História Operação: L3ddy será real - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Christian Figueiredo, Felipe Castanhari, Felipe Z. "Felps", Gabriela "Gabbie" Fadel, Gustavo Stockler (Nomegusta), Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lucas Lira (Invento na Hora), Mauro Nakada, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Alan Ferreira, Christian Figueiredo, Felipe Castanhari, Felps, Gabriela "Gabbie" Fadel, Gustavo Stockler, Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Lucas "LubaTV", Lucas Lira, Lucas Olioti, Mauro Nakada, Rafael "CellBit" Lange
Tags Amor, Gays, Kesta, L3ddy, Lemon, Luba, Luddy, Shipp, T3ddy, Youtube
Exibições 253
Palavras 1.748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie gente <33
Queria falar com vcs um pouquinho:
Primeiramente,, muito obrigada aos 43 favoritos *-* sei q ainda pode ser pouco pra muitos de vcs, mas nós estamos muito felizes q vcs estão gostando, vlw msm <3
E segundo: Nós estamos tentando fazer uma fanfic um pouco diferente sabe? Sem ser muito cliche, porque como a gente lê muita fanfic tambem, achamos q é sempre bom diferenciar um pouco, mas ao msm tempo deixar o bom e velho comum. Espero q tenham entendido, não sou muito boa para explicar as coisas por escrito rsrs ;-;
Enfim, boa leitura

//Hykari

Capítulo 5 - Pensamentos


Fanfic / Fanfiction Operação: L3ddy será real - Capítulo 5 - Pensamentos

*Narrador*  

 

T3ddy acorda as 10:39 da manhã e coloca o braço ao lado tentando sentir a presença do Luba, mas não encontra nada

 

*T3ddy*  Ué cade o Luba? Ele não ia dormir aqui comigo ontem? - respira fundo passando a mão no rosto para tentar acordar mais - Cadê o Adalberto? - olha para os lados o procurando e depois boceja - Que horas são? - pega o celular e vê as horas - 10:40 - boceja e se deita novamente com o celular acima de seu rosto. Entra no Twitter e vê o que a galera está falando, e depois tweeta.  

 

"Bom dia. Que seu dia seja quente, fofo, divertido, assim como um urso

 

PS: Eu não sei onde o Adalberto está, por isso não tem foto dele"  

 

Alguns segundos depois já tem várias respostas e ele responde algumas. Depois de algum tempo na cama ele se levanta e vai até o banheiro, faz sua higiene matinal, vai até a sala e vê Luba dormindo abraçado com Adalberto

 

*T3ddy*    

 

Ah, então foi aqui que você dormiu né safadinho? E ainda não bastou ter me enganado e vindo dormido no sofá, teve que pegar o Adalberto tambem? - pensa fazendo uma cara fingindo estar bravo - Aff, mas até que ele ta bonitinho vai... - pensa, agora sorrindo sem mostrar os dentes, de uma maneira fofa - Preciso tirar uma foto - ele pega o celular ainda sorrindo e tira uma foto de Luba - Ai que fofo... Quê??? O que que eu to pensando? Eu sou hétero... eu sou mas... - ele da uma pausa - as vezes quando eu vejo o Luba eu tenho vontade de abraça-lo sem motivo algum... porra mano... eu sou hétero velho - pensa e depois morde o lábio com uma cara preocupada olhando para Luba que estava dormindo - hum... - suspira - aff, acho que isso é coisa da minha cabeça, melhor eu esquecer isso.

 

*Narrador*  

 

T3ddy vai até a cozinha e prepara um leite e um pão e começa a comer na cozinha mesmo, pois não queria acordar Luba. Luba acorda alguns minutos depois e sente o cheiro de café da manhã

 

*Luba*  

 

- Boceja - Nossa que horas são? - se senta e pega o celular vendo que são 10:57 e se deita abraçando Adalberto novamente.

 

*T3ddy*  

 

Será que o Luba acordou? Escutei alguma coisa

 

*Narrador*  

 

T3ddy vai até a sala a vê Luba deitado abraçando forte Adalberto, provavelmente sentindo o cheiro que estava em seu urso

 

*T3ddy*  

 

Ai meu Deus que fofo - pensa enquanto sorri - Ai mano... - faz uma cara de preocupado - será que eu to gostando do Luba? Não, não pode ser, eu sou hétero, sim hétero... isso é só coisa da minha cabeça, deve ser carência. Mas tambem, faz décadas que eu não como ninguem... aff

 

*Narrador*  Luba sente a presença de T3ddy naquele ambiente e logo abre os olhos

 

Luba:... - ele apenas observa T3ddy ali, olhando para si.

 

T3ddy:... - ele não sabe o que falar.

 

Luba... - cotinua em silencio enquando vira seus olhos para o lado desintendido, esperando uma explicação

 

T3ddy: Erg... - ele resolve falar, um pouco envergonhado - b-bom dia... dormiu bem?

 

Luba:...- ele arqueia uma sombrancelha - erg... bom dia. Sim e você?

 

T3ddy: Dormi bem. Eu tava morto ontem, então acho que era meio impossivel não conseguir dormir bem - ele força uma risada um pouco envergonhada

 

Luba: Hum... é eu percebi que você tava bem cansado ontem - fala enquanto tira o braço de cima de Adalberto.

 

T3ddy: Bonito né? - ele muda de assunto.

 

Luba: O que?

 

T3ddy: Além de mentir pra mim e ter vindo dormir no sofá mesmo eu tendo dito que não queria, ainda teve que pegar o Adalberto - finge de bravo

 

Luba: - ele ri um pouco, envergonhado - Desculpa, é que eu vi que você tava dormindo tão bem que eu não quis invadir sua privacidade - ele mente.

 

T3ddy: Aff Luba, se eu te chamei pra dormir lá comigo é por que eu não me importo com isso. E alias, você pode invadir minha privacidade, eu deixo - brinca, um pouco malicioso

 

Luba: - risada - Sei, mas mesmo assim é melhor não

 

T3ddy: - ele ri um pouco de leve - Mas você ainda não me explicou por que pegou o Adalberto - coloca as mãos na cintura arqueando uma sombranchelha, esperando a explicação.

 

Luba: Erg... b-bom é que... eu sempre durmo com as minhas gatas, ai eu acho estranho dormir sem nada ao meu lado. E como o Adalberto é grande parece que tem dois gatos do meu lado, então eu resolvi pegar ele

 

T3ddy: Entendi... então você devia ter dormido comigo, ai você podia abraçar um urso 3 vezes maior. Ia parecer que você esta com 10 gatos do seu lado - brinca, malicioso.

 

Luba: - solta uma risada gostosa - Ai, é um besta mesmo

 

T3ddy: - ri fraquinho - Vem tomar café - estende a mão para Luba levantar e o mesmo aceita.

 

Luba: Eu não gosto de café - fala, já de pé.

 

T3ddy: Então você pode tomar leitinho - lança um olhar malicioso para Luba que ri.

 

Luba: Ai, besta - continua rindo.

 

T3ddy: Hahahaha, vem

 

Luba: Calma ai, eu tenho que ir no banheiro

 

T3ddy: Ok  

 

Luba entra no banheiro, fecha a porta e faz sua higiene. Enquanto fazia isso, começou a pensar que mentiu para T3ddy

 

*Luba*  

 

Droga, o T3ddy não faz ideia de que eu só não fui dormir com ele por que lembrei do que a Keh falou... será que ela tava certa? Será que o T3ddy é bi? Ele tava olhando mim enquanto eu estava dormindo, e depois ficou meio sem graça quando viu que eu percebi... mas tipo, se ele é bi, por que ele não contou pra mim? Nós somos grandes amigos, por que ele não contaria isso pra mim? - "Talvez por que ele esteja gostando de você" pensou seu subconsciente - Hã? N-não. Ai droga... - respirou fundo - Ai Luba pelo amor de Deus, enfia na sua cabeça de que o T3ddy é hétero, e isso é coisa da sua cabeça. Eu não estou afim do T3ddy, o T3ddy não está afim de mim, ele é hétero. E ponto. - pensou, um pouco bravo consigo mesmo - Droga... mas dormir sentindo o cheiro do T3ddy que estava no Adalberto foi tão bom... - fecha seus olhos se lembrando do cheiro - será que eu estou mesmo gostando do T3ddy...? - olha pra baixo, preocupado - Mas... eu não posso me apaixonar por ele... eu não posso me apaixonar pelo meu melhor amigo... não posso - suspira, e sai do banheiro.

 

*Narrador*  

 

Luba sai do banheiro e vai pegar seu celular que estava carregando na sala, e passa pela porta do quarto de T3ddy, que estava se trocando. Ele fixa o olhar no T3ddy que estava de costas, e fica uns segundos olhando pra ele sem conseguir pensar em nada, e ele se vira enquanto Luba estava olhando pra si ainda.

 

T3ddy: Ooh Luba, hoje eu não tenho nada pra fazer vamos na casa do Chris gravar uns vídeos la? - diz ele na maior inocência, sem perceber que Luba estava olhando pra ele.

 

Luba: É-é  c-claro, vamos sim... - Diz Luba,  vermelho de vergonha, e logo depois vai até a sala.

 

*T3ddy*  

 

Eu tive uma impressão que o Luba tava me olhando. - pensa ele,  arrumando o cabelo. Mas deve ser só coisa da minha minha cabeça, afinal porque ele ia ficar me olhando?

 

*Narrador*  

 

Luba pega seu celular e vê que a bateria ainda estava muito fraca, e vai até o quarto do T3ddy, perguntar se ele tinha um carregador portátil pra emprestar. Enquanto isso T3ddy tinha terminado de se arrumar e estava saindo do quarto,  quando derrepente foi ao encontro de Luba que o mesmo se encontrava indo em direção ao quarto, olhando para baixo, prestando atenção ao aparelho que estava em suas mãos. Os dois quase batem de frente, e se isso acontecesse provavelmente iria fazer seus lábios se tocarem. Depois do (quase) acontecimento, os dois ficam envergonhados, sem saberem como reagir e o que falar, quando T3ddy, percebendo o ocorrido e a vergonha no rosto de Luba por conta das suas bochechas levemente coradas, resolve cortar o clima tenso que estava no ar.

 

T3ddy: Hmmm, quase rola um beijo L3ddy aqui não é mesmo ? - Diz ele, ajeitando o boné.

 

Luba: Também cara tu não olha por onde anda. - Diz Luba ainda com os olhos no celular, ainda corado, mas sem mecher em nada por que estava paralisado devido ao que aconteceu.

 

T3ddy: Aham eu que estou com o celular na cara né? - Termina, rindo.

 

Luba: Hahahaha. - ele força uma risada sem graça -  Tu tem um carregador portátil? Minha bateria está muito baixa ...

 

T3ddy: Tenho sim, vou pegar - Se vira indo novamente em direção ao quarto e vai procurar em seu guarda-roupa o carregador, enquanto Luba o segue.

 

*Narrador*  

 

T3ddy vai em direção ao seu quarda-roupa e abre duas portas, se virando ao móvel

 

*Luba*  

 

Eu nunca reparei nessa bunda do Lucas, Socorro. - pensa, não teve como não reparar já que ele tinha se abaixado para pegar o carregor no fundo do móvel - Luba te controla - respira fundo tentando se concentrar em algo não fosse as nadegas de T3ddy.

 

T3ddy: Aqui - fala, enquanto entrega o carregador portatil desejado por Luba, mantendo um lindo sorriso em seu rosto, deixando Luba levemente corado

 

Luba: O-obrigado - desvia seu olhar para o objeto na mão de T3ddy o pegando

 

T3ddy: Entãããããoo... - tenta mudar de assunto, já que estava um clima um tanto quanto chato - você ainda não tomou seu café

 

Luba: Ah é verdade, mas eu nem to com fome

 

T3ddy: Mesmo assim, vc tem que tomar café vem - estende a mão para Luba que o mesmo olha, confuso

 

Luba: Erg... t-ta, tudo bem... - pega na mão de T3ddy, levemente corado e vão até a cozinha.

 

*Quebra de tempo*  

 

*T3ddy*  

 

Eu e Luba estamos no carro parados no meio do transito indo na casa do Christian, mas o bom de estar preso em um engarrafamento é que estou preso junto com o Luba, e com ele parece que o tempo passa mais rápido porque nos divertimos muito com conversas, brincadeira e etc.  Algum tempo depois chegamos na casa do Christian  

 

Continua...


Notas Finais


Esse foi o cap gostaram? Comente para sabermos *-*
Nos sigam no twitter: @HykariB3ar e @Nezzaolioti. E o perfil da fic é: @Oliourshutte, sempre estaremos avisando quando o cap vai sair e quando saiu ok?
E mais uma coisinha: Provavelmente o prox cap vai demorar um pouquinho (1 semana e meia, 2 semanas sla) pq estamos sem criatividade para escrever... aconteceu com todo mundo né? Rs
Bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...