História One-shot HP - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Pansy Parkinson, Ronald Weasley, Theodore Nott
Tags Drarry
Visualizações 392
Palavras 2.503
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Magia, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


;)

Capítulo 1 - Capitulo único


É
 verdade que desde o primeiro ano Draco Malfoy e Harry Potter tem uma rivalidade sem igual assim como suas casas Sonserina e Grifinoria são rivais por décadas,ambos não podiam se encontrar nos corredores sem ocorrer gritos,xingos e feitiços em ambos os lados,por isso um ocorrido no salão principal chocou todos ,professores,alunos,guarda-caça e zelador .

vamos voltar alguns anos? ;p

 

1 ANO/11 ANOS

 

Harry nunca foi de se sentir mal quando falava a verdade ,mas,por algum motivo estava mal por ter desfeito da amizade de Malfoy.Aqueles olhares fulminantes de quem esta prestes á atacar pra matar a qualquer momento também não ajudava muito,Draco sempre que o via o olhava com desgosto e raiva,por esse motivo e outros agora se encontrava embaixo da capa da invisibilidade em plena 01:00 AM atrás do loiro que vivia o perseguindo e pegando em seu pé.

parou enfrente o quadro do salão comum das cobras e deixou a capa deslizar por seus ombros,ergueu a varinha acordando o quadro e disse a senha ao qual conseguiu com os gêmeos Wesley em troca de alguns favores,o quadro com um olhar desconfiado se abriu deixando o grifinorio entrar ,com a varinha em riste com lumus iluminando seu caminho engrandeceu os olhos fascinado com a beleza rústica e rica que era a sala comum da sonserina.

dando alguns passos segurou um grito assustado ao ver o loiro ao qual procura sentado ao peitoril de uma janela com vista ao fundo do lado negro tendo a atenção chamada ao perceber que este chorava enquanto observava a vista lugrubi com olhos cinzas cheios d´água

-Draco.-murmurou sem querer assustando o sonserino que olha para os lados a procura de quem quer que esteja acordado

-Pans?Blaz?quem é?.-perguntou agora o loiro secando o rosto e levantando devagar lamentando não ter trazido a varinha enquanto olha as escadas dos dormitórios  esperando ver algum de seus amigos o chamando pra dormir,balançou a cabeça,”por um momento pensei ser a voz dele...melhor dormir,estou começando a sonhar acordado”.pensou suspirando e descendo as escadas em direção do quarto sem imaginar ser seguido por um moreno curioso.

Harry viu o loiro entrar em um quarto vitoriano com cores pedrominantes em verde e cinza ,o loiro sentou na cama e logo depois deitou-se e cobriu-se fechando os olhos.O quarto iluminado só pelo brilho que o lago negro transmite por feitiço pela pequena janela no quarto frio.

deixando a capa cair novamente no chão se ajoelhou ao lado da cama olhando Malfoy em silencio por alguns instantes ,mordendo o lábio criou coragem e ergueu a mão acariciando os fios platinados pela primeira vez que via sem gel ,”macio”,pensou o leão fascinado e levemente corado.

-Pans?

se assustou recolhendo a mão e arregalando os olhos ficando completamente vermelho ao ver os olhos tempestuosos o encarando “gélido como o dono”

os olhos antes curiosos e sonolentos ficaram sérios e Draco se levantou de supetão assustando mais ainda Potter

-oque faz aqui?.-perguntou Malfoy procurando pelo canto dos olhos a varinha

-e-eu...eu

-eu eu?

Harry abaixou a cabeça ainda envergonhado demais por ser pego acariciando Draco pra criar uma frase coerente

-eu....

-fala logo Potter!!,como entrou aqui?!.-esbravejou puxando a varinha do criado mudo e apontando ao pescoço do moreno que caiu sentado agora olhando nos olhos prata com o rubor ainda o dominando

-v-vim pedir desculpas

a frase sussurrada ecoou pelo quarto que ficou em completo silencio por alguns segundos antes do desacreditado Draco fechar a boca e encarar o moreno que volta a abaixar a cabeça completamente envergonhado

-como assim testa-rachada? Seu amiguinho grifinorio explodiu seus neurônios na aula de feitiço?.-disse zombador  voltando a apontar a varinha com firmeza fazendo o moreno erguer a cabeça pelo queixo

-eu me sinto mal por ter desfeito de sua amizade de um jeito tão rude e mal educado,não te conheço então não tinha o direito de te-lo feito do modo  como fiz,é que...,nunca tive amigos e o primeiro que fiz você xingou....-olhou nos olhos prateados e sorriu.-olá,eu sou Harry,Harry Potter.-o moreno se levantou e estendeu a mão pra um perplexo Malfoy ignorando a varinha ainda em riste

Draco sem tirar os olhos dos verdes se sentia ...feliz não deixando de pensar é claro em como Potter devia estar louco,suspirou dando de  ombros e abaixando a varinha,ergueu o rosto,arretou o corpo e empinou o nariz olhando friamente pro moreno estendeu a mão e apertou a do mesmo em um cumprimento.

-Draco,Draco Malfoy,logo logo saberá que algumas famílias são melhores que as outras.

e foi assim que começou uma amizade longa e verdadeira que mais tarde viraria o mais forte e verdadeiro amor e a magia mais forte

 

 

.....o amor

 

H&D

2 ANO/12 ANOS

-Draco!

o garoto gritou correndo atrás do loiro e adentrando o banheiro atrás do mesmo

-eu já falei pra parar de me seguir,e não me grite por ai como se fossemos amiguinhos Potter

Harry desacreditado com o que ouviu ficou vermelho de raiva e cerrou os punhos contendo a vontade de socar Malfoy

-o que eu fiz?porque de uma hora pra outra você me trata assim?

Malfoy cerrou os olhos de braços cruzados e abriu a boca com tamanha burrice

-e você ainda pergunta “porque”? me poupe,se poupe nos poupe testa—rachada!

-só diga!

berrou impaciente

-quer que eu diga?.-.sibilou se aproximando descruzando os braços e encarando os verdes com raiva contida.-.então eu vou dizer

o moreno que dava passos pra trás percebia que devia ter feito algo muito ruim pro loiro estar a beira de surtar e berrar,”poxa,Malfoy’s não berram,só se tiverem motivos,obvio”.

-Dra-Draco..-.tentou

-eu entendo você ficar ouvindo coisas,eu entendo você ser ofdioglota,eu entendo você estar triste porque Granger foi petrificada,eu entendo...eu ...EU ENTENDO VOCÊ ME DEIXAR SOZINHO PRA IR TENTAR SE MATAR NA POHA DE UMA CAMERA SECRETA COM UM MONSTRO MORTAL TRANCADO LA DENTRO PRA SALVAR AQUELA...URGHH HARRY THIAGO POTTER!!

Harry de olhos arregalados estava calado enquanto Draco estava vermelho com o dedo em riste no peito do moreno de cabeça baixa tentando segurar as malditas lagrimas

-eu...só não entendo porque você fica perto da weasel fêmea quando ta na cara que ela gosta de você,só não entendo como ela consegue te abraçar quando eu fico morrendo de vergonha só de pensar em fazer isso,eu não entendo como uma admiração de criança virou em um adolescente apaixonado e ciumento eu não entendo como tão novo já posso te gostar tanto

os olhos prata e chorosos estavam colados nos verdes,estes que estavam segurando as lagrimas.Não foi preciso nenhuma palavra para que se aproximassem,não foi preciso palavras para que fechassem os olhos lentamente e nem que se envolvessem sentindo suas respirações se misturarem os fazendo corar levemente.O beijo começou com um leve roçar tímido de lábios,Harry puxou Draco pela cintura enquanto o loiro enlaçava seu pescoço puxando o lábio do moreno entre os seus aproveitando a carne macia iniciando um beijo lento quando outra vez Malfoy tomou a iniciativa adentrando com a língua na cavidade do moreno

este foi o primeiro beijo e o descobrimento de algo que seria maior no futuro.

H&D

3 ANO/13 ANOS

-eu,só...queria dizer pra você tomar cuidado

Harry ergueu uma sombracelha sorrindo sly

-óo ta preocupado?.-.brincou puxando o loiro pela cintura e o abraçando

Malfoy fez uma careta e estapeou o ombro do moreno

-preocupado? Eu?  Só não quero que danifiquem o que me pertence.-.ditou em um sorriso malicioso Harry não entendeu o sorriso e por isso arqueou a sombracelha

-desde quando sou seu Malfoy?

-ora! desde quando namoramos testa-rachada

-estamos namorando?.-.o moreno perguntou pensativo.Draco o olhou perdendo o sorriso e o empurrou pra longe de cara fechada

-não chegue perto de mim,torço para que morra

o moreno meio magoado tentava entender o que  fez de errado

e essa foi a briga na qual Draco mais se magoou,não por Potter ser lerdo e sim por gostar tanto dele,essa briga também ocasionou em muito tempo separados e Harry tentando falar com o loiro assim que descobriu o que fez de errado,claro que teve que revelar tudo pra Hermione pra conseguir ajuda...só não sabia que isso ia deixar Draco mais irritado ainda e nem que o loiro já o havia perdoado e que estava apenas gostando de ganhar flores e chocolates todo dia então se permitiu um pequeno mimo enquanto castigava seu moreno,mas foi em uma manhã que Draco Malfoy cedeu.

H&D

4 ANO/14 ANOS

era o inicio do quarto ano aquele havia acabado de chegar do jantar aonde foi anunciado o torneio tribuxo e estava curioso pra ver se iria morrer alguém quando olhou pra sua cama e viu outro buque de rosas negras e  brancas acima de sua cama,sorrindo sem perceber puxou o arranjo de flores se assustando com o barulho de algo caindo,então olhando para o chão soltou um arquejo surpreso ao ver uma caixinha de veludo musgo se abaixando pra pegar.

ao levantar largou as rosas na cama e abriu a caixinha ficando de olhos arregalados ao ver um anel prateado em formato de uma cobra que gira entorno do dedo tendo como olhos dois pedacinhos de pedrinhas azuis.

erguendo o olhar da joia olhou diretamente nos olhos  do moreno que o olhava meio pálido ajoelhado a sua frente

-Draco Malfoy,não sou bom em declarações então vou ser direto .me daria a honra de ser seu namorado?

o platinado tinha lagrimas acariciando seu rosto pálido como o luar quando assentiu e viu o moreno se levantar,pegar o anel da caixinha e colocar em si mesmo deixando o loiro sem entender por um momento ate ver o que havia na outra Mão do moreno o rancando um riso sarcástico

-a cobra és minha e o leão és teu.-sussurrou Harry colocando um anel prateado cujo áfrente era um leão de olhos verdes com a cauda que se entrelaçava  a volta do dedo fino e branco de Draco

Malfoy sorrindo,enlaçou o pescoço do moreno e encarou no fundo as orbes que lhe apaixonava tanto,se aproximaram e passaram aquela noite matando as saudades dos beijos que trocavam.

H&D

6 ANO/16 ANOS

passaram o quinto ano sem ocorrências graves fora o fato do moreno querer assumir o namoro e o Malfoy bater o pé ,estava certo de que não era a hora e também não estava pronto para contar aos Sr e sra.Malfoy que já cobravam que ele arranjasse uma pretendente para continuar com a linhagem.

aquele ano estava na mais completa normalidade se assim podiam dizer,porque não passavam um ano sem problemas os seguirem pra todo lado então era normal acharem estranho,ainda mais com o clima tenso por causa da doença do diretor.

Harry estava de saco cheio

saco cheio dos repórteres que o seguiam desde o quarto ano quando matou Voldemort no cemitério.

saco cheio do namorado que se recusava a levar a publico o namoro

saco cheia de Gina que o seguia feito abutre na carcaça

saco cheio de bater punheta,por que Draco só queria fazer depois de casar

saco cheio de ficar preocupado com a doença de Dumbledore

saco cheio dos amigos que falavam e falavam e não sacava que queria ficar sozinho

saco cheio de hogwarts que parecia que o observava de todos os cantos

saco cheio de fingir odiar Malfoy quando o amava tanto que doía

aquele ano Harry virou uma bomba que nas férias os Dusleys fizeram questão de ignorar,o que o moreno,é claro,agradeceu.

por isso no ano seguinte todos se assustaram com o que houve,Harry finalmente explodirá.

H&D

FINALMENTE),ATUALMENTE.

o dia tinha tudo pra ser normal

os grifinorios almoçavam como sempre entre risos e brincadeiras,o que deixava os sonserinos enojados e evitando olhar pra mesa dos leões,comiam de forma perfeita e educada aquela mesa se mantia em silencio.Assim como os corvinos que comiam enquanto liam algum livro e tiravam duvidas com os colegas que os ajudava nos deveres que receberam por aquela manhã.Os lufanos conversavam entre si assim como os grifinorios,porem,discretamente.

foi quando Draco entrou no salão de braços dados com Parkison e Harry se levantou de forma abrupta com o rosto vermelho e pisando duro na direção das duas cobras que os alunos olharam já atentos pra uma possível briga,os professores se entreolharam e o diretor ficou atento,já com o costumeiro sorriso de quem sabia de algo e estava ansioso.

-Po-potter..-Draco olhava o moreno se aproximar meio receoso por isso quando falou se mostrava um pouco assustado(o que não é de seu feitio) fazendo Pansy o olhar duvidosa

Harry parou áfrente dos dois e desceu o olhar pros braços dados ,Pansy arqueou uma sombracelha e Draco pedia por Salasar para que o moreno não fizesse o que estava pensando.Os demais ficavam em silencio ansiosos por uma briga.

o moreno olhou nos olhos da garota e puxou Draco pelo braço os soltando de forma abrupta,pans abriu a boca desacreditada e Draco gemeu ao sentir o aperto firme em seu braço

-nunca.mexa.no.que.me.pertence.buldogue-sussurrou frio e mortal a olhando nos olhos sibilando em persefol sem perceber ao xinga-la fazendo a maioria sentir um frio na espinha

todos estavam assustados e desacreditados demais de olhos vidrados na cena pra sequer lembrar de respirar (principalmente os leões e as cobras)

-Há...Harry...-o sussurro sofrido pareceu acordar Potter que desviou o olhar pra Malfoy ao seu lado que tentava fazer o moreno soltar seu braço do aperto forte.o moreno soltando imediatamente o soltou fazendo o loiro soltar um suspiro.

então assustado por ter machucado seu loirinho pegou seu rosto com ambas as mãos o olhando nos olhos azuis gélidos que estavam cheios d’agua pela dor

-des...culpe

Malfoy sorriu fraco ao receber um selo

-revelou nosso segredo,machucou minha pele linda e agora esta me beijando em frente da escola inteira.-.falou rindo de olhos fechados aproveitando os beijos que recebia pelo rosto fazendo o moreno arregalar os olhos e olhar envolta

-desculpe?.-falou envergonhado voltando a fitar Malfoy que soltou outro  sorriso sly

-vou querer rosas verdes no casamento

Potter corou

-eu imaginei você de vestido

Draco ergueu uma sombracelha cogitando

-na lua de mel talvez

-opa opa opa!

Pansy interferiu com o nariz sangrando

-tem como explicar o que ta acontecendo aqui?.-completou limpando o nariz com um lenço dado por Theo que se aproximou acompanhado de Blásio

-é cara como não fiquei sabendo que você pega o gostoso do Malfoy?

Hermione que vinha ao lado do ruivo assim como as cobras e Harry olharam pro Weasley  assustados

-o que foi?.-perguntou

Harry suspirou e draco riu

-me deve 50 dolares trouxas PO-TTER.-e se virando pro ruivo piscou abraçando o moreno pela cintura fazendo este corar.-sinto muito mais tenho um fraco pelo santo Potter

-demoraram pra se assumir

-o que?!! Você contou pra Hermione e não contou pra mim?!

-é!isso é um absurdo Dray.-protestou Pansy

Draco soltou o moreno que suava frio e o olhou com o sorriso maior ainda,não combinando com o olhar gélido

-é Potter,pode me explicar?

-ixi não queria ser você agora amigão

falou Ron sendo puxado por Hermione e os amigos de Draco que saíram dali ligeiro pra não presenciar a fúria de um Malfoy

os demais não demoraram muito pra sair correndo ainda enturpecidos pela montanha de informação quando só esperavam uma briga...

 

 

 

 

fim

 

 

 

 

 


Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...