História Online. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Batepapo, Computador, Gays, Internet, Jovens, Romancegay, Teens
Exibições 215
Palavras 1.053
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Gay.


Fanfic / Fanfiction Online. - Capítulo 4 - Gay.

[ Capitulo 4 – Gay. ]

Andy rapidamente olhou para a lousa e lá estava ele, o garoto dos cabelos pretos, olhos castanhos e pele pálida, ele realmente estava ali, o “ Beija-Flor” estava na sua frente. Suas roupas eram o uniforme da escola, os cabelos estavam levemente bagunçados e seus lábios estavam ali, como tivera visto pela imagem da pequena câmera, Ascot estava ali. Coçou os olhos, se beliscou e a imagem do garoto não saia dali, então ele realmente existia, ele realmente estava na sua frente e não era miragem.

A professora mandou o garoto sentar do outro lado da sala, e ele simplesmente foi. Ele não parecia ter visto Andy ali, mas estava sentindo náuseas, aquele monte de gente no mesmo lugar, uma pessoa qualquer da sala tentou falar com ele e ele fingiu que não ouviu. Colocou os fones de ouvido e ficou assim até o final, a música lhe fazia se sentir em seu quarto novamente.

O sinal do intervalo bateu e Ascot esperou todos saírem da sala, até que viu alguém parado na sua frente e ele retirou o fone, pronto para mandar a pessoa desaparecer até que viu aquelas orbes verdes com lagrimas presas ali, Andy tinha esse problema de chorar por tudo.

O moreno se levantou e eles ficaram se olhando, não ousavam em se tocar apenas se analisavam com os olhos e o primeiro movimento foi de Andy que deu-lhe um soco no peito.

- Ai!

- Por que você não me falou nada?!

- Eu não sabia que... Meu Deus... Você está aqui mesmo...

- É claro que eu estou! Seu idiota! O que aconteceu com seu celular?

- Eu ganhei um novo, meus pais disseram que eu precisava renovar tudo...

Sem mais delongas Andy abraçou Ascot e pela primeira vez o moreno não sentiu nojo ao contrario disso seu coração acelerou e seu corpo inteiro esquentou, ele abraçou o loiro de volta e beijou seus cabelos.

- Eu não sou uma criança para você fazer isso.

- Cala a boca, está acabando com nosso clima.

Andy olhou para Ascot e notou que seus olhos eram de uma cor comum mas combinavam com ele, e eram mais intensos pessoalmente do que pela imagem do computador, os rostos se aproximaram, os olhos não desviavam para nenhum canto, era o que Andy queria, seus lábios estavam quase grudados quando Ascot começou a rir.

- O que foi?

- Isso foi lindo.

- Isso foi gay.

- Você não rejeitou.

- E você também não.

Ascot beijou o rosto de Andy, sua bochecha direita, a esquerda a testa e até mesmo a ponta se seu nariz e o abraçou novamente, o calor que ele transmitia era ótimo.

- Eu senti sua falta, Buttercup.

- Eu também senti a sua, Beija-Flor.

- E minha nossa Senhora, como vocês são gays.

Os garotos se soltaram e olharam para a porta, vendo um garoto com cara debochada.

- Quem é esse ai?

- Ninguém de importante.

Andy pegou a mão de Ascot e o puxou para fora da sala, deixando o garoto da cara debochada para trás. O loiro levou Ascot para o campo de futebol, e os dois se sentaram na arquibancada.

- Você quer conversar sobre isso?

- Aquele é o John, o motivo de eu odiar esse lugar.

- Ah, ele é o garoto que te enfiou na privada.

- Obrigado pela parte que me toca, Ascot. E então... Como está sendo a experiência aqui fora?

- Continua o mesmo lixo que era antes, só que com pessoas diferentes.

- Isso doeu.

- Desculpa, mas é a verdade.

Ascot olhava para Andy e via ali alguma esperança no mundo, mesmo o garoto sendo distorcido como a si mesmo era o único motivo de ter deixado os pais o levarem, mesmo não sabendo para onde ia ele poderia começar de novo, ir para uma escola, se formar e então viajar para visitar Andy mas tudo isso não foi preciso, pois ele estava ali na sua frente agora.

- Já pensou na possibilidade de ser gay?

O moreno passou a mão nos cabelos enquanto abria um sorriso para a reação de Andy, suas bochechas coradas e sua cara de espanto era algo engraçado de se ver.

- Claro que não...

- É algo engraçado...

- Você é gay?

- Descobriu isso hoje? Você acha que eu fiquei trancado no quarto por causa de que?

- Desculpa Ascot, eu não sabia.

- Ok, não estou falando nada.

Os olhos castanhos pararam de dar atenção para Andy e isso lhe magoou profundamente, Ascot passou a olhar para o gramado verde que havia no campo a sua frente.

- Acho que eu tenho que começar tudo de novo, amizades, amores e tudo mais... Então espero que essa escola tenha pessoas bonitas.

E sem pensar duas vezes, Andy beliscou Ascot.

- AI! O que foi?

- Eu estou aqui! Para que você precisa de outras pessoas?

- Como eu vou namorar alguém que é hetero?

- Eu nunca disse que era...

A voz de Andy foi ficando baixa e este escondeu o rosto com as mãos.

- Então...

- Então...

- Você quer me beijar?

- Não sei...

- Olha pra mim...

Andy retirou lentamente as mãos do rosto e olhou para Ascot, o moreno sorriu, o corpo de Andy reagiu a isso e sem pensar seu corpo simplesmente foi, os lábios se tocaram e Andy se sentou no colo de Ascot. Os dedos pálidos de Ascot acariciavam sua cintura enquanto sua língua pedia passagem, era um beijo completamente atrapalhado pela parte de Andy que mesmo querendo aquilo ainda era um pouco vergonhoso para si.

- Respira pelo nariz, e fica calmo, é só um beijo.

E eles começaram novamente, e agora Andy estava mais calmo. Suas mãos ficaram nos cabelos escuros de Ascot enquanto o moreno o colava ao seu corpo, como se o contato fosse a coisa mais importante de todas, a respiração dos dois ficou ofegante e então o sinal tocou.

- Merda...

- Depois continuamos isso.

Ascot piscou para Andy e beijou-lhe o rosto, deixando-o sair de seu colo.

- Você vai ficar aqui, certo?

- É, pra onde mais eu iria?

Ascot riu.

- Digo, aqui comigo, pra sempre, sem voltar para o quarto...

- Depende de você...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...