História Only you ➸ Xiuchen - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chenmin, Xiuchen
Visualizações 100
Palavras 1.153
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Esporte, Lemon, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Chapter 1


[Author pov's]

Já fazia mais de meia hora desde que Minseok esperava Jongdae no mesmo lugar de sempre depois de uma partida do time, e como de costume o mais novo havia perdido o tempo e se atrasado. O mais velho já havia perdido a conta de quantas vezes olhava para a tela do celular para ver as horas e conferir se Jongdae havia lhe mandado alguma mensagem, mas nenhum sinal do mais novo.

Discou o número do celular do mais novo pela milésima vez seguida, esperou até o último toque, mas a ligação foi acabar na caixa postal, novamente.

— Desgraçado. — Xingou o mais novo para si mesmo.

Assim que finalmente desviou a atenção do celular, bloqueando, viu Jongdae se aproximando.

— Onde você estava? — O mais velho perguntou apreensivo assim que Jongdae chegou mais perto.

— Já estava vindo, calma. — Jongdae respondeu.

— Eu marquei com você aqui faz mais de meia hora! Porque tanta demora? — Repreendeu o mais novo.

— Não estava com ninguém calma, não precisa ficar com ciúmes. — O mais velho revirou as olhos.

— Não seja idiota. — Olhou novamente para as horas na tela de seu celular. — Nós temos quer ir logo. — Agarrou a mão do maior fazendo o mesmo sorrir e puxou até onde estava o seu carro.

O time de futebol da universidade onde jogavam havia garantido a sua terceira vitória seguida nos últimos jogos do campeonato e como recompensa o time iria se reunir em um bar na cidade. O caminho era longo e Minseok odiava dirigir a essa hora, já estava de noite, cerca de sete da noite, a estrada não era mil maravilhas, devido a isso ele estava um pouco nervoso. Jongdae observava o nervosismo do colega de quarto e tentado fazer o mais velho se acalmar ele levou sua mão até a coxa de do mesmo, fazendo-o se assustar. Minseok sorriu com a atitude do rapaz.

— Estou bem. — Suspirou um tanto aliviado. — Não se preocupe.

A mão de Jongdae ainda permanecia em sua coxa, agora começando com movimentos circulares.

— Melhor você tirar essa mão daí. — Resmungou o mais velho sem tirar a atenção da estrada.

— Porquê? Você gosta quando eu faço isso. — Jongdae provocou, fazendo o mais velho sorrir.

— Sim, mas não quando estou dirigindo de noite, quer que eu bata o carro? — Olhou rápido para o mais novo, que imediatamente parou o que estava fazendo.

— É verdade desculpe. — Jongdae disse sorrindo para o mais velho, aproveito e deu rápido beijo na bochecha do mais velho.

— Falei sério. Não fique me provocando.

                              * * *

O carro ficou silêncio depois daquele momento, o mais novo decidiu ligar o rádio do carro, ficou mundando de estação várias vezes até que desistiu e parou o que estava fazendo deixando o carro novamente no silêncio total.

— Então. — O mais velho quebrou o silêncio. — O que nós somos? — Perguntou observando atentamente a estrada pela qual trafegava.

— O quê? Por que essa pergunta Minseok?

— Apenas me responda. — Desviou a atenção rapidamente e olhou para Jongdae.

— Pergunte novamente. — Jongdae sorriu provocando o mais velho que sorriu de volta.

— Então, o que nós somos?

— Amigos! — O mais novo sorriu largo ajeitando a blusa sobre o próprio corpo.

— Somos mais que amigos. — Tirou por um momento os olhos da estrada para encarar rapidamente o loiro que mantinha um sorriso largo.

— Sim... — Deu uma leve pausa dramática, típica de Jongdae. — Somos super melhores amigos!

— Amigos não se beijam! — O mais velho rebateu, quando avistou a placa do bar como destino final.

— Se beijam sim! — Riu sarcástico e olhou para o mais velho.

— Amigos não se tocam como nos tocamos. — Esbravejou enquanto estacionava o carro no local, pode observar o resto do time dentro do local ambientazado por vidros.

— Se tocam sim!

— Jongdae, nós não somos só amigos! — Finalmente virou o olhar para o banco do passageiro vendo um enorme sorriso na boca alheia.

— Somos sim! — Tomou os lábios alheios ao chegar perto de um jeito felino e necessitado.

— Me poupe Jongdae, os meninos estão nos esperando lá dentro! — Quebrou o ósculo fazendo com que o outro soltasse uma leve risada com tamanha braveza.

— Você fica falando essas coisas, o você quer que eu faça?

— Vamos logo antes que vejam a gente aqui.

— Eu não me importo se nos verem. — Se esticou até conseguir beijar a bochecha do mais velho, fazendo o mesmo sorrir.

— Mas eu me importo, vamos. — Tirou a chave da ignição.

— Tá bom. — Os dois sairam do carro e caminharam devagar até a entrada do bar.

— Você está lindo hoje. — Jongdae disse ao mais baixo, que revirou os olhos e deu de ombros.

— Pare de me olhar assim, está babando. — O mais velho disse antes de dar um passo a frente e abriu a porta do bar.

E enfim entraram no estabelecimento, procurando os meninos do time de futebol.

— Vocês demoraram muito. — Chanyeol disse assim que viu os dois se aproximando da mesa onde o time estava.

— Ficaram muito tempo dentro do carro. Estavam se pegando.

— Não sou igual você Baekhyun! — O mais velho disse arrancando sorrisos de todos inclusive de Jongdae.

Depois de cumprimentarem todos na mesa. os dois finalmente se sentaram nas duas últimas cadeiras vazias um do lado do outro.

Os dois eram colegas de quarto desde que entraram na universidade, ficaram bastante próximos um do outro em pouco tempo de convívio. Eles começaram com uma típica amizade entre universitários, mas um forte atração que ambos sentiam um pelo outro falou mais alto e sua relação virou o que se chama de amizade colorida, mas os dois nunca admitiriam isso e continuaram a denominar seu relacionamento como apenas amizade.

— O que você vai querer? — Baekhyun perguntou apenas para Minseok pois o Jongdae já tinha pegado um copo de cerveja que um colega do time tinha lhe oferecido.

— Um refrigerante. — Minseok respondeu.

— Não vai beber com a gente? — Baekhyun questionou.

— Não obrigado, tenho que dirigir de volta.

— Ah sim.

— Você é sempre tão responsável. — O mais novo disse com os cotovelos sobre a mesa olhando para Minseok praticamente o apreciando

— Não quero ficar bêbado como da última vez. — Os dois se lembraram desse fatídico dia, onde o mais velho literalmente implorava para fazer sexo com Jongdae.

— Eu gosto de você bêbado.

— Idiota. — Jongdae sorriu largo pousou a mão sobre a coxa do mais velho e apertou a mesma.

— Não faça isso aqui. — Minseok sussurrou para o colega que continuava com seu sorriso largo.

— Tem razão, temos a noite toda pra fazer isso não? — Jongdae não se assustou com um tapa no ombro que levou do mais velho, pois já estava esperando. No final as contas Minseok sabia que apesar de estar bravo ainda acabaria na cama de Jongdae.

Continua...


Notas Finais


Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...