História Opposite - Norminah G!P - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Mitologia Grega, Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Ally Brooke, Apollo, Artemis, Atena, Connor Stoll, Dinah Jane Hansen, Eros (Cupid), Frank Zhang, Hades, Hermes, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Poseidon, Quíron, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Zeus
Tags Ally Brooke, Deuses Gregos, Dinah Jane Hansen, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Normani Kordei, Os Olimpianos, Percy Jackson
Visualizações 55
Palavras 1.504
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Harem, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei!! Rápido, né?! Eu sei... mas é pq fiquei animada :3
Esse início da fanfic vai ser mais calmo, mas é só pq ela tá começando, okay?
Não se enganem!

As coisas estão apenas começando, cupcakes!
Estamos apenas conhecendo os personagens!!
Enjoy <3

Capítulo 2 - Harry Campbell


Fanfic / Fanfiction Opposite - Norminah G!P - Capítulo 2 - Harry Campbell

Normani: 

 

-Não esqueceu nada em casa? Está com o dinheiro do ônibus na mochila? Seu celular está carregado? -Minha mãe me bombardeava de perguntas enquanto verificava minha mochila.  

Estávamos na frente da nova escola, já era sete e meia da manhã, eu estava morrendo de sono, e ainda teria que enfrentar diversas pessoas novas. A escola não era muito grande, não havia um pátio, era um prédio de tijolos de seis andares, e ocupava todo um quarteirão. No térreo, além da entrada, havia diversas lojas diferentes. Alguns adolescentes estavam ali na frente, conversando e rindo, outros entravam com pressa no edifício. Tentei ignorar o grupo de garotas que olhava para minha mãe e eu, rindo da cena que ela estava fazendo. Não posso fazer nada se minha mãe é excessivamente preocupada.  

-Mãe! Tá tudo bem! Eu não esqueci nada, vou ficar bem! -Exclamei enquanto me desvencilhava de seus braços, olhando-a nos olhos. -Pelo amor de Deus! Tenho quinze anos, não dez. Vou ficar bem, prometo.  

-Está bem! Se você diz, acho melhor deixá-la ir. -Ela murmurou chateada, e não pude evitar um sorriso. -Não vai se atrasar para seu primeiro dia.  

-Eu amo você, mamãe. -Confessei, chegando perto dela e a puxando para um abraço.  

-Também amo você, Bear. -Murmurou ela, deixando um beijo no alto de minha testa. -Agora vá! Faça novos amigos!  

 

(...) 

 

Não havia dúvidas de que eu me perderia no meio de tantas salas e andares, só sendo muito idiota para pensar o contrário. Não conseguia encontrar a diretoria, imagine meu armário ou até mesmo minhas salas. Estava virando um corredor quando trombei em um garoto alto, de cabelos castanhos escuros volumosos e olhos da mesma cor, sua pele branca quase não ficava exposta devido ao casaco que o cobria, até mesmo o capuz. Eu teria caído de cara no chão, mas ele me segurou a tempo, abrindo um sorriso tímido.  

-Você está bem? Deuses! Como sou desastrado! Desculpe! -Ele falava rapidamente, ajudando-me a firmar os pés no chão. -A propósito, sou o Harry! Você é nova aqui, não é?  

-Nossa, você fala bastante. -Murmurei sem pensar, e ele coçou a nuca envergonhado, prestes a pedir desculpa. -Não! Tá tudo bem! Obrigada por me ajudar. Sou Normani, e sim, sou nova aqui.  

-Quer ajuda? Sabe onde fica sua sala? E seu armário? -Ele realmente falava mais do que eu.  

-Hã... acho que preciso passar na diretoria primeiro. -Respondi, com um pequeno sorriso de canto, o que me surpreendeu. -Pode me mostrar onde é?  

-Claro! É por aqui! -Ele começou a andar na direção que vinha, e eu estava prestes a segui-lo, quando ele deu meia volta e caminhou até mim. -Na verdade, é por ali. Vamos!  

Gargalhei baixinho, vendo-o todo atrapalhado. Só o que me faltava, ficar perdida durante as aulas, ainda mais com um garoto que deveria conhecer o lugar mais do que eu. Harry não tentou puxar assunto, muito pelo contrário, ele estava muito concentrado no caminho, observando cada porta pela qual passávamos, como se estivesse procurando a certa. A ideia de que talvez ele também fosse novo me passou pela cabeça, pois ninguém que passava por nós o cumprimentava, e ele também não fazia essa questão.  

-Achei! -Falou animado, batendo palmas, e apontando para a porta no final do corredor. -A diretoria fica aqui, Normani. Venha!  

Ele bateu na porta e logo depois a abriu, sem esperar por alguma autorização. A sala não era muito ampla, apenas uma janela simples, uma escrivaninha comprida, um armário de troféus e um senhor sentado atrás da mesa.  

-Senhor...? -Ele não parecia recordar o nome do garoto.  

-Campbell, senhor. -Disse Harry, sorrindo para o senhor de cabelos brancos. -E essa é Normani... como é seu sobrenome mesmo?  

-Normani Kordei Hamilton. -Respondi, e o senhor assentiu, esperando por algo mais enquanto coçava sua barba mal feita. -Sou nova aqui, preciso saber quais são minhas aulas e o número do meu armário. 

-Ah, sim. Claro! Deixe-me ver, senhorita Hamilton. -Respondeu ele, acordando de um quase cochilo ali na nossa frente, mexendo em alguma coisa no seu computador. -Claro, a aluna nova de São Francisco! Aqui está.  

Ele me entregou uma folha recém impressa, onde estava escrito minhas aulas durante a semana, o número do meu armário e a sala onde eu ficaria. Logo depois entregou a chave do armário, desejando-me uma boa aula e dispensando-me de sua sala junto de Harry. Não sei para quê, ele não parecia fazer nada além de coçar a barriga enorme dele.  

-Ei! Você caiu na mesma sala que eu! -Harry e sua felicidade me tiraram de meus pensamentos. -Venha! Você precisa conhecer minha melhor amiga!  

Ele pegou minha mochila, colocando nos próprios ombros, depois saiu correndo. Fiquei alguns segundos parada, observando ele correr, até que percebi o quão afastado ele estava, e seu eu não corresse me perderia novamente. Avancei em sua direção, correndo o mais rápido que minhas pernas compridas e grossas me permitiam, mas ele parecia ser bem mais rápido do que eu. Seu jeito de correr era engraçado, como se seus joelhos estivessem constantemente dobrados. Ele foi parando aos poucos, até ficar de frente para uma das milhares portas no corredor.  

-Aqui! -Ele chamou animado, apontando para a porta ainda aberta.  

Era a minha sala. Parei de correr aos poucos, ficando do outro lado da porta, apoiando minhas mãos em meus joelhos e respirando ofegante. Harry não parecia nem um pouco cansado, talvez ele fosse um cara atlético, seu corpo bem definido poderia ter vindo daí.  

-Nunca mais... me faça... correr. -Murmurei cansada, pegando minha mochila de sua mão estendida. -Vá na frente.  

-Desculpe, Normani! Nem sempre consigo evitar. -Ele sorriu com a língua entre os dentes, mostrando covinhas em suas bochechas. -Venha!  

Ele adentrou a sala, que ainda não estava com um professor, e sentou em uma das mesas da lateral esquerda, na segunda fileira. Ao seu lado havia uma garota baixinha, de cabelos cor de mel, com olhos que pareciam amêndoas, e um rosto muito fofinho. Harry fez sinal para que eu me sentasse na mesa em frente à ela, encostada na parede, e eu o fiz.  

-Ally, essa é Normani, minha nova amiga. -Comunicou ele animado, fazendo um gesto entre a garota e eu. -Normani, essa é Allyson, minha melhor amiga.  

Ela estendeu a mão para mim, com um sorriso sincero no rosto.  

-Sou Allyson Brooke, mas prefiro que me chame de Ally. -Disse ela depois que apertei timidamente sua mão.  

-Sou Normai Hamilton, e sou nova aqui. -Admiti, encolhendo os ombros e recolhendo a mão. 

-Bom, sinto te dizer que você acaba de se enturmar com os esquisitões da escola. -Falou ela, com um sorriso divertido nos lábios. -Seja bem-vinda, Normani! Estaremos aqui para ajudar, se quiser.  

Sorri com sinceridade, era a primeira vez que alguém era legal comigo sem ter a intenção de me derrubar depois. Ally e Harry parecem bons amigos, talvez os únicos que eu encontre.  

-Muito obrigada, Ally. Acho que vou precisar, mais cedo ou mais tarde. -Respondi com um meio sorriso, sentindo minha sede repentina. -Como, por exemplo, precisar saber onde fica o bebedouro.  

-Ah, claro! Levo você lá! -Ela se levantou abruptamente, pegando uma garrafa d'água em sua mochila cor de rosa, depois virou-se para nós. -Harry, se a professora Elizabeth chegar, avise que saímos para pegar água, ok? Ela não vai se incomodar, sou a aluna favorita dela.  

Harry revirou os olhos, mas sorriu para amiga, assentindo de leve. Ally me chamou com a cabeça e eu a segui, levando minha mochila nas costas comigo.  

-Hey, Normani. Você pode deixar sua mochila, Harry cuida dela pra você. -Falou Ally, assim que me viu com ela nos ombros, antes de sairmos da sala.  

Olhei para trás, pensando duas vezes em deixar ou não minha mochila ali, e vi que ambos me observavam. Sinceramente? Ambos pareciam as pessoas mais honestas e sinceras que já tinha conhecido, então percebi que talvez minha mãe estivesse certa. Talvez eu não devesse ter tanto medo das pessoas, pois nem todas elas eram ruins. E esse foi meu primeiro voto de confiança aos dois, deixaria minha mochila sobe os cuidados de Harry. Larguei-a rapidamente na minha cadeira e voltei a seguir ali, que sorriu abertamente para mim.  

-Venha, vou lhe mostrar onde fica o banheiro e o bebedouro, assim como o refeitório. -Falou ela, caminhando animadamente na minha frente.  

-Mas a nossa professora não vai reclamar? Vamos ficar um bom tempo fora de sala! -Perguntei surpresa, vendo-a se virar para mim com um sorriso fofo.  

-Não se preocupe, Normani! Você é nova aqui, vai ter alguns benefícios, como a desculpa de se atrasar para a aula porque se perdeu. -Respondeu ela, piscando para mim, depois rindo de minha expressão incrédula. -Você é muito fofa, sabia?  

Garanto que minhas bochechas ficaram muito vermelhas depois desse comentário, mas ela não riu, apenas sorriu amigavelmente. Aproximou-se de mim e colocou o braço junto ao meu, caminhando lado a lado comigo. Descemos um andar, e ela começou a fazer um pequeno tour pela escola. 


Notas Finais


Logo, logo a casa cai.
Atri! Parey!! Zoeira!!! Tudo na paz!!!
Curtiram?

Logo vem cap Ally <3
See you <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...