História One Week. Park Jimin (Bts) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Personagens Originais
Tags Park Jimin, Suícidio, Uma Semana
Exibições 77
Palavras 336
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


*Desculpem se as palavras abaixo te machucaram de algum modo. Isso é apenas uma ficção e nada condiz com a realidade.

Capítulo 8 - Chapter Eight


Após divagar sobre cada pensamento antigo eu me pegava sorrindo baixo e logo em seguida um sorriso de decepção.

As vezes nossas esperanças são tiradas em poucos pedacinhos, e logo depois nos deparamos com um completo vazio. Sua mente estava fechada e sua alma estava aberta. Com a mente fechada eu não poderia sentir dores e os mais variados tipos de emoções.

Olhei para o relógio e silabei as horas com minha voz audível. Era exatamente 3:36. Mesmo com os olhos ardendo pelo sono que eu afastava de mim, eu resolvi colocar no papel todos os meus sentimentos em forma mais resumida possível... Escrevi sobre ser o errado da família. Sobre ser um erro na sociedade. Sobre não ter ninguém em que eu podia realmente confiar. Eu era apenas um nada. Eu não iria fazer falta, pra que continuar vivendo? Eis a questão...

Com essas palavras se repetindo toda hora na minha cabeça eu pego uma garrafa de água, já quente e conto todos os comprimidos.

Dou um sorriso do tipo encorajador e coloco todos em minha boca. Respiro fundo e bebo grandes goles da água e posso sentir cada comprimido passando lentamente pela minha garganta, um por um.

—Não te mais volta. Não mais — Sussurro passando com força a lâmina em meu pulso, vendo as pequenas bolinhas de sangue se formarem.

Meio sonolento eu vou até a banheira e me sento nela ainda vazia. Ligo a torneira e com a água escorrendo vou fazendo mais cortes, agora em minhas coxas.
Vou observando a água transparente adquirir a cor do vermelho intenso que saia de mim.

Quando eu senti minha veia sendo rompida solto um grito e tento abafar com as minhas mãos.
Eu podia sentir meu coração acelerando e minha respiração ficando fraca. Me deixei cair por completo na água que já estava transbordando pelo chão. Minha visão estava branca, eu não conseguia transmitir nenhum som. Apenas sentindo todo o meu corpo amolecer na água fria, criando um choque, com o meu sangue quente.


Notas Finais


Nada a declarar sobre esse capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...