História ONV-Os Novos Vingadores. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Exibições 26
Palavras 1.545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção Científica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oooooi!
Sim, eu sei, não posto deve fazer um século e meio.
Mas, sacomé né? Final de ano, indisposição, viagem pra lugar onde não tem internet, falta de inspiração....esses e muitos outros foram os meus motivos para não ter postado a um tempinho.
Enfim, fiquem com o cap, e já aviso, eu foquei bastante em alguns personagens que eu estava deixando de lado, ma só capítulo não tem muitas falas.
Beijos By e Brigadeiros ❤️

Capítulo 12 - Capítulo 12- Leon FosterOdinson


Fanfic / Fanfiction ONV-Os Novos Vingadores. - Capítulo 12 - Capítulo 12- Leon FosterOdinson

POV’s Leon Foster/ Odinson (Anônimo)

-Não, isso não vai dar certo!-Falei para Rose depois de horas tentando bolar um bom plano, mas ainda não tínhamos nada.
-Pode dar certo, sim, Leon!-Ela teimou.-Se eu fizer...
Parei-a com a mão, e ela murchou, estivera realmente animada com as perspectiva de fugir daqui, pelo que entendi, Loki tentou tomar o controle de sua mente.
Pensei mais um pouco e voltei a forçar minha mente a descobrir uma maneira de fugirmos daquele lugar nojento!
Fiquei um bom tempo divagando e imaginando possíveis técnicas para dar um perdido nos guardas, mas era difícil, eu tinha que lidar com Ultron e Loki, e, se sozinho eles já são perigosos, imagina juntos.
-Léo.-Ouvi a voz doce de quem eu gostava tanto (N/A: Eu sei, meloso pra cacete, mas, eu acho tão fofo!), e rapidamente reparei que Andy já tinha acordado.- Anya pode trazer alguns zumbis pra cá, já que ela é necromante, e eles podem confundi-los, e isso distrairia os guardas, o resto dá para improvisar, e, bom, voltamos pra casa!
-Ei...essa...é uma boa ideia!-Rose concordou freneticamente.- Posso tentar fazer os robôs do Ultron serem engolidos pelas sombras, eles vão parar de funcionar...eu acho! Pode dar certo!
-Então, vamos fazer isso!
Andei pelo cubículo e, junto a Rosaliyn (acho o nome dela até bonitininho) e Andy, comecei a tentar acordar o pessoal, Henry, Thomas, Brook e Brendan foram bem fáceis e acordaram rápido (N/Thomas: Eu sei, sou maravilhoso!) Ei, ei, ei! Que palhaçada é essa? Pode sumir do meu POV! (N/Thomas: E se eu não quiser?) (N/A: Thomas, para de ser chato e deixa o coitado continuar a narrar a porra da história que eu quero usar pelo menos quatro paginas do Word hoje!) Isso ai! (N/Thomas: Mas eu não quero!) (N/A: Quem é que pode fazer você morrer?) (N/Thomas: Você) (N/A: Quem pode fazer você engravidar uma moça e ter que assumir o baby?) (N/Tom: Tu!) (N/A: Quem pode fazer você nunca mais transar?) (N/Thomas: Tá bom!) Continuando...
Anya e Ally acordaram num salto e Uni e Jade fizeram o mesmo.
Depois de explicar o plano para todos, Brook e Ash se dispuseram a tacar o terror na fortaleza, Ash podia causar um terremoto e um incêndio, e Brook (que tinha poderes de invisibilidade) atacar os guardas e nos proteger do fogo, invisível, é claro.
Alguns ainda estavam sonolentos, mas a perspectiva de poder ir dormir novamente em nossas camas quentinhas, rindo com nossos colegas de quarto e xingando o Fury os acordou rapidinho.
Então, no dia seguinte, começamos a por nosso plano em prática.
- É agora!- Comemorei- Anya, pronta?
Ela assentiu concentrada. Strange fechou os olhos e fez um símbolo com as mãos, do chão para o ar, em um gesto repetido várias e várias vezes.
Espíritos, acinzentados e esquisitamente feios de pessoas ainda mais feias brotaram do nada, e murmuravam coisas sem sentidos, Brook olhou completamente confusa para os fantasmas, mas não recebeu nenhuma explicação da parte de Anya, a única que entendia o que estava acontecendo.
Os olhos de Henry brilhavam a perspectiva de sair daquele lugar gelado, se muitos arranhões. Lucas e Gabriel andavam mancando rapidamente até a porta, corri com todas as forças que tinha ao lado de Andy.
Derrapamos em um canto escuro e começou, os espíritos levavam os guardas curiosos para o fogo queimante de Ash fez surgir ali. Gritos de dor e desespero vieram aos meus ouvidos, mas descobri que não me importava, o que me importava era se eu e meus amigos estávamos bem, o resto não tinha o que se preocupar, Brook nos cobria com os escudos invisíveis (N/A: Sei lá como caralhos isso se chama), Ash passava á frente, mostrando o porquê de termos que chamá-lo de Elementen.
Saímos do corredor e finalmente estávamos na sala de entrada, mas não ia ser tão simples, Ultron e Loki se encontravam parados, imóveis em frente para a grande porta dourada, o último olhava para nós com um sorrisinho maléfico e extremamente assustador.
Thomas (N/T: Eu sei, sou muito...) VAI SE FODER, THOMAS! EU TENHO UMA BATALHA PARA NARRAR, PORRA! (N/T: Que violência, mas eu vou te desprover da minha companhia!) Vá com Odin! Então...continuando....
Thomas, por algum motivo que desconheço, começou a rir, motivo? Nem pergunte!
Então, com passos metálicos sincronizados com os de Loki, Ultron atirou -sem nenhuma cerimônia- em mim!
Cai, a dor no meu ombro latejava e parava qualquer movimento que eu antes conseguisse fazer. Ardia, o frio daquele lugar fazia arder ainda mais, eu definitivamente queria minha mãe (N/T: Bebezão....).
-LEON! Não, não, por favor, aguenta! Seja forte!- Andy pôs a mão em meu ferimento, acariciando. Seu toque fazia bem, seu toque acalmava, mas isso na significa que parou de doer.- Ah, Léo, seu ombro está em carne viva!
Consegui a proeza de abrir os olhos, todos lutavam. Me senti um idiota, sou o mais forte da equipe (N/Resto da ONV: VAI ACHANDO!) e estava ali, deitado no chão com lágrimas nos olhos sem conseguir me mover sem arrancar mais dor.
Gabriel e Lucas lutavam em perfeita harmonia contra pelo menos duas dúzias de Chitauri, em um combate equilibrado.
Lucas conseguia facilmente prender a distração dos Chitauri jogando-lhes suas bombas de gás do riso, enquanto o amigo os golpeava rapidamente, eram uma dupla realmente fascinante, até porque sempre se deram super bem, desde o começo.
Brook bloqueava alguns robôs com seus escudos, usava sua invisibilidade para surpreender outros, luta bem, essa Nome De Bairro!
Ally conseguia enganar vários Chitauri com seu poder de projeção mental, o que a fazia estar à frente de todos eles.
Thomas e Mary praticamente destroçavam os robôs de Ultron com seus golpes extremamente bem dados, claro que, o Wilson se aproveitava para dar umas boas passadas de mão na bunda e nos seios da Jackson.
Ash conjurava jorradas e mais jorradas de água por cima dos ciborgues, pifando seu sistema com sucesso.
Brendan se encontrava caído sangrando em um canto, seus ferimentos abertos, e Jade protegia seu corpo indefeso no momento. Não deixei de perceber que Gabriel já tinha levado um bom coice enquanto olhava ciumento e furiosamente para a proteção que a loira dava ao corpo do rapaz.
Andy arrancava vários pedaços da parede e lutava com os Chitauri sozinha, quando acabou sendo atingida e sua vida ameaçada, logo Henry e Rose jogaram alguns ciborgues ali por perto dela, mas correram rapidamente para acudi-la.
Sentindo uma força que não sabia de onde saiu, me levantei meio zonzo e corri e, direção ao grupo de alienígenas, continuando a luta da Andy.
Um dos bichos pulou em minhas costas e tentou me cortar, mas peguei-o pelo pulso e o joguei na minha frente. O Chitauri levantou-se e eu pude dar-lhe uma cabeçada no queixo, fazendo com que ficasse tonto.
Ouvi um barulho tomando conta do palácio de Odin, e senti um pequeno tremor se apossar do meu corpo. De repente, Thor e os outros Vingadores surgiram pela vidraça avermelhada.
-FIQUEM LONGE DA MINHA FILHA!- Wanda e Natasha berraram juntas.Oi? Eu perdi alguma coisa? Ué! Que eu saiba, nenhuma das duas tem filhos!
-E DO MEU FILHO!-Tony, o Gavião e Thor também resolveram dar o ar de suas vozes, por algum motivo, senti os olhares do deus do trovão em mim, e os de Loki também.
Foi um estraçalho.
O Capitão (N/A: Único que ainda não sabe de porra nenhuma), o Mercúrio e o Hulk ficaram ali, de boa, encostados na parede calmamente, enquanto assistiam o massacre as forças de Loki e Ultron.
Em questão de três minutos, o Flash, os X-Men, o Hulkling, o Wiccano, o Doutor Estranho, o Quarteto Fantástico e o Deadpool também estavam ali para defender suas crias, com as maiores caras de fúria.
-Isso é para vocês aprenderem a nunca mais mexer com a minha “filha”!-Tempestade rosnou, e matou o maior número possível de robôs com apenas um raio.
O Deadpool (N/T: Meu pai, ele é lindo não é?), em um ato que eu jamais imaginaria que ele cometeria, simplesmente acabou com todos os alienígenas que ousavam se posicionar para atacar seu filho.
Doutor Estranho estava muito interessado em proteger Anya, e eu sabia o porquê, acho que ele já sabia quem era o pai da nossa querido inteligência rara.
O Coisa começou a sua luta com os “mestres” dali, não levava a melhor, mas continuava insistindo fortemente, agora com a ajuda dos X-Men (Que tinham uma expressão tão assassina no rosto que estou com um pouco de medo), dos Vingadores e os pais adotivos de Rose.
O Flash abraçava e trocava carinhos com Uni, e apenas agora, que os vi lado a lado, percebi como pai e filha se parecem.
O Sr. Fantástico, a Mulher-Invisivel e o Tocha-Humana praticamente sufocavam Brook, tanto que Brendan (ainda com o corpo marcado de tão ferido) abanava a garota, tentando faze-la respirar.
Mas logo, o Deus da Trapaça foi derrotado por Tony, e o Robô Esquisitinho fugiu.
Fomos andando até um portal colorido, guardado por um enorme homem vestido de dourado, quando Anya de repente parou e perguntou:
-Espera, vocês chegaram aqui berrando para o Loki e o Ultron, mas...
-Explicamos tudo na agência da SHIELD, é muito para contar agora.-Thor respondeu, me olhando, e senti um certo calor em seu olhar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...