História Onee-tan - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Gakupo Kamui, Haku Yowane, IA, Kaai Yuki, Kaito, Len Kagamine, Luka Megurine, Meiko, Miku Hatsune, Personagens Originais, Rin Kagamine, Ryuto, VY2 Yuma
Tags Amigoszuera, Irmãospentelhos, Meikoxkaito
Exibições 27
Palavras 1.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Incesto, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Uhuuu! Voltei!
Bem, peço desculpas pra quem gostou da fic, mas nem sempre eu demoro pra postar. Só de vez em sempre. Huehue! -¨u¨-
Mas tá aqui o capitulo 5, espero que gostem!

Capítulo 5 - Um desconfortável reencontro


Fanfic / Fanfiction Onee-tan - Capítulo 5 - Um desconfortável reencontro

Kaito POVs ON

Eu estava meio nervoso em reencontrar Meiko, ela sempre me batia quando eu fazia minhas idiotices, mas me fazia sentir estranho as vezes... Pelo menos ela estava com a IA. Ela fala pra caramba quando é pra enrolar os outros e conseguiria mantê-la longe de mim. Mas para o meu azar...

- Yuma, não sai de perto de mim, hein! – Falei em um tom baixo enquanto andava pela escola acuado  tentando me esconder. Yuma me olhou como se eu fosse doente mental e ficou em silêncio por uns instantes.

- Por que não quer ver a Meiko? – Perguntou ele, fria e diretamente.

- Bem... É que... POR QUE VOCÊ E A IA NÃO SE BEIJAM??? – Falei, tentando cortar o assunto e atingir Yuma. Ele fez uma cara de ódio total de mim porque eu gritei aquilo no meio do corredor, e levantou uma perna para me dar um chute.

- PORQUE ELES NÃO SÃO UM CASAL! NUNCA FORAM! E NUNCA VÃO SER! – Mizki chegou impedindo a ação. A irmã mais nova de Yuma tem muito ciúmes dele, e sempre teve um pé atrás com a amizade dele com IA, já que ela foi quem fez ele se enturmar com agente e eles se tornaram bem próximos desde então.

- Você só fala besteira mesmo, Kaito! – Ela puxou Yuma pelo braço e saiu com ele pela escola. Merda! Fiquei sozinho! E a bosta do sinal tocou bem quando a Mizki sumiu com o Yuma! Me ferrei! Tô fodido!

Entrei na sala e corri pro meu cantinho observando bem o local para não ser visto pela Meiko. Ainda não sei bem o porque de eu não querer vê-la, mas ainda assim era melhor esperar o momento certo, então me escondi atrás de Miku.

- Tá fazendo o que ô, bestão? – Miku se virou para trás.

- Shhhh, tô me escondendo.

- De quem?

- Da Meiko. Vai, vai... V-vira pra frente, Miku!

- Ok,ok. Até parece doença.

Cada vez mais alunos chegavam na sala, Luka e Gakupo chegaram procurando Meiko, Yuma também entrou me fuzilando com o olhar. Ele apenas me deu uma olhada bem fixa como quem ia voar em mim e foi pro lugar dele sem dar uma palavra sequer. Desgraçado! Vai me deixar sozinho com a Meiko só pra se vingar! E eu nem menti, ele e a IA são tão amiguinhos que não só eu, mas os outros parça também ficam esperando mais deles. De qualquer forma, eles são dois lerdos mesmo! Bem parecidos... COMIGO!

Para o meu desespero, IA chegou na sala conversando com Meiko, e o professor ainda não tinha chegado. Elas davam risadas juntas, eu me escondi rapidamente o máximo que consegui me afundar naquela mesa no cantinho da sala, atrás da cabeluda da Miku, quando percebi que elas começaram a olhar em volta, provavelmente me procurando. Ah não! Não, não, não, NÃÃÃO! A IA vai falar direto com o cu doce do Yuma! Eu sei que vai e... Foi! Ferrou, ele vai me dedar, e o professor não chega!

Kaito POVs OFF

IA POVs ON

Eu olhei em volta e não encontrei Kaito. Queria levar a Meiko até ele, para que eles pudessem conversar um pouco antes da aula começar, já que eles eram tão amigos. Até porque, ela poderia ajudá-lo com seus irmãozinhos e isso aproximaria eles novamente! Fui até Yuma para perguntar se ele havia visto Kaito. Eu passei por ele pelo corredor, mas achei melhor não falar com ele lá, Mizki estava passando com ele muito rápido, e ela age meio estranha quando eu falo com ele.

- Yuh, você viu o Kaito?

- Vendendo o cu. – Ele respondeu meio zangado e sem graça.

- Acredito! – Disse Meiko, sorridente.

- Ah, por mais que seja bem sugestivo pra ele... – Yuma olhou para mim e depois deu uma olhada direta para onde Kaito estava. Ele estava se escondendo de trás da Miku, que disfarçou tão bem quanto a Luka com ciúmes do Gakupo. Olhei para Yuma e ele me olhou de volta com o da mesma forma: “Kaito é um imbecil.”. Fui até ele puxando Meiko pelo braço.

- Baaaaaka! O que pensa que tá fazendo? – Inclinei meu corpo em sua direção.

- Eh... O-oi, IA! Hehe... Eu? N-nada. Só tô... É...

- Ai, pelo visto não mudou nada mesmo! – Disse Meiko meio zangada e triste.

- Ah! O-o-oi, Meiko! A quanto tempo!? – Disse Kaito meio sem jeito.

- Legal a Meiko ter voltado, né Kaito!? – Falei, tentando cortar o clima esquisito, o que não deu nada certo.

- Você não tá feliz com isso!? Vocês sempre foram tão amigos... – Miku, pra ajudar, fala isso com uma carinha meio maliciosa. Eu olho para ela arregalando um pouco os olhos, Meiko desvia o olhar de todos nós e Kaito apenas nos observa sem o que dizer.

- É!? Que legal! PORQUE VOCÊS NÃO SE BEIJAM ENTÃO? – Disse Yuma, meio alterado feito uma bichona e lança um olhar maníaco pro Kaito.

- Y-YUH! – Eu olho para ele meio zangada.

- Aah... O Yuh tá zangadinho, IA. – Disse Kaito, se recompondo de besteirol e fazendo uma carinha maliciosa e gay pro Yuma, que corou inusitadamente.

- Ai, ai, o que você fez dessa vez, Kaito? – Disse Luka se aproximando.

- Nada. Só perguntei por que ele e a IA não se beijam. – Respondeu ele rapidamente, com a maior cara de pau. Dessa vez, fui eu que corei, e tava pronta pra dar uma voadora na cabeça entupida de sorvete dele.

- Haha, é sério? – Meiko se recompôs e olhou para mim e pro Yuma toda esperançosa.

- Taí uma coisa que eu sempre quis saber. – Miku, como sempre ajudando.

- M-MIKU! – Olhei para ela corando mais ainda.

- Eu shippo. – Disse Gakupo, prolongando a merda do assunto.

Eu e Yuma olhamos para Kaito com raiva enquanto todos dava risadinhas e demos um soco na cabeça dele cada um. E em meio a tantas risadas naquele momento de descontração...

- Hahahahaha, eu shippo a IA e o Yuma que nem shippava a Meiko e o Kaito. – Ai, ai, Miku não dá uma dentro mesmo. Todos pararam de rir e olharam para Miku como se ela fosse idiota. – Que foi?  - Ficamos num silêncio chato por um tempo.

- Aaai! Sua pestinha! – Disse Meiko, rindo e fazendo um cafuné bem apertado na Miku.

- Só fala besteira mesmo. – Yuma olha para Miku com um olhar de reprovação.

- E tu fala muita coisa inteligente também! – Luka da uma bofetada de leve na cabeça de Yuma nos fazendo rir de novo.

Até que alguém finalmente fala alguma coisa com um pingo de sentido, e por algum milagre dos céus foi o Gakupo! Ele que notou a falta do professor na sala a um bom tempo, e aí é que agente se tocou, o professor não veio!!!

 

Continua...


Notas Finais


Ses já devem tá imaginando zuera, né?! É festa na minha turma quando um professor falta!
A propósito, a classificação da fic mudou porque eu tava pensando numa segunda parte da história.
Bjs da Haru! ¨3¨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...