História Operação Alfa - Capítulo 10


Escrita por: ~

Exibições 115
Palavras 1.248
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi galerinha que assiste meu canal (a youtuber tá muito presente. Desculpa). Esse é o meu capítulo favorito. É pequeno comparado aos outros mas eu sempre dou muita risada quando leio. Espero vocês gostem desse tanto quanto eu.
Beatriz sua retardada, esse é pra você 💙

RECADAO: O texto em itálico é uma lembrança.

Capítulo 10 - Blues


Fanfic / Fanfiction Operação Alfa - Capítulo 10 - Blues

Por Isabella

Após o inicio conturbado tudo começara a correr bem. Eu e Peter estávamos namorando e apesar da cara feia as vezes as meninas pareciam estar aceitando bem e eu estava feliz com isso... eu poderia esquecer Rafael. Talvez Peter fosse o amor da minha vida. Talvez!
Tudo bem que Peter não se comparava em nada ao príncipe que eu tinha como ex marido. Ele não era tão cavalheiro, carinhoso, amigável... ia ser difícil me acostumar com aquilo. Ainda mais tendo metade do Team Rafael Vitti dentro de casa. Rafael... Eu tinha que devolver logo aquele maldito casaco antes que ficasse louca e ainda mais dependente daquele cheiro.
Bom, hoje estávamos todos reunidos em frente a TV como sempre afinal era jogo do Blues, jogo de Chelsea e assim como o pai Valentina era maluca pelo time e não perdia um único jogo. Diferente de Sophie que era mais do meu tipo. Sabe, eu até aceitava o time e achava legal mas não era uma fanática. Pra mim perdendo ou ganhando não mudava nada em minha vida.
Oh céus! Lembro exatamente quando disse isso a Rafael e ele teve um ataque.
                               °°°
- Como não muda nada? É o melhor time da história! Esse time é parte da minha vida. O Blues perder é um sinal que algo está errado na Terra.
- A Valentina pegou sua dramaticidade. Sem dúvidas!
- Drama?
- Amor, se eles ganham quem ganha é o time, não você.
- Mas eu sou o time!
- Rafael...
- Não acredito. Minha própria esposa... daqui a pouco você diz que torce pro Arsenal.
- Até que é um bom time. -rebati provocando e cai na gargalhada ao ver os olhos dele se arregalarem-
- Não adore essa porcaria na nossa casa.
- Arsenal arrasa!
- Retira o que você disse.
- Nunca! Arsenal é minha religião.
- Você sofreu lavagem cerebral. Você não me dá outra escolha. Vou te torturar com cossegas.
- Não! Não! Rafael para com idso. Eu estava brincando.
- Pague as consequências.
                             °°°
Conseguia recordar exatamente de nós dois correndo feito dois idiotas pela casa recém comprada. Meses antes de descobrirmos que nossa Valentina estava a caminho.
Não! Chega de Rafael Srta Santoni. Acabou. Ele é passado em sua vida. Mesmo que suas duas filhas sejam a cara dele.
Peter havia passado o dia conosco graças a insistência de Sophie que se resumia a frase: “já que o time dele vai jogar é justo que ele não veja sozinho”. Repetido umas quinze vezes por minuto até que dava um bom argumento ainda mais quando se unia ao "mas mamãe" ou "minha mamãezinha querida".
    As 20h em ponto ele voltou para nossa casa vestindo uma camisa do Arsenal com mais uma de tamanho menor na mão. Olhando a camisa eu só conseguia desejar que não fosse para Valentina ou ia ser o caos. Eu sei que eu devia ter avisado, mas... Agora já era tarde.
De qualquer forma eu não precisei falar já que seguida pela entrada de Peter, minha Sophie desceu as escadas correndo.
- Cadê a minha camisa? Cadê a minha camisa? –ela gritava pela casa-
- Sophie! Sophie!
Eu chamei algumas vezes mas ela me ignorou por completo jogando tudo que via pela frente no ar. Ela abriu a porta da lavanderia e após virar a curva quase escorregando ela desceu as escadas correndo. Um minuto e  meio depois ela gritou:
-Achei! Pela glória de Monstros S.A. eu achei! Eu achei!
E subiu vestindo a camisa azul dada por Rafael.
- Ela torce pro...
- Chelsea. –Sophie completou a fala de Peter sorrindo-
- Todas nós torcemos pelo Chelsea.
Uma voz aguda falou do alto da escada e vimos um pontinho azul descer correndo pela escada e se jogar no sofá antes de olhar para Peter com uma cara de desgosto.
- Parece que nem todos nós temos bom gosto.
- Valentina! –repreendi, mas ela me olhou com aquela cara de “o que?”
Ignorando completamente o assunto me sentei na beira do sofá e antes que Peter pudesse se aproximar Sophie se jogou no meu colo como sempre fazia antes dos jogos e Valentina arrastou Peter para uma cadeira perto da televisão.
- É melhor você sentar aqui bem pertinho. Vai que o seu time faz um gol. Deve ser histórico então você não pode perder.
Passei a mão pelo rosto e olhei para Peter sorrindo como um pedido de desculpa. Ele deu ombros.
- Vai começar! Vai começar! –Sophie se animou sentando no sofá-
"Boa noite Londres! Estamos hoje em um clássico do nosso futebol: Chelsea e Arsenal. As arquibancadas estão lotadas e os times cheios de gana de vencer. Em quem você aposta pra essa rodada Luke? "
O sei la quem começou a falar e o tal de Luke também. Eu não entendia uma virgula do que eles estavam falando mas parecia que o Chelsea ia bem e quem precisava mesmo daquela vitória era o Arsenal. Mas... dane-se! Meu foco era nas belas coxas que passavam de lá pra cá.
  "Vem ai o cara que é, em minha opinião, o melhor zagueiro desses últimos tempos e ele entra em campo levantando a torcida do Blues."
- David! David! Daviiiiid! –Valentina começou a gritar pulando de um lado para o outro-
Logo, entraram todos os jogadores e eles se posicionaram pra cantar o hino. Uma ao lado da outra Sophie e Valentina se preparavam.
- Blue is the color, football is game! We’re all together and winning is our aim! So cheer us the sun and rain cos Chelsea, Chelsea is our name!
Sophie e Valentina pulavam já em comemoração. Logo, elas sentaram uma do lado da outra e percebendo meu olhar sobre elas viram os rostinhos contentes pra mim. Elas pareciam tanto com Rafael com esse jeito sorridente que chegava doer.
- Bella, está tudo bem? –Peter me perguntou. Eu somente assenti-
- Ei Peter! Foco na TV. –Sophie se intrometeu-
- É. E segure o seu tercinho. Só um milagre pro seu time ganhar. –Valentina gargalhou. Tão competitiva quanto o pai-
O jogo começou. Eu não estava entendendo nada. Só vi um cara chutando a bala pra lá, e o outro chutando a bola pra cá, e os outros querendo a bola. Só sei que depois de doze minutos a bola foi pra rede do Arsenal.
- GOOOOOOOOOL!
Valentina pôs-se a pular, correr e gritar. Sophie que tinha a cabeça deitada no meu colo se levantou correndo para abraçar Valentina enquanto as duas pulavam. Se Rafael estivesse ali ia aproveitar o abraço das meninas para levantar as duas no colo depois viria em minha direção, seguraria meu rosto entre as mãos e... Sacudi a cabeça e rezei para aqueles tais pensamentos desaparecerem. Estava cada vez pior.
- O titulo é nosso mamãe! –Valentina exclamou após o terceiro gol então olhou para Peter- Não tem pra ninguém.
- Que gracinha! –Peter riu sem graça-
- Não sou uma gracinha. Eu sou linda! –jogou os cabelos- e tenho bom gosto. Igualzinha ao meu pai.
Fim do jogo. Chelsea três! Arsenal zero! É Luke, o Arsenal tem muito que correr atrás não?
- Perdedor! Perdedor! Peter perdedor! Não tem bom gosto. Escolheu time ruim. Agora só perde e chora igual um bebê. Perdedor! Perdedor! –Valentina e Sophie cantavam enquanto pulavam ao redor da cadeira de Peter-
- Sophie! Valentina! –repreendi-
- Blues! Blues! Blues campeão!
É. Aquela seria uma noite realmente complicada.


Notas Finais


Até pq não existe time melhor pro otp do que aquele que é azul. VAI BLUUUUUES! 💙
Quem quiser que eu avise no twitter quando a fanfic atualizar me marquem lá pedindo.
Desculpem minha demora pra atualizar e não desistam de mim.
Beijinhos na ponta do nariz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...