História One Shots de SwanQuenn - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Família, Romance, Sexo
Exibições 118
Palavras 651
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Ciúmes Parte 1


Fanfic / Fanfiction One Shots de SwanQuenn - Capítulo 3 - Ciúmes Parte 1

Emma andava furiosa enquanto Regina sorria zombateira para esposa o que deixava mais nervosa, ambas haviam acabado de jantar no restaurante da Vovó Grammy onde uma funcionária elogiou o decote de Regina e praticamente comia seus peitos o que deixou Emma enciumada:

Regina: Amor ela só elogiou o meu decote, não foi nada demais. Falou tranquila e Emma estacou no lugar.

Emma: Nada demais? Perguntou irritada. – Ela comeu seus peitos na minha FRENTE. Falou exaltada.

Regina: Claro que não amor, isso foi impressão sua. Retrucou. – E o que é que tem ela ter comido meu peitos pelo olhar? Provocou o que não foi uma boa ideia.

Emma: Você é minha Regina Mills Swan. Prensou a esposa na parede de um beco onde passavam. – E demais ninguém. Rosnou e atacou os lábios da morena com muita fome. Levantou o vestido de Regina e colocou dois dedos na entrada da esposa e massageou seu clitóris com o dedão fazendo a morena arfar.

Regina: Emmaaaaaaaaa. Gemeu o nome da esposa. – Aqui não amor, me faça sua lá em casa. Suspirou.

Emma: Não, eu vou fazer você ser minha aqui e te fuder em casa porque é isso que você merece. Sibilou no ouvido da morena. – Agora gemi pra mim. Pediu e Regina o fez. Emma estocou mais fundo com seus dedos e logo Regina gozou gemendo o nome da esposa.

Regina: Emmaaaaaaaaaaaaaa. Estava ofegante.

Emma: Te espero no carro. Falou emburrada deixando a esposa controlar a respiração e se sentar no lado do carona já que não teria condição de dirigir. Emma foi dirigindo em silêncio sem nem olhar a esposa que fazia de tudo para lhe chamar atenção, chegaram na mansão Mills-Swan Emma mal estacionou desceu do carro abriu a porta e subiu para o quarto deixando Regina no carro com um sorriso malicioso no rosto, pois sabia que a esposa lhe foderia do jeito que gosta.

Regina: Amor. Chamou quando entrou no quarto e viu tudo escuro.

Emma: Tira a roupa. Mandou e a morena obedeceu ficando nua para esposa. – Deite. Mandou novamente. – De barriga para baixo Madame Major. Ordenou com a voz firme e fria o que fez Regina se arrepiar já que Emma só lhe chamava assim quando estava muito furiosa.

Regina: Emma...

Emma: Calada Madame Major. Mandou e Regina obedeceu. – Lembra que eu te falei que iria te fuder quando chegasse em casa? Perguntou e a morena assentiu. – Hora de pôr em prática. Sussurrou no ouvido da esposa, passou seu pau que já estava duro na entrada da esposa para lubrificar e passou no anus de Regina que ficou arrepiada porque sempre pediu para loira lhe foder nos dois lados, mas a loira sempre teve medo de machucar a morena. – Sabe aquilo que você pediu amor? Perguntou e viu a morena assentir. – Então, hoje vai se tornar realidade. Entrou devagar no anus da esposa que gemeu de dor e prazer.

Regina: Emmaaaaaaaaaaaa, mais fundo e mais forte amor. Pedia e foi o que loira fez. – Ahhhhhhhhhhhh mais forte amor hummmmmmm. Gemia.

Emma: É assim que você gosta Madame Major hum? Bem fundo não é? Sussurrava no ouvido da morena. – Goza pra sua esposa agora. Mandou e Regina gozou lambuzando todo o lençol.

Regina: EMMAAAAAAAAAAA. Gemeu quando a loira não satisfeita penetrou sua buceta e estocou com força fazendo Regina gozar e lambuzar todo seu pau que ainda estava ereto, mas foi questão de segundos já que gozou lambuzando a vagina da esposa. – Foi o melhor orgasmo que você me deu amor. Falou ofegante.

Emma: Eu sei eu sou a melhor nesse ramo. Falou orgulhosa.

Regina: Que fará só comigo. Falou mandona.

Emma: Você não está no direito de mandar em nada Madame Major. Deu um beijo possessivo na boca da esposa. – Minha. Sussurrou e deitou puxando a esposa para dormirem de conchinha que aceitou de bom grado.

Regina: Só sua. Sussurrou e caiu no sono assim como sua esposa.   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...