

— Agora me explica uma coisa — você pegou seu filho no colo — como eu vou ter raiva do seu pai, hein meu amor?

O pequeno sorriu e gargalhou a típica risada de bebê, mostrando os dois dentinhos da frente que haviam nascido a poucos dias.

— Óbvio que eu te desculpo! — afundou seu rosto no pescoço de seu marido. O cheiro dele era como uma droga, viciante.

— Te amo! — ele disse a olhando.

Com seu corpo balançando de um lado para o outro, o pequeno SoHyun adormeceu em seu colo.

— Dormiu. — chamou a atenção de Namjoon que estava tentando raspar o fundo da panela com uma colher. — Nam, deixa isso pra lá, se fizermos alguma coisa nessa panela de novo, vai ficar com gosto de queimado, o jeito é comprar uma depois. — sorriu, deixando seu marido mais alegre, sorrindo junto. — Pega o SoHyun e poe no bercinho dele? Vou tomar um banho.

— Pode deixar, pequena. - você balançou a cabeça após ele te chamar de "pequena". Mas, a culpa não era sua se ele era um poste, não é?

Subindo as escadas, você foi para seu quarto e Namjoon para o quartinho de seu filho para deixa-lo em seu berço.

_______ deixou a porta aberta para tomar banho. Não era um risco o pequeno SoHyun vê-la já que ele estaria dormindo.

Quem a viu foi seu marido que estava encostado no batente da porta. Em uma situação repentina a mais nova tentou se cobrir com as mãos.

— Não precisa esconder, meu amor. Já vi isso muitas vezes. — disse se aproximando, tomando iniciativa de um beijo com direito a língua. A garota sorriu boba.

— Vai tomar banho também, amor?  

— Posso tomar banho com você? 

— SoHyun está dormindo?

— Aham — ele balançou a cabeça positivamente.

— Então pode. — deu as costas e entrou no banheiro, já nua. Minutos depois Namjoon a acompanhou entrando no enorme box do banheiro.

O banho foi cheio de mãos bobas, e beijos molhados. Vou dizer apenas esses mínimos detalhes...

[...]

Depois do banho demorado, deitaram-se na cama com intenção de assistir alguma série de televisão, plano falho, já que poucos minutos depois _______ e Namjoon estavam dormindo de conchinha, com poucas roupas. Ela com uma camisola rendada e ele apenas com uma calça de moletom com seu abdômen exposto.

[...]

Eram 17:50 da tarde. O céu estava alaranjado por conta do sol que estava se pondo aos poucos. Uma visão incrível a partir da varanda.

O pequeno SoHyun saiu de seu quarto e foi engatinhando até o quarto de seus pais.

Sentado ao lado da cama, e começou a puxar o edredom grosso que os cobria. _______ acordou piscando inúmeras vezes, e coçando os olhos por conta do sono que ainda estava presente em seu corpo, já procurando seu filho, o menininho sempre fazia isso.

O pegou abaixo dos braços e o trouxe para cama. Admirando seus olhinhos brilhantes e grandes.

Virou-se para o lado e olhou seu marido, Namjoon. Suspirou vendo tanta beleza e maravilhosidade em um homem só. Não se arrependia nem um pouco de ter casado com ele, como muitos casamentos de pessoas que conhecia, aliás, tinha muita sorte em ter casado com ele. Com toda a certeza.

No final de tudo, acabou dormindo abraçada a seu filho e Namjoon abraçada a ela. Mais especificamente abraçado a sua cintura.

 

 


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado ~~ Comentem!
Annyeong! (ᵔᴥᵔ)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...