História One Shot- A Step Towards A New Hope - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hope, J-hope, Jin, Yoongi
Visualizações 88
Palavras 1.270
Terminada Sim
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas lindas do meu Core,estou trazendo uma One-Shot,espero que gostem...um beijo e aproveitem 😘😍💙

Capítulo 1 - Minha Nova Esperança


Fanfic / Fanfiction One Shot- A Step Towards A New Hope - Capítulo 1 - Minha Nova Esperança

Clima frio, pessoas saindo e entrando no hotel algumas a procura de vagas outras simplesmente não conseguiram reservar o quarto.Agora estou morando em Seul,por enquanto estou passando meus dias em um hotel até minha chave do apartamento ser entregue pelo dono , o Sr.Young.Estava pegando algumas das minhas malas que estavam na porta do hotel e adentrei no táxi, não demorou até chegar no apartamento, onde um senhor de cabelos grisalhos, me olhava sorrindo simpático.

-Rosalya Michaels? - fez reverência e me olhou-sua mãe me falou que chegaria sexta, não achei que fosse aparecer em meu prédio tão cedo.

-Me desculpe Sr.Young, eu estava realmente ansiosa pra conhecer a Coréia e acabei ficando apenas três dias no hotel.Bom, eu vim pegar as chaves do meu apartamento.

-Ah!Tudo bem aqui estão elas, sua mãe mandou dizer que ele já está todo mobilhado, espero que goste - fala .

Peguei minhas malas e andei em direção ao elevador que não era tão longe da recepção, apertei o botão e não demorou a subir.Chegando em meu andar, peguei minhas chaves e abri a porta do meu apartamento, pegando minhas malas entrei no mesmo e logo fechando a porta.Fiquei estática ao ver minha nova "casa" realmente subestimei minha mãe ao pensar que ela não iria conhecer meus gostos, mas o lugar estava completamente a minha cara, totalmente neutro e com um leve ar de intelectual.Várias prateleiras de livro estavam na entrada e algumas no meu quarto - provavelmente livros que ficavam na minha cidade Natal - entrei no meu quarto e observei cada detalhe, agora é um novo começo.


*Quebra De Tempo*


Acordei um pouco cansada, meu dia anterior tinha sido bastante exaustivo, depois de ter arrumado várias malas e mochilas que o avião de mudança vieram trazer alguns dias antes de chegar, e acabei pegando no sono.Levantei da cama um pouco relutante e entrei no banheiro e assim fazendo minhas higienes matinais, tomei um banho e vesti um moletom vinho e uma calça preta rasgado no joelho, junto com um All Star também preto.Antes de sair tomei um breve café e sai andando para conhecer um pouco mais.

Estava olhando em minha volta,quando vejo um estúdio de dança - "Faz tanto tempo que eu não danço" - pensei distraída e olhando ainda aquele local, em seguida um garoto alto com cabelos escuros sai do de lá, e me chamando atenção seu sorriso e tão espontâneo.Ele me olhou e percebeu que eu o encarava,o mesmo sorriu e acenou como se já me conhecia a século séculos, desviei o olhar e coloquei uma das mechas de meu cabelo atrás da orelha, não conseguindo esconder meu nervosismo.

Acenei de volta sem conseguir esconder minha timidez, e andei em direção a rua sem olhar para os lados, a última coisa que senti foi algo pesado cair sobre meu corpo e quando vejo fico em silêncio.

-Você é maluca por acaso? - sai de meus pensamentos o olhando sem entender o que tinha acabado de acontecer - Ei, você está bem?

-Estou, o que aconteceu? - perguntei encarando o moreno, que me olhava preocupado.

-Quase foi atropelada - se levanta e estende a mão para me ajudar - e de nada.

-Me desculpe, eu estava bem distraída e obrigada por ter me salvado - sorri sentindo meu rosto ficar vermelho - Rosalya, prazer.

-Hoseok, Jung Hoseok - Deu mais um daqueles sorrisos que me fizeram derreter.

O que está havendo comigo? - perguntei a mim mesma sentindo meu coração acelerar a cada olhar e sorriso do moreno.Ficamos bastante tempo conversando, tanto que nem percebemos a hora e estava bem tarde.Hoseok, me ofereceu uma carona e aceitei, eu nunca ri tanto na minha vida ele tinha esse "poder" de me fazer sorrir em um piscar de olhos.Chegando no meu prédio, me despedi do moreno com o beijo desajeitado na buchecha e logo percebo seu rosto levemente ruborizado - sorri, afinal não estava diferente dele - entrei correndo no elevador e fiquei encarando a porta lembrando do sorriso engraçado e de seus pensamentos divertidos, que me faziam sorrir a todo momento.


*Um Ano Depois*


Passou-se 1 ano desde que eu vim morar aqui em Daegu, eu comecei a fazer novamente aulas de dança pra aprender estilos diferentes e Hoseok virou meu melhor amigo e me aprensentou a seus "irmãos".Kookie, tímido mais é um amorzinho comigo, Tae engraçado e tem seu jeito estranho que adoro, Jiminie, eu e ele somos uma dupla de baixinhos que a todo momento são zoados pelos outros,Nam, ele é muito inteligente e amo escutar seus raps, Suga, o açúcar nada doce e por último Jin,bminha "Omma" preferida e o mais velho entre todos, sabe cozinhar muito bem e é bem estiloso.Outra coisa que estava percebendo nestes 12 meses que estive morando aqui, são meus sentimentos pelo Hope, eu nunca consegui dizer a ele...E só descobri quando, não parei de pensar nele desde aquele dia que o mesmo me salvou.

*Bling Bling*

Saio do meio de um devaneio e escuto meu celular tocar, era o Nam.

*Alô?

*Lya, será que você pode vir aqui na casa do Hoseok?

*Posso sim, mas o que houve?

*Estamos te esperando-

Antes de ter chance de falar algo o Namjoom desliga o telefone.Peguei uma blusa cinza e uma calça preta rasgada no joelho e um tênis, me vesti peguei meu celular e desci o elevador pensando no que motivo seria para me chamarem àquele horário da tarde.Peguei um táxi e não demorou a chegar na casa do Hope,depois de pagar o táxi vejo o JungKook na entrada da casa.

-Oi Lya! - sorriu e logo me entregou um cartão verde menta, peguei e logo comecei a ler.

"Já se passou um ano desde que te conheci, já se passou um ano que me apaixonei pelo seu sorriso e seu jeito desajeitado, já faz um ano que queria te falar o que meu coração pede...minha pequena"

Meu coração deu um pulo.Olhei para o Kook quê estava sorrindo abertamente e apontou para a biblioteca.Segui em direção a mesma encontrando lá Tae sorrindo quadrado e entregando um envelope branco.

-Oi Rosa! - me abraça e o mesmo ficou me encarando.

"Biblioteca, este lugar me traz tantas lembranças, das vezes que ficamos altas madrugadas lendo e eu te vendo adormecer em meu colo...e acariciando seu rosto angelical..."

Ruborizei com aquelas últimas palavras e logo em seguida, sorri lembrando destas noites, que ficávamos lendo juntos era uma sensação tão boa de telo ao meu lado.Tae apontou para as escadas e andei em direção a elas sem esconder meu sorriso e rosto vermelho.E lá estavam Jimin, Nam e Suga, o três me deram uma caixinha preta e abri a mesma onde tinha dois anéis fiquei sem entender e os três me mandaram seguir o corredor, onde estava Jin.

-Omma, o que está acontecendo? - perguntei confusa mais sabendo da situação em que estava, Jin apenas sorrio e deu um papel...Mais uma carta - pensei.

"O que quero dizer, quer ser minha namorada?"

Ouvi e logo virei para trás e vendo Hoseok sorrindo e com o rosto vermelho, a este ponto eu estava chorando, não de tristeza mais sim de felicidade, desde que eu cheguei nesta cidade e o conheci nunca mais parei de sorrir.

-Então, Rosa você quer namorar comigo? - perguntou olhando em meus olhos e segurando levemente meu queixo e limpando minhas lágrimas.

-É claro que eu quero - agarrei seu pescoço dando um abraço no moreno que ainda estava surpreso com meu ato.

-Antes de te conhecer eu era tão pessimista, meus sorrisos eram totalmente fracos, até que conheci você meu coração bateu minhas respiração falhou... - Hoseok me puxou pela cintura e me beijou, um beijo calmo e apaixonado.Eu ouvia os meninos gritando e batendo palmas.


"Foi neste momento que eu encontrei...a Esperança de me fazer sorrir novamente..."



Notas Finais


Espero que tenham gostado esperançíneas,se quiserem mais deixem nos comentários, um beijo e um queijo até a próxima 😘😘💙.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...