História Only You Makes Me Feel Happy - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Chimchim, Jeon Jungkook, Jikook, Kook, Kookmin, Park Jimin
Exibições 242
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AEEEE PORRA! SIM EU CONSEGUI! Acho q faz uma semana q record. Mas bom..

EU ACHEI QUE FICOU UM AMORZINHO! (Ok, já chega Geovanna). Bom, eu espero q vocês gostem.

E CARA! VALEU PELOS +100 FAVS! Muito obrigada :') pelos comentários tbm.. ♡

Sem delongas...

* Boa Leitura u.u

Capítulo 6 - Chapter Six


Fanfic / Fanfiction Only You Makes Me Feel Happy - Capítulo 6 - Chapter Six

— Desculpa atrapalhar vocês dois, e por um acaso a porta estava aberta. — pronto, ele viu. — Mas tem gente se chamando lá em baixo.

 

POVS. Jimin

 

[...]

 

— Quem é? — disse um pouco irritado.

— Vai logo lá. — ele riu.

— Argh! — bufo e desço as escadas para ir ver quem era o ser maravilhoso.

— Aleluia Park! — disse o Jin atacando um pano de prato em mim. — Vem me ajudar a lavar a louça capeta!

— Eu juro que não estou acreditando que você me chamou pra isso. — ataquei o pano nele. — Puta que pariu Seokjin!

— É mentira, Nam chamou você porque sua mãe está no telefone. — ele pegou o pano e voltou para a cozinha e eu em direção ao telefone. Não que eu não amasse minha mãe ou não tivesse saudades dela mas, por que a linda e divina pessoa que me colocou no mundo tem que ligar logo quando eu estava me pegando com o Jungkook?

— Alô?... Mãe?... Sim está tudo bem e com você?... Isso é ótimo... — vi Jungkook descer indo para a sala e Namjoon tentando falar com ele. — Eles também estão bem... Ta... Ok mãe... Beijo, eu te amo. — desliguei.

— Nossa que rápido você Jimin. — Hope disse saindo da cozinha.

— Ela só ligou por saudades. — me preparo para sair. — E mandou beijos para vocês. — falei pra os meninos que estavam na cozinha e fui em direção as escadas, já subindo elas para ir para meu quarto.

— Pode ir parando aí mesmo mocinho, você vai me contar tudo. — Namjoon subiu as escadas até onde eu estava. — Perguntei para o Jungkook e ele se fingiu sonso e falou que não fez nada. — ele me olhou um pouco malicioso. — Eu sei que eu vi alguma coisa ali Jimin, eu vi.

— Espera... você não olhou dentro do quarto?

— Não, eu só vi você e o Jungkook sorrindo até que você fez cara de orgasmo revirando os olhos e veio falar comigo. — ele disse e ri baixo.

— Kim Namjoon, calma, depois eu te conto. — ri, pois sabia que ele ficaria curioso e irritado.

— Depois? Eu não sei esperar! — ele disse eufórico, resmungou e desceu as escadas indo para cozinha, com certeza espalhar para o V e Hoseok.

 

Subi o resto das escadas, entrei no meu quarto e fui tomar um banho quente, me despi, abrindo o chuveiro e sentindo meu corpo ficar relaxado. Logo após o banho, me sequei, coloquei meu pijama, sai do meu quarto descendo até metade das escadas observando a sala, quando percebi que Jungkook não estava ali subi novamente indo para seu quarto e bati na porta.

 

— Pode entrar! — consegui ouvir sua voz doce e calma, meu Deus Jimin, olha o que o Jungkook consegue fazer com você.

 

Entrei em seu quarto vendo ele com os cabelos molhados, deitado de bruços em sua cama mexendo no notebook, provavelmente estava escolhendo algum filme pelo que aparentava ser.

 

— Oi Kookie. — me apoiei na cama fazendo ele olhar para mim e lhe dei um selinho, ele voltou a sua atenção para o seu notebook novamente. — O que faz? — olhei para as abas abertas em vários filmes.

— Estava procurando algum filme para assistirmos juntos. — ele suspira. — Sou péssimo nisso. — rimos.

— Vamos assistir então. — me sentei.

 

Foi assim a nossa tarde, assistimos o filme que ele havia escolhido, mas era inevitável não parar de olhar para ele, eu estava tão feliz. Ainda trocamos beijos e carícias o resto da noite, realmente, ficamos trancados no quarto e só saímos na hora do jantar, mas voltamos depois e ficamos fazendo as mesmas coisas.

 

POVS. Jungkook

 

Eu me sentia tão bem, eu queria me levantar mais meu corpo se recusava em executar essa ação, Jimin me abraçava ainda dormindo, entrava claridade no quarto por conta da janela mal fechada, o quarto estava tão silencioso que eu podia ouvir a respiração profunda do Jimin e olhava aquele rosto, aquele rosto que era um anjo que conseguia ser tão sexy que era capaz de não ser de Deus.

Me ajeitei para poder levantar, até porque estava com fome e iria fazer café para a gente, assim que me sentei pude sentir uma mão puxando minha blusa.

 

— Posso saber onde o senhor Jeon vai? — Jimin resmungou com uma voz leve e sonolenta, fazendo eu me derreter.

— Fazer café pra gente. — falei no mesmo tom.

— Ahn, ah não, fica um pouquinho. — falou manhoso.

— Não é a toa que o Namjoon te chama de preguiçoso. — provoco e ele ri e em um ato rápido fica em cima de mim me fazendo rir também.

— Idiota... — ele sorriu e me deu um selinho demorado que acabou se transformando em um beijo, e senhor, como era bom sentir os lábios daquele homem selados aos meus, até que paramos com leves selinhos. — Está com fome? — confirmei com a cabeça. — Ok, então vamos lá, mas eu faço o nosso café então. — ele sorriu logo saindo de cima de mim. 

 

Nem nos trocamos e descemos direto para a cozinha, estava cedo não era um horário que os meninos costumavam acordar, então, os únicos acordados eram eu e o Jimin. Me sentei em cima da mesa, que por um acaso fazia com que eu ficasse da altura daquele ser baixinho, e observei ele indo de um lado para o outro pegando o que precisava para fazer o nosso café, e pelo que parecia ia ter chocolate.

 

— Prove. — Jimin chegou até mim com uma colher que havia o chocolate com leite condensado que ele estava preparando e provei. — E aí?

— Puta merda... — parei para pegar mais um pouco na colher. — ... tá muito bom. — ele riu.

— Eu sei que sou um cozinheiro de primeira. — falou convencido.

— Mas não se compara ao Jin. — sorri.

— Isso é verdade. — rimos e ele provou um pouco, fazendo seus lábios sujarem um pouco.

— Vem cá.

 

Puxei ele com a mão iniciando um beijo, que por um acaso estava doce por conta do chocolate, e meu Deus, aquele beijo me deixava louco, era tão quente e exitante, ele puxou meu lábio e eu puxava o dele, sorriamos entre o beijo, ele sugava meus lábio e eu arranhava levemente sua coluna por baixo da camisa, exploravamos cada canto da boca um do outro até que encerramos o beijo com ele dando uma mordiscada no meu lábios me fazendo dar um leve suspiro e sorrimos. Olhei de relance atrás do Jimin onde se encontrava a porta e tive a surpresa de ver Namjoon de braços cruzados, encostado no caixilho nos olhando com um sorriso de orelha a orelha.

 

— Continuem, continuem, não queria atrapalhar os dois. — ele ainda sorria. — Vim só pegar alguma bobeira para comer. — Jimin me encarou com os olhos um pouco arregalados e eu acho que a minha cara era a mesma, parecia que tinham borboletas na minha barriga. — Aish, credo, parem de me encarar como se eu fosse um fantasma. — ele pegou uma maçã na fruteira e sentou em um dos bancos da bancada onde a gente estava.

— Namjoon... a gente... apenas... — Jimin tentou falar, estava um pouco corado.

— Caralho Jimin. — ele riu. — Para de gaguejar, eu já sabia que isso acontecer, e eu estou feliz por vocês, vocês não sabem o quanto. — Namjoon deu um largo sorriso. — Como aconteceu? Como começou?

— Eu e o Jungkook começamos a discutir no quarto, até que tocamos em assuntos que realmente deviam ser revolvidos, quando eu vi a gente já estava se beijando, e você me chamou. Estamos ficando. — Jimin riu.

— CARA, ALELUIA! EU SABIA! — gritou Nam eufórico.

— Rap Mon, não grita! — ri.

— Vou chamar os meninos pro café. — Jimin se retirou subindo as escadas.

— Como está se sentindo hein Jeon? Já meteram?

— Caralho Namjoon! Não! — ri alto. — Eu estou muito feliz, é sério. — passei a mão pelo meu cabelo um pouco ansioso. — Agora só temos que falar para os meninos.


Notas Finais


EITA PORRA! PEGA A MULHER, ou melhor, PEGA O HOMEM! :') TEVE BJ, TEVE CHOCOLATE VULGO CHOCOLATE COM LEITINHO!

Bom galera é isso, eu vejo vcs no próximo cap :)) ♡ ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...