História Operação Cupido - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~MilenaValdez01

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Camille Astor, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Eadlyn Schreave, Kile Woodwork, Kriss Ambers, Maxon Calix Schreave, Personagens Originais, Rainha Amberly, Rei Clarkson
Tags Ahren, Eadlyn, Maxerica, Maxon, Operação Cupido
Exibições 238
Palavras 1.576
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii Muffies!💜
Nos dissemos que iríamos postar outro capítulo ainda hoje então..
Ainda eh dia 27!! não descumprimos com nada!
Somos pessoas responsáveis!! (Sqn)
Então tá aí! Boa leitura e boa noite🌚

Capítulo 8 - Capitulo 7


 4 meses depois

Nesses últimos meses aconteceram várias coisas, a primeira foi que depois de America ter ido embora sua mãe ligou para ela preocupada mas também a xingando, chamando-a de irresponsável que não sabe arcar com as consequências de suas atos e etc, depois de America se desculpar e dizer que estava tudo bem a mãe ficou mais aliviada e disse que a amava muito e tomasse cuidado.

A amizade de Celeste e Ames aumentava a cada dia.

Sua barriga havia crescido, bastante por sinal, ela estava estranhando o tamanho dela, quem quer que visse acharia que ela estava com mais de 5 meses e não só 4.

A ruiva acariciava a sua barriga imaginado como seria o seu filho, quando de repente uma Celeste toda descabelada abre a porta do apartamento causando um susto em America.

— AMES!! VOCÊ NÃO VAI ACREDITAAR!! – A morena disse. Sua roupa estava toda amassada e ela estava ofegante como se estivesse corrido uma maratona.

— O que sua louca!? Conseguiu outro encontro? Olha, se ele vier aqui em casa de novo pode esquecer, eu fiquei traumatizada. – America disse, ela lembra muito bem do último ficante de Celeste, ele era um vendedor de artesanato que ela conheceu na praia, ela nao tinha nada contra a sua profissão mas ele praticamente fedia a cigarro e quando veio jantar na casa delas não parava de arrotar e comer de boca aberta

— Não! Não, não é isso – ela começou a rir — Eu estava andando tranquila no shopping e uma mulher chegou em mim e perguntou " Ei, você é muito bonita sabia? Já pensou em ser modelo?", ai eu falei que era mas estava com a carreira parada, e adivinha??? Ele trabalha na "The One"!!!! – The One é uma receita bastante famosa pelo país inteiro, ela era conhecida por descobrir modelos que hoje em dia são bastante conhecidas. – Ela me chamou para fazer um teste!! America você entendeu?? EU VOU POUSAR PARA A THE ONE!!!!!!!!!

— AI MEU DEUS!! CELESTE PARABENS!!! – America pulou do sofá e correu para abraçar a amiga, as duas ficaram comemorando por horas, enquanto Celeste bebia cerveja e dançava como se não houvesse amanhã, Ames apenas bebia um suco e ficava rindo da animação da amiga.

Logo de manhã Celeste saiu bem cedo para o seu ensaio fotográfico enquanto Ames colocava um filme para assistir, enquanto ela assistia a comédia romântica ela lembrou de tudo o que acontece nesses meses, ela nunca entendeu o por quê de Maxon ter terminado com ela, será porque ele arranjou outra? Será que aquela garota que ela viu na escada era sua nova namorada?

Sem perceber America ja estava chorando e o filme já tinha acabado.

— Cheguei!!! – Celeste disse enquanto entrava no pequeno apartamento cheia de sacolas, ela olha para a sala e vê uma cabeleira ruiva encolhida no chão chorando baixinho. – Ames....?

A morena colocou as compras encima da mesa e foi até a amiga.

— E-eu ainda estou ten-tando entender porque ele terminou comigo... – America disse soluçando – Eu ainda lembro.. das palavras dele... Aquela garota tinha perguntado quem eu era e..e e-le disse que eu não.. não era ninguém importante! Por que? O que eu fiz??

— É porque ele é um completo babaca, Ames, ele não te merece, vem vamos lavar esse rosto, pelo que eu sei você tem uma ultrassom amanhã! – Celeste disse enquanto levava America até o banheiro.

No dia seguinte America acordou com uma dor nas costas, além de a barriga não ajudar ela tinha dormido no sofá e a Celeste no chão , as duas tinham dormido juntas na sala, elas passaram a noite inteira conversando sobre o novo emprego da morena, sim, Celeste tinha conseguido, agora em diante ela tinha um contrato com a The One, ela seria modelo deles por 5 anos até renovar o contrato. Ames olhou para o relógio na parede

9:47

Ela tinha uma ultrassom marcada para 12:00, a ruiva acordou, ou melhor tentou acordou Celeste, mas ela apenas soltava pequenos murmúrios e xingamentos por acorda-la. Quando deu 11:00 a modela ainda dormia, America apenas pegou sua toalha e foi se aprontar para a consulta.

11:30

— Ok, já deu pra mim – A ruiva falou olhando para Celeste, ela pegou um balde foi até o banheiro o encheu com água gelada andou até a sala e jogou e despejou a água na garota.

— AHHH!! AMERICA SINGER! SUA MORTE ESTÁ PRÓXIMA!!

America apenas riu e a mandou tomar banho.

No médico

— Vamos, tenho que falar com a recepcionista para ver qual o nome do meu médico. – Disse a ruiva puxando a amiga.

— Ué, você marca uma consulta e não sabe o nome do seu médico? – Celeste pergunta.

— Eu sabia só me esqueci! Vem logo – A morena apenas rolou os olhos, essas mudanças de humor de America ja estavam fazendo ela também ficar mal humorada.

— Ah! Lembrei! Doutor Ashlar!

— Boa Tarde eu sou América Singer e vim para uma consulta com o Doutor Ashlar.

— Ah sim claro, Doutor Ashlar. Só tenho que preencher um pequeno formulário. – Disse a recepcionista com u olhar simpático, em seu crachá estava escrito "Amanda".

— Claro. — Falou a ruiva sorrindo.

— Quem é o pai da criança? — Começou a recepcionista.

As meninas se olharam e começaram uma conversa silenciosa

e agora?

Deixa comigo.

Celeste você não vai fazer isso

Ah, vou sim!

— Sou eu. — Respondeu Celeste antes que a ruiva pudesse protestar.

Amanda olhou estranho para as duas.

— Algum problema? – A morena perguntou enquanto abraçava america por trás.

— Não, nenhum... – Disse Amanda engolindo em seco.

Meri colocava a mão na boca para tentar segurar o riso, enquanto um cara olhava desconfiado para as duas.

— Quem é a mãe ? – Continuou a recepcionista

— Sou eu.– Disse Meri — É óbvio – Completou mentalmente.

— Quantos meses?

— 4

— Prontinho, agora é só esperar ser chamada. — Completou Amanda lhe entregando um papel com as perguntas e respostas anteriores.

— Vocês dão isso ao médico. — Explicou ela

— Obrigada – Disse as meninas em uníssono e indo sentar.

Depois de um bom tempo um homem de cabelos grisalhos saiu de uma sala no lado das cadeiras onde America e Celeste estavam sentadas e estava com uma prancheta nas mãos.

— America Singer – Ele disse.

— Sou eu.

A ruiva entrou na sala com Celeste logo atrás, America estava nervosa, ela iria descobrir o sexo de seu bebê.

— Boa Tarde meninas.

— Boa Tarde Dr. – Disse as meninas em uníssono.

— Sentem-se por favor.

As meninas sentaram seguidas pelo Dr.

— Então, onde está o papel que a recepcionista lhe deu? – Completou o Dr

— Aqui. –Falou Meri lhe entregando o papel.

O Dr leu e olhou para as duas

— Bom é comum termos essa situação aqui... casal de lésbicas certo?

As meninas se olharam voltando a conversa silenciosa

"Celeste não podemos mentir para o meu médico ele que vai acompanhar o crescimento do bebê"

"por favor miga"

"não sério"

"tudo bem"

— Não Dr, ela não é o pai, é uma situação complicada, mas ela não é o "pai". — Explicou a ruiva tentando não rir.

— É, eu que inventei, porque explicar tudo isso pra recepcionista seria embaraçoso e foi engraçado.

-Ah, sim, claro! — Disse o Dr. – Posso imaginar que foi mesmo, imagino até a cara da Amanda ao receber essa notícia. – ele disse rindo.

— Pois é meu filho, ela engoliu em seco quando disse que ela era minha namorada. — Disse Celeste rindo.

O Doutor riu mas depois continuou.

— Bom... Vamos lá?

— Vamos sim. — Disse Meri ansiosa.

— Não vejo a hora de ver as caras desse miudinho. — Disse Celeste.

Meri deitou na cama e o médico passou o gel pela barriga da ruiva que tremeu ao sentir o gel gelado na barriga.

— Bom... — Começou o médico. — Temos uma situação rara aqui...

— O que foi Doutor ele está bem? — Adiantou Celeste preocupada enquanto segurava a mão da amiga.

— Não, não. Essa é a situação. ELES estão bem. – Disse o Doutor sorrindo.

— Eles? — Disse as meninas de novo em uníssono

— Sim eles, parabéns você vai ter gêmeos!!

— Gêmeos? Duas meninas? — perguntou Meri

— Não, essa é a coisa rara um menino e uma menina! — Continuou o Dr

— VOCÊ VAI TER GÊMEOS — Gritou Celeste animada. — Você vai ter gêmeos — falou a morena agora pondo as mãos na cabeça e sentando.

-Eu vou ter gêmeos ...-sussurrou Meri dando um pequeno sorriso.

No carro Celeste não parava de falar de como iria mimar os dois, iria pintar o quarto todo da cor do arco íris, a garota estava entusiasmada demais, mas America não pensava assim, ela não sabia como iria sustentar uma criança e agora duas?? Como ela iria cria-los? Tudo bem que ela tinha Celeste, mas America não tinha trabalho e nem condições.

– Eu sei o que você está pensando e calma, nós vamos da um jeito eu ja disse isso, quando eu ficar rica e famosa você pode ainda morar comigo e criamos eles juntas.

— Obrigada Leste, mas eu estaria pedindo demais, eu não quero ser sustentada por ninguém, eu preciso ganhar meu próprio dinheiro... – A ruiva disse cabisbaixa.

 — Sabe, assim como eu já te ouvi tocando e cantando eu já vi seus desenhos, Ames você nunca me disse que desenha tão bem, e eu já vi os seus croquis, você podia ir comigo na minha próxima sessão de fotos soube que estão precisando de novas inspirações de roupas – Celeste disse dando um sorriso é piscando para a ruiva.


Notas Finais


Então tá aí! Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...