História Oodal - Imagine Jin. - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Bts, Imagine Com O Jin, Imagine Jin, Imagine Jin Bts, Imagine Jin Portugues
Visualizações 88
Palavras 1.769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá... Gente esse capítulo é apenas para vcs terem alguma coisa para ler no feriado, pois provavelmente sábado ou domingo estou postando outro.
De qualquer forma espero que gostem. ^^

Capítulo 14 - Desmascarados.


Fanfic / Fanfiction Oodal - Imagine Jin. - Capítulo 14 - Desmascarados.

Capítulo 14: Desmascarados.

Jin ainda dormia quando me acordei. Tomei um banho e troquei de roupa, eu estava indo para a cozinha quando escuto meu celular tocar na sala.

Ligação ON. – Juh.-

S/n: Oi amiga, bom dia.

Juh: Bom dia S/n, está com a voz animada, aconteceu alguma coisa boa?

S/n: ...Não, mas porque está me ligando tão cedo, ainda são 5h30min, aconteceu alguma coisa?

Juh: Aconteceu, eu estava indo para o trabalho andando, mas me deu uma dor de barriga e eu estava perto da sua casa.... Então se você abrir logo a porta eu agradeço...

S/n: Ata. – Falo desligando o telefone e abrindo a porta.-

Ligação Off. – Juh.-

Abro a porta e me deparo com uma Júlia fazendo caretas e de mãos na barriga, ela me empurra passando por mim correndo.

S/n: O banheiro do corredor está quebrado, você vai ter que usar o do meu quarto.

Juh: Tá e onde é o seu quarto? – Falou com a mão na barriga e se contorcendo.-

S/n: Primeira porta a direita depois de subir as escadas. – Falei olhando para ela e prendendo o riso.-

Juh: Espero chegar lá a tempo. – Falou subindo as escadas.-

Juh já estava quase terminando de subir as escadas quando me lembro que assim que ela estrasse no meu quarto se depararia com um Jin deitado em minha cama completamente desprovido de qualquer tipo de roupa.

S/n: Espera Juh! – Falo subindo as escadas de dois em dois degraus e rapidamente ficando na frente da porta.-

Juh: O que foi agora s/n, eu estou quase melando as calças, sai logo da frente dessa porta mulher!!!

S/n: Eu sei amiga, mas é que o meu banheiro está uma tremenda bagunça, e além domais eu estava prestes a dar descarga quando você pediu para eu abrir a porta, então acabei esquecendo de dar descarga por isso cheiro não vai ser nem um pouco agradável... – Falei a olhando serio para ser mais convincente.-

Juh: Amiga, veja só, o perfume de nossa merda vai se misturar se tornar um só odor, e ainda vamos aproveitamos para economizar água, isso não é uma maravilha?! Agora sai logo da frente dessa porta. – Fala me empurrando e quase abrindo a porta.-

S/n: Deixa de ser nojenta Júlia. – Falo segurando-a pelo braço.- Você pode usar o banheiro do quarto de hospedes.

Juh: Olha só você está estranha, só não vou fazer um interrogatório pois estou quase fazer nas calças. – Bastou ela falar isso para um odor surgir no ambiente e ela começar a rir de nervosa.- Meu Deus amiga! – Exclama pondo a mão na bunda, e eu apenas fico rindo da mesma.- Agora eu preciso ir logo. – Fala dando as costas e indo em direção a porta que ficava na frente do meu quarto.-

Jin: Você usou o banheiro? – Jin surge falando atrás de mim, me dando um susto.-

S/n: O que? – Olho para o mesmo que estava de calça, mas sem camisa.-

Jin: Você usou o banheiro? Bem, espero não precisar de uma máscara de gás para poder ir ao banheiro.- Eu estava completamente envergonhada.-

S/n: Vai se vestir antes que ela apareça. – Falo dando um tapa no ombro do mesmo. Na verdade, eu só queria mudar de assunto para esconder minha vergonha.-

Jin: Acho que ela vai demorar um pouco para governar o reino dela. – Falou rindo.- Alguns soldados estavam escapando aqui no corredor mesmo. – Falou pondo a mão no nariz, ri com o comentário do mesmo e o empurrei para dentro do quarto fechando a porta.-

S/n: Vai logo Jin, se ela te ver aqui ela vai... – Ele me interrompe com um breve selar.-

Jin: Eu já estou indo. Ah! Posso mesmo usar o banheiro? – Pergunta rindo.-

S/n: Vai logo, eu não usei o banheiro para isso...

Jin: Eu sei sua boba, eu já usei o banheiro só preciso colocar a camisa.

S/n: Então põe logo para sair antes da Juh terminar de governar o reino dela. – Falo rindo.-

Estávamos rindo do que eu havia acabado de falar quando a porta do meu quarto é aberta, revelando uma Júlia aliviada e com um sorriso maliciosa estampado no rosto.

Jin e eu ficamos nos entre olhando sem sabermos o que falar ou fazer.

Juh: Eu sabia que você estava escondendo alguma coisa, agora eu só não imaginava isso. – Fala apontando para o Jin.-

S/n: Escondendo alguma coisa? – Pergunto com um sorriso forçado nos lábios.- Amiga o Dr. Jin acabou de chegar, não é nada disso que você está pensando.

Juh: E ele já chegou tirando a roupa, cê tá muito tarado Jin. – Fala olhando para o Jin que estava sem camisa.

Jin: Tarada é a s/n, a culpa é dela. – Fala olhando para o teto, tentando esconder um sorriso.-

Juh: Da pra ver. Olha só a calcinha que ela tava usando. – Fala pegando a peça que estava jogada no chão.- Amiga assim você quer mata o Jin do coração. – Eu sinto meu rosto ficar quente e provavelmente eu estava vermelha.-

Jin: Nossa ela realmente estava usando isso? Eu nem reparei.

Juh: É eu imagino que tinhas outras coisas para você reparar... – Fala com um sorriso safado no rosto.-

S/n: Já chega vocês dois. Querem fazer o favor de parar de falar sobre minhas roupas intimas?! – Falo tomando a peça da mão de Juh.- E Juh se você já usou o banheiro deveria se apressar hoje você começa o trabalho mais cedo, e creio que já está na hora.

Juh: Ah!! É verdade, na hora do almoço falo com você mocinha... – Falou mandando um sorriso malicioso para mim e para o Jin.-

Acompanho a Juh até a porta, e assim que a fecho Jin me fala que também precisa ir.

Jin: Eu preciso ir, mas quero que você saiba que amei bastante a noite. – Fala me dando um beijo na testa.- Até no hospital.

S/n: Até... – Falo abrindo a porta e vendo o mesmo saindo.- Jin... – Falo e o mesmo olha para traz.- T-também gostei muito da nossa noite... – Vejo Jin dar um sorriso e eu fecho a porta devido a vergonha.-

Quebra de Tempo.

Amanhã foi calma no hospital, e já havia chego a hora do almoço. Escuto alguém bater na porta da minha sala e peço para a pessoa entrar na sala.

S/n: Pode entrar. – Falo e a porta é aberta revelando a Juh.-

Juh: AMIGAAAA!!! – Fala entrando e fechando a porta.- amiga, me fala tudo.

S/n: Tudo o que? Depois do que você viu hoje tem mais alguma coisa para se explicar? – Falo me levantando da cadeira e guardado alguns livros na prateleira.-

Juh: Claro que tem. Afinal eu apenas vi o resultado da noite de vocês, e não sei como vocês chegaram a um nível tão avançado.

S/n: Está bem, então vamos nos sentar. – Falo apontando para um sofá que havia na sala.- Bom, por onde começar?

Juh: Pelo início? Tipo como foi que ele foi parar na sua casa? E claro que eu quero saber como foi até ele chegar na sua cama. – Fala com um sorriso malicioso.-

S/n: Está bem. – Suspiro.- Bem, o Jin me chamou para jantar, eu pensei em não aceitar, mas acabei por aceitar o convite. – Olho para Juh e vejo o quão interessada ela estava pela história.- Fomos a um restaurante super chique – Falo fazendo cara de patricinha e Juh ri.- Ficamos conversando por um tempo até que a mãe dele chegou no restaurante e... – Sou interrompida por Juh que deu um grito de espanto.-

Juh: MÃE??? Como assim a mãe dele estava lá? Me conta isso com mais detalhes S/n.

S/n: Calma doida, a mãe dele não estava lá, ela chegou depois. E continuando, a mãe dele se sentou com a gente, e ficamos conversando. Ah e eu amei conhecer a mãe dele, ela é um amor de pessoa.

Juh: Quer dizer que mesmo a mãe dele estando lá você não cometeu nenhum erro? Tô chocada, eu teria... sei lá, caído, ficado bêbada..

S/n: E eu fiz tudo isso. – Juh me olha pasma.- A mãe do Jin e eu começamos a beber um pouco de vinho e quando nós menos esperamos havíamos bebido uma garrafa inteira. Então a mãe dele pegou no sono com o rosto sob a mesa, o Jin havia ido fazer uma ligação e eu resolvi ir ao banheiro e quando eu estava voltando tropecei e cai. – Juh abre a boca para falar alguma coisa, mas eu a impeço.- O Jin ouviu quando eu cai no chão e veio me ajudar. Depois disso o um carro veio buscar a mãe do Jin, e fomos para casa eu dormi a viagem inteira, então quando cheguei em casa não estava tão bêbada.

Juh: AAAAAHHH!!! ME FALAAAA, COMO FOI QUE O JIN FOI PARA NA SUA CASAAAA!!!

S/n: Calma mulher, cê sabe que eu estou contando apenas por alto né, mas de qualquer forma, deixe-me continuar. Eu estava decidida a dar uma chance ao Jin, mas ele meio que recusou pois achava que eu estava bêbada, e acabamos tendo uma pequena discursão, mas logo nos entendemos e... bem, o resto foi só maravilhas se é que você me entende. – Falo mandando um olha safado para a mesma. Alguém novamente toca na porta e eu concedo a entrada, dessa vez era o Hope.-

S/n: O que foi Hope, algum problema?

Jh: Problema, Não, não. Quer dizer... na verdade sim, é que amanhã é dia das crianças e o hospital sempre convoca alguns médicos para animar a ala infantil.

S/n: Dia das crianças? Ué, mas não estávamos em maio ainda?

Juh: Amiga o dia das crianças aqui é dia 5 de maio, você esqueceu? – Faço que sim com a cabeça.-

S/n: Mas, então Hope, o que podemos fazer para ajudar?

Jh: Bem, vocês podem ajudar a animar a ala infantil? Os meninos e eu também vamos.

S/n: Bom por mim tudo bem.

Juh: Sem problemas, eu amo crianças e você S/n?

S/n: Até gosto, mas delas longes de mim. – Sorri fraco.-

Juh: E se o Jin quiser... – Coloco a mão na boca de Juh a impedido de continuar falando.-

Jh: Se o Jin quiser o que?

S/n: Fazer brincadeiras com as crianças, não é Juh? – Pergunto olhando para mesma que ri e confirma o que eu estava falando.-

Jh: Então está bem, amanhã é sou chegar cedo. Ah, e vocês estão livres. – Juh e eu olhamos uma cara a outra sem entender muito bom.- Vocês podem ir para casa agora mesmo se quiserem.

S/n: Serio? Que Ótimo, estou precisando descansar.

Juh: É, deve estar precisando mesmo né amiga. – Dou um tapa no braço da mesma que rir saindo da sala junto com o Hope.-


Notas Finais


Eai, gostaram? Espero que sim.
Não esqueçam de comentar e favoritar caso ainda não o tenha feito


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...