História Opposite Power - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Halsey, One Direction, Shawn Mendes, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Halsey, Lauren Jauregui, Liam Payne, Niall Horan, Normani Hamilton, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Exibições 74
Palavras 3.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - Bad luck


 

POV Camila

As vezes o nosso cérebro da pane, são tantas informações que parece que entramos em modo automático. Ao ver Lauren na minha porta, eu já sabia aonde aquilo iria acabar, mas dessa vez foi totalmente diferente, sua crise de ansiedade me deixou perplexa. Vê-la daquela forma tão frágil, despertou um lado protetor que diria ser normal, até porque Lauren me salvou algumas vezes e eu queria lhe retribuir

O problema era o imã que estava a nossa volta, a prova disse era que não consegui controlar o meu desejo por ela, a sua frase confusa "Foi um erro ter voltado aqui, mas eu não entendo" só me provou a atração que temos uma pela a outra. Mas é errado e arriscado que isso continue, já tínhamos indo longe demais e mesmo a querendo deixei claro que seria a última vez. Ela não me respondeu, mas acredito ter entendido perfeitamente, logo estávamos na minha cama quase nuas. Porque quando se trata dela tudo tem que ser tão intenso? Os beijos, o seu toque quente a forma em que ela me deixa

Nossas línguas batalhavam em nossas bocas até o ar faltar, desci meus beijos por seus pescoço e fui pra sua orelha deixando uma mordida, percebi seu corpo arrepiar e logo suas mãos me apertaram firme, Lauren se afastou pra tirar o resto de roupa pra logo me puxar de volta pra seu colo. Em segundos nossas intimidades estavam em um contato gigante, agarrei seus cabelos e comecei a me esfregar 

- Isso... Camila - Gemeu me auxiliando no movimento - Porra... Gosto assim 

Meus gemidos se misturaram aos dela, ela procurou minha boca pra um beijo desajeitado enquanto sua mão percorreu minha barriga, logo encontrando o que queria

- Oh porra Lauren - Gemi ao sentir a penetração de seus dedos, comecei a cavalgar em seus dedos enlouquecida de tesão, minhas mãos continuavam agarradas nos cabelos dela os puxando conforme os meus movimentos em seus dedos. Cada vez ficava ainda melhor, as sensações indescritíveis  

- Você é tão gostosa - Grunhiu no meu ouvido

Ela me penetrava tão forte e fundo que em poucos minutos me derramei em seus dedos, devagar ela me colocou deitada na cama e desceu e fez o que queria, Lauren me chupava com tanta volúpia que por alguns segundos acho que cheguei a ver estrelas, meu corpo voltou a aquecer e meus gemidos voltaram baixinho. Lauren escalou meu corpo e tirou o sutiã, logo sua boca estava no meu seio direito enquanto a sua mão massageava o outro

- Lauren - Gemi sentindo falta dos seus toques na minha intimidade, ela pareceu entender e começou a massagear meu clitóris - Issoo... Forte 

Meu ventre já dava sinais de um novo orgasmo, comecei a rebolar em busca de mais contato pra o meu alívio. Gemi em desaprovação quando ela parou, mas pra logo substituir por sua língua, ela deslizava por toda minha extensão e tremia a língua em meu clitóris me deixando insana, desceu até a minha entrada e penetrou sua língua maravilhosa em mim. Os meus gemidos saíam sem controle, apertei minhas unhas curtas em seu ombro rebolando em sua língua, Lauren ia fundo até aonde pensei ser impossível ir. Não consegui mais segurar e gozei demoradamente na boca dela, meu corpo estava trêmulo a minha respiração desregulada, sem dúvida essa noite entrou no top 10 direto pra o primeiro lugar

- Você é incrível - Lauren falou sorrindo e me beijando em seguida, senti um soco no estômago ao ouvi-lá - Linda, gostosa e linda novamente

Mais três socos no meu estômago, isso só por causa dos elogios dessa feiticeira dos olhos verdes. Tentei não parecer nervosa, mas fiquei, já recuperada resolvi inverter nossas posições

- Agora é a minha vez - Falei beijando seu pescoço, senti sua respiração falhar cada vez que descia meus beijos

A olhei e vi sua feição paralisada, mas continuei e tirei o seu sutiã, as mãos dela agarraram meu pescoço me puxando pra um beijo. O sabor dos beijos de Lauren era a melhor coisa já experimentada por mim, mas apesar disso queria provar outros sabores dela. O problema é que ela parece não querer deixar

- Quero um banho... Com você - Ela disse já se levantando e me puxando junto, mas hesitei em ir - Prometo que depois vou embora 

O que antes era medo de ir tomar um banho com ela, se tornou um medo por depois ela ir embora. Mas qual é Camila? É exatamente isso que você quer, uma última vez pra depois Lauren ir embora e  esquecer toda essa loucura

Caminhei até o meu banheiro e fui surpreendida com ela me agarrando, em um movimento rápido ela me sentou na pia e se encaixou no meio das minhas pernas, sua língua invadiu minha boca com tanta gana que fiquei até tonta. Lauren desceu seus beijos pra o meu pescoço e clavícula, suas chupadas e mordidas que talvez ficassem marcadas 

- Não íamos... Pra o banho - Minhas palavras saíram arrastadas, o meu tesão já tinha subido gradativamente - Ohh Lauren 

- O que? - Ela falou dando uma chupada em meu seio e em seguida uma mordida no bico - Não quero mais um banho 

Nos lábios dela contia um sorriso safado, neguei com a cabeça rindo de ansiosa. Ela deslizou a língua por meu abdômen até chegar no meu clitóris, dando uma chupada tão gostosa que um gemido alto ecoou pelo banheiro, deixei minha cabeça cair pra trás e fechei meus olhos me entregando aquela sensação. Ela não parava de me chupar, as vezes indo até a minha entrada e rodeando pra logo subir até o meu clitóris e mordendo, com aqueles movimentos seguidas vezes me deixava insana, então comecei rebolar na boca dela e forçando sua cabeça contra mim

- Ohh... Isso... Lauren... Porra - Gemia sem vergonha alguma, os olhos de dela subiram pra os meus enquanto continuava seu trabalho - Eu vou... Gozar de novo

Me sentia uma idiota tão passiva, mas o problema que não era problema nenhum, Lauren era ótima no quesito de proporcionar prazer, e isso me deixava tão entregue a ela. Não demorou e consegui alcançar o ápice, Lauren escalou meu corpo com beijos, mas continuou intensificando meu orgasmo, seu dedão friccionando meu clitóris enquanto sua mão segurava minha cintura, o meu corpo sofria alguns espasmos. Quando cessaram ela voltou pra o meio das minhas pernas me beijando, senti a intimidade dela úmida batendo na mesma perna, desci minha mão anciosa pra toca-lá, mas novamente fui interrompida

- Oh Camila - Ela disse beijando meu pescoço, sua mão guiou a minha até a intimidade dela - Você já me fez gozar essa noite

Mordi meu lábio com suas palavras e suspirei ao sentir meus dedos nela, tão quente e molhada por mim, eu queria tanto lhe foder e chupar, deslizei meu dedo indicador por toda a extensão fui até a entrada e voltei pra o seu clitóris inchado. Lauren deixou um gemido rouco escapar e logo puxou minha mão pra cima, e com isso cheguei a conclusão que ela não se permitia. Era um pouco frustrante

- Deliciosa - Sussurrei ao tirar da boca o meu dedo que antes a tocou - E a propósito, você é incrível e linda também

Repeti as palavras que ela me disse no quarto, Lauren sorriu tímida? E me beijou. Suas mãos fizeram minhas pernas entrelaçar a sua cintura, fiz isso e voltamos pra o quarto. Ao me deitar ela parou o beijo

- Posso... Tomar um banho antes de ir embora? - Ela perguntou fitando meus olhos 

- Pode - Falei incerta - Tem uma toalha do lado esquerdo da porta

Ela se inclinou e me beijou, não demorou e foi pra o banheiro tomar um banho, fiquei alguns segundos pensando sobre os acontecimentos da noite, sentia não só meu corpo exausto, mas principalmente a minha mente. Virei pra o lado e apaguei

Não vi Lauren sair do banheiro nem muito menos do apartamento, quando acordei meu corpo tava coberto com meu edredom, possivelmente ela me cobriu antes de ir embora. Senti uma angústia por tudo aquilo, nada disso deveria ter acontecido, mas o pior era fingir que nunca aconteceu. Deixei meus pensamentos pra lá e levantei da cama, já era meu horário então tomei um banho pra ir trabalhar, quando peguei minhas chaves e celular fui surpreendida com uma mensagem

Número desconhecido: Sinto muito por tudo isso que acabei nos envolvendo, não me arrependi, mas sei as consequências que causei a você, desculpe e atenderei seu pedido. Dessa vez não irei mais até seu apartamento, fique bem agente Cabello. Beijos 

Att:Lauren

POV Lauren 

No fundo sabia que a minha volta pra San Francisco bagunçaria toda a minha vida, mas nunca imaginei que o motivo de uma bagunça séria uma policial, ainda mais dessa maneira íntima. Me sentia tão fraca diante de Camila, era como se ela me tivesse nas mãos o que não era totalmente errado, a agente Cabello sabe do meu envolvimento com a facção e sabe meu nome, ela podia perfeitamente colocar a polícia atrás de mim a qualquer momento, mas não fez isso e parece que não vai fazer

Isso me deixava confusa, porque ela não fez isso? 

Depois de alguns minutos no banho quando saí ela tava dormindo, Camila é tão linda até mesmo dormindo, me aproximei da cama e deslizei minha mão por seu corpo nu, procurei um cobertor e a cobri. Procurar minhas roupas e saí do apartamento dela, esse foi o trato

Quando já estava fora do prédio fui pra minha casa, o dia já tava claro deveria ser uma 5hrs da manhã. Cheguei no meu apartamento me jogando na minha cama, demorei a dormir já que as imagens de todos momentos atrás não saiam da minha cabeça, e só consegui depois de lhe mandar uma mensagem. Acordei tarde, e depois preparar e almoçar fui pra o meu trabalho

- ... Não é? Lauren? - Zara falou chamando minha atenção, durante toda a tarde fiquei vagando com meus pensamentos - Você está bem?

- Estou, desculpe o que você disse?

- Que essas fotos ficaram ótimas, acredito que já encerramos por hoje não é? - Ela perguntou rindo de leve

Zara era uma loira linda e esbelta, mesmo ela sendo hétero talvez eu... Não, era melhor não entrar em nenhuma roubada

- Encerramos sim - Falei sorrindo e comecei a organizar meus equipamentos - Você tem algum compromisso pra agora? 

- Não, estar me convidando pra algo? - Ela perguntou sorrindo e acenti que sim - Bem, se você me esperar só dez minutos podemos ir pra algum lugar

Eu deveria ter feito isso? Não, mas agora já era. Fiz o que ela disse e esperei quase vinte minutos, até que ela apareceu no estacionamento, depois de alguns minutos de conversa decidimos ir pra um restaurante que ficava próximo

- Então falta dois anos pra você terminar seu curso? - Perguntei e ela acentiu - Mas pretende continuar o trabalho na galeria?

- Não sei - Respondeu pensativa - Quero trabalhar em exposições, quem sabe até expor as minhas próprias fotografias

- Isso é incrível, tive uma exposição quando morei no Mississipi - Falei sorrindo com a lembrança - Era sobre os homossexuais, não pra me gabar mas foi um sucesso

- Tenho certeza que foi mesmo - Zara disse rindo - Mas me diz, você é lésbica? 

- Sim, tem algum problema quanto a isso? 

- Lógico que não 

Por um minuto vi que ela ficou vermelha, talvez fosse vergonha por sua pergunta. Começamos a conversar e nem nos demos conta de que já era noite, pensei em lhe oferecer uma carona até em casa, mas ela preferiu ir de táxi

- Então nos vemos amanhã no trabalho - Falei ao ver o táxi parar, ela se aproximou me deu um beijo na bochecha

- Obrigado, foi muito agradável a nossa conversa

Zara sorria timidamente e aquilo era tão lindo, acenei pra ela assim que o táxi saiu. Fui até o estacionamento e peguei minha moto, só quando cheguei em casa percebi uma mensagem do Zayn no meu celular, ele falava sobre uma reunião e pela hora iria chegar atrasada lá. Com certeza seria pra fazer algum serviço, eu tava cansando, mas não podia dizer que não iria, então tomei um banho rápido e fui até o local ao encontro dele. Todos estavam e pra minha surpresa até mesmo a Ally, depois de cumprimentar a minha amiga o Zayn começou a falar

- Chamei vocês, porque a Ally me avisou sobre algumas coisas interessantes

- Então, o Timberlake forneceu dois nomes de membros da facção pra policia - Ally começou a falar - Um era a Meghan e o outro Styles, só que o Zayn acabou de me confirmar que o Styles não é um de nós, ele trabalha pra uma outra pessoa que não sabemos quem é

- O Timberlake deve ter confundido os nomes, mas isso é bom pra nós agora podemos usar isso ao nosso favor e despistar eles de vez

Zayn falou com um sorriso vitorioso, depois de mais alguns minutos ficou decidido que Ally iria descobrir aonde o Timberlake está escondido, parece que o Zayn tem planos pra pegar ele. No dia seguinte logo pela manhã fui informada que Ally descobriu, então ainda hoje a noite iríamos pegar o Timberlake

Enquanto a noite não chegava fui pra galeria, hoje não tinha nenhuma sessão de fotos então fiquei apenas por lá sem fazer nada, Zara ficou trabalhando com outra fotógrafa hoje então acabei que não a vi. Isso mudou quando entrei no elevador pra ir embora, ela nem percebeu a minha presença e tão ocupada com o celular

- Nossa, estou invisível agora - Sussurrei no ouvido dela, Zara se assustou e sorriu

- Oi Lauren - Ela disse me abraçando - Não te vi entrar desculpa, também não te vi o dia todo 

- Pois é, senti sua falta - Falei cruzando os braços

- Será? - Falou estreitando os olhos, quando iria responder o elevador abriu - Tenho que ir, te vejo amanhã Jauregui 

Quando saí da galeria fui pra o meu apartamento, tinha só algumas horas antes de ir encontrar o pessoal da facção, durante o meu banho percebi que os arranhões nas minhas costas ainda estavam marcados, aquilo levou meus pensamentos direto pra Camila e isso não podia acontecer. Então tratei de ocupar minha mente até a hora de ir, alguns minutos depois cheguei no local marcado por Zayn

- Timberlake está nesse endereço - Zayn disse nos dando um papel - Ally falou que tem apenas dois policiais em um carro de frente da casa, não vai ser difícil

- Então fala teu plano que estou cansada - Eu disse sem paciência e ele me olhou revirando os olhos

- O Nick vai cuidar de algumas coisas que mais tarde os direi, Halsey e Troy vão simular um racha pra chamar a atenção dos policias, enquanto nos dois entramos pra pegar o Timberlake 

Zayn explicou e tecnicamente parecia fácil, passamos o plano de como iríamos agir e em seguida fomos pra o bairro, o lugar era afastado do centro da cidade e o movimento era pouco. Alguns minutos e colocamos o plano em prática, o carro da Halsey apareceu em alta velocidade seguida o carro do Troy, ao passar pela viatura os policiais ligaram a sirene. Burros. Então o segundo passo era entrar na casa, o que não foi difícil segundos depois já estávamos na sala, mas tudo parecia vazio

- Estão a minha procura - Uma voz nos assustou e logo viramos pra encontrar Justin Timberlake na escada apontando uma arma pra nós - Vocês acham que sou idiota? Mas surpresa, já esperava a visita da facção 

Aquilo não era nada bom, não dava pra ver a expressão do rosto do Zayn por conta da máscara, mas tenho certeza que era igual a minha, o homem começou a descer a escada até estar um pouco próximo de nós. Torcia mentalmente pra que ele não atirasse

- Nós podemos conversar - Zayn falou calmamente - E chegar a um acordo

- Acordo? - O homem falou rindo em deboche - Pensei que vocês vinham aqui pra me matar, não foi?

Ele se aproximava casa vez mais, Zayn tentava o enrolar, mas não tava dando certo, eu apenas fiquei calada observando os dois

- Não importa o que vinhemos fazer, agora podemos ficar do mesmo lado - Zayn falou tirando a máscara - Timberlake, você não tem nada a perder 

- Eu não, mas vocês tem - Ele disse engatilhando a arma - Mataram a Gigi, ela tava esperando um filho meu, vocês são uns cretinos

O homem falou com lágrimas nos olhos furiosos, percebi Zayn ficar com raiva também. Algo me dizia que essa discussão ia da merda, tive certeza quando Zayn pegou sua arma, me afastei um pouco dele. Agora os dois armados um apontando pra o outro, então comecei a pensar em alguma saída

- Gigi disse que o filho era meu, aquela vadia teve o que merecia - Zayn esbravejou. Eu tinha que fazer alguma coisa, não podia ser covarde então peguei minha arma

- Solta sua arma Timberlake - Falei tentando parecer firme, Zayn ficou surpreso com a minha atitude - Você não sabe do que somos capazes

- Vocês são uns miserá... - A fala dele foi interrompida por um tiro

- Zayn - Gritei 

- Relaxa - Ele disse indo até o Timberlake que tava no chão - Você vem com a gente idiota

- Miserável - Timberlake falou com dor, a bala da arma do Zayn acertou sua mão

Com uma certa dificuldade conseguimos levá-lo até o carro do Zayn, saímos do local o mais rápido possível, Troy e Halsey avisaram que estavam bem. Já estava começando a comemorar que tudo tinha dado certo, quando o Zayn falou ter deixado a máscara na casa

- Você quer dizer que tenho que voltar? - Perguntei pela escuta que usamos - Só pode estar louco

- Lauren não posso simplesmente deixar lá - Zayn respondeu aparentemente irritado - Você está de moto então vai ser mais rápida

Droga, porque sempre sobra pra mim? Fiz o que ele mandou e voltei pra casa, a sorte é que não estava longe então levou menos de um minuto, entrei na casa e fui até a sala pegar a máscara. Mas como sempre alguma coisa tinha que dá errado, eu não tenho sorte mesmo

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...