História Open Your Eyes - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 45
Palavras 825
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Capítulo 8



A proposta de Tae parece tentadora, mas não quero expô-lo ao perigo, ele não tem nada a ver com isso, nem mesmo eu sei o que eu tenho a ver com essa história toda de sequestro, na verdade nunca havia pensado nisso, por que raios ele iria logo atrás da minha mãe?, e, por que me levaria junto? Já que eu não sabia de nada, e meus amigos a vida não e realmente justa, sabe de uma coisa eu vou procura saber o porque dele ter escolhido a minha família já que nós não eramos o perfil de vítimas dele. Eles geralmente matava, mulheres ricas e jovens, e que eu saiba minha familia não é rica, nós eramos bem de vida, nada além disso, que eu saiba meu Appa e minha Omma eram boas pessoas e não eram envolvidas com tráfico de drogas, nem nada do tipo, mas eu como eu não posso mais fazer nada eles não estão mais aqui comigo agora eu estou sozinha.


Eu: Omma você faz tanta falta.


Ouço a minha campanhia tocar, quem é o otário que me faz levantar às 11:37 da noite de uma terça-feira, não basta amanhã eu ter que levantar cedo para ver um psicopata estuprador? O que mais Deus quer de mim? Tá eu sei que eu estou fazendo drama mais sério essa pessoas não tem o que fazer. Olho pelo olho mágico e vejo o Jimin. Pera o Jimin? O que ele faz aqui huh? Isso não me cheira bem tanto que vou dar uma de surda e dormir, eu nem conheço ele o que ele veio fazer aqui? Sabe de uma coisa nem quero descobrir. Se for mesmo portante ele me fala amanhã.


X Quebra de tempoX


Acordo cedo, tomo meu banho para espantar a preguiça mas quem disse que ela sai de mim, só de saber que eu vou ver ele, chega a me dar uns calafrios, eu tenho muito medo dele, ainda mais porque ele sabia que eh iria sair com o Taehyung ele realmente tem alguém de olho em mim, mas desde que não faça mal ao Tae está ótimo para mim, não suportaria saber que ele se machucou por minha culpa. Tomo meu café da manhã que se resume a cereal porque eu tenho preguiça de fazer algo elaborado. E como prometido Tae está em frente a minha casa para me levar ao meu "trabalho"



Taehyung on:


Coitada se ela soubesse que eu sou a pessoas que está de olho nela pelo meu velho amigo Jungkook, jamais aceitaria essa carona, ou até mesmo sair comigo para jantar. Mas existe um pequeno problema nisso tudo. E o nome dele é Jimin ele sabe de tudo e isso é uma merda porque ele pode acabar com todo meu teatro até agora, ela até que é legal, mas eu só estou fazendo isso por meu amigo que é obcecado nela, e se você esta se perguntando se todos os meninos sabem ou participam, não eles não sabem de nada apenas eu e Jimin que na verdade quer ajuda-la.


Eu: Então você.... É vai ir morar comigo?- diz que sim você vai facilitar meu trabalho.


S/N: Não... É eu não quero colocá-lo em perigo, então não.- aish merda porque tão difícil assim.


Eu: Não vou ficar em perigo- não quando o perigo sou eu- quero apenas te ajudar.


S/N: Não, e não quero mais falar sobre isso.


Bufo ao escutá-lá dizer tais palavras, eu a conheço a pouco tempo, porém conheço-a muito bem, se ela diz não é não, e nem tente insistir. O Jungkook vai me matar se descobrir isso, ele a observa desde pequeno mas nunca teve coragem de falar com ela, mas ele mudou muito desde aquela época, agora mesmo que ela não o queira será obrigada a ficar com ele, isso se o Jimin não atrapalhar tudo aquele sem noção, por que ele não fica na dele e facilita o meu trabalho? Por que ninguém facilita o meu trabalho?


Eu: Chegamos.


S/N: Okay, obrigada Tae.


Eu: Por nada,e que horas você sai?


S/N: Mais os menos às dez.


Eu: Eu vou estar aqui em frente okay?


S/N: Não pres....- a interrompo


Eu: Precisa sim.


S/N: Então tá esquentadinho, até logo- fala se distanciando acenando com a mão direita.


Eu:Bom agora e só passar a manhã do lado de fora.


Eu sei que o que eu faço com ela é errado, mas ele, o Jungkook fez muito por mim quando eramos mais jovens, ele mudou minha vida e sou eternamente grato por isso, então não poderia negar a ele esse favor, que é fazê-lá confiar em o suficiente para levá-lá a minha casa e mantê-la presa até que ele consiga fugir e se mandar daqui com ela.

Taehyung off

S/N on:

Adentro a clínica, fico cara a cara com a porta de Jungkook, e antes de adentrar a sala o única coisa que vem e minha mente é "E lá vamos nós novamente".


Notas Finais


Desculpa o capitulo ser curto juro que vou compensar vocês, annyeong ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...