História One song for us - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Festas, Hentai, Josh, Josham, Melhores Amigos, Original, Romance, Sam
Visualizações 275
Palavras 1.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olaaaa!!! Muito prazer!! Espero que vocês gostem!!! Boa leitura!!! Heheheheheheheh ❤

Capítulo 1 - Pool party


Fanfic / Fanfiction One song for us - Capítulo 1 - Pool party

-Sam... Vem logo!- Gritou Emily, minha melhor amiga, ao entrar em meu quarto.- Você tá aí dentro faz uma eternidade!
- Relaxa Emily! É só uma festa na piscina e nada mais!- Respondi irritada ao deslizar o vestido branco pelo meu corpo.
Emily soltou uma gargalhada.
- "Só uma festa"? Meu bem, é a festa de ano novo na casa da Christina Weyer! Vai ser a maior festa que você vai pisar com esse seu pé irrelevante em toda a sua vida.
- Aham, tá bom.- Respondi irônica.
- Tanto faz se você acredita em mim ou não, só sai logo desse banheiro!
- Já tô indo, caralho!- Resmunguei ao destrancar a porta e em seguida sair para o quarto.
O olhar incrédulo de Emily me queimou até a alma, essa garota é brava.
- Cadê o seu biquíni?- Perguntou com um tom de voz ameaçador, que só para constar, deu medo. Engoli em seco.
- Eu não vou entrar na água, eu estou menstruada.- menti.
- Aham, acredito!
A encarei com uma sombrancelha erguida.
- É verdade, Emily. Achei que você teria um pouco mais de confiança na sua amiga.
- Ok, ok, ok, ok!- Rendeu-se
Me virei de costas para ela e deixei um pequeno sorriso vitorioso surgir em meus lábios.
- Bom, estou pronta!- Anunciei logo ao pegar minha bolsa e calçar minha sandália.
Emily me olhava atentamente, com um sorrisinho no rosto.
- O que foi agora? - Perguntei um pouco impaciente.
- Nada não, eu só estava me lembrando que o Josh vai estar na festa.
- E?
-  "E" que ele vai te jogar dentro da piscina.
- Não vai nada! Se ele fazer isso eu acabo com ele.- Respondi, mesmo sabendo que eu nunca conseguiria acabar com ele.
Josh é meu melhor amigo, conheço ele desde que tínhamos sete anos de idade.Ele é simplesmente o garoto mais idiota que eu conheço. Ele nunca para! Em um dia ele está com uma garota e no dia seguinte já está com outra. A única coisa que esse garoto sabe fazer é transar. Mas quem pode culpa-lo? Todas as garotas da escola (e da cidade inteira) querem ele. Ele é sinceramente o garoto mais lindo que eu conheço! E ele pode ser um galinha filha da puta, mas mesmo sendo péssimo em relacionamentos, ele é um ótimo amigo. Josh sempre me defende, sempre me protege, sempre está do meu lado, sempre me da ótimos conselhos e sempre me apóia em qualquer decisão. Eu o amo muito! Nós somos como irmãos.  E já faz um mês que nós não nos vemos. Por conta do natal, eu passei o mês inteiro com a minha família em Orlando, eu tive que faltar duas semanas de aula, o que foi ótimo por sinal.
E agora, nesse exato momento, eu e Emily estamos saindo de casa para ir em uma festa onde eu vou ter que ficar olhando Josh agarrar todas as garotas da presentes. Eu admito que sou ciumenta, mas não é para pouco.
- Sam, cadê a chave do carro?- Perguntou Emily.
- Ahmm- Resmunguei ao procurar a chave dentro de minha bolsa.- Esta comigo.- Anunciei, chacoalhando a chave acima de minha cabeça.

Saímos do apartamento e descemos até a garagem para pegar o carro. Dessa vez eu fui dirigindo. Após alguns minutos jogando papo fora, finalmente chegamos na festa.
A casa da garota era simplesmente imensa! Mas já era esperado contando que o pai dela é praticamente o cara mais rico da cidade. Em frente a mansão havia uma portaria onde um homem nos fez perguntas como: "Como são os seus nomes?" Ou " São só vocês duas dentro do carro? Abaixe a janela de trás para eu ver se não tem mais ninguém." Ou "RG por favor?" . Sério essa casa tem mais segurança que um castelo.
Após passarmos a portaria, pegamos uma vaga no estacionamento em frente á mansão.
Passamos pela porta dos fundos, seguindo as instruções de um segurança que estava praticamente dormindo em pé encostado na parede. Seguimos reto em um corredor que eu achei que não teria fim. Quando eu e Emily tentávamos conversar, tínhamos que falar muito alto por conta da música que tocava.
Finalmente chegamos no jardim, que era praticamente do tamanha de um campo de futebol.
Havia um palco imenso em frente a piscina, e, sem brincadeira, acho que tinham mais de mil pessoas lá.
- Como a gente vai encontrar o Josh e o Luke?- Gritei no ouvido de Em, que ao invés de me responder, simplesmente apontou em direção ao palco onde eu vi o Josh tocando guitarra. Sem querer me gabar, mas eu que ensinei pra ele. Já Luke estava dançando igual a um louco no meio do palco, os dois estavam sem camisa, o que fazia as meninas (e alguns meninos) gritarem ainda mais. Eu e Emily tentamos passar pela multidão que estava pulando junto com as batidas da música. Depois de muito esforço finalmente chegamos. Tentamos subir pela escada do lado do palco, mas o segurança empediu nossa passagem, então  Emily me deu pezinho e eu consegui subir, com um alguns arranhões, em cima do palco. Corri rapidamente em direção ao Luke que continuava a dançar. Pulei em seu colo quase o fazendo cair para trás.

- Você vai me derrubar desse jeito, Sam! - Gritou no meu ouvido, enquanto eu ria.
Luke é meu amigo, o conheci esse ano na escola. Ele é o melhor amigo do Josh e ele tem "um rolo" com a Emily.
Fiquei com ele até a música acabar, pois fomos interrompidos por Josh, que jogou a guitarra no chão e veio correndo na minha direção. Eu também corri em sua direção e pulei do chão, logo me agarrando a seu corpo suado.
- Que saudade, Sam! Puta que pariu, nunca mais vou deixar você viajar!
Eu ri.
- Que saudade de você!- Disse, o abraçando ainda mais forte.
Depois de um tempo Josh me colocou no chão, mas continuou a me abraçar.

-Você me faz tanta falta, Gatinha!

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Comentem!!! Beijos ❤
Até o próximo capítulo se vocês quiserem!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...