História Opposites attract - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Novela, Romance
Exibições 78
Palavras 1.364
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei mas um vez
Boa leitura xoxo
SORRY PELOS ERROS ORTOGRÁFICOS

Capítulo 3 - Cap 3 Damon's


Fanfic / Fanfiction Opposites attract - Capítulo 3 - Cap 3 Damon's

Pov — Justin Bieber

   — Justin o que é Damon's? —  a curiosa da Zoey perguntou.

   — Damon's é uma boate, para ser mais oficial a minha boate — vi seus olhos arregalarem 

    A quanto tempo não vinha ao Damon's, a primeira coisa que eu montei na minha vida foi a boate, ela decolou todas as noites vive cheia e eu agradeço por isso, e hoje era noite de curtir.

    — Vou tomar banho — falei entrando no banheiro 

    
Pov — Zoey Montgomery

   Eu já tinha que ter imaginado que Damon's era do Justin pra quem tem milhares de coisa não era nenhuma novidade.

    Fiquei sentada na cama mexendo no celular falando com Steven e Ivy.

    Justin saiu do banheiro e foi até o closet, ele vestia uma calça jeans, uma blusa branca, colocou um casaco do exército e deixou o cabelo bagunçado. Dlç!

    Quando sai do banheiro, decidi colocar uma roupa sexy, vesti um macacão de shorts preto com um super decote na frente, e um salto alto preto, por fim uma gargantilha dourada, fiz uma maquiagem preta destacando bem meus olhos azuis.

   Me olhei no espelho e estava fabulosa, peguei meu celular e fui até a sala, com todos os olhares em mim.

   — Porra, você está linda — Chaz aplaudiu.

   — Obrigada Chaz

   — Pena que está noiva, porque se não já era minha — brincou Ryan.

   — Abre o olho Justin, fique bem aberto — finalmente escutei a voz do famoso Chris.

   — Amiga, você está linda — Caitlin me fez rodar.

   — Ôh quem fala, você está maravilhosa — Caitlin vestia um shorts jeans curto e um crooped preto e um scarpin com sola vermelha.

   — Tá chega, vamos — Bieber segurou minha cintura e fomos cada um pro seu carro, fui na Lamborghini com Bieber e o resto foi um no seu carro.

   — Tem certeza que está pronta para ir nesse lugar? — perguntou enquanto não tirava o olho da estrada.

   — Absoluta — falei firme e confiante.

     Justin estacionou em um lugar não tão distante, apertou o alarme do carro e segurou minha mão.

    — Fala grande Bieber — um homem muito grande, falou quando viu Justin.

   — Grande Josh!! — eles deram um tapa tão forte um nas costas do outro que o barulho estralava alto. 

  — Prostituta nova? — me olhou malicioso, não aguento quando ele me chamou de Prostituta.

   — Escuta aqui meu filho Prostituta é a senhorita.... — fui interrompida por Justin que se intrometeu na discussão.

   — Não brow, essa é a minha noiva, Zoey — passou sua mão pela cintura.

   — Nossa cara me desculpa mesmo não sabia, jamais imaginaria que Justin Bieber estaria noivo, desculpa Zoey.

  — Tanto faz — puxei Bieber pra dentro, quando entramos estava lotada, mulheres seminuas dançando no palco, luzes vermelhas com ar bem sexy, bares cheios de gente e áreas VIPs lotadas.

   — Nossa área é ali, vamos lá! — Chris gritou por conta da música alta e fomos, subimos uma escadinha, e a nossa era a mas afastada de todas, com alguns sofás, e uma mesa cheia de bebida.

  — Zoey, o que vai beber? — perguntou Caitilin.

  — Vodka 

  — Boa escolha, garota — me lançou uma piscadela e encheu o meu copo, bebi no primeiro gole senti minha garganta rasgar todinha.

   Justin e os meninos estavam bebendo em outro sofá, enquanto eu e Caitilin estávamos vendo a movimentação ate que começou tocar Work da Rihanna.

   — Eu amo essa música! — Caitilin e eu gritamos na mesma hora, ela me puxou e descemos as escadas indo para o meio da multidão.

   A música estava tão alta numa vibe tão gostosa, Cait subia e descia, eu mexia minha bunda de uma lado para o outro cantávamos e pulamos, descemos sensuais deixando a música nos levar.


Pov — Justin Bieber

   Damon's porra, isso era a minha casa, isso era EU, curtição, bebida, drogas e putaria, eu gostava de ver a casa cheia desse cheio, com pessoas bebendo de jogando dinheiro, a pista de dança cheia.

   Levantei para ver a multidão, me encosto na grade e vejo Zoey e Cait dançando no meio da pista, Zoey descia sensual mexendo aquela bunda maravilhosa homens olhava para ela e isso me fez ter ciúmes.

   Desci as escadas e fui até a multidão da pista de dança, a peguei pelo braço e ela me olhou.

   — Eu estava dançando — tentou puxar seu braço mas eu muito mais forte.

   — para de reclamar, e vem — caminhamos por um corredor escuro até chegar a uma escadinha.

   — Onde estamos indo? — fingi que nem ouvi, mexi no tapete e vi minha chave lá, até abrir a sala.

    Minha sala estava do mesmo jeito minha mesa gigante, com a minha poltrona de coro marrom, e a minha estante de vidro.

   — O que estamos fazendo aqui, Justin? — sentou no sofá e me olhou com cara de tédio — eu estava me divertindo lá embaixo e você me tirou de lá para ficar aqui te olhando beber?

   — Fica quieta 

    Fui até o meu frigobar e peguei um copo de whisky e me sentei na cadeira, fechei os olhos e respirei o mais fundo possível.


Pov — Zoey Montgomery

   Eu estava dançando quando sinto alguém me segurando e me puxando quando eu olho Justin o estraga prazeres, ele estava me levando para um caminho estranho até que paramos em uma sala, ele trancou a porta e me deixou lá sentada, fiquei com a maior cara de tédio possível.

   Eu estava um pouco bêbada mas sabia o que eu estava fazendo, me levantei e sentei em seu colo o fazendo me olhar.

   — não era sem contato físico? — me olhou e deu um gole no seu whisky.

   — Xiu — tapei sua boca com os dedos, e comecei a beijar seu pescoço dando leves chupões com certeza iria ficar marcado.

   — Zoey 

    Beijei o canto da sua boca  e ele começou a apertar minha bunda, me fazendo dar leves gemidos, invadi sua bunda dando um beijo de prazer nossas línguas entraram em uma batalha, Justin apertava minhas cochas fortes, eu não sabia o que estava sabendo e nem queria saber só queria sentir.

    Justin jogou todas as coisas encima da mesa no chão e me jogou na mesa tirei sua blusa e comecei e arranhar suas coisas, Bieber arranco meu macacão, e começou a beijar meu seios até chegar minha intimidade que já estava latejando, tirei sua calça e seu membro estava petrificado olhei malicioso pra ele que riu de um jeito safado me deixando louca, Bieber tirou meu sutiã e começou de novo a chupa - los joguei minha cabeça para trás e gemi.

   — Puta que pariu, Justin — arranhava suas costas.

    Até que alguém bate na porta 

    — Caralho bem agora — Reclamou e pegou suas roupas.

   Vesti meu macacão rapidamente e me sentei no sofá.

   — Chefinho — uma voz fina  e chata invadiu o escritório.

   — Oi Rachel — deu de ombros.

   — Estou atrapalhando alguma coisa? — olhou pra mim.

 — Não, já estava de saída — me levantei e sai de la deixando só os dois.

    Não acredito que aquela vaca atrapalhou a minha transa, seus lábios eram tão macios e quentes, sua mão grande me pegando me deixou louca.

   
Pov — Justin Bieber

   Porra, mas que mulher é essa? Que corpo era aquele seus seio avantajados essa sabe deixar um cara louco, eu iria transar coisa que não fazia a tempos até que batem na porta quando vejo é a Rachel.

    — Acho que ela não gostou que eu apareci — fechou a porta e fez uma cara de sínica, Rachel veio na minha direção e passou seu braço pelo meu pescoço — estava com tanta saudade de você Chefinho — tentou me beijar mas eu afastei.

    Rachel é uma das melhores dançarinas daqui da boate todos pagam para ter uma noite com ela, quando eu vivia aqui nós dois transavamos toda hora era louco, já tivemos um caso e ela é ótima no que faz, depois que fui embora nunca mais a vi.

   — Sabe aquela garota que estava ali, então ela é a minha noiva — seus olhos se arregalaram na hora e ela se afastou de mim e deu uma gargalhada.

   — Você noivo? Justin Bieber o mas foda de Los Angeles noivo? 

  — Sim eu mesmo, estou noivo daquela mulher e quando você chegou atrapalhou a minha transa agora saia daqui.

  — Mas...

  — SAAAI! — gritei e ela saiu batendo a porta, fui até o frigobar é peguei mais copo de whisky me sentando na cadeira.

   Ah Zoey, o que você fez comigo?


Notas Finais


Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...