História One Shots Camren - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Exibições 825
Palavras 2.053
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem!! :)

Camila g!p, se não gosta não leia!!

Capítulo 1 - Tentação


Tentação, ta ai uma coisa que me percegue, o por que de eu ta dizendo isso ? É simples, tem nome, cabelos escuros, um corpo de dar inveja em qualquer um, e lindos olhos verdes. Lauren Jauregui. A menina/mulher que me pertuba os pensamentos a exatos 2 meses. Eu já sou uma mulher feita com meus 32 anos, sou casada e muito bem sucedida. Não devia ta me dando o luxo de estar desejando uma menina de dezessete anos.

Tudo começou quando a sobrinha da minha esposa veio passar um tempo aqui em casa , o que era pra ser só 2 semanas , se tornaram 2 meses , o problema não é esse, o negócio é que desde que essa garota descobriu do meu brinquedinho, pois é, eu tenho um pau, ela não para de me provocar, fica andando com roupas minúsculas, quando termina de tomar banho ela fica passeando pela casa só de toalha. Já perdi a conta de quantas vezes eu fiquei de pau duro. Ainda não sei como to conseguindo resistir a essa garota.

Estamos jantando no momento,até ai tudo bem, o problema foi que minha esposa inventou de abrir a maldita boca. Céus.

- amor, vou ter que viajar por 5 dias, a empresa vai abrir uma filial em outro país e me escolheram para ir lá ver como vai ser o andamento das coisas, tudo bem pra você? - droga, sério mano? Sério que vou ter que ficar sozinha em casa com essa peste? Tudo bem, não é o fim do mundo, eu consigo resistir a esses 5 dias.

- tudo bem sim amor - respondo dando um sorriso forçado.


(...) 



Eu não aguento mais senhor ,faz 2 dias que minha esposa viajou e Lauren ta mais focada que nunca em me enlouquecer, acreditam que ela passou a mão no meu pau, e ainda falou que vai ser uma delícia ter ele dentro dela? Agora imagina minha cara nessa hora, com certeza tava pra lá de descrente.

Agora são 22:44 e eu to aqui eaparramada no sofá assistindo um filme super chato, Ah vou tirar dessa merda porque eu não sou obrigada. Tava zapeando os canais da TV quando escuto passos na escada e segundos depois aparece a figura de Lauren no meu campo de visão, e que visão.

- camz , ta assistindo o quê? - Meu Deus, por que meu pau fisgou com essa merda de pergunta? Deve ser porque você já ta a um bom tempo sem sexo. Ah é mesmo, valeu ai coisa que me cobra constantemente.

- nada específico, não tem nada que preste pra assistir ou fazer , acho que eu vou dormir , voa noite - falo já querendo sair dali o mais rápido possível , até porque aquela blusa e calcinha não estão tampando nada e eu não sou de ferro né.

- a não, fica aqui comigo, er.. Quer dizer fica aqui , vamos conversar ou algo parecido, desde que eu cheguei aqui você não fica mais de um minuto na minha presença. - Sério que ela disse isso, a filha da puta só pode ta tirando uma com minha cara, porque não tem outra explicação.

- tudo bem ,vamos conversar - digo me ajeitando no sofá.

- ta - fala animada , se sentando ao meu lado de frente pra mim - você não desconfia dessa viagem que minha tia fez - franzo o cenho, por que diabos eu iria desconfiar.

- não, eu confio na minha esposa, mas o porque da pergunta? 

- a é que desde de que eu cheguei aqui ela passa mais tempo "trabalhando" do que em casa , um dia ela chegou em um carro que não era o dela , e ainda demorou um pouco pra sair dele - faz uma pausa , e eu já to pra esganar ela quando a mesma continua - só acho bem estranho ela falar que vai viajar assim do nada , pra onde ela disse que ia mesmo? 

- para Londres - respondo e uma luz parece ter se acendido na minha cabeça, em Londres já tem a porra de uma filial , mais eu sou uma burra mesmo - não acredito que ela possa ta fazendo isso comigo, eu sou uma otária.

- ei , você não é isso que acabou de falar, você só a ama, mesmo que ela não mereça tal sentimento. - fala se arrastando pra chegar mais perto de mim - só acho que você deveria devolver na mesma moeda - supõe sujestiva.

Isso é bem bonito pra minha cara, to a meses sendo tentada pela sobrinha da minha esposa, to a meses com ela me deixando de pau duro, estou a porra de 2 meses resistindo a essa garota, com medo de trair minha esposa , que estar com deus sabe quem em Londres enfeitando minha cabeça. Mas quer saber, foda-se , eu vou foder com essa garota até não conseguir andar.

- essa é uma ótima ideia - falo já me inclinando em sua direção - talvez eu devesse sair e procurar alguém, o que você acha? - pergunto cínica e ela fecha a cara.

- acho que você já tem o que procura bem aqui na sua frente - responde decidida , me empurrando pra sentar no meu colo - ou você acha que eu não sou o suficiente? - pergunta e da uma pequena rebolada no meu colo.

- oh baby , você é mais que suficiente - respondo a olhando nos olhos - só ficaria melhor se estivesse sentada no meu pau rebolando quando ele estiver dentro de você.

- então é melhor a gente resolver logo isso - diz se ajeitando melhor no meu colo - mas você vai ter que me foder bem gostoso, acha que consegui? - pergunta em desafio, que garotinha mais sapeca essa.

- bom, você vai ter que descobrir - falo roçando nossos lábios - e eu faço questão de te mostrar.

- pois mostra logo - fala afobada e cola nossos lábios em um beijo intenso , ela leva suas mãos para a minha nuca segurando meus cabelos entre os dedos e ao mesmo tempo passa a lingua devagar pelo meu lábio inferior querendo passagem , que lhe é concedida sem pensar duas vezes , todos os pelos do meu corpo de erriçaram quando nossas linguas entraram em contato , o beijo ficava cada vez mais frenético a medida que nossas vontade também. Chupo sua lingua bem devagar apreciando seu delicioso gosto, pra logo em seguida descer meus beijos pelo seu queixo e pescoço, mas não sem antes ver Lauren fechar os olhos e soltar um gemidinho aproveitando meus toques, deixo chupões e mordidinhas por todo o seu pescoço e clavícula, levo minhas mãos até a barra da sua blusa e sem demora a tiro do seu corpo junto com o sutiã, desço meus beijos pelo seu tronco, logo indo para o seu seio esquerdo e levando minha mão para massagear seu seio livre . Quando minha lingua rodeia o mamilo rosado , a morena solta um gemido baixo e arqueia as costas se oferecendo mais pra mim,e claro que eu não me fiz de rogada , meus lábios logo tomam o mamilo dela e eu o chupo com força , fazendo o mesmo com o outro , os deixando vermelhos e sensíveis , inverto nossas posições agora ficando por cima e tirando sua calcinha , ergo o olhar me deparando com os olhos verdes , agora escuros me encarando com desejo, sorrio para a mesma e lhe dou um selinho e descendo os beijos por todo seu corpo e parando na frente do seu sexo que esta pingando de tão molhado, passo meu nariz pela região apreciando aquele cheiro doce que me deu ainda mais vontade de chupar ela, mas como ela foi uma menina má esses tempos , eu vou provocar um pouquinho, do um beijinho em seu clitóris escultando um suspiro alto dela, do uma longa lambida em sua virilha e passo a dar beijos lentos em suas coxas.

- camz... P- por favor - implora levando sua mão até meus cabelos e empurrando minha cabeça para o lugar onde ela mais está necessitando no momento.

- por favor o que lolo? Fala o que você quer - digo dando uma pequena lambida em seu nervo inchado.

- me chupa camz , me chupa bem gostOH MEU DEUS - grita quando prendo seu clitóris entre so lábios e o chupo com certa força, logo sentindo ela me puxar mais , quase me sufocando, eu chupava ela como uma esfomeada, lhe penetrava seguidas vezes com a língua, para depois subir e sugar o seu nergo saliente - a-assim Camila, chupa mais forte - fala quando chupo seu clitóris mais devagar, logo percebo o corpo dela começar a tremer e lhe penetro a lingua o mais fundo que consigo - camz eu..eu v-vou gozar - diz em quanto da tapinhas nos meis ombros , subo a boca para chupar seu clitóris e ao mesmo tempo enfio dois dedos na sua entrada apertada, isso bastou para que ela chegasse ao orgasmo gemendo alto. Chupo todo seu líquido delicioso que me é oferecido e escalo seu corpo para beijar seus lábios.

- você é uma delícia - mal termino de falar e ela nos vira ficando por cima e logo começa a tirar minhas roupas, mais quando ela vai tirar minha cueca , a impeço e nos viro ficando por cima de novo - espera , vou pegar uma camisinha , já volto - falo me levantando, mas sou puxada de volta pela morena suada deitada do meu sofá.

- não precisa, eu tomo remédio - concordo com a cabeça e tiro minha cueca, liberando meu pau extremamente duro , passo a mão pelo pré-gozo que saia e espalho por todo meu comprimento , me abaixo para lhe da um selinho e encaixo a cabeça do meu membro na sua entrada , só que sem fazer força.

- tem certeza disso - pergunto.

- tenho sim, agora por favor me fode.

Não espero mais nada e vou enfiando devagar, até por que eu sou grande e ela é bem apertada , vou me encaixando nela até que todo meu pau esteja dentro dela, espero alguns estantes e logo começo a me mexer , meu deus, esta dentro dessa boceta é o paraiso de tão bom, Lauren abraça meu pescoço e esconde o rosto no mesmo, gemendo rouco no meu ouvido me deixando ainda mais louca de tesão, aumento a velocidade das estocadas e consequentemente os nossos gemidos, eu já to perto de gozar, por isso vou parando os movimentos e logo saio de dentro dela , escultando um resmungo de frustração.

- cavalga um pouquinho vai lo - peço e ela prontamente faz se sentando devagar no meu pau e logo abraçando meu pescoço para pegar impulso pra subir e descer , ela vai aumentando a velocidade e seus movimentos começam a ser frenéticos , ela ta gemendo muito alto, não diferente de mim e eu acho que os vizinhos já devem ter chamado a polícia por achar que esta tendo algum tipo de seção de tortura por aqui.

- camz e-eu vo-u goza-ar - fala com dificuldade , eu já estou quase também, ela faz uma coisa que eu achava impossível no momento, ela conseguiu aumentar ainda mais a velocidade, senti minhas bolas se contrairem denunciando meu gozo, levo uma das mãos até seu clitóris o estimulado rapidamente para que ela possa me acompanhar, o que não demora a acontecer , ela dá um grito de prazer ao gozar e mela todo meu membro e eu vou logo em seguida misturando nossos líquidos.

- meu deus garota você ainda me mata, serio - falo ofegante, acariciando seus cabelos negros que estão espalhados por suas costas - me privei disso por muito tempo - digo dando uma risadinha.

- pois é, você acabou me privando disso também - fala levantando a cabeça do meu ombro para me olhar com seus olhinhos agora verde clarinho - eu to cansada - diz escondendo o rosto no meu pescoço.

- dormi um pouquinho, porque depois vou te cansar muito - falo me deitando no sofá, com ela por cima de mim.

- mal posso esperar - diz sonolenta e depois de alguns segundos sinto sua respiração leve e ritmada batendo no meu pescoço.

- eu também - falo baixinho e logo em seguida pego no sono.



Notas Finais


Eu sou péssima com hots, mais aperfeiçoou com o tempo ;) !!

Beijinhos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...