História Oneshots - ( hentai ) - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Lukak

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Mei, Moegi, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Sai, Sakumo Hatake, Sakura Haruno, Sari, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato, Yugao Uzuki
Tags Hentai, Ino, Jiraiya, Kakasaku, Kakashi, Kushina, Narukushi, Naruto, Outros Casais, Romance, Sakura, Sasuke, Tsunade
Exibições 214
Palavras 1.298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá agente!!!

Hj nos viemos com mais um casal Naruto e Kushina a pedido "Luiszumaki"

Espero que gostei e q esteja a "sua" maneira kkk!!!!

Capítulo 2 - (Narukushi) Engano


Fanfic / Fanfiction Oneshots - ( hentai ) - Capítulo 2 - (Narukushi) Engano

(Pov Kushina)


-Pelo amor de kami! Esse calor está demais, essa noite está fazendo um calor insuportável, e cada Minato que não chega nunca?-

Ela foi até o banheiro pra tomar um banho para tenta se refrescara e relaxa lingou a água fria e começou a enche a banheira se despiu e entrou dentro.

Recostou a cabeça na borda da banheira e fechou os olhos sentido aquela água gelada banhado seu corpo nu.

Ela estava morta de cansaço havia trabalhado o dia todo no hospital, pois mesmo que a guerra já tinha acabado há mais de um ano ainda havia muitos feridos e volta a trabalhar no hospital com seus variados conhecimentos médico do clã Uzumaki era o mínimo que ela podia fazer depois que Tsunade e Sakura havia conseguido realizar um jutsu para ressuscita ela e Minato. Enquanto ela trabalhava como braço direito de Sakura que era a nova chefe gera do hospital, Minato trabalhava como braço direito de Kakashi que se tonou o Sexto Hokage.

Ela permaneceu de olhos fechados até todas as luzes se apaga e depois de um tempo escuta a porta ser aberta.

“Minato” ela pensou deu um sorriso malicioso “ele chegou! Mas porque apagou as luzes? A tanto faz esse calor combina exatamente com que eu quero fazer com você meu gostoso”.

 

“Pov Naruto”


Finalmente cheguei da missão, kuso! Esse calor está demais estou todo suado, e tiver que corre o dobro pra pode chega logo em casa não sei por que a sakura-chan e o Kakashi-sensei querem se casar amanhã. Já pensou se o filho deles nascer no meio da cerimônia haha vou dar tanta risada, mas também né, eles querem se casar a quase dois anos e só agora conseguiram a autorização do conselho depois que Kakashi-sensei se tonou Hokage.

 
-Kaa-san cheguei – falei adentrando a porta – estranho tá tudo escuro, será que tem alguém em casa? –.

Tentei acende as luzes mais não ia, acho que faltou luz, era normal acontecem vários blecautes depois dos turbilhões de acontecimentos que Konoha passou nesses últimos tempos.

-Que saco! Queria toma um banho – ele pra pensar – quer saber, vou tomar um banho gelado mesmo pra tirar todo esse suor do meu corpo.

Foi retirado minhas roupas pelo o caminho até chega ao banheiro entrei devagar e foi até a banheira ia liga a água até que sinto uma mão puxar minha nuca com força.

-N-nande! – tentei pronuncia, mas alguém me cortou.


-Demorou meu gostoso – sussurrou minha kaa-san... “kaa-san?”


-Pe-pera ai-ia – continuar dizendo até que sinto seus lábios se colarem junto aos meus.

Tentei empurra-la, mas foi em vão, pois a mesma me tacou na parede e começando a beijar meu pescoço dando arranhões em minhas costas, como uma felina.

-Hmm – dei um baixo gemido.

"Quer saber, que se foda, ela é muito gostosa!" pensei comigo mesmo.

Agarrei sua cintura fazendo nossas intimidades se chocar uma na outra e dei uma mordida em seu ombro.


-Vou te fazer só minha delicia – sussurrei em seu ouvido tentando engrossar a voz.


-Então vem me fazer só sua – disse ela selando nossos lábios novamente. 


Apertei seus seios com certa violência me abaixando os sugando com força, a mesma agarrou meus cabelos com força me apertado mais contra seus seios durinhos.


-M-mi-minato – disse minha kaa-san apertando minhas costas.


-Quietinha minha linda – comecei a acariciando seu clitóris com avidez circulando sua entrada com meus dedos.


-Hmm, m-min-nato onegai – gemeu ela sofrida em meu ouvido sugando minha orelha me fazendo arrepiar. 


-O que você quer minha gostosa? – falei enquanto afundava meu rosto no vão do seu pescoço inalando seu cheiro inebriante.

“Como ela é linda, gostosa e cheirosa otou-san é realmente um cara de sorte” pensei comigo mesmo.

 
-Quero seus dedos de-dentro po-por favor – disse ela inclinando sua cintura para frente tentando em vão fazer meus dedos penetrarem sua bucetinha.

 

-Se você quer você vai ter – sorri malicioso.


Penetrei de uma vez sem dó dois dedos em sua buceta e pelo amor de kami ela estava tão encharcada. Penetrei meus dedos o mais profundo que podia dobrando meus dedos os fazendo se penderem naquela cavidade apertada.


-Mi-minato ahh que delicia – gemeu ela rebolando em meus dedos me incentivando a continuar dessa maneira e assim fiz.

Continuei a estoca-la enquanto ela se contorcia em meus baços fiquei nesse ritmo até ouvir seu gemido de prazer anunciando que iria gozar.

Mas parei com meus movimentos tirando meus dedos ouvindo um suspiro de frustração ser proferido de sua boca, sorri de canto me agachando em sua frente apoiando minhas mãos em suas coxas grossas penetrando minha língua fazendo movimentos rápidos e profundos sexo.

A mesma prendeu minha cabeça em sua intimidade pedindo para que eu não parecesse, sorri e continuei dessa maneira até que finalmente ela soltou seu melzinho em minha boca, tomei tudo como se fosse um néctar dos deuses não deixando uma gota sequer voltei a beija a fazendo senti seu próprio gosto.

Desferi um belo tapa em sua bunda sussurrando em tom sexy e com a voz mais grossa possível em seu ouvido.


-Empina essa sua bunda gostosa e deixa-me meter meu pau nessa sua bucetinha encharcada-


A mesma prontamente atendeu meu pedido se virou elevando sua bunda bem alto abrindo suas belas pernas me fazendo ter uma bela visão com que eu podia enxergar com a fraca iluminação da lua que entrava pela janela do banheiro a sua bucetinha toda melada de gozo.


-Enfia com força meu amor – sussurrou ela com a voz rouca.


-Não se preocupe minha querida vou meter bem fundo – falei me posicionando atrás dela agarrando suas nádegas com força.


-Adoro quando você faz isso meu gostoso – disse ela apoiando sua cabeça na borda da banheira ficada praticamente de quatro pra mim.


Suspirei pensado, penetrando-a de uma vez sentindo sua cavidade preencher meu membro.

-Hm, apertadinha –

-Ow, oh -

“Como ela é gostosa”.


-Me-mete mais amor – disse ela reprimindo um gemido.


Continuei a estoca-la com força e rapidez apertando seus seios enquanto fodia aquela buceta maravilhosa tentado ao máximo não geme pra não estraga o momento.


A mesma começou a rebolar em meu quadril fazendo meu membro escorregar  e sair varias vezes de sua bucetinha agarrei uma de suas pernas a penetrando com mais facilidade beijando-a.


A mesma agarrou minha nuca fazendo eu quase me deita por cima dela enquanto gemia *meu nome* sem parar me pedindo para ir mais fundo e eu prontamente atendia.


-E-eu vou – eu não estava aguentando mais.


-Vai meu amor mela minha bucetinha todinha – gemeu ela também não estava mais aguentando me despejei dentro dela prendendo meus dedos em sua cintura fazendo a ficar imóvel, sentindo as suas paredes internas comprimirem meu membro.


-Ku-kushina – gemi exausto saindo de dentro dela.


-Falta uma coisa – ela se virou pra outra vez e sussurrou  sensualmente em meu ouvido.

 

Olhei-a sem entender, a mesma se ajoelhou em minha frente abocanhando meu membro apertando minhas bolas com seus delicados dedos enlacei meus dedos em seus cabelos vermelho prendendo sua cabeça fazendo uma garganta profunda à mesma se engasgou mais sorriu para mim, fiz isso mais algumas vezes até gozar em sua boca a mesma riu limpando os excessos que caíram em seus lábios com os dedos os lambendo.

Ficamos em silencio tentado recupera o fôlego, até ela se pronunciar.


-Melhor agente ir dormir amor você me deixou exausta – disse ela mordendo meu lábio inferior.


-Hai – assenti com a cabeça saímos do banheiro ela indo em direção ao quarto foi quando ouvi a porta da sala ser aberta.

“Droga! Otou-san você tinha que chega agora?”

Vestir minhas roupas que estava pela sala o que foi difícil de acha, pois ainda estava sem luz, e me vestir o mais rápido possível e sai pela janela.


“É kaa-san essa vai ser o nosso segredinho, ou melhor, o meu segredinho”.  


Notas Finais


Então estar a "sua" maneira??

E até o próximo desafio!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...