História Online - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Junghan "Jeonghan", Lee Jihun "Woozi", Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi"
Tags Coupshan, Jeongcheol, Seunghan, Soonhoon, Verkwan
Exibições 194
Palavras 1.178
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Primeiramente, eu queria agradecer pelos 104 favoritos! Nunca achei que fosse tão longe, então muito obrigada! ♡
Segundo, quero me desculpar pelo capítulo não revisado. Assim que eu puder, respondo os comentários e conserto qualquer erro.

Leiam as notas finais, é importante! ♡

Capítulo 19 - 19


“Estou perdido. Jesus Cristo, o que vou fazer? E se eu for nu, vai ser uma ótima primeira impressão. O que você está pensando, Jeonghan? Controle-se!”

“Olha Jeonghan, eu adoraria te ajudar se você não ficasse conversando com o espelho. Isso é um pouco assustador.” Wonwoo disse a Jeonghan, que estava tendo uma crise existencial. Jeonghan apenas o olhou e bufou. Ele não queria lidar com outro problema.

“Você não deveria estar fudendo meu colega de quarto ao invés de se preocupar com a minha loucura?” Wonwoo rolou os olhos. “Mingyu está dormindo e você sabe que ele não gosta de ser acordado quando não consegue dormir. Além do mais, eu sei que está preocupado com o Seungcheol, mas deixa eu te dar um toque: Ele também é um pouco doido, então você não tem nada com o que se preocupar.” Jeonghan rolou os olhos e mandou Wonwoo ir embora. “Sai daqui!”

Quando Jeon saiu, Jeonghan tinha mais um problema.

“Agora, deveria deixar meu cabelo solto ou preso?”

“Seungkwan, eu deveria vestir esta camisa branca ou esta camisa social preta?”

“Você vai ficar terrível em qualquer uma das duas,” Seungkwan disse e Seungcheol o fuzilou pelos olhos. Estava decidindo entre bater ou não nele.

“Isso é sério, Boo. Quero parecer bonito para meu futuro marido!” Seungkwan apenas rolou os olhos e escolheu a blusa branca. “Aqui, use esta.” Seungcheol colocou a camisa enquanto pensava se colocava a jaqueta ou não. Vou colocar, pode esfriar mais tarde.

“Aish, pare de se preocupar tanto, hyung! Tenho certeza que você não do que se preocupar. Digo, o garoto está praticamente apaixonado por você, gostando de admitir ou não.” Seungcheol zombou as palavras de Vernon. Jeonghan, apaixonado por mim? Impossível!

“Enfim, vou indo nessa, o amor a minha vida está esperando por mim. Tchau!” Seungcheol saiu do apartamento com a jaqueta em uma das mãos e suas chaves em outra. Espero que eu não me atrapalhe muito, ele pensou. Choi dirigiu até o centro da cidade com um só pensamento:

“Eu deveria ter colocado mais perfume.”

Andando de um lado para o outro, Jeonghan estava nervoso. Andou ao redor de um café, esperando pelo momento que tomaria coragem e iria até a fonte de água. Talvez esteja cedo, talvez não. Pior, provavelmente nunca vou saber.

“Preciso tomar uma decisão,” finalmente, ele decidiu ir até a fonte de água. Ao chegar, avistou um garoto de camiseta branca, andando de um lado para o outro, como se estivesse chegado cedo demais. Ele não pode ver o rosto do outro, mas andou até a frente da fonte e fitou o garoto.

Sentindo que alguém o fitava, Seungcheol olhou em volta e avistou um garoto com cabelos longos. Andou para mais perto, percebendo que o garoto era Jeonghan. Antes que Yoon visse o rosto de Seungcheol devidamente, ele andou até o garoto e o entrelaçou em um abraço.

“Puta merda Jeonghan, você é real! Você é realmente real.” Espera um minuto. “Seungcheol?” Jeonghan se afastou um pouco e olhou para o rosto do outro. Seungcheol corou freneticamente e Jeonghan o abraçou novamente, na mesma hora. O mais velho riu com a ação e eles continuaram abraçados até se afastarem mais uma vez. Se olharam por mais algum tempo e riram novamente. Ambos estavam surtando internamente por estarem se vendo pessoalmente. Ele é realmente maravilhoso, pensou Seungcheol. Seungkwan nunca me disse que Seungcheol era uma pessoa atrativa. Puta merda, pensou Jeonghan.

“Você é realmente bonito,” Seungcheol disse ao mais novo, que o fitava com um sorriso nervoso. Respira Jeonghan, respira. “Eu sempre estou bonito, não?” Ele mexeu em seus cabelos e sorriu com a reação de Seungcheol. “Ainda uma pessoa narcisista? Bem, eu não posso te culpar. Você é um cara muito bonito.” “Você também não é nada mal, S.Coups,” Jeonghan piscou.

“Ei, você deveria dizer que eu também sou bonito,” Seungcheol fez drama. Yoon suspirou, mas decidiu não ir contra. “Ok, tudo bem. Seungcheol, você é uma princesa linda. Feliz agora?” Seungcheol rolou os olhos. “Eu pensei que estivéssemos além disso, você é a princesa e eu sou seu daddy.” Jeonghan bateu no peitoral dele. Puta merda, ele é gostoso. “Eu não vou chamar você de daddy.” “Você acabou de chamar.” Ele sorriu.

“Tanto faz, estou feliz que finalmente nos encontramos depois de, o que, três meses.” Jeonghan abraçou Seungcheol timidamente. “Eu também, princesa.”

“Então eu disse a ele, ‘Eu estou apaixonado por você, me nota senpai.’ Desde então, Vernon e Seungkwan aprenderam que eu sou o mestre do verdade ou desafio.

Ambos riram com a história que Seungcheol contava. Depois de uma hora em frente a fonte de água, eles decidiram ir até um café próximo. Já estava ficando tarde, mas os garçons não queriam interromper a conversa dos dois garotos. A química era notável.

“Já está tarde, não tem mais ninguém aqui,” Comentou Jeonghan, olhando o café vazio. Seungcheol concordou. Ele realmente gostaria de continuar ali, mas sabia que uma hora teria que voltar para casa.

“Nós deveríamos ir também.” Jeonghan concordou, e os dois se levantaram. Reverenciaram os garçons que limpavam a mesa e andaram até a porta.

O vento os pegou, fazendo Jeonghan tremer. Merda, deveria ter trazido um casaco. Massageou seus braços, procurando se esquentar. Ao notar, Seungcheol tirou sua jaqueta. Obviamente ele precisa mais do que eu.

“Aqui, você precisa mais do que eu.” Jeonghan negou, tentando devolvê-lo. “N-Não, está tudo bem. Eu não preciso.” Seungcheol bufou e colocou a jaqueta ao redor dos ombros dele. “Não rejeite, eu quero ter certeza que minha princesa está bem e quente,” Disse Choi. Brincalhão, Jeonghan bateu em seu peitoral novamente e agradeceu pela jaqueta.

Enquanto andavam para o estacionamento, se olharam e sorriram. “Eu tive um bom dia hoje, Jeonghan.” Yoon corou um pouco. “Eu também me diverti hoje, Seungcheol.” Sem aviso, Jeonghan o puxou para um abraço quentinho. Sorrindo de orelha a orelha, Seungcheol retribuiu o abraço, o colocando em cima dos seus ombros.

“Seungcheol! Me coloca no chão!”

“Nunca!”

“Eu vou bater em você se não me colocar no chão!”

“Não, você não vai!”

Sem hesitação, Yoon bateu em Seungcheol mais uma vez, na esperança que ele o colocasse no chão. Quando Seungcheol o fez, Jeonghan mostrou a língua, mas estava ocupado rindo de sua fofura.

“Vou passar mensagem para você quando chegar, princesa.” Seungcheol abraçou o menor pela última vez antes de olhá-lo novamente. Jeonghan apenas concordou e o abraçou de volta.

“Tchau, Papa Coups!” Jeonghan gritou quando já estava longe do carro. Seungcheol rolou seus olhos. Aish, esse garoto.

“Tchau, Mama Jeonghannie!” Gritou de volta. Sorriu quando viu Jeonghan rindo e entrou no carro. Dirigiu até em casa, com Jeonghan fresco em sua mente.

Daddy Coups: É muito cedo para dizer que estou com saudades de você?

Jeonghan: Não, eu sou irresistível

Daddy Coups: Tanto faz, quero te ajudar a dormir

Jeonghan: Então fale sobre dormir, estou cansado

Jeonghan: Hoje foi divertido e agora estou cansado

Daddy Coups: Vai dormir, princesa

Jeonghan: Vou fazer isso

Jeonghan: Boa noite, Seungcheol

Daddy Coups: Boa noite, Jeonghan


Notas Finais


Bem gente, eu não costumo falar muito da minha vida pessoal, mas eu devo explicações a quem esperou a atualização dupla e não teve. Resumidamente: Eu tenho crise de ansiedade, e quando ela ataca, eu fico mal ao cubo. Infelizmente, ela quase - por pouco - não atacou ontem e eu fiquei um tempo fora das redes sociais em geral, só assistindo seriado. Então eu peço desculpas a quem estava esperando e espero que me perdoem. Um beijo! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...