História Opposite Hearts! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Tags Aguslina, Gaslena, Joara, Liona, Michaetina, Ruggarol
Exibições 309
Palavras 1.654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ooi gente.
Aqui está mais um capítulo, cheio de emoções (eu acho) espero que gostem ♡♡♡

Capítulo 3 - Trocando farpas e olhares!!


Fanfic / Fanfiction Opposite Hearts! - Capítulo 3 - Trocando farpas e olhares!!

Todos estavam tomando café, era uma bagunça.
Malena-Vocês viram o braço do Agus?
Valentina-Não, o que aconteceu?
Karol-O Rugg disse que ele esbarrou em um muro.
Ana-Não parece.
Chiara-Aqueles machucados parecem marcas de unhas.-olharam para ela.
Caro-O que foi?
Katja-Foi você?
Caro-Eu o que?
Ana-Não se faça de desentendida.
Karol-Pq fez aquilo?
Caro-Pq ele é insuportável.
Malena-Mais isso não significa que você pode fazer isso.
Caro-Ele me empurra, aperta meus braços, me machuca e vocês querem que eu fique na minha sem fazer nada?-elas pensaram um pouco-Aquilo foi pouco para ele.
Valentina-Poderia pelo menos pegar mais leve.
Caro-Chega cansei desse papo-se levantou e saiu da cozinha. Jorge observou ela saindo e foi atrás.
Jorge-Caro-alcançou ela-O que aconteceu?
Caro-As meninas me chateando.
Jorge-O que elas fizeram?
Caro-Nada não-sorriu-Já terminou seu café?
Jorge-Já sim-sorriu-Vou me arrumar pra gravar.
Caro-Vai lá.-ele saiu e ela sentou no sofá, fechou os olhos por um momento e sentiu alguém puxando seus cabelos.-Aí!-exclamou e olhou, era Agustín.-Pq fez isso seu doido?
Agustín-Pq eu quis.
Caro-Você não devia ter feito isso. Doeu.
Agustín-Mais em mim não.-riu debochado.
Caro-Qual é o seu problema?
Agustín-Eu não tenho.
Caro-Ah não-levantou e o encarou-Vai me dizer que ser imprestável não é nenhum problema?
Agustín-A única imprestável aqui é você.-Caro riu.
Caro-Ainda de ser imprestável é metido, arrogante, idiota, e chato.
Agustín-Chata é você-pegou a garota pelos braços e apertou.-Escuta aqui Carolina, eu não gostei do que fez comigo, e muito menos da sua ameaça, então eu vou falar apenas uma vez-apertou com mais força-Se você fizer isso outra vez eu vou fazer algo pior do que apertar seu braço, escutou Carolina?
Caro-Sim-falou quase num sussurro.
Agustín-E acho bom você não contar pra ninguém-soltou ela e os dois se encararam.
Caro-Idiota-bateu com força na cara dele e saiu correndo.
Agustín-Volta aqui Carolina-saiu correndo atrás dela.-Você me paga garota-puxou o braço dela outra vez.
Caro-O que vai fazer hein? Vai me machucar outra vez?
Agustín-Não provoca garota.
Caro-Pq?-Agustín olhou ela nos olhos por um minuto se perdeu, foi soltando ela aos poucos, e viu ela saindo, acompanhou ela andando até Caro sumir.
Caro entrou no seu quarto com lágrimas nos olhos, passou as mãos nos braços. Foi até o banheiro e passou água nos braços.
Karol-Caro?-entrou no banheiro.-O que aconteceu?
Caro-Nada não-sorriu.
Karol-Você já está atrasada para gravar.
Caro-É eu sei-sorriu, secou os braços e colocou um casaquinho.
Karol-Ta com frio?
Caro-Só um pouco.-sorriu-Vamos?
Karol-Claro-sorriu e saíram, elas estavam caminhando e encontraram os meninos.
Michael-Ta com frio Caro?
Caro-Sim.
Ruggero-Mais ta um calor do caramba.
Karol-Deixa ela, vamos indo.
Caro-Vão indo, eu alcanço vocês depois.
Karol-Ok-sorriu e saiu com os meninos, Caro caminhou até o quarto do Jorge e bateu na porta e o mesmo atendeu.
Jorge-Caro?
Caro-Posso entrar?
Jor ge-Claro-deu espaço e a menina entrou.-Aconteceu alguma coisa?
Caro-Sim-começou a chorar.
Jorge-Foi ele de novo ne?-Caro concordou.-Ah mais o Agustín me paga.-saiu do quarto sendo acompanhada pela garota.
Caro-Jorge por favor, não faça nada.
Jorge-Ele já passou dos limites-caminharam até o estúdio onde todos se encontravam.-AGUSTÍN-gritou chamando a atenção de todos.
Agustín-O que é Jorge?-se virou e ganhou um soco na cara do garoto.
Jorge-Isso é pra você aprender a não machucar a Caro.
Agustín-Você me paga-revidou o soco e começaram a brigar.
Ruggero-Para, para.-tentou separar-Alguém me ajuda aqui.-os meninos foram ajudar.
Jorge-Encosta na Caro de novo e quebro sua cara.-se soltou e saiu.
Caro-Você ta bem?-disse abraçando ele.
Jorge-To.
Chiara-Está bem Jorge?
Jorge-To. Aposto que ele ta pior.
Ana-Você está bem?-eles riram.
Caro-Ele ta sim.-logo todos se acalmaram e foram gravar.
Diretor-Hoje vocês me surpreenderam, as cenas estavam ótimas, vocês estão de parabéns.
Todos-Obrigado-responderam.
Diretor-Bom, hoje vocês vão gravar algumas músicas, então aqui está o nome de cada dupla e os horários, não quero atrasos.-eles concordaram e saíram, Caro voltou ao quarto e encontrou Valentina e Karol conversando.
Karol-Caro, você ta bem?
Caro-Sim Pq?
Valentina-Bom o Jorge bateu no Agustín, então o que ele fez pra você?
Caro-Ele-suspirou e tirou o casaco.
Karol-Ele fez isso com você?
Caro-Sim-as meninas ficaram assustadas.
Valentina-Você vai gravar as músicas com ele depois disso? -Ela concordou.-E se ele fizer algo pior?
Caro-Ele não vai.-se levantou e foi tomar banho, após sair do banho foi até o seu guarda-roupas, pegou uma saia preta e uma blusa azul. Se vestiu, foi até o espelho e arrumou o cabelo, pegou uma bolsa e saiu para gravar algumas músicas, desceu e foi em direção ao estúdio de gravação, estava passando pelo estacionamento quando sente seu braço ser puxado.
Caro-Ei, você não pode fazer isso.
Xxx-Quem disse que não?
Caro-Eu estou-se soltou-Quem é você?
Xxx-Sou um fã.
Caro-Seria mais fácil saber seu nome.-o garoto riu.
Xxx-Prazer, Marcelo.
Caro-Prazer Marcelo-riu-Então O que faz aqui?
Marcelo-Já disse, sou um fã seu, adoro seu trabalho.
Caro-Obrigada-sorriu.
Marcelo-Você é mais bonita pessoalmente.-Caro apenas sorriu.-Bom, você vai a algum lugar?
Caro-Sim, vou gravar algumas músicas.
Marcelo-Sério? Posso ir junto?
Caro-Sinto muito mais não pode-olhou o relógio-Preciso ir, estou atrasada.
Marcelo-Tudo bem.-sorriu-Esse é meu número se você precisar.-entregou um papel a ela e deu um beijo em seu rosto e saiu. Caro sorriu e foi gravar, chegou lá encontrou Agustín arrumando os fones, revirou os olhos.
Caro-Desculpa a demora.
Xxx-Tudo bem, não está atrasada. Vai lá e se prepara.-Caro concordou, colocou sua bolsa em um canto e foi para o seu lugar, se arrumou.-Estão prontos?
Caro-Sim.
Agustín-Sim.
Xxx-Então, gravando-começaram a cantar. Estavam no meio da música.
Agustín-Para por favor-eles pararam-Você desafiou Caro.
Caro-Eu não desafinei Agustín.
Agustín-Ah não?
Caro-Não, era um som agudo e você forçou a voz.
Agustín-Eu não forcei minha voz.
Caro-Ah não?-colocou a mão na cintura.
Agustín-Não você ta inventando coisa Carolina.
Caro-Não estou não.
Agustín-Carolina eu To muito mais tempo no ramo da música que você.
Caro-Ta, e o que tem? Eu entendo de música mesmo com pouco tempo.
Agustín-Mais desafiou.
Caro-Eu não desafinei.
Agustín-E eu não forcei minha voz-foi a vez dele cruzar os braços e encarar a morena.
Xxx-Gente por favor, estava perfeito, foi coisa da cabeça de vocês.-eles se olharam e voltaram a olhar o produtor musical-Vamos gravar outra vez ok? E por favor, tentem não brigar.
A&C-Ok-colocaram os fones e se preparam.
Xxx-Um...dois...três e gravando.-o toque começou e eles começaram a cantar..*** Tengo un corazón en mi corazón 
Tengo tanto tanto para darte 
Y mi alma dentro de tu alma esta 
Canta sin cesar y rie 

Tengo un corazón que late por ti 
Que se yo quien sabe porque tanto 
Será que tenía que pasar 
Aprendi a soñar y ahora 

Ya me han hecho que apenas 
Te escuche al llegar 
Se enciende mi alma y empiezo a brillar 

Si me dejas, si te atreves 
Si me aceptas, si me crees 
Te amare toda la vida 
Viviré creyendo en ti 

No te alejas, no te enfades 
No te caigas, no te apiades asi 
Todo gira todo cambia 

Que tu luz se enciende en mi 
Se enciende en mi 

Tengo un corazón en mi corazón 
Tengo tanto tanto para darte ***
Quando a música acabou Agustín e Caro trocaram olhares bem profundos, ambos estavam com um sorriso no rosto.
Xxx-Ótimo, muito bem-bateu palmas tirando-os dos seus transes.
Agustín-Poderíamos ter terminado antes se a Carolina não tivesse desafinado.
Caro-Corrigindo, se você Agustín não tivesse forçado a voz.
Agustín-Eu não forcei minha voz, não consegue entender isso.
Caro-E eu não desafinei, entende isso Agustín?
Xxx-Gente por favor.
Caro-Já deu minha hora-pegou a bolsa.-Não precisamos gravar outra vez ne?
Xxx-Não.
Caro-Que bom, obrigada pôr tudo, tchau.-se despediu do produtor musical e saiu, queria passar no shopping para dar uma volta.
Agustín-Ei Kope espera-disse alcançando ela.
Caro-O que você quer?-disse com um tom rude.
Agustín-O que aconteceu lá dentro?
Caro-A gente gravou a música.
Agustín-No final Carolina.-falou olhando ela.
Caro-Você começou a me encarar e eu te encarei também.
Agustín-É ne.-nenhum deles queriam admitir que estavam perdidos nos olhos um do outro. Eles ficaram em silêncio por uns minutos.-Quer carona?
Caro-Você me oferecendo carona?-estranhou o fato e riu-Não obrigada, não quero me machucar outra vez.-saiu e caminhou até um táxi, pediu que a levasse até o shopping, o taxista seguiu viagem.
Agustín ainda estava no estacionamento, havia atendido algumas fãs, depois disso foi pro carro, ligou o mesmo e foi pra casa. Chegou lá encontrou Jorge na sala, revirou os olhos e entrou.
Jorge-Agustín cadê a Caro?
Agustín-Sei lá, ela não fala comigo.- riu e subiu pro quarto, deitou na cama.
Ruggero-Olá quem chegou.-riu.-Como foi lá?
Agustín-Legal, vou tomar um banho.-se levantou e foi pro banheiro.
Caro passeava pelo shopping, estava cansada, já havia rodado o shopping umas 20 vezes, comprou um milk-shake e foi pra casa, percebeu que já estava ficando escuro. Pegou um táxi e foi pra casa, chegando lá encontrou todos jantando. Se aproximou das meninas.
Valentina-Caro que bom que chegou.
Chiara-Quer comer?
Caro-Não obrigada-sorriu.
Malena-Tem certeza que não ta com fome?
Caro-Sim-sorriu-Vou subir-saiu da cozinha e foi subindo pelas escadas, encontrou Jorge descendo com Lionel.
Jorge-Caro-abraçou ela-Onde estava?
Caro-Fui dar uma volta.-sorriu.
Lionel-Vai descer para jantar?
Caro-Estou sem fome-sorriu-Vou subir, beijos-deu um beijo rosto de Jorge e subiu pro quarto, tomou outro banho e deitou, logo dormiu. Agustín estava deitado, olhando pro nada, tecnicamente pro nada mesmo. Sentou na cama e olhou em volta e viu os amigos dormindo, também já passava das duas da manhã, levantou com cuidado, desceu até a sala e encontrou Ana sentada.
Agustín-Oi.
Ana-Olá-sorriu-Ta tarde vai dormir.
Agustín-Olha quem fala.-riu e se sentou.
Ana-Ta tudo bem?
Agustín-Sim, Pq?
Ana-Bom o Jorge acabou com você hoje.-riram.
Agustín-É eu sei.
Ana-Você machucou muito a Caro hoje.
Agustín-Eu sei, mais a Carolina também não é uma santa.
Ana-Pq ta falando isso?
Agustín-Foi ela quem fez isso no meu braço.-Ana se assustou.-Achei que foi pouco pra ela.
Ana-Mais a Caro é tão indefesa-ele riu ironicamente.
Agustín-Aí Ana só você mesmo, ela não é tão indefesa assim-riu-Acho melhor a gente ir dormir.
Ana-Também acho-sorriu e foram para seus quartos, ambos caíram nas suas camas e dormiram...

Notas Finais


Então amores, o que acharam? Quem é pior? Agustín, Carolina ou os dois? Haha
Espero que tenham gostado até o próximo meus anjos♥♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...