História Oppa ~Texting || VKook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jungkook, Taehyung, Taekook, Texting, Vkook
Exibições 396
Palavras 1.699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi pessoinhas <3

brotei

~boa leitura <3

Capítulo 3 - Oppa ~3


*uma semana depois*

Taehyung P.O.V

   Não sei porque mas eu acordei animado hoje, talvez por causa da viajem escolar ou talvez porque eu possa descobrir quem o Biscoito realmente é. Se estou nervoso? Sim, completamente, vezes trinta elevado ao cubo da hipotenusa. Nem sei direito o que significa, não sou bom em matemática. Desculpa Omma.

*celular vibra*


Biscoito:

UHU! A VIAJEM É HOJE!

O pior é que eu nem sei


porque estou tão animado

eu preferiria ficar em casa falando com você, porque não tenho coragem de aparecer na sua frente e falar o que sinto.

Tae:

isso...

isso foi muito fofo.

Biscoito:

corei legal agora

Tae:

IDEM

Biscoito:

acho melhor irmos arrumando nossas coisas, já são quase 8:00am.

[Nesse momento eu olhei no relógio do meu celular e ali marcava 7:28.


DROGA! NÃO HAVIA NEM FEITO AS MALAS.]

Tae:

meu deus

Biscoito:

o que foi oppa?

Tae:

por favor, me chame de hyung

ou de Tae, ainda não estou acostumado a ser chamado

de oppa...

não leve a mal, eu gosto que me chame de oppa


DESFAZER | ENVIAR

não me leve a mal.

Biscoito:

ah, tudo bem então oppa ^^

Tae**

Tae:

eu não arrumei as malas

Biscoito:

O QUÊ?!

melhor correr sr. kim taehyung

faltam 23 minutos para as 8:00am

Tae:

porra.

TENHO QUE IR

"TE VEJO" DEPOIS

Biscoito:

Até logo Tae ^^

----------------------------------------------------------------

   Literalmente joguei meu celular na cama e saí correndo para pegar minhas roupas. Depois de simplesmente jogar roupas aleatórias que estavam despejadas pelo meu armário para dentro da mochila eu desço as escadas correndo, tomo meu café, escovo os meus dentes e vou "voando" para a escola com Yoongi e Jimin. Sim, eles moram comigo.

   Quando chegamos lá não vimos muita gente na entrada, pensamos que o ônibus já partira, mas então brota o Namjoon do quinto dos infernos e nos leva até o veículo que estava prestes a sair. Por sorte não chego atrasado.

Foi organizado assim:

Hoseok e Hyuna


Namjoon e Min Suh


Jimin e Yoongi


Eu e... Jackson


Jin e Jungkook


[o resto tá por aí]

   Logo pego meu celular para avisar meu amigo que já cheguei e que estava no ônibus.... Espera, que ônibus eu estou?

   —Yoongi que ônibus é esse? -perguntei me inclinando para a frente, já que o mesmo e encontra lá

   —Bateu o Alzheimer? Estamos indo em uma via... -disse Yoongi irritado antes que eu o cortasse

   —Eu sei disso, quero saber qual ônibus, o número. -digo o cortando

   —Ah, isso eu não sei.... -disse Yoongi desviando seu olhar para a janela

   —depois eu que tenho alzheimer. -falei irritado, dando um soquinho de leve em seu ombro

   —Calma, eu 'tô brincando disse em meio a risada— É o ônibus 3-A

   —Ah, valeu. -agradeci e ele nem perguntou o porquê, fiquei mais aliviado.

-----------------------------------------------------------

-

Tae:

voltei biscoito

tô no ônibus 3-A

Biscoito:

eu sei

eu tô te vendo

[Depois daquela mensagem eu gelei e comecei a olhar envolta como louco, confesso que senti um pouco de medo sim.]

Biscoito:

hehehe, também tô vendo seu escândalo para me achar

Tae:

haha. engraçadão.

eu só queria saber quem você


é, te dar um comprimento descente

sabe, essas coisas que amigos


fazem

tô ficando enjoado de mexer no celular, "te vejo" lá


Biscoito:

porque sempre põe aspas quando diz que vai me ver?

Tae:

porquê talvez eu nem saiba


como você é, então te ver eu não vou.

Biscoito:

hehe, verdade

agora descansa Tae

não quero causar incômodo

mas queria te guardar em um

potinho e cuidar de você, olhe pra trás taetae, você verá quem realmente te ama através dessa


tela.


DESFAZER | ENVIAR

------------------------------------------------------------

*quando chegaram*

   Era mais ou menos 14:42pm quando chegamos, estávamos em uma mansão de Busan. UMA MANSÃO. O tamanho daquele lugar era fascinante, principalmente a paisagem que passava pelo transparente do vidro da sacada enorme. Não tinham quartos o suficiente, então formaram-se grupos:

Namjoon, Jin, Min Suh.... grr, Jackson

Jimin, Yoongi, eu e Jungkook

Hoseok, Hyuna, Kim Suh <irmã de Min Suh> e mais gente que não sei o nome

   E tanto que só prestei atenção nos nossos, porque não sou obrigado a ficar lembrando nome. Enfim subimos aos nossos quartos e vimos o tal Jungkook sentado em sua cama, fitando o chão nervoso.

   —Oi, sou Kim Taehyung! Já nos falamos antes, desde o 8° ano se não me engano, mas ainda acho educado me apresentar —digo sorrindo simpaticamente

   —E-eu sou o J-Jungkook —ele responde nervoso, ainda olhando para o chão

   —Ei, porque está tão nervoso? —pergunto me sentando ao seu lado

   —É-é que sou muito tímido para fazer amizades, não tenho muitos amigos...

   —Então a partir de agora eu serei seu mais novo amigo, que tal? Posso te ajudar com essa timidez boba, aí dentro —digo colocando a mão em seu peito— você é um garoto legal. —Enquanto estava com a mão no peito dele pude sentir seus batimentos aumentarem, como sinal de que ele sentia afeto comigo ali... Afeto? Ok... Mas nada melhor que começarmos a nos conhecer melhor, afinal já nos conhecemos desde o 8° ano.


   Me levanto e estendo a mão para Jungkook, o mesmo pega com delicadeza e levanta da cama, ficamos poucos centímetros um do outro.

 

   Ele me olha profundamente por alguns segundos, seus olhos escuros como a noite me hipnotizaram e sinto minhas pernas ficarem bambas. Que sentimento é esse? Ele logo cora e desvia o olhar para o teto. Peguei seu queixo e o fiz olhar para mim, eu precisava me controlar, foco Kim Taehyung, foco.


   Seus olhos novamente estão em encontro aos meus, sinto minhas pernas ficarem bambas novamente.

   —Pode confiar em mim, sou seu amigo agora, não precisa mais ter vergonha nem mesmo timidez comigo —digo sorrindo— Agora vem! —pego em sua mão e começo a puxar o garoto escada abaixo.

   —Vejo que já fez um novo amigo não? —pergunta Yoongi de braços cruzados

   —Sim! O nome dele é Jungkook! —digo levantando a mão que está entrelaçada na dele, Jimin se apresenta para ele e Yoongi simplesmente revirou os olhos

   —Por acaso está com ciúmes do seu priminho, Min Yoongi? —perguntei agora fazendo um biquinho fofo

   —Sim! Devo te proteger e você já chega de mãos dadas com um desconhecido! —falou Yoongi em um tom indignado

   —V-você me conhece... —murmurou Jungkook, mesmo assim nós ainda escutamos

   —Como? --perguntou Yoongi parado a sua frente

   —E-eu sou o nerd que leva uma zoada sua todos os dias,  já  me reconhece por isso --fala Jungkook e Yoongi entrou crise de riso

   —Ah, verdade —disse rindo— Deixa eu respirar um pouco, vou tomar um ar

   Logo depois de Yoongi sair de nossa frente Jungkook fita o chão intensamente, como se estivesse a recusar um contato visual

   —Não liga pro Yoongi, ele é um cuzão as vezes, mas um bom amigo —digo sorrindo para tentar conforta-lo, acho que funcionou, pois o mesmo me olhou e sorriu pra mim

|mais tarde|

   Todos estavam em volta da fogueira que fizera no quintal da casa. Yoongi e Jimin estavam um ao lado do outro, de mãos dadas. Desconfio desse Yoongi viu? E ele ainda reclama de ciúmes porque eu estava de mãos dadas a Jungkook... Mas se for mesmo eu fico feliz por ele, Jimin é muito bom amigo, eles são meu OTP.

   Quase todos estavam bêbados em volta do fogo, eu não bebi óbvio, eu tenho idade mas não sinto interesse, tem um sabor estranho e um cheiro amargo, meh.

   —QUE TAL UM JOGUINHO PESSOAL?? —gritou Hoseok bêbado


    Todos gritaram um "sim" —todos meus amigos (Hoseok, Namjoon, Jin, Yoongi, Jimin e Jungkook) porque o resto estava em pé dançando que nem loucos— em resposta e nos sentamos. De poucos em poucos surgiam algumas, poucas, pessoas que assistir o jogo, logo todos estavam a assistir.

   —Tae, verdade ou desafio? —pergunta Yoongi meio alterado

   —Desafio —respondi comendo uns marshmallows

   —Te desafio a beijar Jungkook. —rebateu frio e eu engoli em seco. Nesse momento eu corei fortemente e olhei para Jungkook, que estava no mundo da lua. Fui me aproximando devagar dele, ele ainda não havia notado minha presença mais proxima dele. Eu estava cara a cara com ele quando vou em direção aos lábios dele lentamente até sentir seus lábios macios e inocentes aos meus. Ao notar ele se assusta, se arrepiando e então rapidamente me afasto; não haveria mais coragem de olhar em seu rosto angelical novamente.

Гno quarto

  A festa já havia acabado, eu estava subindo as escadas rapidamente, ainda corado. Me jogo na cama e choro abafando meus soluços altos em meu travesseiro, você se pergunta, "porque chorava, Tae?

"

Porque eu gostei.

Eu estava confuso demais.

Nem o conhecia o suficiente e já queria beija-lo novamente. Eu sabia que não seria correspondido, isso era o que eu temia. Provavelmente seria alvo de piadas pela manhã, mas é com isso que eu menos me importo. Me importo com Jungkook, ele poderia sofrer mais que eu porque ele mesmo já sofria.

   Senti a cama afundar lentamente ao meu lado, eu pensei que fosse Jimin, mas não, era ele. Ele me olhava com dúvida e ao mesmo tempo com tristeza, se aproximou de mim e senti seus dedos compridos e quentinhos começarem a acariciar meus fios úmidos de puro nervosismo.

   —Não chore Tae, isso corta meu coração.

   —E-eu... M-me desculpa J-Jungkook —digo aos soluços, ainda com o rosto em meu travesseiro

   —Não tem o que pedir desculpas Tae, aquilo foi apenas um desafio, nada vai te machucar. Eu não deixarei. —disse Jungkook ainda me dando seu carinho— Vou te proteger essa noite, vou ficar aqui, com você.

   Depois disso ele se deita e se cobre até o pescoço. Ele retira meu  rosto do travesseiro e começou a acariciar o mesmo com seus dedos quentinhos, senti uma corrente elétrica passar por mim quando me tocou.  Ele seca minhas lágrimas e beija minha testa, logo repousando minha cabeça em seu peito. Eu logo caio no sono...




Notas Finais


sumi

espero que gostem :33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...