História Only you - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Originais
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 28
Palavras 1.299
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei de novo!!!!! Sentiram minha falta? Provavelmente não. Esse capítulo vai tomar um rumo inesperado até para mim.

Capítulo 5 - Ele mudou


Fanfic / Fanfiction Only you - Capítulo 5 - Ele mudou

Hoseok POV 

Acordo e vejo que Jin já não estava mais do meu lado, então resolvo sair da cama também. Vou para o banheiro e faço minhas higienes. Desço e vejo Jin sem camisa cozinhando alguma coisa. Chego e lhe abraço por trás, ele se assusta e logo percebe que sou eu.

Jin- Bom dia, Hope.

Eu-Bom dia, Jin. O que você está fazendo?

Jin- Panquecas, espero que goste.

Eu- Eu adoro. Só uma coisainha, posso tomar um banho?

Jin- Claro, tem toalhas no meu quarto e se quiser pode pegar minhas roupas emprestadas, se servirem.

Eu- Não sou tão pequeno assim- digo fingindo estar irritado.

Desgrudo dele e subo para o quarto dele, abro um armário, pego uma toalha e uma bermuda. Vou até o banheiro e ligo chuveiro, deixando assim a água escorrer pelo meu corpo. Fico por dez minutos debaixo do chuveiro e entao decido sair. Visto a bermuda e seco meu cabelo. Saio do banheiro e pego meu celular, colocando-o no bolso. Desço novamente e vejo que Taehyung já estava lá. Ele ficou praticamente me comendo com seus olhos enquanto lambia seus lábios.  

Eu- Jin, peguei emprestada, ok?- digo me referindo à bermuda. 

Jin- Okay- então ele se vira e assim como seu irmão, começa à me comer com os olhos- sente-se, já sirvo o café.

Eu- Valeu.

Todos nos sentamos e comemos pacificamente, o que me surpreende.

Taehyung- Dormiu aqui ontem?

Eu- Se estou aqui logo de manhã e vestindo a bermuda de seu irmão.

Taehyung- Só perguntei, bicha venenosa.- diz fingindo estar ofendido, o que me faz rir.

Eu- Hahaha, falou a pessoa mais simpática do mundo.

Jin- Pra que falar assim do coleguinha?- diz em tom de brincadeira, resolvo provocar um pouco mais.

Eu- Porque esse coleguinha me fez chorar- digo em tom infantil e com um biquinho.- Mentira, é só poque eu quis mesmo.

Jin- Quer ir para algum lugar depois de comer?

Eu- Eu queria ir dançar em algum lugar. Tem um estúdio de dança por perto?

Jin- Não, mas tem um lugar onde as pessoas costumam se apresentar aqui por perto. Quer ir?

Eu- Você vem comigo?

Jin- Vamos.

Eu- Posso pegar o ampliador de som emprestado?

Taehyung- É meu, e sim, você pode usar.

Eu- Obrigado, Taehyung.

Taehyung- Me chame de Tae. Temos quase a mesma idade.

Eu- Okay, Tae.- digo sorrindo. Afinal, eu havia perdoado ele porque eu sou trouxa.

Teminamos de comer e Jin me ajudou à levar os ampliadores até o lugar que ele havia mencionado. Tae acabou vindo junto, de acordo com ele, ele também queria me ver dançar.

Chegamos lá e vi que tinha um "palco" consideravelmente grande. Chego no centro palco e peço para que Jin deixasse os aparelhos um pouco afastados de mim, pego meu celular e conecto aos ampliadores escolho a música Bang Bang Bang-Big Bang e começo à dançar. E assim continuo por pelo menos 30 minutos. Com músicas aleatórias, dançando todas as coreografias passo por passo, todos executados perfeitamente por mim.

Depois disso, sou aplaudido por umas trinta pessoas que estava me assistindo além de Jin e Tae. Não sei quando aquelas pessoas chegaram, mas eu gosto que as pessoas apreciem minha dança. 

Jin- Acabou?- pergunta quando percebe meu cansaço.

Eu- Sim, pode me ajudar à desmontar as coisas?

Jin- Fazer o quê, né?

Eu- Thank you- digo lhe dando um selinho.

Tae- Quer ajuda?

Eu- Por favor.

Taehyung POV 

*No dia anterior na casa de Jin*

Chego em casa por volta das 3 da manhã e quando estou indo à caminho de meu quarto, vejo um Hoseok vindo em minha direção. Penso em falar algo e resolvo cumprimenta-lo.

Eu- Oi, o que está fazendo aqui?

Hoseok- Estou com seu irmão.- diz e continua à andar indo ao banheiro. 

Vou para meu quarto e durmo pensando nele e naquele sorriso.

Acordo no dia seguinte e me visto. Fico enrolando na cama até que decido descer. Vou até a cozinha e me sento à mesa. Pouco tempo depois, Hoseok desce sem a camisa, te juro que tive que me controlar para não agarrar ele naquele instante. Pensei em mandar mensagens, mas percebo que ficaria óbvio demais. Então decido esperar.

Vamos à um lugar perto de casa, pois Hoseok disse que queria dançar. Ele pega meus ampliadores emprestados e começa à dançar, gente, é sério, esse moleque tem talento para isso. Em alguns passos, eu tinha vontade de ie beijá-lo, mas eu lembro que tratei ele mal outro dia, e ele está com meu irmão. Ele dança mais algumas músicas, e quando se cansa e para, é aplaudido.

Voltamos para casa e ele vai tomar banho. Então ficamos só eu e Jin na sala.

Eu- Hyung, eu não queria dizer isso, mas... eu amo ele. Me perdoe, mas não desistirei dele, nem mesmo por você.

Jin- Eu já tinha percebido, e sabia que um dia, você me diria isso. Então lhe digo a mesma coisa: não desistirei dele, nem mesmo por você.

Eu- Ele me mudou, então eu quero mostrar para ele, essas mudanças.

Jin- Então vamos estabelecer algumas regras:

1- Não podemos falar mal um do outro.

2- Não podemos pressionar ele.

3- Devemos respeitar as decisões dele.

Eu- Só?

Jin- Sim.

Depois de conversar com Jin, decido mandar algumas mensagens para meu Baby.

Mensagem ON 

Eu- Oi.

Baby- Oi, Daddy. Achei que havia desistido de mim.

Eu- Não vai se livrar de mim assim tão fácil.

Baby- Kkkk.

Eu- Ainda curioso sobre quem é seu Daddy?

Baby- Vc não imagina o quanto.

Eu- Estou pensando em algum modo de te ver.

Baby- Vc estuda no colégio x, certo?

Eu- Sim. Vc me conhece mais do que imagina.

Baby- Hum... tenho q ir, Daddy. Jin está me chamando.

Eu- Vai lá então. Hunf.

Mensagem OFF 

Jin já começou à agir. Tenho que me apressar.

Hoseok POV 

Taehyung está estranho, desde o dia que eu chorei na frente dele, ele tem me tratado melhor, digamos que ele se arrependeu. Não é como se os sentimentos dele fossem mudar. Como hoje é quinta, amanhã tem aula então tenho que voltar para casa.

Jin- O que está fazendo?- pergunta quando me vê com minhas coisas, já saindo de sua casa.

Eu- Amanhã tem aula e... eu acho que já incomodei mais que o suficiente-digo brincando- então, tchau. Até algum dia.

Jin- Quer que eu te leve para casa?

Eu- Você não está ocupado?

Jin- O que seriam vinte minutos?

Eu- Se você insiste.

Jin- Então vamos.

Saímos e no caminho, Jin me faz rir de muitas coisas que saiam da boca do mais velho. Ora ele falava da infância, ora de sua época na escola e das besteiras que fez.

Eu- Quem diria que a pessoa que hoje, trabalha como professor, um dia odiou a escola.

Jin- As pessoas mudam, não é?

Eu- É, só de pensar que daqui à alguns meses eu já vou estar no segundo ano... 

Jin- Isso é, se você passar.

Eu- Nossa, não confia na minha palavra? Eu prometi que passaria de ano.

Jin- Eu sei, pequeno. É só pra te irritar.

Eu- E depois o infantil sou eu- digo fazendo um biquinho exagerado.

Jin me abraça e continuamos à falar sobre diversos assuntos até chegar em meu lar.

Eu- Chegamos, obrigado por me trazer até aqui. Tome cuidado na hora de voltar. 

Jin- Não é nada. Não se preocupe, tomarei cuidado.

Eu- Tchau...

Jin me da um breve selar e enfim, vai embora.

Hoje foi um dia perfeito, subo para meu quarto e entro no banheiro, tiro minhas roupas e lembro que a bermuda era de Jin. Tenho que devolver antes que me esqueça. Entro no box e ligo o chuveiro, meu corpo imediatamente relaxa ao sentir a água escorrendo pela minha pele. Fico debaixo do chuveiro por quase meia hora até que decido sair. Me troco e vou para cama. Como sempre, conecto meu celular ao carregador e aos fones e escolho uma música que me ajude à adormecer. Coloco no aleatório e a música escolhida foi Give Me Love. Fico pensando em Jin, em Taehyung e quando me dou conta, já havia adormecido.

Taehyung, obrigado por tudo, você me faz feliz hoje em dia.

E Jin, obrigado por existir e por me amar assim como eu te amo.






Notas Finais


Eu sei que esse não deve estar muito bom, mas eu fiquei meio sem ideias. Prometo que em algum capítulo eu trago mais emoção.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...