História OneOther direction United:War of bands - Capítulo 80


Escrita por: ~ e ~GarotadoMalikkk

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Primeira, Segunda Temporada
Exibições 19
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiee gente mil desculpas pela demora estávamos enroladas por causa da escola e do ENEM e agora estamos em semana de prova. Hoje estamos completando dois anos de WOB tuts, tuts, tuts, muito obrigada por tudo. Aí vai mais um capítulo espero que gostem.

Capítulo 80 - Não responderia por mim.


//Olívia\\

O desespero tomou conta de mim, o nosso carro não parava de girar eu bati minha canela em algum lugar me causando  uma dor insuportável, eu virei a minha cabeça e vi Meicy sendo arremessada para fora do carro, seu corpo estava todo mole, me desesperei mais ainda ao pensar que ela estava morta, tudo acontecia rápido demais e ao mesmo tempo parecia está em câmera lenta, tentei ver como estava as outras meninas quando o carro parou de girar, ele parou de lado eu tentei me arrastar para fora do carro e consegui com sacrifício meus braços ficaram arranhados por causa dos cacos de vidro, fiquei seitada no chão morrendo de dor, parecia que minha perna estava quebrada, meu corpo doía tanto que eu nem conseguia chorar, a única coisa que eu conseguia era gritar, pedindo para que tudo aquilo acabasse.

- Socorro - sussurrei

- O socorro já está vindo - alguém falou

Estiquei meu corpo para tentar ver as meninas ou Bernardo, ele estava dentro do carro seu corpo pendia para a lateral, ele estava preso ao cinto, eu escutei o barulho da ambulância de longe,  eu senti uma tontura forte e depois disso eu não enxerguei mais nada.
​Acordei em um quarto todo branco me sentia meio grogue, minha mão estava em volta de outra mão e a apertei, eu ainda estava de olho fechado desejando que tudo isso não passasse de um pesadelo.

- Filha - escutei a voz desesperada do meu pai e abri os olhos lentamente

-Pai - falei em um sussurro rouco

- Eu tive tanto medo - ele falou e me abraçou forte, doeu mas eu segurei o gemido de dor em minha garganta, eu imagino o desespero do meu pai, ele tinha acabado de se recuperar da morte da mamãe, ele não poderia me perder  ou a Sophia, eu também fiquei com medo de morrer, então eu me permiti abraçar o meu pai mesmo com dor afinal isso não importa já que todos estamos bem.

- As meninas - falei voltando a ficar desesperada tentando levantar mas fui impedida pelo meu pai

- Ela estão bem - ele falou me segurando me fazendo deitar de novo na cama

- Eu fiquei com medo - falei  com a voz embargada e ainda rouca

- Não chore - ele falou e segurou em meu rosto

- Por que eu estou rouca?- perguntei olhando assustada para o meu pai

-Eu vou chamar o médico - ele falou e eu assenti

Eu queria poder sair dali poder saber como estava as meninas e o Bernardo, queria saber como estavam também as fãs eu espero que elas estejam bem, eu olhei para o meu corpo e eu estava com gesso na perna, e alguns curativos pelos meus braços, o médico entrou no quarto junto com o meu pai em pouco minutos, ele me examinou e falou que eu estava rouca porque eu gritei muito durante o acidente, eu me lembro de ter gritada mas eu não imaginava que fosse tanto.

- Você vai ficar boa logo - o Doutor falou tranquilizador e eu sorri para ele

-Onde está o Liam? - perguntei preocupada e meu pai sorriu

-Ele está lá fora eu vou chamar ele - meu pai falou e eu assenti. Meu pai saiu para chamar o Liam e ele entrou imediatamente

- Oli - ele caminhou em passos largos até a minha cama segurou o meu rosto delicadamente com as mãos e me beijou, ele pediu passagem com a língua e eu cedi, parecia que tinha passado uma eternidade desde que eu vi o Liam pela última vez, meu coração parecia que ia sair pela boca.

- Li - falei assim que nos separamos e sorri para ele, ele sorriu e colou nossas testas eu fechei os olhos para aproveitar a sensação boa

- Eu pensei que eu tinha te perdido - ele falou  e eu abri os olhos para encara-lo e lágrima silenciosas escapavam dos olhos dele

- Olha para mim Liam - pedi e ele abriu os olhos - Você não vai  me perder tão fácil - falei segurando em seu rosto e ele sorriu

- Eu te amo muito - ele falou enchendo meu rosto de beijos e eu comecei a rir

- Eu te amo muito - segurei em seu rosto e o beijei - Li você tem notícias das meninas, do Bernardo e das fãs? - perguntei

- As meninas estão bem, os garotos estão loucos para poder ver elas - ele falou - O Bernardo está bem ele ficou preso nas ferragens do carro mas está bem e as fãs também - ele falou e meu coração se tranquilizou

- Que bom - falei e suspirei parecia que eu tinha tirado um peso das minhas costas

- Olívia você sabe que as fãs foram irresponsáveis não é? Alguém poderia ter morrido eu não responderia por mim se você tivesse morrido - ele falou um pouco nervoso mas eu o interrompi

-Mas ninguém morreu Li - falei segurando em  seu rosto e o beijei - Está tudo bem,as fãs não queriam que isso acontecesse - falei

- Mas isso foi muito louco - ele falou e sentou na cama ao meu lado fazendo cafuné em minha cabeça e eu acabei adormecendo com o carinho do Liam.

 

 


Notas Finais


Então meus amores o que vocês acharam? Por favor comentem seus Liamdos.
Beijos e até a próxima:*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...