História Only Do What I Say - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Adolescentes, Ariana Grande, Gangue, Jariana, Justin Bieber
Exibições 19
Palavras 588
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Penúltimo Capítulo
Segunda Temporada em Janeiro de 2017

(Me desculpem por esse capítulo ser pequeno, não quero estragar o final)

Capítulo 21 - • Capítulo 21 •



|J e r e m y|


Quando vi o corpo de meu filho caido ao chão, dei uma risada sem humor algum e mandei para que o levassem para fora, numa cabana que tinha no meio daquelas imensas árvores. Eu estava ficando completamente louco, nem mesmo meu subconsciente sabia do quê eu estava fazendo, era como se fosse diversão misturada com uma insanidade muito louca. Aquilo me deixava tão... Satisfeito.

Era como se fosse uma droga entrando aos poucos em meu organismo, me fazendo mal tanto por dentro quanto por fora. Só que em meu caso, eu estava fazendo mal à pessoas que... Amo? Não, que um dia amei. Eles me deixaram pensando que eu não iria atrás. Realmente não iria, mas eu não sei o quê acontece comigo.

Pattie era para ser minha, e tenho certeza que Justin é o culpado de tudo o quê aconteceu. Ele sempre quer colocar lenha na fogueira, e desde o inicio quis que nossa história juntos acabesse, é óbvio isso. Mas, não serei eu que irá decidir seu destino, e sim aquela garotinha que ele tanto manipula como se fosse seu brinquedinho.

Vamos ver quem ela prefere, seu querido dono ou sua mamãezinha, é acho que está na cara quem ela irá escolher. Matar pela primeira vez será uma grande adrenalina para ela, e quem sabe se ela for uma boa menina eu ainda a deixo continuar na gangue?

No dia seguinte, com o celular do garoto em uma de minhas mãos, mandei uma simples mensagem à Ariana, mandando que a mesma venha até aqui. É claro que ela irá vir, pensa que é o Justin a chamando, e como é bobinha, não vai nem se importar por ele ter passado uma noite inteira fora de casa sem dar sinal de vida.

Já tinham trazido a mãe de Ariana para cá, quero ver só a cara dela quando descobrir o tipo de gente que sua filha anda por ai.

— Ahm... Jeremy? Viu o Justin? — ouço a voz da garota soar pelo meu escritório e sorrio levando meu olhar à ela.

— Ele já vai aparecer... Entre, sente-se — digo.

Ela me olha estranho por breves segundos, mas logo concorda com a cabeça se afastando na porta, vindo em minha direção. A observo se sentar sobre a cadeira à frente da minha mesa, e respirar fundo.

— Precisamos conversar, sobre algo muito sério — me a jeito sobre a cadeira, colocando meus braços sobre a mesa.

— O quê seria? — ela diz me encarando.

— Bem, vou te levar para um lugar, onde vai ter que decidir uma coisa — começo a dizer, ela parecia estar concentrada em minhas palavras — Vai me prometer, jurar que não vai desistir na última hora.

— E... Eu juro, mas o quê? Diga logo!

— Vou pedir para você escolher matar uma pessoa — sorrio me levantando, indo até ela.

Mais cedo ou mais tarde ela teria que matar alguém, porque não o garoto que ela gosta? Um dia talvez, ela poderia acabar se irritando com ele mesmo e fim, para quê esperar? Essa é a oportunidade perfeita e sei que ela não irá atirar em sua mãe.

Ela me olhava assustada se levantando logo em seguida, e quando iria dizer algo, a impedi na hora, já sabendo o quê iria dizer.

— Venha comigo e verá — digo dando alguns passos em direção à porta, esperando que ela me siga.

Hoje basta Ariana escolher, aceitar minha proposta será o melhor a se fazer.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...