História One Witch, Twelve Wolfs - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Exibições 58
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sorry a demora, só peguei o PC agora qqq
Boa leitura

Capítulo 15 - Aliado


Já tinha três dias que eu não dormia praticamente nada e tudo por causa da JaeHee! Além de eu não estar conseguindo dormir bem, também não conseguia treinar corretamente e para piorar tudo, eu não tinha (e nem podia) como explicar aos Oppas sobre a JaeHee e os meus pesadelos. Eu também já não conseguia ver a Elizabeth, apenas um homem loiro, de olhos vermelhos e de sorriso galanteador.

Sempre que os Oppas iam para os seus respectivos quartos para dormir eu ia para o jardim, deitava na grama e ficava olhando as estrelas. Aquele lugar me acalmava como nenhum lugar fazia. E era só ali, olhando para as estrelas que eu conseguia dormir melhor, os Oppas brincavam que eu estava tentando competir com as olheiras do Tao Oppa, o que me fazia rir e querer dizer que não era isso, mas eu apenas ficava calada. Eles não acreditariam em mim e eu precisava de tempo para pensar em como fazer com que eles acreditarem em mim, o único que ainda acreditava em mim era o SeHun Oppa, mas eu precisava fazer com que todos acreditassem mim. Eu estava ficando sem tempo e isso não seria nem um pouco bom!

Depois de uma semana sem que eu conseguisse dormir bem o suficiente, eu comecei a cogitar a ideia de contar a eles e ver o que poderíamos fazer, pois sozinha eu já não conseguia pensar em mais nada. Eu estava novamente no jardim, quando escutei passos vindo de dentro da casa. Ao olhar para trás, vi o SeHun Oppa com uma calça moletom e uma camisa de manga comprida se aproximar de mim, ele parecia sonolento. Ele parou ao meu lado e me olhou um pouco confuso, antes de falar alguma coisa.

-O que está fazendo aqui Sunnie? - Perguntou o SeHun Oppa se sentando ao meu lado

-Não consigo dormir - Eu respondi olhando para ele, como se estivesse em transe

-Pesadelos? - Ele perguntou me olhando da mesma forma enquanto se deitava lentamente, ainda olhando em meus olhos

-Sim, geralmente são vocês mortos e a Elizabeth dizendo que eu sou a pior descendente que ela teve em dois mil anos. - Eu disse e dei um suspiro

-Então é por isso que você não está dormindo? E quem é Elizabeth? - Eu ouvi a voz do Kris Oppa atrás de mim, quando olhei para trás ele estava ali com uma bermuda e uma regata, me olhando seriamente.

-A feiticeira, a qual de alguma forma, a Sunnie conseguiu descobrir o nome dela e às vezes faz contato. - Explicou o SeHun Oppa se sentando novamente enquanto observava atentamente as reações do Kris Oppa, como se o Kris Oppa pudesse me fazer algum mal a qualquer momento

-Por que não nos contou sobre os seus pesadelos? - Perguntou o Kris Oppa se sentando do meu outro lado, me fazendo sentar também, porém diferente dos dois, fiquei de cabeça abaixada.

-Tinha, e tenho na verdade, medo que vocês não acreditem em mim - Eu disse olhando as estrelas, evitava a qualquer custo olhar para qualquer um dos dois

-Desculpe-me Sunnie, nunca fora minha intenção duvidar de você. É que aquilo foi algo realmente muito estranho - O Kris Oppa disse se desculpando e fazendo o mesmo que eu e o SeHun oppa, olhar as estrelas

-Tudo bem Oppa, Elizabeth disse que eu deveria dar um jeito de convencer vocês de que eu falo a verdade. E por causa da JaeHee, eu não consigo mais falar com ela - Eu disse frustrada e passando a mão nos meus cabelos

-Então o que você pretende fazer? - Perguntou o SeHun Oppa

-Não posso contar a vocês, vão precisar confiar em mim. - Eu disse me levantando - É melhor a gente entrar, vai começar a chover.

Cinco minutos depois que entramos, realmente começou a chover e os Oppas pareceram surpresos com isso. Kris Oppa disse que no dia seguinte ele iria começar a me treinar e que eu deveria descansar.

-Antes que vá dormir Sunnie, como conseguiu saber que ia chover? - Perguntou o Kris Oppa

-Eu senti os raios, é difícil explicar. Desde que eu aprendi os poderes do Chen Oppa, eu comecei a conseguir sentir quando uma chuva se aproxima, pois eu sinto também os raios se aproximando - Eu disse tentando explicar, mas falei de uma forma tão confusa que duvidava que os Oppas tivessem conseguido entender.

-Entendi - Tanto o SeHun Oppa quanto o Kris Oppa responderam dando de ombros, me deixando surpresa - Boa noite Sunnie

-Boa noite Oppas. – Respondi, eu me sentia mais leve ao saber que o Kris Oppa agora acreditava em mim.

Quando fui para o meu quarto e me deitei, dormi rapidamente e novamente lá estava a JaeHee com um sorriso psicótico no rosto.

Sonho on:

-Como vai SunHee? Tem dormido bem? - JaeHee me perguntou sorrindo sarcástica

-... - Não a respondi, apenas revirei os olhos e olhei ao redor, não estávamos no orfanato, como sempre estávamos nesses pesadelos.

Daquela vez eu estava de frente ao SeHun Oppa que beijava com desejo e paixão a JaeHee, por mais que eu soubesse que ela fazia isso apenas para me atingir, não podia deixar de ficar mal por causa disso. E ela sabia disso, por isso sempre ria de mim no final de cada sonho e eu me sentia uma idiota por causa disso, me deixando cada vez mais irritada com a JaeHee.

-Você nunca será boa para mim SunHee, eu tenho pena de você. - Disse o SeHun Oppa com um olhar de desprezo

-Você é uma inútil que não serve nem mesmo para quebrar nossa maldição - Disse o Soo Oppa

-Como você pode ser tão burra e sequer conseguir aprender os poderes dos amaldiçoados? - Perguntava de forma irritada a Elizabeth


 

-Gostou dos sonhos dessa noite? Vou te contar um segredo, mesmo em sonho eu posso te garantir que o SeHun beija realmente bem - Dizia a JaeHee rindo de mim enquanto eu não conseguia dizer nada e apenas chorava

Eu estava cansada daqueles sonhos, mas enquanto ela não descobrisse meus planos, eu só precisava aguentar por mais algum tempo. Aquilo não duraria para sempre, eu não deixaria!

Sonho off


Notas Finais


See ya on next sunday


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...