História Opposite Power - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Halsey, One Direction, Shawn Mendes, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Halsey, Lauren Jauregui, Liam Payne, Niall Horan, Normani Hamilton, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Exibições 70
Palavras 3.191
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oláaa amores, estou feliz com as visualizações e os comentários de vocês Sz

Capítulo 24 - Luck


POV Camila

As palavras da mensagem da Lauren ainda rondavam minha cabeça, aquilo mexeu comigo? Sim, Deveria? Não. Lauren sabe tanto quanto eu que isso foi uma loucura desde a primeira vez, sabe as consequências e agora vai ficar longe de mim, o problema é que não sei se realmente gosto dessa ideia. Salvei o número que enviou a mensagem só por salvar, é lógico que não irei procurar ela

O que aconteceu tem que ser esquecido, e nada melhor do que focar no trabalho pra esquecer essas coisas. Era isso que estava fazendo, com Demi no hospital não podíamos parar com o nosso trabalho 

- O agente Payne assumirá o comando da equipe enquanto a agente Lovato se recupera - Simon nos comunicava - Espero que continuem progredindo

Progredindo? Será que ele sabe que estamos cada vez sem linha de investigação, depois que saímos da presença do Simon procuramos trabalho. Fiquei pra verificar alguns relatórios, o dia se passou sem nenhum caso muito importante, já era noite então fui  pra minha casa. No dia seguinte cheguei na delegacia com uma surpresa

- O Styles está aqui pra um interrogatório - Shawn falou andando na minha frente - Ele está na sala com Liam  

Entrei na sala de interrogatório e o Harry Styles estava sentado na cadeira com seus braços sobre a mesa, Liam de pé ao lado dele o intimidando

- Sr. Styles seu nome foi citado, estou sendo pacífico então não abuse da minha boa vontade - Liam falava calmo com o rosto bem próximo do Harry - Sabemos que você é da facção

- Sinto muito, mas o que sabem está errado - O homem respondeu sem olhar pra Liam - Sou um cientista, vivo do meu trabalho honestamente

- Então como me explica seu nome envolvido na facção? - Liam perguntou batendo na mesa - Colabore conosco Styles

- Não tenho condições de colaborar se não tenho noção de nada do que me acusa - Styles falou desesperado - E nem vocês tem provas, caso já tinham me prendido não é?

- É só questão de tempo - Liam falou se afastando dele - Não ache que vai se livrar da gente, porque vamos ficar no seu pé e do seu namorado

- Deixem o Louis fora disso - Harry falou batendo na mesa e elevando seu tom de voz - Ele não tem nada haver com isso tanto quanto eu, vou entrar com um processo contra vocês, isso é perseguição

- Isso é o que vamos ver, agora o senhor estar dispensado - Payne falou sorrindo cinicamente - Peço que não saía da cidade e nem o Louis Tomlinson

Harry Styles levantou da cadeira e em passos largos saiu da sala, aparentemente Liam tinha conseguido irritar o cientista, Tomlinson era o ponto fraco e isso era visivelmente óbvio. Mas algo me dizia que o Harry falava a verdade, ou meias verdades

- Então ele negou? - Shawn perguntou e Liam acentiu que sim - Logico ele iria fazer isso, qual será o nosso próximo passo?

- O próximo passo já foi dado - Liam disse pegando o celular - Nesse momento em que lhe interrogava, Ally tinha um mandado de busca e apreensão no escritório dele

- Sério? Isso é ótimo - Falei e estávamos animados, saímos da sala de interrogação e nos deparamos com Niall correndo em nossa direção - O que aconteceu? 

- Avisaram que há uma movimentação estranha na casa onde o Timberlake está, e a viatura não está no local 

- Camila e Shawn vão verificar isso por favor - Liam ordenou - Tenho coisas pra resolver, mandarei reforços

Fizemos o que ele mandou e seguimos pra casa, era distante da delegacia e ao chegar constatamos que a viatura não estava no local, mas os portões continuavam fechados e não havia movimentação nenhuma no bairro, aparentemente a casa estava calma. Entramos  e só aí percebemos as portas totalmente abertas, adentramos a sala e nos deparamos com sangue no carpete

- Levaram o Justin Timberlake - Falei ao encontrar Shawn descendo as escadas - Com certeza a facção o levou

- Só não sabemos se foi vivo ou morto - Ele disse - Vamos checar o perímetro 

A casa era cercada por uma grande varanda, fui pela esquerda e o Mendes pela direita vasculhando o exterior da casa, cinco minutos depois ouvi um barulho de coisas caindo e vinha do lado da piscina que era onde o Shawn estava. Atravessei o caminho de volta correndo naquela direção, ouvi um disparo, ao me aproximar mais vi o Shawn cair no chão, olhei em volta e vi o atirador fugindo

Não parei pra verificar a gravidade do Shawn e corri tentando alcançar o atirador, o puxei tentando escalar o muro e lhe empurrei pra o chão, não perdi tempo e acertei um chute forte em sua barriga. Aquele infeliz atirou no Shawn e não me importaria de lhe quebrar a cara, inclinei meu corpo e puxei sua jaqueta e lhe a acertando um murro

- Camila - Falou tossindo, não podia ser ela, mas que droga - Pare 

Estranhei porque diferente das outras vezes em que nos encontramos ela usava uma capacete, mas agora estava com uma máscara preta, não fiz o que ela pediu e ao vê-la levantar acertei outro chute em sua barriga. Ouvi ela gemer de dor no chão, me comovi um pouco, mas logo recordei da imagem do Shawn caído na varanda

- Sua infeliz você atirou nele - Esbravejei e puxei sua jaqueta lhe acertando outro murro

- Não atirei nele - Lauren falou no chão

Ela tossiu levando sua mão a barriga, com certeza os chutes estavam doendo bastante, me afastei um pouco sentido uma angústia por tê-la machucado. Lauren levantou sua cabeça e seu rosto coberto evidenciando apenas seus olhos, aqueles enfeitiçantes verdes me olhando com dor fez meu coração fechar em dor também. Que droga

- Farei o meu trabalho diante de pessoas como você - Tentando parecer fria e me abaixei pegando as algemas - Falei que ao encontrar você lhe prenderia, só não pensei que seria tão rápido

Eu iria fazer aquilo mesmo? Não sei, na dúvida tive sorte porque ela me impediu se jogando por cima do meu corpo, por alguns segundo achei que ela iria revidar meus golpes

- Você tem muita força agente Cabello, gosto disso - Ela disse me beijando, não retribui e lhe empurrei pra longe - Camila me escute

Não escutei e desferi um tapa na sua cara, ela levou a mão até a bochecha e me olhou triste e confusa

- Não beijarei a assassina do meu amigo - Falei furiosa, aquelas palavras eram patéticas

- Eu não o matei - Lauren disse baixo olhando pra onde o Shawn estava - Eu nunca matei ninguém na minha vida, caso contrário teria feito isso com você agente Cabello

Sua voz dessa vez era carregada de raiva, me levantei do chão e logo em seguida ela levantou com dificuldade

- Porque não faz? Porque não revida os golpes que lhe dei - Falei nervosa - Você... Seu caráter é confuso pra mim

- O seu amigo atirou no capacete que estava na minha mão e em seguida consegui acertá-lo com o mesmo - Lauren falou me olhando em fúria - Prometi que não iria lhe machucar e só estou cumprindo com a minha palavra, não que eu seja boazinha 

* Som de sirene próxima *

- Vai embora - Falei um pouco mais desesperada do que queria - Desapareça da minha frente agora

Céus, mais uma vez deixaria ela fugir. Depois que terminei minha frase virei lhe dando as costas, pra minha surpresa Lauren não falou nada e nem fez nenhuma gracinha, tipo me beijar, só ouvi seus passos em direção a saída da casa

Caminhei até onde o Shawn estava caído, e realmente ele só estava desacordado sem nenhum machucado aparente, não demorou muito pra dois policiais aparecer. Chamei uma ambulância pra o Shawn e assim que chegou saímos da casa, ele foi ser atendido e eu voltei pra delegacia

-  A facção armou um racha pra distrair os policias e assim entraram na casa, levando com eles o Timberlake - Informei ao Liam o que aconteceu com o Shawn e menti sobre a fuga da Lauren, não me orgulhava, mas dessa vez nem me incomodou - Agora se você me permiti vou pra casa, já está na minha hora

Liam me liberou pra ir embora, mas antes disse que logo cedo queria a equipe inteira, iríamos começar a investigar o paradeiro do Justin Timberlake, aquilo seria difícil quase impossível, mas era o que tínhamos a fazer. Ao sair da delegacia procurei saber do Shawn, disseram que ele já estava bem e em casa

Ao chegar no meu apartamento senti como se um peso enorme estivesse sobre meus ombros, não era pra menos fui incomplacente com o meu trabalho mais uma vez, e por conta dela. O problema é que dessa vez também estava angustiada pelo que aconteceu, agredi a Lauren sem ela levantar nenhum dedo contra mim, definitivamente não sei o que tenho na cabeça, nem muito menos o que ela tem na cabeça dela. O que devo fazer não faço, mas o que não é necessário acabo fazendo, estúpida isso sim

Não vou negar que achei que Lauren iria voltar até o meu apartamento depois desso, eu estava completamente enganada já que o dia amanheceu e ela não veio, deveria ficar aliviada, mas tudo que conseguia sentir era angústia. Com toda certeza Lauren ficou com raiva, ou pior podia estar muito machucada. Eu não deveria me importar com ela, mas estou

Foi com isso cercando minha cabeça que em um ato mal pensando, peguei meu celular e lhe mandei uma mensagem

 

POV Lauren

- Nossa, já estava começando a pensar que os polícias tinham pegado você - Troy falou assim que entrei na sala onde todos estavam - Mas não podia esquecer que se trata de Lauren Jauregui, perita em fuga

- Dessa vez foi por muito pouco Troy - Respondi lhe abraçando, em seguida tirei a máscara e ele olhou pro meu rosto - E você tenha mais cuidado nas suas coisas - Falei jogando a máscara no Zayn que coçou a nuca - Alguém tem kit de primeiros socorros?

Sentia uma pequena dor no meu rosto e sangue escorrer por ele, o pior era a dor na parte da minha barriga e costas, Camila me bateu sem dó nenhuma. Isso tudo por conta daquele policial idiota, ele me mandou tirar o capacete a sorte era porque eu tinha colocado a máscara do Zayn, assim que tirei e ele viu a máscara e a mandou tirar também, mas não obedeci e ele atirou no capacete, a minha sorte é que o idiota parece ser medroso então consegui partir pra cima dele. Dá próxima vez acabo com ele

Não era só aqueles machucados que estavam doendo, "Sua infeliz você atirou nele" "Não beijarei a assassina do meu amigo" as palavras que ouvi da Camila foram piores do que seus golpes. Definitivamente não sei o que tenho na cabeça

- Lauren - Halsey falou chamando minha atenção - Posso te ajudar?

- Não há necessidade - Respondi sentando no sofá, séria difícil fazer aquilo sozinha - Pensando bem, você pode ajudar sim

Ela negou a cabeça e abriu um sorriso, sentou do meu lado e começou a limpar os meus machucados

- Ainda bem que não deixaram seus olhos roxos, seria uma pena já que são tão lindos - Ela falou rindo e colocando um curativo na parte de cima da minha sobrancelha - Já a sua boca, está bem machucada

- Que droga - Falei me olhando no espelho, fiquei com alguns hematomas no rosto e sem contar o pequeno corte do lado esquerdo da minha boca - Não sei como vou explicar isso amanhã no trabalho

- Diz que foi uma briga de casal - Halsey falou sorrindo enquanto guardava a maleta - Se quiser pode dizer que foi comigo, não me importo de pagar de agressiva

- Acho que você não se importa de pagar uma de minha namorada no caso - Falei entrando no joguinho dela - Quer se aproveitar?

- Adoraria me aproveitar de você, Jauregui - Ela disse com um sorriso cafajeste nos lábios - Podíamos ir pra um lugar... Confortável

Halsey já tinha uma de suas mãos acariciando o meu rosto, meus olhos caíram pra seus lábios perfeitamente desenhados, ela se aproximou e me esquivei pra o lado contrário

- Infelizmente hoje não Halsey, preciso de um banho e uma boa noite de sono

- Sei - Ela falou se levantando do sofá - Então acho que fica pra uma outra oportunidade, te vejo depois

Não tive tempo de falar nada, assim que ela terminou sua frase saiu pela porta sem nem olhar pra trás, talvez Halsey tenha ficado chateada até porque era o seu segundo fora. Não me sentia confortável pra ficar com ela novamente, o que me deixava intrigada

Durante todo o caminho até a minha casa, aquela força invisível me empurrava pra ir até a casa da Camila, consegui ser mais forte dessa vez. Adormeci pensando sobre as suas palavras, acordei e quase tive um infarte ao ver um nome brilhar na tela do meu celular

Camila: Não pense que é um pedido de desculpa ou coisa assim, apenas sei que fui agressiva sem ter motivos... Na verdade tenho motivos de sobra, mas mesmo assim, espero que esteja bem. 

Era só uma mensagem, certo? Errado, era A MENSAGEM. Camila não se sentiu bem pelo que aconteceu, e sim aquela era uma forma de pedir desculpas mesmo quando não deveria pedir. Pensei em lhe responder, mas aquilo não iria terminar bem, quer dizer terminaria muito bem com nós duas juntas e com muito prazer, porém depois vinha o discurso de que aquilo era errado. E não estou preparada psicologicamente pra isso de novo, pelo menos não hoje

Guardei meu celular e fui trabalhar, ao chegar na galeria algumas pessoas me olharam estranhamente, só depois lembrei sobre os machucados no meu rosto. Alguns até perguntaram e respondi o que Halsey sugeriu, até era uma boa desculpa

- Você me falou que era solteira - Zara falou com cenho franzido - O que você fez pra merecer isso aí?

Fiquei alguns minutos sem noção do que lhe responder, inventar mentiras não era o meu forte. Quer dizer, mais ou menos

- É... Ela não era mais a minha namorada... Mas mesmo assim não gostou de me ver com outra - Respondi desviando do seu olhar - Enfim isso foi coisa de ex ciumenta

- No lugar dela também teria ciúmes e não iria querer terminar um namoro com você - Zara falou e logo que percebeu o que disse ficou vermelha - É... Vamos trabalhar, temos muita coisa pra hoje

Ela estava nervosa, não quis deixar as piorar as coisas então não comentei nada, como ela mesmo disse tínhamos muito trabalho pra hoje. Duas sessões de fotos estavam marcadas, pra minha surpresa não usariamos o estúdio e sim paisagem natural, quase solto fogos de artifício ao saber 

Quando terminamos a primeira sessão seguimos pra o local onde faríamos a outra, era dentro do Golden Park. A sessão de fotos era publicitária e envolvia muitos modelos com certeza iria demorar até acabar

- Estou exausta - Falei colocando a câmera sobre a mesa - Vamos tirar uma pausa de dez minutos

Zara acentiu e liberou todos por 10 minutos, um rapaz apareceu e nos serviu um lanche até porque já estava tarde. A pausa acabou e voltamos pra sessão de fotos, quase uma hora depois encerramos o trabalho com todas as fotos tiradas, não via a hora de me jogar na minha cama

- Já são 19hrs - Zara falou surpresa - Definitivamente hoje trabalhamos muito, estou faminta

- Saindo daqui vamos jantar? - Perguntei meio de reflexo, não sei se seria uma boa ideia, mas já era - Se você não já tiver outro compromisso

- Bem...- Zara parecia pensar muito sobre aceitar ou não - Acho que poderíamos

Ela respondeu sorrindo e a pois lhe retribuir o sorriso, seguimos o restante do pessoal até a saída do parque. Ela disse conhecer um restaurante aqui por perto, então segui seu carro até lá, fizemos o nosso pedido e começamos a conversar sobre o trabalho 

- Acho que deveríamos mudar de assunto - Falei tomando meu vinho, Zara riu e fez que sim com a cabeça - Então, finais de semana você saí muito ou fica em casa?

Mudamos totalmente o assunto da conversa, ela começou a falar de sua família e consequentemente tive que falar da minha, claro que falar sobre a família Jauregui era omitir algumas coisas mas tudo bem. Isso já nem me incomodava mais

- Acho que não conseguiria passar muito tempo sem vê-los - Zara falou me olhando triste - Você não sente falta da sua mãe e dos seus irmãos?

Claro que sentia saudades deles, mas prefiro do jeito que está, não quero  ter eles envolvidos na facção, e ver que eles estão longe disso é a única coisa que me mantém firme

- Já me acostumei e não é tão difícil como parece - Falei rindo tentando a convencer - Acho que está na minha hora

- Realmente 

Depois de muita insistência ela me deixou pagar a conta, a segui até a porta do carro enquanto tinha uma conversa sobre a comida do restaurante, segundos depois ela estava escorada na porta do carro e eu do seu lado. Passar o tempo com ela realmente era bom

- Zara tenho que ir - Falei beijando sua bochecha - Obrigado por sua companhia, mas uma vez foi incrível

- É sempre um prazer Lauren - Ela falou e dessa vez foi ela quem beijou a minha bochecha - Adoro conversar com você

Nossos olhares ficaram conectados por breves segundos pra em seguida seus olhos azuis caírem pra os meus lábios, um sinal de alerta dentro de mim apitou, e me afastei pra que ela entrasse no carro. Zara suspirou frustrada? Ela queria me beijar? 

Não saberia daquelas respostas com toda certeza, até porque em segundos ela entrou no carro e partiu dali, fiz o mesmo e cheguei em casa pensando sobre o que poderia ter acontecido. Zara é uma mulher linda, inteligente e engraçada, mas só a vejo como amiga, pelo que percebi hoje ela não tinha a mesma intenção. Apesar disso não vou me afastar dela, se tiver que rolar então deixarei até porque sou solteira

O que aconteceu comigo? Em pouco mais de 24 horas neguei duas mulheres, duas linda e gostosas mulheres, qual é o meu problema? Não sou de negar fogo nunca, nem quando perdi a Keana deixei de curtir com outras. Meus pensamentos vão pra imagem de alguém e nego afastando esses pensamentos, não tem pra que se preocupar, estou trabalhando muito e isso deve ser só cansaço 

É apenas uma fase e não tem nada haver com ela, óbvio que não



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...