História Only For One Nigth? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Lu Han
Personagens Chanyeol, D.O, Kai, Kris Wu, Lu Han, Personagens Originais, Suho, Xiumin
Tags Exo, Lu Han, Luhan, Você, Xiumin
Visualizações 82
Palavras 3.360
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas! Tudo bem?
Ontem foi aniversário do nosso querido Lu Han então resolvi fazer uma One shot com ele, espero que gostem e boa leitura nos vemos nas notas finais

Capítulo 1 - Single chapter


Fanfic / Fanfiction Only For One Nigth? - Capítulo 1 - Single chapter

- S/n? -- viro - me para ver quem chama por mim e vejo meu sunbae -- o que está fazendo aqui ainda?

- Ah olá Lu Han sunbae -- faço uma reverência -- eu ainda tinha trabalho para fazer então resolvi ficar e terminar tudo hoje

- já disse que não precisa se esforçar tanto com isso S/n

- Ok Sunbae

- Não demore tanto eu vou lhe esperar

- Esperar - me? Por que? -- pergunto sentindo meu rosto ficar um pouco vermelho

- Porque vamos sair -- ele diz e vai em direção a sua sala não me dando nem chance de protestar -- não demore!

Escuto sunbae dizer antes de entrar em sua sala. Meu nome é S/n tenho 27 anos e trabalho na parte administrativa de uma grande empresa na Coréia do Sul a 2 anos, Posso dizer que sou uma pessoa realizada em todas as áreas dá minha vida afinal eu tenho o emprego dos sonhos, um carro ótimo, um apartamento espaçoso e pode se dizer um tanto luxuoso também... Bom em quase todas as áreas, na verdade eu não sou bem sucedida no amor, e por que?

Simples o motivo se chama Kim Gook Doo

* Flashback on *

2 anos e meio atrás...

Sai mais cedo da faculdade e estou indo fazer uma surpresa para o meu namorado Kim Gook Doo, hoje ele não teve aula já que o professor do curso dele não pôde vir e o professor auxiliar foi embora cedo por conta de sua esposa que estava dando a luz ao primeiro filho do casal. Gook Doo morava com seus amigos em um apartamento mas eles ainda estavam em aula então o apartamento estava livre por algumas horas, entrei no apartamento por eu saber o código e escuto alguns barulhos vindo de um dos quartos que julguei ser do meu amigo Do Kyungsoo, achei estranho o quarto do Gook estar vazio então fui em direção ao quarto de Kyung que ficava no final do corredor e me deparo com uma cena terrível Gook e um garota que sempre estava grudada nele transando

Apenas sai de lá sem que reparassem na minha presença e fui para casa no dia seguinte encontrei meu namorado em frente a universidade conversando com um amigo e pedi que me seguisse por que tinha algo à dizer

- O que foi amor? -- disse atrás de mim

- eu acho melhor terminarmos Gook Doo

- Como assim meu amor? Você não pode fazer isso comigo, eu te amo -- estava me contendo para aguentar todo aquele teatrinho de garoto apaixonado

- Desculpa mas eu não te amo mais -- se eu estava mentindo? Não exatamente meu amor por aquele garoto acabou no exato momento em que o vi na cama com outra -- era isso, vamos parar de nos ver agora

- você está brincando né? Ou você já tem outro?-- falou em um tom de deboche que eu nunca o vi usar antes-- vendo como ficou quieta deve ser isso mesmo

- pense o que quiser Gook Doo eu já disse o que tinha pra falar -- me virei indo embora mas sinto meu pulso sendo segurado com força-- me solta ta machucando!

- Sua Vadia você vai se arrepender por isso!

Ele disse é foi embora

* Flashback off *

Depois daquele dia eu nunca mais Falei com o mesmo mas sempre o via com algumas vagabundas ao seu redor. Eu decidi mudar desde então, afinal eu já estava mesmo cansada de ser explorada por ser gentil com todos, decidi que seria bem sucedida e não dependeria de ninguém...Bem aqui estou eu terminando de organizar alguns papéis e contratos para ir sair com meu sunbae que na verdade era um dos acionistas dá empresa mas como também era dona de algumas ações apenas o chamava de sunbae por ele ter realmente sido meu sunbae durantes meu estágio. Nunca tínhamos saído antes nosso relacionamento é apenas profissional então não sei o que pode proceder desse "encontro", sou interrompida de meus pensamentos quando meu celular apita avisando que alguém enviara uma mensagem para mim

*Mensagem on*

Xiumin: baby girl o que acha de sairmos para beber hoje? Eu sei que amanhã é sua folga

S/n: sério isso Xiumin? Quer mesmo sair pra beber hoje? O que te faz achar que vou aceitar sair?

Xiumin: Quero, bom várias coisas me fazem pensar que você vai aceitar

S/n: Tipo o que?

Xiumin: seu melhor amigo que no caso sou eu estar te convidando e o seu Peguete também vai

S/n: Aish! Eu não posso ir de qualquer forma

Xiumin: Por que?

*Mensagem off*

- Já acabou S/n? -- Lu Han aparece na porta de minha sala me assustando

- Já sunbae, onde vamos?

- Vamos beber

- Ok Sunbae vou só pegar minha bolsa e meu casaco

*

*

*

*

*

- Chegamos! Vem alguns amigos estão esperando por nós

- Seus amigos estão aqui?

- Sim, um deles estudou comigo no colegial

- Ah enten....

- S/n?!

- Xiumin oppa? -- não estava acreditando no que estava vendo os amigos que o Lu Han se referia na verdade eram meu melhor amigo Xiumin, meu peguete Kai, meu amigo da época da faculdade Kyungsoo e mais dois garotos que eu desconheço

- oh vocês se conhecem? -- Lu Han parecia surpreso

- Ah sim, s/n é minha melhor amiga -- Xiumin responde todo sorridente como sempre -- ela e o Kai já se conhecem também

- de onde?

- na verdade a gente...- Kai começa falar mas o interrompo com medo do que ele iria falar afinal só Xiumin sabia de nós

- somos amigos de longa data -- falo lançamento um olhar para Kai que solta um sorriso safado

- Olá S/n, ainda se lembra de mim?

- Ah sim Kyungsoo, nossa você está bonito

- que bom que vocês já se conhecem -- Lu Han surgi na "conversa"-- esses são Suho e Kris

- é um prazer conhecê-los

- igualmente -- respondem junto

Já havíamos bebido bastante e Xiumin, Suho, Kris e Kyungsoo já haviam ido embora restando apenas eu, Lu Han e Kai

- Acho melhor eu ir agora tenho uma festa para comparecer depois daqui -- Kai se levanta

- Ah sim, tchau Kai -- Lu Han responde

- Acho melhor irmos também Sunbae

- Também acho S/n, eu te levo em casa

- não precisa já está tarde e você não veio com carro e mesmo que tivesse vindo não poderia dirigir nesse estado

- Por isso mesmo está tarde podemos ir caminhando sua casa não é longe certo?

- Sim...

Pagamos a conta e fomos para minha casa estava frio e estávamos bem para pessoas que haviam bebido dez garrafas de soju, e vinho. Estávamos próximos de casa quando eu o vi, ele mesmo Kim Gook Doo ele estava com uma mulher agarrada nele e estavam vindo em nossa direção

- você o conhece?

- hum?

- esse Cara? Você parece conhecer já que está encarando a alguns segundos

- é meu ex namorado

- Ora ora se não é a Vadia S/n -- reconheci aquela voz  que​ costumava ser doce, apenas ignorei e continuei andando com Lu Han mas fui impedida por uma mão segurando meu braço -- vai fingir que não me conhece agora S/n?

- Me solta Gook Doo!

- como é? Eu não escutei

- Solta ela -- ouvi Lu Han se pronunciando ele não parecia nem pouco bêbado e sua voz era totalmente autoritária

- quem vai me obrigar? Você? Não me faça rir -- sendo sarcástico novamente-- é outro idiota com quem vai pra cama hein? -- lhe dou um tapa fazendo seu rosto virar e o mesmo me soltar

- eu sou você? Hum? Seu Idiota Filho da Puta -- o mesmo me olha com um olhar mortal e desfere um soco em minha direção que é impedido por  Lu Han

- Acho que já chega disso, é melhor você ir embora e deixar a S/n em paz se não quiser levar uns socos nessa sua cara

*

*

*

*

Estávamos em frente ao meu prédio quando convido Lu Han para entrar e o mesmo aceita

- Você mora aqui sozinha? -- ele pergunta ao entrar no apartamento

- Sim

- Uau! Nossa que coisa fofa! -- fala ao ver minha cachorrinha ir em sua direção -- qual o nome?

- Kirara

- por que colocar o nome de Kirara em uma loba?

- ela faz-me lembrar da gatinha do anime Inuyasha, ela aparenta ser fofa mas é mais forte do que aparenta -- explico enquanto o mesmo se senta no sofá e faz carinhos em minha cachorra -- isso é estranho

- o que é estranho?

- ela não costuma ser amigável com as visitas, ela só ficar assim com o Xiumin

- é porque eu sou bonito então ninguém resiste

- exibido

- como é? Não esqueça que ainda sou seu sunbae

- Desculpa sunbae

- está tudo bem, você tem vinho?

- tenho

- o que acha de tomarmos um pouco?

- por mim tudo bem -- estava cansada? Muito mas não se deve dizer não um sunbae

Bebemos três garrafas de vinhos enquanto conversávamos e já não estávamos com muito noção do que fazíamos. Pego a garrafa para por mais vinho em minha taça mas sou impedida pelo meu querido(?) Sunbae que me puxa colando nossos lábios, não entendi direito o que estava acontecendo mas logo correspondo o beijo que vai se intensificando cada vez mais e sinto uma mão entrando em baixo de minha camisa social

- Sunbae -- solto um gemido ainda em seus lábios quando sinto o mesmo apertar meu seio

- shii! Hoje eu não sou seu sunbae sou apenas o Lu Han, o cara que vai te dar prazer apenas durante uma noite

Apenas concordei enquanto ele levanta comigo em seu colo e caminha procurando meu quarto e quando acha me deita na cama e retoma os beijos que hora eram beijos e hora eram mordidas e chupões em meu pescoço, quando percebo estamos sem roupas e Lu Han está prestes a me penetrar e então reparo o quanto ele é bonito. Lu ia cada vez mais rápido​ e fundo me levando as alturas, inverto as posições ficando por cima ditando os movimentos, ia cada vez mais devagar apenas para provoca- lo e estava conseguindo

- vai mais rápido s/n!

- como que se diz?

Antes de responder​ ele muda as posições novamente e sai de mim e desce indo em direção a minha intimidade, suspiro ao sentir sua respiração quente e logo sinto a boca do mesmo encostar em meu íntimo. Ninguém nunca me fez sentir isso nem mesmo Kai que era ótimo nisso.

- Sua vez pequena -- diz quando chego ao ápice

- o que quer que eu faça Lu? - sorrio para o mesmo me fazendo de inocente

- você sabe exatamente o que fazer pequena -- disse se sentando na cama

Me abaixei e segurei seu membro em minhas mãos fazendo movimentos de vai e vem enquanto Lu Han apenas soltava suspiro, aproximei minha boca da sua e lhe dei um selinho demorado logo descendo meu rosto abocanhando seu amiguinho fazendo Lu Han soltar um gemido arrastado


Oohoh ooh

I’m just tryna get you in the mood

Ooh ooh

baby just show me what it do

Now blow it like a flute ooh ooh

Ooh ooh ooh ooh ooh

Show me what it do ooh ooh

Ooh ooh ooh ooh ooh



Acordei no dia seguinte sentindo algo segurando em minha cintura e algo encostando nas minhas nádegas, me viro e me deparo com meu Sunbae sem roupa coberto apenas com o tecido fino do lençol e acabo soltando um grito fazendo o mesmo se acordar e me olhar surpreso

- o que tá fazendo na minha cama?!-- pergunto me cobrindo com o lençol enquanto levanto na cama

- pergunto o mesmo! O que estou fazendo na sua cama e por que estamos sem roupa?

- eu não sei eu acabei de acordar sem roupas sendo abraçada pelo meu sunbae também sem roupa

- espera, você não acha que a gente tenha feito algo né?

- e o que mais teríamos feitos para acordar sem roupa em uma cama?!

- calma s/n eu estou tão confuso quanto você -- foi então que me veio flashback dá noite anterior na cama, banheiro, sala

- não pode ser! -- dizemos juntos

- o que vamos fazer? -- Lu Han pergunta

- vamos apenas esquecer isso, ok? -- digo em um fio de voz

- está bem, além do mais estávamos bêbados não tínhamos noção do que estávamos fazendo

*

*

*

*

*

*

- TA BRINCANDO NÉ S/N? -- Xiumin gritava enquanto eu comia chocolate sentada no sofá -- COMO ASSIM VOCÊ DORMIU COM ELE?

- FALA BAIXO! Quer que todo o prédio saiba que eu dormir com meu sunbae?

- Me explica direitinho isso s/n

- não tem o que explicar a gente veio pra minha casa depois de sair do bar tomamos algumas garrafas de vinho e quando nos damos conta já estávamos na cama

- fala sério s/n, e o que ele disse sobre isso?

- que era melhor esquecermos já que estávamos bêbados

- eu não estou com um bom pressentimento sobre isso S/n

- eu também Xiu oppa

- vem me dá um pouco de chocolate também e vamos assistir filme

Passamos o resto da tarde assistindo filme e Xiumin decidiu dormir na minha casa porque iria para o primeiro dia na empresa em que eu trabalho, ele trabalhava em uma filial e também é um dos acionistas mas resolveu voltar para o empresa principal.

- minha sala é logo ali Baby girl qualquer coisa sabe onde me encontrar

- pode deixar oppa até logo

- até

As semanas estavam indo bem exceto pelo fato de Lu Han ficar um pouco desconcertado na minha presença e também porque eu engordei uns 3 quilos nessas semanas por estar comendo que nem louca. Estava indo Almoçar com Xiumin quando me sinto tonta e quase caio

- Você está bem?

- estou sim oppa

- Aish, já não bastava você está ficando igual uma porquinha agora vai ficar passando mal também? Acho melhor ir ao médico isso deve ser algum problema com seu sistema nervoso

- eu vou pode deixar e você vai junto

- por que eu iria? Sou sua babá?

- você é meu melhor amigo mas se preferir posso chamar o Chanyeol -- Chanyeol é um amigo da empresa muito próximo que concorre o cargo de melhor amigo junto com Xiumin

- Nem pense nisso! Só me avisa antes

- sabia que isso ia funcionar -- falo apertando suas bochechas

- idiota!

*

*

*

*

*

- Vem Xiumin é aqui -- arrasto o maior para dentro do consultório quando escuto meu nome ser chamado

- Bom dia

- Bom dia meu nome é Kim Heechul e você deve ser a S/n, certo?

- Sim

- bom olhando para seus exames eu nem preciso perguntar o que está sentindo para saber o seu estado -- ele diz sorrindo-- parabéns ao casal

- o que? como assim? Não somos um casal -- Xiumin fala

- Ah não? Pensei que fosse o pai dá criança que ela está esperando

- criança? -- falamos juntos

- Ah sim, desculpem me -- Doutor Kim fala mais algumas coisas e saímos do consultório e fomos a um restaurante antes de voltar para a empresa

- o que vai fazer agora?

- eu não sei

- vai contar pra ele?

- o que? Não, por que eu contaria?

- S/n você querendo ou não ele é o pai do seu filho ou filha...Ele tem o direito de saber

- Xiumin eu não acho que seja uma boa ideia, afinal nem amigos somos e o que aconteceu foi um acidente

- bom eu quero que saiba que eu vou estar sempre ao seu lado ta? Se quiser eu assumo seu filho -- Xiumin fala sério o que foi um pouco estranho de se ouvir -- eu sempre gostei de você como amiga é claro e não me importaria em assumir um filho seu

- mas ele nem é seu

- pai é quem cria S/n, apenas pense nisso

O que Xiumin disse era verdade, Lu Han era o pai querendo ou não é tinha o direito de saber sobre o filho. Já havia se passado um mês desde o dia que eu descobri estar grávida e decidi que contaria a verdade a Lu Han, tinha marcado de encontrar ele em um restaurante próximo da minha casa e por precaução levei o Xiumin comigo

- Ah você chegou -- levanto para fazer uma breve reverência

- Sim, o que o Xiumin veio fazer? Desculpe perguntar

- Ela tem uma coisa para contar e pediu para acompanha lá

- Entendo, vamos pedir?

- Sim sunbae -- respondo e chamo o garçom que anota os pedidos que não demoraram para chegar e logo já estávamos acabando -- Sunbae

- Sim?

- Na verdade o que tenho para falar é um tanto sério -- digo nervosa e sinto Xiumin segurar uma de minhas mãos por baixo dá mesa

- o que poderia ser tão sério? Algo relacionado a empresa?

- na verdade não... Eu nem sei porque lhe chamei aqui, acho melhor eu ir -- tento levantar mas Xiumin me segura fazendo me permanecer sentada

- Chega de enrolação S/n, Lu Han ela está grávida e o filho é seu -- Xiumin diz fazendo Lu Han se engasgar com a comida

- Meu Deus! Sunbae você está bem?

- como assim o filho é meu? Como isso foi acontecer?

- isso é simples vocês não usaram proteção e um dos espermatozóides fecun...

- Xiumin oppa!

- eu sei o como ela ficou grávida Xiumin não me precisa me dar aula

- bom você perguntou então eu quis simplificar -- Xiumin responde como se fosse algo normal enquanto Lu Han se cala por um momento

- não tem outra alternativa

- hum?

- vamos ter que nos casar S/n

- o que?-- Dessa vez é Xiumin que se afoga com a água que estava bebendo

- o que quer dizer com casar?

- Casar S/n!

- tipo ir morar juntos, dividir a mesma cama, juntar as escovas? -- Xiumin se intromete

- conhece outro tipo de casamento por acaso?

- Não

- então o que acha S/n?

- Eu...-- eu não perderia nada me casando com Lu Han, afinal, ele é bonito, gentil, carinhoso e cuidaria bem do nosso filho tudo seria ótimo exceto pelo fato de não nos amarmos-- eu aceito

*

*

*

*

3 anos depois

Eu me casei com Lu Han três meses depois dá noite no restaurante e compramos um apartamento maior para morarmos já que seriam 3 pessoas dividindo uma casa, bom isso era o que pensávamos até descobrirmos que eram gêmeos uma menina e um menino. Lu Han assumiu gostar de mim durante a nossa lua de mel e revelou que pretendia se declarar no dia em tudo aconteceu mas que não ocorreu conforme o planejado, Han era um ótimo marido e um excelente pai para Lu Chang e Lu Wan que era o clone perfeito do pai. Estávamos indo visitar meus sogros na China já que eles queriam passar um tempo com as crianças o que seria uma folga para mim e Han que quase não tínhamos tempo para nós mesmos.

- Amor?

- oi?

- As crianças dormiram -- Han fala se aproximando da cama

- Isso é ótimo, agora podemos descansar

- na verdade eu tava pensando em fazer outra coisa

- Você não cansa nunca?

- tendo uma mulher como você a resposta claramente é não, o que acha de darmos um irmãozinho ou irmãzinha a Wan e Chang?

- eu não sei se quero ter outro filho amor -- falo enquanto rodeio seu pescoço com meus braços e observo seus olhos -- principalmente se for igual ao Wan

- Não está satisfeita com nossa família?

- Estou e muito mas seria um pouco problemático ter um marido gato que nem você e dois filhos que seriam clones seus, imagina quando eles crescerem -- ele solta uma risada

- não esqueça da Chang ela vai me matar de ciúmes se puxar a você

- ela não vai causar problemas e vai namorar o meu querido Tae Ho -- Tae Ho era o filho de Xiumin e Lu Han só falta matar Xiumin quando o mesmo diz que Chang e Tae formam um ótimo casal

- já basta o Xiumin falando disso, agora vem vamos fazer um irmão para nossos pequenos

Ele diz me puxando para um beijo e logo começa a tirar minha roupa juntamente com a sua e assim tivemos uma das melhores noites da nossa vida.

- S/n? -- Han me chama enquanto me abraça

- hum?

- Eu sei que já disse mas não canso de repetir, Eu Te Amo e você e nossos filhos foram a melhor coisa que podia ter me acontecido.



Fim.


Notas Finais


Olá de novo! Espero que tenham gostado porque eu fiz um esforço enorme pra escrever essa história rsrs
Estou pensando em postar One shot's de outros Idols e atores se quiserem dá uma opinião estarei disposta a ouvir todos e é isso <3 eu tenho outra OS com o Mark do GOT7 se quiser ler é só ir no meu perfil


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...