História One Shots Camren - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Visualizações 1.111
Palavras 3.018
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fluffy, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLHA QUEM VOLTEI!!!!!!

Boa leitura.

LEIAM AS NOTAS FINAIS
POR
FAVOR

- tazo

Capítulo 23 - Between fights and pianos. #2


Fanfic / Fanfiction One Shots Camren - Capítulo 23 - Between fights and pianos. #2

Sabe aquela sensação de liberdade? Eu sentia isso sempre que estava em um ringue. Pra alguns era um esporte bruto, mas pra mim era um esporte de força a resistência. 

Eu estava treinando no meu QG quando ouço o toque do meu telefone, vou até uma mesa que tinha no canto do porão e pego meu celular que tocava incessantemente. 

*Ligação on*

Camila: O que você vai fazer hoje? Quer sair comigo? 

Fazia 3 semanas desde que saímos pela primeira vez. Camila era uma mulher incrível. 

Lauren: Eu estava treinando. Claro que aceito, nos vemos que horas?

Camila: Te busco às 7PM. 

Lauren: Onde vamos?

Camila: Segredo.

Camila era cheia de surpresas, ela dizia que adorava me ver sorrir e por isso iria fazer surpresas pra mim sempre que podia. Durante essas três semanas nós saímos apenas dois dias. Saíamos pouco pois eu tinha que treinar e ela tinha que dar aulas e trabalhar no restaurante dos pais. Ela havia me levado em um parque de diversões e numa pista de paginações, e percebi que eu era um desastre patinando.

Daqui há uma semana seria a fase final do torneio de UFC. Eu me sentia preparada para aquela luta. A minha rival não era tão forte, mas era a favorita e tinha bastante técnica. Passei alguns dias estudando suas táticas.

Eu queria chamar Camila. Eu sei que eu havia a chamado no dia do nosso encontro no restaurante, mas eu queria ter certeza. Eu estava nervosa. E se ela não gostasse? E se achasse violento e decidir que não quer alguém que pratica aquele esporte ao lado dela? Eram tantas perguntas, eu ainda iria ficar louca.

Passei o resto do dia treinando. Meus músculos estavam doloridos que precisei tomar um banho quente para relaxar.

Estava quase no horário de Camila chegar quando terminei de me arrumar. Eu vestia uma calça jeans clara, uma camisa preta de uma banda qualquer e um tênis simples. Penteei meus cabelos e os deixei soltos. Peguei minha carteira, as chaves de casa e meu celular que tocou bem na hora.

*Ligação on*

Camila: Está pronta? Já estou te esperando - Ela disse e eu podia imaginar o seu sorriso enquanto ela falava.

Lauren: Estou indo, Camz. - sorri e desligamos o telefone. 

Desci as escadas indo até a porta, abri e saí trancando a mesma. Vi Camila encostada em seu carro me esperando. Ela me olhou, sorriu largo e fui de encontro à ela.

- Como você está? - Ela disse me abraçando pela cintura. 

- Ótima, e você? - Eu disse a abraçando pelo pescoço e dando um beijo casto em sua bochecha.

- Estou. E então, podemos ir? - Eu sentia a animação em sua voz.

- Você não vai mesmo me contar? - Olhei pra ela fazendo um biquinho fofo.

- Não. É surpresa. - Camila disse rindo.

Camila abriu a porta do carro pra mim e eu entrei. Ela era tão carinhosa que eu ficava até sem graça. Ninguém nunca havia feito essas coisas por mim. Eu estava muito feliz por ter Camila em minha vida.

Camila começou a dirigir tranquilamente pela cidade. O trânsito estava calmo naquele horário. Liguei o rádio e uma música qualquer tocava. 

Alguns minutos depois chegamos a um restaurante simples e aconchegante. Eu nunca havia ido ali, mas eu com certeza iria querer ir mais vezes. 

Entramos e fomos recepcionadas por um homem muito elegante. Ele olhou para Lauren, para mim e levou seus olhos para nossas mãos entrelaçadas. Voltou os olhos para Lauren e sorriu com mais vontade. 

- Vejo que cumpriu sua promessa, Camila - Espera, o que eu perdi? Eles se conheciam?

- Eu sempre cumpro minhas promessas, Jerry. - Ela me olhou e sorriu, linda.

Depois desse pequeno diálogo ele nos levou até uma mesa em um canto discreto do restaurante. Nós sentamos, olhamos o cardápio e fizemos nossos pedidos. 

- Qual a promessa que você fez à ele? - perguntei curiosa.

- Eu prometi que só traria alguém aqui se eu sentisse que era especial. E eu sinto - Ela realmente tinha dito isso? Eu era especial? Meu Deus, eu estou tão apaixonada!

Depois disso nós ficamos em um silêncio agradável até nossos pratos chegarem. Comemos no mesmo silêncio e assim que terminamos nos retiramos do restaurante sendo seguidas pelo olhar do tal Jerry.

- Quer dormir comigo hoje? - Camila disse dirigindo calmamente.

- Tem certeza? Não quero te atrapalhar. - Eu disse nervosa.

- Você não me atrapalha em nada, pare de bobeira. 

- Então eu topo. - Eu estava bem nervosa. Seria a minha primeira vez na casa dela e eu não sabia como agir.

Ela dirigia tão calmamente e eu só sabia admira-la como se fosse uma obra de arte rara. Camila era linda, seus traços latinos estavam presentes em seu rosto. Seus lábios delicados, seus olhos castanhos, tudo nela era absurdamente lindo.

Chegamos em seu apartamento e ela estacionou o carro na garagem do prédio. Fomos andando calmamente até o elevador, entrando no mesmo em seguida. Camila pressionou o botão de número 7, seu andar. Camila e eu estávamos de mãos dadas desde a saída do carro, eu amava a sensação de suas mãos nas minhas.

A porta do elevador abriu e saímos indo direto até o final do corredor. Ela procurou as chaves em sua bolsa e abriu a porta logo em seguida, me fazendo entrar primeiro. Seu apartamento era lindo, não era tão grande, mas era tudo organizado. 

O ambiente tinha tons claros, a cozinha com bancada americana que dava para a sala, a sala tinha uma TV e um sofá cinza que mais parecia uma cama, havia também um corredor que continha duas portas. 

- O que achou? É pequeno, mas é confortável. - Ela disse timida.

- É lindo, tão lindo quanto você.- disse e me aproximei dela a beijando calmamente.

- Quer beber algo?

- Aceito uma água. 

Ela se dirigiu até a cozinha e voltou alguns minutos depois com um copo d'agua. 

- Vá tomar um banho, eu irei escolher algumas roupas pra você. - Apenas assenti e ela me levou até seu quarto.

No quarto havia uma de casal, uma TV na parede em frente a cama, um pequeno guarda-roupa que era embutido na parede e uma pequena porta que dava acesso ao banheiro.

 - Tem toalhas limpas no armário do banheiro. - Ela me disse. Entrei no banheiro tirando minhas roupas. Tomei um banho rápido e fiquei alguns minutos pensando na nossa noite. Eu estava tão apaixonada. 

Saí do banheiro e o quarto estava vazio. Em cima da cama estava uma calcinha aparentemente nova,  uma regata de um time de basquete qualquer e uma calça de moletom cinza. Me troquei rapidamente e voltei para a sala. Camila não estava lá, só então notei que a outra porta estava aberta e parecia ser um outro quarto. 

Fiquei sentada na sala enquanto esperava Camila. Ela saiu do quarto e percebi que havia tomado banho. Estava cheirosa, e vestia roupas quase iguais às minhas, diferenciando apenas pelo short preto que ela usava.

Camila foi até o quarto e voltou com duas cobertas e deitou ao meu lado nos cobrindo com as mesma, pegou o controle da TV e colocou num canal qualquer que passava um filme de animação. Me juntei mais a ela que deitou sua cabeça no meu ombro.

** 

Point of View - Camila Cabello 

Estávamos eu e Lauren deitadas assistindo a um filme qualquer que eu nem estava prestando atenção quando parei pra pensar nas coisas que estou vivendo. Eu nunca havia deixado alguém entrar na minha vida. Mas com Lauren as coisas parecem ser diferentes, desde o primeiro momento me senti conectada com ela. 

Como o Akai-Ito. Um fio que conecta duas pessoas que estão destinadas a se conhecerem, independentemente do tempo, lugar ou circunstância. O fio pode esticar ou emaranhar-se, mas nunca irá partir. Eu realmente acreditava naquilo. Estávamos destinadas uma para a outra.

** 

Point of View - Lauren Jauregui 

Uma semana havia se passado desde que dormi com Camila. Havíamos saído mais três vezes depois daquela. Nossa relação estava ficando melhor com o tempo e eu estava amando. Camila era um misto de sentimentos. 

Eu me sentia mais leve, nunca havia estado em um relacionamento tão sério como estou com Camila. Ela me fazia tão bem e eu estava ridiculamente apaixonada.

Hoje era o dia da final da luta. Eu estava tão nervosa. Era minha chance de mostrar o que eu era capaz. Camila iria, ficamos de nos encontrar no local da luta.

Point of View - Narrador

Lauren acordou às oito da manhã e ficou alguns minutos pensando em ligar para Camila, mas decidiu esperar algumas horas. Ela não queria ser inconveniente e acorda-la cedo em pleno sábado, sabia que a latina odiava acordar cedo no fim de semana. 

Levantou e foi até o pequeno banheiro que havia em seu quarto fazer sua higiene matinal, escovou os dentes e foi até a cozinha preparar um café da manhã rápido. Logo depois do café decidiu ir até seu QG treinar. Após algumas horas decidiu preparar algumas coisas para a luta. Separou seu par de luvas e algumas faixas para bandagem colocando-as em uma mochila grande. 

Voltou ao seu quarto e foi até seu pequeno closet que havia ali pegando bermuda preta e seu protetor bucal vermelho, colocou os mesmos na mesma mochila onde colocou os outros equipamentos e a deixou em sua cama. 

Eram 16:09 quando decidiu timar um banho e ir para o local da luta. Lauren estava bem suada por conta do pequeno treino, tomou um banho demorado e saiu indo se arrumar. Colocou uma calça de moletom preta e uma regata da mesma cor, calçou seu par de tênis e pegou sua mochila. Pegou as chaves de casa e trancou a mesma, foi até um ponto de ônibus e esperou 20 minutos pelo seu. 

Depois de vários minutos chegou onde seria a Ultimate Fighting Championship. Ela não podia negar, estava nervosa, mas sentia confiança em si mesma. Foi até o local onde ficaria até o começo da luta e encontrou seu treinador e mais algumas pessoas de sua equipe. Eles estavam animados com o fato da menina ter chegado até a final. Estava apostando todas as suas expectativas em cima da garota de olhos verdes. 

Enquanto isso no outro lado da cidade, Camila estava em seu apartamento nervosa com a luta de mais tarde. Não gostava do fato de sua garota praticar aquele esporte violento, mas Lauren gostava e isso que importava. Sua garota. Mal podia esperar para o momento em que iria chama-la assim, ou até chama-la de Namorada. Camila estava preparando uma surpresa para a garota mais nova, e esperava que ela gostasse tanto quando Camila. 

Camila sempre foi uma garota muito insegura. Sofreu bullying até o ensino médio mas superou e se tornou uma pessoa melhor e uma ótima profissional. Amava o que fazia e estava satisfeita com sua vida. A latina não era de namorar, na verdade, ela nunca teve relacionamentos sérios ou duradouros, mas esperava que fosse diferente com a garota dos olhos verdes. Ela estava apaixonada e esperava viver uma vida com a mais nova. 

**

Eram 20:00 quando decidiu se arrumar. A luta começaria às 22:00, mas ela queria chegar um pouco mais cedo para desejar sorte a garota dos olhos verdes.

Tomou um banho não muito demorado, foi até seu guarda-roupa e colocou um vestido preto bem de alça fina que ia até seu joelho, tinha duas pequenas aberturas em cada lado da cintura e colocou um salto alto preto. Fez uma maquiagem leve e deixou seus cabelos castanhos soltos. Pegou uma bolsa de mão e saiu indo até a sala, pegou suas chaves e saiu do apartamento indo até o elevador, apertou o botão que levava até a garagem e chegando lá seguiu até seu carro que estava estacionado a poucos metros dali.

Entrou em seu carro e seguiu para o local que Lauren havia falado. O caminho foi calmo e ela rapidamente até o lugar. Estacionou seu carro e saiu indo até a portaria onde entrou rapidamente após dizer seu nome para o segurança. Camila foi levada até a sala que Lauren estava onde encontrou a mesma já vestida como as outras competidoras.

- Ei, você veio! - Lauren disse sorrindo e indo de encontro com a mais velha. 

- Vim te desejar boa sorte. - Camila falou e deu um abraço apertado na mais nova, dando também um rápido selinho. - Boa sorte. Vou estar torcendo por você. 

- Obrigada. Eu vou dar o meu melhor lá dentro. - Lauren sorriu e reparou como a garota mais velha estava vestida naquela noite. - Você está linda. Na que você não seja, mas você está... Uau, está maravilhosa. - disse sorrindo. Camila deu um sorriso fofo e abraçou a garota.

- E você está extremamente gostosa nesse short. - Disse e deu uma mordida de leve no lóbulo de Lauren, que estremeceu com o contato.

Ela se entreolharam e sorriram. Queriam mais contato mas foram interrompidas pelo treinador de Lauren, que chamou a morena para se aquecer pois a luta já iria começar. 

- A luta vai começar, é melhor você ir. Vou estar torcendo por você. - Camila disse e deu mais um beijo na mais nova. Foi até seu lugar na arquibancada, estava bem perto do octógono. De repente as luzes diminuíram e varios holofotes foram direcionados ao local. 

Um locutor foi até o centro do octógono anunciar o começo da luta e todo o local ficou em silêncio.

- Senhoras e senhores, hoje é o final do tão esperado torneio de UFC! E a primeira luta é da campeã do Ultimate Fighting Championship, Robyn Rihanna Fenty! - Nesse momento todas as pessoas começaram a gritar o nome da lutadora. Ela deveria ser muito boa. - E Rihanna lutará com uma garota destemida que chegou com tudo no UFC. Lauren Michelle Jauregui! 

Camila se divertia gritando o nome de sua garota. Rihanna e Lauren se posicionaram dentro do octógono. Lauren parecia estar calma, já a adversária estava tensa. 

- Senhoras e senhores, ESSA É A HORA!! - Todos gritaram junto com o locutor e o mesmo saiu do local deixando apenas as duas mulheres. 

A luta começou com um toque de luvas entre as duas. No primeiro Round, Rihanna estava com mais vantagens, Lauren estava com a guarda baixa e levava algumas broncas de seu treinador que observava tudo de fora do octógono.

Os três primeiros Rounds foram apenas de defesa, Lauren já estava com uma guarda melhor e já atacava mais a adversária.

No quarto Round, Lauren atacava Rihanna com rapidez e força, a negra tentava desviavar dos golpes de Lauren mas não tinha tanto sucesso. As duas estavam visivelmente cansadas. Lauren atacava Rihanna sempre que podia e via que a mulher estava começando a se desgastar.

O quarto Round acabou e tinham um intervalo de um minutos apenas para beber água. Assim que o quinto Round começou, Lauren começou um forte ataque contra Rihanna que quase não tinha forças para de defender. 

Uma parte da platéia gritava o nome de Lauren e a outra gritava o de Rihanna. Quando Lauren finalizou a adversária com uma série de socos no rosto e levando-a ao nocaute, toda a platéia gritou por Lauren que comemorou dando pulos dentro o octógono. 

Ela havia ganhado! Se esforçou durante meses para conseguir o lugar na final e havia nocauteado a favorita de todos. 

O mesmo locutor do começo anunciou a vitória de Lauren e outro homem entrou colocando o cinturão de ouro na cintura da morena. Camila correu até Lauren e deu um abraço apertado na mais nova, ela estava orgulhosa pela vitória de sua garota. 

Lauren tirou algumas fotos com o cinturão e comprimentou Rihanna pela luta. Alguns minutos depois, Lauren e Camila foram embora para o apartamento de Camila. 

Elas chegaram no apartamento e Camila foi direto para o quarto buscar sua caixa de primeiros socorros, Lauren estava com alguns machucados no rosto e ela resolveu cuidar. 

- Cuidado, Camila. - Lauren respondeu quando a latina tocou em sua ferida com mais força. 

- Desculpa, baby. - deu um sorriso tímido e um beijo no canto da boca de sua garota. - Vou pegar uma coisa, já volto. - Ela disse quando finalizou os curativos.

Lauren continuou sentada no mesmo lugar que estava até a garota voltar. 

Point of View - Camila Cabello 

Fui até meu quarto e peguei a caixinha que continha um par de alianças, elas eram delicadas e possuíam nossos nomes dentro delas. Voltei até a sala e fiquei de frente para Lauren que me olhava com curiosidade

 - Eu sei que é cedo, mas eu não sei se consigo esperar mais. Eu sempre esperei por um príncipe encantado na minha vida, mas de repente me apareceu uma princesa e eu não resisti. Me apaixonei. Quando te vi naquele dia eu quase perdi o ar, senti que minha alma se conectou com a sua de uma forma tão profunda que eu não sabia se era realmente real. - Parei alguns segundos e olhei em seus olhos um pouco marejados. - Eu sinto que fomos feitas uma para a outra, como almas gêmeas, como o Akai-Ito. Como se o universo estivesse só esperando a gente se esbarrar para juntar nossas almas. E eu estou aqui, de coração aberto pra você. Pra saber se você também sente isso por mim. 

Terminei de dizer e um silêncio constrangedor surgiu. Comecei a pensar que eu estava precipitada e já iria chorar quando sinto Lauren me abraçar fortemente.

- Eu sinto tudo isso, tudo e mais um pouco. Nossos fios vermelhos estão conectados e não irão se romper. - Ela disse com um sorriso lindo no rosto. 

- Você aceita namorar comigo? - Eu disse timidamente e mostrei a caixinha com o par de alianças dentro.

- Sim. Mil vezes sim! 

E naquele dia eu me senti completa, como nunca havia me sentido antes. A sensação de plenitude tomava conta do meu corpo junto com a sensação de paz de Lauren me passava. Naquela noite nos amamos pela primeira vez. Eu amei Lauren como amantes se amam em suas noites de prazer, com nossas almas se interligando e com o destino traçando um novo caminho para nós. 


Notas Finais


EAI MEU POVO. O que acharam?
Eu adorei, mas sou suspeita pra falar ehyehyehyye

Akai-Ito é tão fofo. 💙

Comente, favoritem, mandem para os (as) crushs. 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...