História Ópera dos Lobos - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Jongin, Kaisoo, Kyung Soo, Romance
Exibições 86
Palavras 3.361
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Lemon, Luta, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie! Ééérrr... então está aqui o capítulo 10 e uns dos meus maiores sacrifícios, seguinte esse capítulo tem em torno de 3.000 alguma coisa se não me engano e outra esses capítulos são escritos no caderno porque eu preciso da avaliação de outras pessoas ( meus amigos <3) e metade deste capítulo foi escrito por outra pessoa certo? Essa pessoa veio aqui em casa e escreveu três páginas e eu né o resto. Enfim desculpem a demora, mas foi porque eu escrevi muito e também fiquei com um pouco de preguiça de passar todas essas palavras pro pc.... cara em minha opinião esse capítulo tá meio estranho, não só pelo fato de que está grande em comparação com os anteriores, mas também porque eu vou precisar pensar em como fazer no próximo capítulo um lemon que preste.
E eu realmente tive que procurar pessoas na internet fazendo um lepo-lepo para ter ideias... isso é vergonhoso.
Essa nova imagem de capa eu fiz no photoshop e não liguem tá ruim pq eu troquei o photoshop CS5 pelo CS6, não que mude muito, mas é ainda um começo para mim. Enfim chega de blá blá blá e bora lê <3
Saiu cedo por causa do horário de verão. Gente apaguei o gif porque não estava aceitando a rodagem dele! Desculpa!

Capítulo 10 - Entre Ruínas


Fanfic / Fanfiction Ópera dos Lobos - Capítulo 10 - Entre Ruínas

  Com o plano em mente D.O segue até a grande floresta parando em frente ao riacho olhando seu reflexo nas águas cristalinas.

–É agora…– D.O toma coragem respira fundo e solta seu grande uivo. Em questão de minutos outros lobos aparecem em frente o riacho expondo suas presas.

–Finalmente tomou coragem a se entregar. Lobos comecem.–Lay fala demonstrando calma e os lobos da matilha Choi seguem em direção a KyungSoo que por sua vez seus olhos demonstravam total calma para alguém que está sendo levado a outro território.

Algum tempo depois D.O e os outros lobos o vigiando chegam ao território dos Choi’s. D.O foi jogado com força no chão em frente ao líder que estava com um olhar sádico e este olhar é direcionado a KyungSoo que o olha de volta com repulsa.

–Olha, olha... então você veio mesmo.–Choi fala olhando o ser em sua frente.

–Isso é óbvio. Cadê o Jongin?– D.O vai direto ao ponto de sua mais importante preocupação: o seu perfeito ômega.

–Acho que você deveria se preocupar mais com si próprio do que com o ômega.–Choi fala dando dois passos a frente.

–Eu não me preocupo com meu estado físico, isso é inútil. Agora que você me tem aqui acho bom soltar o Jongin.–KyungSoo fala começando a sentir seus músculos se tensionarem como se quisessem rasgar sua pele ao meio.

–Hmm… interessante. O ômega está em um tratamento especial, claro que eu vou lhe dar o prazer de ver o seu desejado ômega sendo fodido sem piedade por outro Alfa.–Choi termina indo se virar quando é surpreendido por uma mordida e em seguida um soco.–S-Seu filho da puta!

–NÃO TOQUE NELE!–D.O grita sendo tirado de cima de Choi por dois lobos altos.

–E se eu tocar? O que um merda como você irá fazer?–Choi pergunta em um tom de desafio e D.O sente suas veias saltando por todo seu corpo.–Diga!

–Eu juro por nome de meu pai que se você encostar em um fio de cabelo de Jongin eu irei fazer de sua vida um inferno, pode apostar, mesmo se depois eu morrer. Mas antes disso eu irei lhe destruir em pedaços não só o físico como também seu estado mental. Guarde as palavras de D.O, KyungSoo, aquele que irá te destruir.–D.O termina com seus olhos amarelos em pura raiva.

Enquanto isso dentro da sala estava Jongin, Suho e Lu Han que tentava curar Suho que por sua vez estava estático e Jongin que enviava olhar de preocupação e irritação por Lu Han tocar seu único amigo humano.

–Eu consigo sentir seu olhar queimando em minhas costas.–Lu Han fala se virando para Jongin. – O que foi?

–B-Bem você está tocando meu amigo humano.–Jongin fala meio inquieto.

–Se eu não fizer isso ele vai pegar infecções e no estado em que você se encontra eu suponho que você não poderá cuidar dele.–Lu Han responde.

–Por que está fazendo isso?– Jongin pergunta jogando sua cabeça para o lado com um olhar curioso e fofo que faz Lu Han sorrir amigavelmente.

–Bem, eu não sou mau… E-Eu não gosto de violência. Meu último Alfa foi morto por trair, espancar e destroçar ômegas rúpteis e sabe quem o matou?– Lu Han pergunta fitando Jongin que como resposta balança a cabeça negativamente e olha atentamente para Lu Han que abaixou a cabeça e se pronunciou:

–Eu o matei…–Lu Han fala e levanta a cabeça com um olhar questionador lançando-o a Jongin.– Tem algo a perguntar? Sinta-se livre para fazer quaisquer perguntas.

–V-Você… c-co-como você o matou?–Jongin pergunta curioso.

–Bem, eu estava fazendo compras do mês na cidade, mas quando cheguei em casa… eu vi ele e um ômega baixinho tendo relações sexuais, me lembro do nome do ômega era Baekhyun…–Jongin o interrompe chocado.

–Baekhyun?!– Jongin quase grita por ouvir da boca de Lu Han o nome de um amigo precioso. Meu Deus, não pode ser meu amigo.

–Sim, mas pela sua reação você o conhece?–Lu Han pergunta.

–S-Sim, ele é um amigo precioso.–Jongin fala abaixando a cabeça.

–Oh…–Lu Han diz.–Parece que o humano acordou da transe.

–Humn… Hmnn–Suho fala pondo as mãos na cabeça.–Onde estou?

–Suho!–Jongin grita e a porta do local se abre em um estrondo. Lu Han saltou com o susto.

 

E quando todos os três olharam mais a frente lá estava D.O com as garras de fora e os olhos em um amarelo intenso, com o corpo acorrentado (ele foi pendurado no gancho). Até então o mesmo de tão insano não tinha notado a presença de Jongin, Lu Han e Suho no cômodo até um grito sair da boca de Jongin.

–Soo!–Jongin grita sentindo os olhos marejarem. Por Deus, meu Soo não, ele não!–Soo!

KyungSoo olhou em direção a voz e viu a pessoa que mais ama agitado com sua presença. KyungSoo lança um sorriso para jongin.

–Nini…–D.O sussurra e ve Jongin arregalar os olhos começando a soluçar. Ele entendeu que não precisava se preocupar com os soluços, este é o modo em que Jongin entende seu apelido de infância.

–Aí, que amor, as bixinhas se pegando.–Uma voz se faz presente. D.O e Jongin arregalam os olhos em direção a pessoa.

–Kris?!–D.O grita abismado e com uma grande pitada de raiva, até porque aqui não é uma escola e isso quer dizer que não existem regras.

–Olá, docinho.–Kris fala rindo e andando até ficar cara a cara com D.O.–Tanto tempo e ainda não conseguiu conquistar o Jongin?

–Cale a boca!–D.O grita e se sacode tentando se ver livre das correntes. Jongin fica confuso no meio disto tudo e decide perguntar.

–Soo, do que ele está falando?–Jongin pergunta confuso.

–Oh, então ele ainda não sabe?–Kris ri maldoso e KyungSoo sente um frio correr por suas espinhas.

–Cale a boca…–D.O fala baixo como um sussurro em tom de alerta.

–Então Jongin, o seu amiguinho aí tem um amor por você desde criança até hoje provavelmente. Sério que você é um ômega? Você nunca percebeu como esse troço te come com os olhos e é ciumento pra um caralho?... E hoje ele vai morrer por você.–Kris vê Kyungsoo lançar um olhar de morte em sua direção. Kris em silêncio sente medo.

–D.O isso é verdade?–Jongin quase reflete sobre o tempo de amizade com KyungSoo e agora parando para pensar, realmente juntando todas as cordas, ele meio que sabia que D.O o amava, mas ele nunca quis acreditar. E hoje todos, inclusive KyungSoo, irão morrer por sua culpa.–Diga?!–Jongin grita esperando por respostas.

–Sim, é verdade. Eu te amo e vou morrer por você.–D.O responde determinado.

Jongin se sente surpreso com a determinação de KyungSoo e sem saber reagir a notícia ele diz:

–Me perdoe! Me perdoe, Soo!–Jongin grita começando a chorar histericamente.

–Calem a boca, seus merdinhas.–O líder Choi, que até então estava quieto, se pronuncia interrompendo os demais no cômodo.

Um rosnado que vem da garganta de KyungSoo interrompe o Líder Choi.

–Chega de conversinha, vamos logo para seção de tortura e depois a carnificina.–Lay fala entrando na sala com outros lobos que estão rosnando fortemente para D.O que mesmo acorrentado está preparado para o ataque. Kris, Lay e Choi vão se aproximando do gancho onde D.O está com garras saindo dos dedos, até Lay os para e mostra um objeto.

–Olha, conseguimos isso na casa do humano Suho. O nome é Tazer e ele da choques fortes. Vamos usar no anão ali.–E aponta para KyungSoo que está com o rosto sem expressões.

–Comece.–Choi fala com seu olhar sádico. E assim os lobos começam a dar vários choques e mordidas pelo corpo de D.O. Jongin olha com horror o sangue escorrendo pelo corpo de Soo enquanto o mesmo é banhado de choques, as veias estão saltando na pele e garras para fora dos dedos, dentes agora em formas grandes de presa de KyungSoo. Os lobos começam a arranhar a barriga de D.O deixando que mais sangue escorra para fora do corpo do mesmo.

–Pare com isso!–Jongin grita assustando todos ali presentes. O coração de Jongin se aperta com os gritos de Soo.–Pare!

–Se preocupe com si próprio ômega.–Choi fala.–Luhan pode começar com os membros…–E LuHan não se move. Choi o olha esperando alguma ação, mas ele continua a não se mover.–LuHan, faça o que eu mandei!

–Não.–Lu Han responde firme.

–Como é?–Choi pergunta surpreso. Lu Han nunca se rebelou antes.

–Eu disse não. Você não vai fazer eu matar mais ninguém!–E assim Lu Han corre para soltar Jongin. Lay tenta se jogar em cima do mesmo, mas Lu han foi mais rápido em correr e se esquivar e assim ele solta Jongin que cai no chão. O primeiro pensamento de Jongin é querer manter Suho a salvo e proteger D.O dos Choi.

E, bem, Jongin se transformou em um lobo de pelos pretos que aos olhos de D.O é tão lindo. Jongin se jogou em cima de Choi, mas foi uma péssima ideia, pois Kris logo se transforma em um grande lobo cinza e finca suas garras nas costas de Jongin.

–Aaahh!–Jongin dá um grito de dor e Suho que estava calado grita arregalando os olhos.

–Parem! Por favor, não o machuquem!–Suho grita desesperado.

D.O começa a tremer novamente com raiva, e com um rosnado forte D.O poe seu plano em ação.

E assim, do nada, o silêncio reina na sala e todos em direção a KyungSoo que puxa seus braços e pernas das correntes como se ele nunca estivesse preso.

–Eu cansei, acabou a brincadeira.–e quando D.O acaba sua frase vários lobos entram pela janela, estilhaços foram ouvidos, e com um rosnado o Alfa cabeça pai de Kyungsoo entra pela janela com os olhos vermelhos tentando conter mais um rosnado.

–Olá, Choi, você talvez esperava me ver cedo, não?–O alfa cabeça fala.

–Droga! LOBOS, ATACAR!–Choi grita apontando entre D.O e o Alfa Cabeça da matilha D.

–Filhos meus, vão!–O Alfa Cabeça gritou, e seus lobos de batalha ou melhor seus companheiros, pularam sobre os inimigos e Jongin mesmo aterrorizado correu para D.O.

–Soo, o que vamos fazer?!–Jongin grita em total desespero.

–Você vai tirar o humano daqui e irá para nossa vila aonde Bakkie e Xiumin estão a sua espera.–D.O diz empurrando Jongin.

–Não! Mas e você?!–Jongin perguntou com medo da resposta de KyungSoo.

–Eu vou ficar e acabar com Choi e Kris, eu vou destruí-los.–D.O fala determinado.

–Não, não, não, não! Eu vou ficar com você!–Jongin fala e KyungSoo o olha com espanto.

–Não, vá salvar seu humano.–Soo diz.

–Não! Ele está com Lu Han e eu não te deixarei... não nessa batalha.–Jongin fala pegando o braço de KyungSoo e o virando.–Eu sei Soo que você está preocupado, mas eu desejo retribuir seus cuidados para comigo. Eu também me preocupo com você.–Jongin acaba de falar e abraça KyungSoo fortemente.

–O- O que está fazendo?!–D.O pergunta ainda paralisado nos braços de Jongin até o mesmo se afastar.

–Retribuindo meu Alfa!–Jongin sorri e puxa D.O para um beijo que poderia ser romântico, mas um grito de dor os despertam da ilusão.

–AAAhhh!!–O pai de KyungSoo grita quando uma lança atravessa sua barriga lançando sangue para todos os lados e cai agonizando no chão. Soo pode ver a fratura exposta e a costela de seu pai para fora do corpo e então KyungSoo começa a rosnar, senão rugir, os olhos em um tom intenso de vermelho, as veias saltando e seu corpo tremendo em puro ódio.

–Soo!–Jongin grita, mas fecha a boca um segundo depois quando vê o Alfa Cabeça de sua matilha com uma lança fincada em sua barriga e a pessoa que o matou. Então Jongin arregala os olhos em choque.

–KyungSoo…–O alfa Cabeça fala chamando seu filho.

–P-Pa-Pai!, pai!–Soo corre até seu pai e tremendo ele põe a cabeça do mesmo em seu colo.

–F-Filho e-eu te-tentei, t-tentei vir e ajudar, m-mas velho como eu e meu lobo, simplesmente não aguento mais… mate eles KyungSoo seja o Alfa Cabeça da matilha e seja um bom companheiro para seu ômega que agora eu sei que é o bravo e resmungão do Nini…–O Alfa para e respira fundo, ele perdeu bastante sangue com está fatura exposta.–Agora minhas cinzas vão voltar para sua mãe. Posso descansar em paz… adeus meu filho.

O corpo amoleceu nos braços de D.O, o mesmo gritou e começou a sacudir o corpo de seu pai. Jongin viu e veio andando em sua direção.

–KyungSoo, eu sinto muito, mas…–Jongin é interrompido por Kris que começa a rir da tristeza de D.O, este último fingiu não ouvir nem Jongin e muito menos Kris, ele quer seu pai vivo novamente, mas isso ele sabe que é impossível.

–Cala a boca.–Jongin diz olhando para Kris como se fosse o matar, Jongin mesmo sendo um ômega ainda assim consegue fazer pose de um alfa.

–Choi, aproveite e mate o D.O!–Lay grita com raiva – Eles já perderam bastante tempo com essa ceninha desnecessária. –Então Choi se transforma em um lobo, mas até agora ele não acreditava que o Alfa Cabeça morreu porque um humano o matou.
Bem, agora é sua chance e ele não irá desperdiçá-la. Choi rugiu e Jongin viu o quanto vulnerável Soo estava por causa da recente perda e então ele se lembrou de quatro anos atrás quando ele levou um soco por D.O e hoje ele tem certeza que vai fazer isso novamente. Ele vai provar que não é só um ômega fraco, não dá para se fazer de coitado “hoje não, não agora” ele pensa. E assim ele corre e pula por cima de Soo parando em frente ao mesmo com pose de proteção, ele se transforma em lobo e começa a rosnar como aviso de que ele irá proteger seu KyungSoo se preciso.

Eu vou te proteger, não se preocupe.” a voz de Jongin se faz presente na mente de Soo. E D.O realmente não se importa nem mesmo com Jongin.

–Vocês não irão encostar nele!–Jongin consegue transmitir com dificuldade a sua voz para as mentes de Choi, Kris e Lay.

–E quem vai impedir? você?–Kris pergunta andando junto com Choi e Lay em direção a Jongin.–Lay, pegue o Jongn, ele é fraco então é fácil. Choi e eu vamos no alfa triste.–Kris termina abrindo a boca, mas em questão de minutos ele e Choi estavam contra a árvore com as mãos de KyungSoo em seus pescoços.

–Humm, pensei que seria bem mais sangrento. E rir de mim, ficou maluco Kris? Aqui não é como quatro anos atrás, você fez então você vai pagar.–D.O fala com raiva apertando com toda sua força os dois lobos, mesmo ele estando em forma humana ele consegue ficar bem mais forte com raiva e desejo vingativo.
E um uivo foi ouvido então todos viraram a cabeça para jongin e Lay. Lay estava mordendo a nuca de Jongin com força, D.O odiou ver seu ômega nesse estado, então ele correu e pulou em cima de Lay com força o suficiente para arrancá-lo de cima de Jongin que choramingou como bebê.

–Não toque o Jongin, porra.–KyungSoo fala baixo com uma voz ameaçadora se transformando em lobo e desta vez com seu olhos vermelhos e seu corpo que cresceu maior que muitos lobos que lutavam ali, correu e pegou Lay pela orelha e o jogou na lança pela qual seu pai havia sido perfurado. A lança atravessou o crânio de Lay, Jongin gritou assustado, sua cabeça agora estava entre suas pernas de humano.

–Hey, D.O, eu protejo o Jongin. Por favor mate Choi e Kris da pior maneira possível.–Lu Han fala dando as mãos a Suho e o puxando até Jongin.

D.O se vira na direção de Kris e Choi não deu nem tempo de pensar quando novamente os dois estavam imprensados na árvore e KyungSoo que começa a rosnar, mas por dentro ele estava rindo e seu lobo também.–Vocês querem dizer algo Choi, talvez? Ou Kris? Quem não sabe eu não deixe vocês vivos, mas só para serem meus escravos?–Soo diz na conversa que é transmitida por mentes.

–Coita…–Choi não conseguiu se pronunciar, mas de sua boca escorria sangue e dos olhos de Kris também, D.O tinha sua boca aberta com seus dentes afiados empalado na garganta de Choi e suas garras fincadas nos olhos de Kris. O sangue em excesso descendo pela boca e garganta de D.O sem contar com as mãos.

Jongin abriu a boca em puro choque, Lu Han se abaixou ao lado de Jongin que estava pronto para falar quando viu Soo se transformando em humano e vindo na direção de Suho.

–Você! Eu vou te matar!–D.O rosna com raiva. Jongin se levanta com a ajuda de Lu Han.

–Soo, por favor.–Jongin fala tentando andar até KyungSoo.

–Você sabe o que fez comigo?! Tem ideia?!–D.O grita se aproximando de Suho ao mesmo tempo que Suho da passos vacilantes para trás.

–M-Me desculpa… e-eu estava assustado, eu só queria proteger, eu sinto muito, eu não queria.–Suho falava tremendo e Lu han mostrou preocupação. Jongin sabia que só essas desculpas não iriam adiantar com KyungSoo, então ele agiu.

–Lu Han, leve Suho para a cidade, para casa dele e não deixe que te vejam na forma de lobo.–Jongin disse e Suho arregalou os olhos e tentou chegar perto, mas parou quando Jongin lançou um olhar frio para ele.–Só vai…– e assim Lu Han se transformou e foi embora com Suho. É por sorte que eles foram, Jongin viu como D.O estava prestes a explodir.

–Inferno, eu vou atrás dele. Eu vou matá-lo, destruí-lo e por fim trucidá-lo!–D.O gritou em raiva e Jongin viu como seu amigo estava realmente perdendo o controle do lobo, Jongin se assustou quando viu que KyungSoo se virou e veio andando em sua direção nu.

–KyungSoo?–Jongin pergunta confuso até que sentiu um cheiro forte de Alfa o rodeando.–Ah! Não!… Por favor não! Soo!– E simplesmente KyungSoo agarrou Jongin o jogando no chão o esmagando com força enquanto massageava seu membro.

–Desculpe-me, amor, mas meu cio chegou e eu quero te fazer meu agora mesmo, eu quero te fazer meu a muito tempo.–D.O fala se posicionando no meio das pernas de Jongin e viu como Jongin arregalou os olhos com medo.–Não precisa ter medo, amor, eu vou ser gentil.–D.O afirma e abraça Jongin, que fecha os olhos derramando algumas lágrimas. “Eu sempre sonhei ter esse momento com você e de algum modo eu sabia que pertencia, só nunca aceitei pelo fato de você ser meu melhor amigo, mas na verdade eu sempre te amei e só escondia falando que amava o Suho. Me perdoe Alfa.”Jongin transmite a voz para mente de D.O.

Você me machucou e muito, seu idiota, eu deveria te odiar agora se eu não te amasse demais.”D.O responde e Jongin sorrir acariciando as bochechas de Soo.

Vamos, Soo, vamos fazer uma família meu Alfa” Jongin se solta do abraço e começa a dar vários beijos em seu Alfa, enquanto sua mão corre entre a virilha do mesmo que solta um gemido agradável.

I feel it everyday it's all the same

Eu sinto que todos os dias são iguais

It brings me down but I'm the one to blame

Me desanima, mas eu sou o culpado

I've tried everything to get away

Eu tentei de tudo para fugir

So here I go again

Então aqui vou eu de novo

Chasing you down again

Perseguindo você novamente

Why do I do this?

Porque eu faço isso?

 

Over and over, over and over

De novo e de novo, de novo e de novo

I fall for you

Eu me apaixono por você

Over and over, over and over

De novo e de novo, de novo e de novo

I try not to

Eu tento não...

Continua…

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado deste capítulo e talvez demore o capítulo 11 porque eu ainda estou no início dele, e como eu citei lá em cima eu não tenho ideias de como será o lepo-lepo ou o lemon.
Enfim até qualquer sábado ae! Aproveitem o horário de verão!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...