História Opposite Power - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Halsey, One Direction, Shawn Mendes, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Halsey, Lauren Jauregui, Liam Payne, Niall Horan, Normani Hamilton, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Exibições 60
Palavras 1.761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Infiltrate



POV Camila

Eu não deveria ter mandado aquela mensagem, com certeza ela vai pensar que me arrependi e não era totalmente isso que queria dizer, mas quer saber? Dane-se a mensagem, dane-se ela e todo o resto. Não quero e nem vou passar o dia pensando naquele ser de olhos verdes que possivelmente devem estar machucados, droga estou muito sensível e não sou assim

- ... Você foi lá? - Ally perguntou me tirando dos meus devaneios, ela percebeu minha falta de atenção e riu - Está no mundo da lua é? Te perguntei se você foi ver a Demi

- Ou... Sim, fui antes de vir pra delegacia, aparentemente não vai demorar até que ela esteja aqui nos dando ordens - Falei e nós duas rimos - Alguma novidade sobre a localização do Timberlake?

- Ainda não 

Já tinha se passado 14 horas desde que ele foi sequestrado, e até agora nenhuma informação chegou até nós e isso só queria dizer uma coisa. Ele estava morto

- Mandei fazer uma varredura por toda cidade a procura dele e até agora nada - Liam nos falava frustrado

Liam nos designou a outros casos enquanto as buscas eram feitas por outros policiais, Ally e Shawn saíram juntos pra resolver um caso de homicídio na zona norte de San Francisco, Niall ajudava outros agentes em seus casos, o Liam estava misterioso e não saía da sala do Simon. Porque sei disso? Bem, ao contrário dos outros fiquei sem fazer nada de muito relevante, a cadeira aonde me sentei pra preencher alguns formulários fica de frente pra elevador do andar, então me permitia ver todo e qualquer movimento. Aquilo era interessante, todos os policiais e agentes passavam por mim com reações diversas, alguns cansados e outros animados, alguns com raiva e outros sorridentes, durante esse meu tempo analisando acabei descobrindo coisas sobre eles. Se antes me sentia errada por esconder uma criminosa da facção, isso maneirou quando percebi que todos os agentes tem segredos

O meu expediente acabou e fui pra casa, o dia seguinte era minha folga o que seria maravilhoso, Dinah me ligou logo cedo pra sair. Passamos a tarde inteira no shopping, não existe uma pessoa mais consumista do que Dinah Jane

- Você exagerou - Falei olhando pra muitas sacolas jogadas pela minha sala - Você vive praticamente no hospital, não vai ter lugar nem tempo pra vestir todas essas roupas

- Você tem razão - Dinah disse rindo - Estou pensando em tirar férias, o que acha? Você também tem férias guardadas, podemos viajar juntas

Dinah falava bem animada com a ideia, se fosse outros dias até ficaria animada, mas viajar não é boa ideia agora

- Agora não posso, tenho um caso pra fechar - Respondi e ela revirou os olhos - Mas você pode fazer isso ainda melhor, vai com a Normani

- É... Era sobre isso que queria conversar - Dinah falou claramente apreensiva - Nós resolvemos dá um tempo não terminamos, mas também não estamos juntas

- O que? Porque? - Perguntei totalmente surpresa, até uma semana atrás estavam trocando alianças de compromisso - O que aconteceu Dinah?

- Não sei bem o que aconteceu - Ela disse com seus olhos começando a marejar - Depois que começamos a usar as alianças, um dos nossos colegas falou sobre casamento e ela ficou estranha... Não é como se a gente fosse casar, mas aparentemente ela não quer isso, Mani nos últimos dias estava distante e acabamos discutindo algumas vezes, ela parece querer me contar algo, mas não tem coragem

- Isso é... Vocês acertaram em dá um tempo - Falei abraçando a Dinah, eu não sabia o que dizer pra confortar a minha amiga - Tudo vai ficar bem

- Eu amo muito a Mani - Ela falou fugando no meu ombro, era horrível vê-la assim - Não quero... Perder-la

- Dinah, a relação de vocês aconteceu tão rápido e talvez a Mani só tenha ficado confusa - Falei separando o nosso abraço - Tenho certeza que ela também te ama, só... Só tenha paciência

- Você está certa - Ela falou se reconpondo - Droga não posso acreditar que você está certa, desde quando Camila Cabello entende sobre relacionamento

- Se começou a encrencar é porque já está ótima - Falei e ela riu - Saiba que nunca tive um relacionamento por entender e saber que são difíceis, então é melhor fugir deles

- Você pode fugir o quanto quiser, mas um dia quando encontrar a pessoa da sua vida... Nada vai importar mais do que ela, você vai perceber que tudo só vai ter sentindo se ela tiver do seu lado, vai passar por cima de tudo e nem vai perceber o porque disso

As palavras da Dinah me fizeram engolir em seco, será que ela tem razão? Não quero nem pensar nisso

- Isso foi é coisa de quem é trouxa apaixonada - Falei tentando descontrair, Dinah me empurrou rindo - Vamos jantar o que?

Mudei o rumo da nossa conversa, não gostava de conversar sobre aquilo e agora muito menos, logo preparamos o nosso jantar. Depois de comer e de muitas conversas a Dinah foi pra casa, o dia foi cansativo de uma forma ótima 

Logo era de manhã e o meu trabalho me chamava, ao chegar na delegacia achei estranho a grande movimentação na sala do Simon, fui encontrar a equipe pra iniciar o trabalho e saber o que está acontecendo

- Também achei isso estranho - Niall falou confuso - Alguma coisa aconteceu e eles não querem nos dizer

- Vamos aguadar, enquanto isso vamos trabalhar não é mesmo? - Shawn falou se despedindo

Apesar da curiosidade não podemos esquecer o trabalho, saí da sala rumo a minha mesa e mas uma vez relatórios e formulários me esperavam, a parte da manhã passou rápido e a movimentação na sala do Simon continuou. Logo o horário de trabalho acabou, mas a movimentação não 

- O Simon quer falar com toda a equipe - Liam me falou e senti que o assunto era sério - As 23hrs na sala dele

O que diabos aconteceu? Com certeza era uma bomba que seria jogada na nossa equipe. Os minutos pareciam não passar, todos já esperávamos no lado de fora da sala dele, durante o tempo de espera nos perguntava qual seria o motivo da reunião. Um medo começou percorrer a minha espinha quando o Niall disse "Tanto faz, não tenho nada a temer então estou tranquilo" 

Eu tenho o que temer? Lógico que sim, por acaso transei com uma mulher que faz parte da facção, caso o qual estou investigando, sabia que isso não ficaria escondido por muito tempo. Meu coração gelou quando o Simon chegou e nos chamou pra entrar em sua sala, será que dá tempo de correr?

- Durante todo o dia de hoje fiquei investigando pessoas um tanto que... Transparentes - Simon falava olhando pra cada um de nós - Investiguei o nosso departamento ou seja todos vocês, e sabem porque? - A voz dele não parecia irritada, mas era carregada de dúvidas, se ele investigou a gente o problema não era só comigo, consegui respirar aliviada com essa informação. Nós respondemos sua pergunta negando com a cabeça e ele continuou - A informação de onde o Timberlake estava, partiu de polícias ou seja daqui... Temos um infiltrado da facção

Temos um infiltrado da facção? O que? Não fui a única a ficar surpresa, todos os meus colegas expressaram a mesma coisa

- Um X9 dentro da policia passando informações pra facção - Niall falou com os olhos arregalados

- Não é um policial qualquer - Liam falou e nossos olhares foram pra ele - O infiltrado está em nosso departamento, agora mesmo ele pode estar aqui em nossa equipe

Não é possível que a facção tenha um infiltrado em nosso departamento, pra entrar aqui passamos por uma difícil seleção, é um absurdo que algum criminoso esteja aqui. Mas não é impossível

- Poucos sabiam aonde o Timberlake estava escondido, chamei agentes de Nova York e montei uma equipe pra investigar o nosso departamento - Simon voltou a falar e dessa vez não nos olhava - Eles fizeram isso durante o dia todo, mas até agora nada de suspeito foi encontrado

- Quais as medidas a serem tomadas com essa informação? - Liam perguntou 

- A equipe continuará trabalhando normalmente em seus casos - Simon respondeu voltando a nos olhar, apesar das circunstâncias ele não parecia acusativo - A investigação em cima do departamento também irá continuar, caso algum de vocês tenha cometido um erro... Me informem o quanto antes

Essa seria a hora falar sobre a minha negligência, mas prefiro ficar quieta e contar com a sorte pra que não descobriram nada. A reunião com Simon acabou e assim saímos da sala dele, todos com olhares desconfiados e expressões pensativas, todos tensos

- O caso de termos um infiltrado é delicado - Liam quebrou o silêncio entre nós - Porém até que ele seja encontrado, espero poder continuar fazendo o nosso trabalho sem nenhum problema. Certo? 

- Difícil fazer isso sabendo que esse infiltrado pode estar na nossa equipe - Falei cruzando os braços

Estou certa, como continuar trabalhando normalmente se desconfiamos da nossa própria equipe, isso não vai funcionar. Olhei pra os meus colegas e eles pareciam pensar da mesma forma, passou na minha cabeça que posso estar olhando pra o infiltrado 

Niall parecia muito preocupado talvez por trabalhar com todos dentro desse departamento, ele é um dos que mais sabem do que acontece por aqui. Seria possível que fosse o infiltrado

Shawn parecia estar com medo, talvez ele saiba de algo ou até mesmo que seja o infiltrado da facção, seria inacreditável já que mal da conta do trabalho sozinho. Quem dirá ser um agente duplo

Ally estava pensativa coisa que é sempre, ela tem sobrenome prestigiado por conta de seu falecido pai, não é tão boa agente. Difícil imaginar ela sendo a infiltrada, mas não é improvável

Liam tinha a expressão dura e misteriosa, apesar de ser assim ele é um ótimo agente e colega, sem contar que é o mais antigo da nossa equipe que trabalha no departamento. Ser um infiltrado e manchar sua carreira, impossível ser o infiltrado  

Não posso esquecer da nossa chefe, Demi tem ódio de todos os criminosos e principalmente da facção e sempre procura fazer seu trabalho perfeitamente. Talvez fosse a maior surpresa se ela fosse a infiltrada, mas acredito que não seja

Já eu? Bem, não me alto analiso



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...